Moveis para Escritório

Moveis para escritorio sorocaba mesa para escritorio sorocaba



Cadeira para escritorio sorocaba movel para escritorio sorocaba



Moveis para escritorio sorocaba mesa para escritorio sorocaba



Cadeira para escritorio sorocaba movel para escritorio sorocaba



Notícias

RSS Feed - Notícias - Mantenha-se Informado


23/05 - Fuzil AK-47, pistolas e drogas são apreendidas durante operação em Manaus
Homem suspeito de comandar tráfico de drogas na Zona Sul de Manaus foi preso. Armamento foi apreendido durante operação "Raio" Rickardo Marques/G1 AM Drogas, revólveres, pistolas e um fuzil AK-47 foram apreendidos nesta quarta-feira (22) no bairro Betânia, na Zona Sul de Manaus. Todo o material foi localizado durante a operação "Raio" que resultou ainda na prisão de um homem de 24 anos suspeito de liderar o tráfico de drogas na Zona Sul da capital. Fellipe Oliveira da Costa, conhecido como "Coreano", foi localizado no Beco do JB na tarde desta quarta. A polícia informou que Costa já foi preso pelo crime de tráfico de drogas e pertence a uma facção criminosa que atua no Estado. Com ele, foram apreendidos duas pistolas - calibres 380 e ponto 40 -, dois revólveres calibre 38, um fuzil AK-47, cerca de dois quilos de entorpecente, dinheiro e uma tornozeleira eletrônica. Durante apresentação à imprensa, Costa preferiu não comentar o caso. "Coreano" é suspeito de liderar tráfico de drogas na Zona Sul de Manaus Rickardo Marques/G1 AM De acordo com o major Wener Vieira, a Polícia Civil deve investigar se o armamento apreendido nesta quarta pode ter sido utilizado contra uma equipe da Polícia Militar (PM-AM) durante uma abordagem no domingo (19), no bairro São Geraldo. Dinheiro, drogas e uma tornozeleira eletrônica também foram apreendidas Rickardo Marques/G1 AM
Veja Mais

23/05 - Morre menina de 4 anos atropelada em condomínio de Porto Velho
Informação foi confirmada pela Sesau nesta quarta-feira (22). Acidente aconteceu no dia 14 de maio; criança seguia internada em estado grave desde então. Menina seguia internada em estado grave no Hospital Infantil Cosme e Damião, em Porto Velho. Pedro Bentes/G1 Morreu a menina, de 4 anos, que foi atropelada dentro de um condomínio no Bairro Novo, em Porto Velho, no início da noite desta quarta-feira (22). O acidente aconteceu no dia 14 de maio. A informação foi confirmada ao G1 pela assessoria da Secretaria de Saúde de Rondônia (Sesau), após o resultado do segundo exame de um médico neurologista que constatou o falecimento cerebral. Não há informações sobre velório. A criança seguia internada em estado grave no Hospital Infantil Cosme e Damião, na capital do estado. Segundo o boletim de ocorrência registrado na noite do acidente, o atropelamento foi causado por uma jovem, de 24 anos, que morava no mesmo condomínio. Em depoimento, a mulher contou à polícia que entrava no residencial a 20Km/h minutos antes do acidente. Perto da quadra de esporte, ela disse que viu a menina correr para frente do carro e freou no mesmo instante. Porém, o veículo acabou atingindo a criança. Após o acidente, a menina foi levada até a UPA Sul da capital pela mãe e uma outra pessoa, mas precisou ser transferida ao Hospital e Pronto Socorro João Paulo II, na Zona Sul de Porto Velho, devido a gravidade dos ferimentos. Na ocasião, a polícia conversou com o médico que fez o primeiro atendimento na criança. O profissional de saúde informou que o estado da menina era crítico. Nas redes sociais, internautas lamentaram a morte da menina. "Quando uma filha morre, todas as mães sofrem juntas", comentou uma pessoa. "Infelizmente ela nos deixou e virou um anjinho", disse uma usuária.
Veja Mais

23/05 - Paraná, quarta-feira, 22 de maio de 2019
Boa noite! Aqui estão as principais notícias para você terminar o dia bem-informado. O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) autorizou, nesta quarta-feira (22), a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) a reajustar a tarifa de água e esgoto, com aumento de até 8,37%. A autorização para o aumento, desde que obedeça o limite estabelecido. No dia 13 de maio, a companhia informou a suspensão do reajuste de 12,13%, aprovado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar), após uma medida cautelar do TCE. Morte na Praça da Espanha Praça da Espanha: PMs que participaram da abordagem estão em tratamento psicológico Os advogados dos três policiais militares envolvidos na perseguição que acabou com a morte de um rapaz na Praça da Espanha, em Curitiba, disseram que os clientes estão afastados dos serviços para tratamentos médico e psicológico. Os três seriam interrogados nesta quarta-feira (22) no Inquérito Policial Militar que foi instaurado para apurar o caso. Os policiais foram dispensados, segundo os advogados Cláudio Dalledone Junior e Eduardo Zanoncini Miléo, devido ao fato de "se encontrarem afastados dos serviços burocráticos e operacionais com a finalidade de acompanhamento médico-psicológico". O G1 entrou em contato com a Polícia Militar (PM) para confirmar a dispensa dos policiais dos interrogatórios. O que foi informado é que "houve uma inversão nos atos processuais devido a um policial militar estar doente". Operação 'Boi na linha' Vinte e duas pessoas foram presas na terceira fase da Operação Boi na Linha deflagrada nas cidades de Rolândia, Centenário do Sul, Arapongas, Bandeirantes e Jaguapitã, no norte do Paraná, nesta quarta-feira (22). Três pessoas, alvos de mandados de prisão, são consideradas foragidas. Cartões de banco, celulares e arma foram apreendidos durante a operação Boi na Linha Reprodução/RPC A 'Boi na Linha' investiga uma quadrilha especializada em extorquir pessoas que tinham seus carros roubados. Segundo a polícia, os investigados ligavam para as vítimas, falavam que estavam com os veículos e pediam uma quantia de dinheiro para devolvê-los. A vítima depositava o valor, mas não recuperava o veículo. Acidente na PR-323 Ônibus parou em um barranco Silvio Alves/RPC Um ônibus de estudantes se envolveu em um acidente com um caminhão na PR-323 em Umuarama, no noroeste do Paraná, na noite de terça-feira (21). Dez pessoas ficaram feridas, conforme a Polícia Rodoviária Estadual (PRE). Segundo o Instituto Médico-Legal (IML) do município, uma vítima que tinha sido levada ao hospital morreu. Era uma jovem de 23 anos, de acordo com Hospital Uopeccan de Umuarama. Ela se chamava Nayari Neri dos Santos e era cadeirante. Curtas e rápidas Justiça realiza audiências de instrução em caso que investiga a contratação de 'funcionários fantasmas' na Alep Moradores instalam faixas para pedir asfalto em Contenda: 'Do pó viemos, no pó estamos morrendo' Jovem é presa ao tentar entrar em cadeia com 43 celulares escondidos dentro de freezer Polícia recebe laudo das perícias feitas em celulares de pai e avó de Eduarda Shigematsu Consórcio responsável pela 2ª ponte entre o Brasil e o Paraguai abre 400 vagas de emprego Prefeitura de Cascavel é condenada a indenizar família de criança que caiu em bueiro aberto Justiça Federal ouve testemunhas sobre caso de agente penitenciário morto em Cascavel Boletim aponta que 31 pessoas morreram por gripe no Paraná em 2019 Secretário suspeito de envolvimento em morte de professor é exonerado Justiça solicita ajuda do Líbano para localizar Luiz Abi Antoun, réu na Operação Integração Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
Veja Mais

23/05 - Agentes encontram grades serradas durante revista em cela de Centro de Recuperação na Ilha do Marajó
Revistas apreendem celulares, armas artesanais, dinheiro e drogas em carceragens em Belém e em Breves, cidade localizada na Ilha do Marajó Grades de cela localizada no Centro de Recuperação de Breves foram encontradas serradas durante revista. Divulgação / Susipe Nesta quarta-feira (22), agentes prisionais encontraram serradas as grades de uma cela localizada no Centro de Recuperação Regional de Breves (CRRBreves), na Ilha do Marajó. Durante uma revista, oa agentes apreenderam celulares, carregadores, armas artesanais e duas serras. De acordo com a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe) serão feitas reformas estruturais na cela e um Procedimento Disciplinar Penitenciário será aberto. A revista foi realizada com o apoio do Grupamento Tático Operacional do 9º Batalhão da Polícia Militar. Objetos ilícitos também foram apreendidos na Grande Belém Em outra revista realizada nesta quarta-feira (22) no Centro de Recuperação do Coqueiro (CRC), em Ananindeua, cidade da Região Metropolitana de Belém, os agentes da Susipe também apreenderam 10 celulares, seis pen drives, sete carregadores de telefones móveis, 24 armas de fabricação artesanal, dinheiro e cerca de 140 porções de um material que seria maconha. De acordo com o órgão da Segurança Pública, um procedimento disciplinar penitenciário também será aberto para apurar o envolvimento dos internos das celas onde os materiais ilícitos foram encontrados. A revista foi realizada com o apoio de 24 policiais da Ronda Tático Motorizada (Rotam).
Veja Mais

23/05 - Saiba quais são as vagas do SineBahia para a quinta-feira em Salvador e interior do estado
Confira lista e saiba como se candidatar a uma das oportunidades. SineBahia Divulgação/SinaBahia O SineBahia divulgou as vagas de emprego disponíveis para quinta-feira (23), em Salvador e interior do estado. Além da capital baiana, há oportunidades em Lauro de Freitas, Jequié, Itabuna, Vitória da Conquista, Jequié, Senhor do Bonfim e Santo Antônio de Jesus. [Confira a lista no final da reportagem] Os interessados devem se apresentar a uma unidade do órgão com carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade e laudo médico (PCD). O SineBahia informa que as vagas divulgadas são apenas algumas entre as disponíveis. Para consultar a lista completa, o trabalhador deve comparecer à unidade do seu município. Vagas exclusivas para Salvador (23/05) AUXILIAR DE PADEIRO (ESTÁGIO) Ensino Médio incompleto Não exige experiência Obrigatório residir nos bairros da Barra, Campo Grade, Pituba, Rio Vermelho, Ondina, Canela, Dois de Julho ou Centro Bolsa Estágio R$ 500,00 + Benefícios 01 VAGA CAPOTEIRO Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na carteira Obrigatória possuir vivência na área 01 VAGA CONSULTOR DE VENDAS Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na função Obrigatório possuir CNH ‘B’ e carro próprio Salário R$ 1.500,00 + Benefícios 02 VAGAS ENCARREGADO DE SEÇÃO DE CONTROLE DE PRODUÇÃO Ensino Fundamental completo Experiência mínima de 06 meses na função Obrigatório possuir vivência com produção (chão de fábrica) e conhecimento intermediário em pacote Office (Word e Excel) Salário R$ 1.500,00 + Benefícios 01 VAGA MECÂNICO ELETRICISTA DE DIESEL Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na carteira Obrigatório possuir vivência como técnico em ar-condicionado automotivo 01 VAGA OPERADOR DE MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAMENTO DE CARGA Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na carteira Obrigatório possuir vivência na área 01 VAGA PIZZAIOLO Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na carteira Obrigatório possuir vivência na área com fabricação de pizzas variadas em forno à lenha, disponibilidade para trabalhar das 16h à meia noite e residir em região com fácil transporte a Pituba Salário R$ 1.300,00 + Benefícios 01 VAGA VENDEDOR DE SERVIÇOS Ensino Superior incompleto em MKT, ADM, Publicidade e Propaganda ou afins – A partir do 2º sem. Experiência mínima de 06 meses na função Obrigatório possuir vivência com vendas de serviços na área de educação, CNH ‘B’ e carro próprio Salário R$ 1.639,00 + Benefícios 04 VAGAS CHURRASQUEIRO Ensino Fundamental completo Experiência mínima de 06 meses na função Obrigatório possuir vivência em manipulação de carnes diversas, preparo de churrasco e atendimento dos clientes no balcão Salário R$ 1.050,00 + Benefícios 01 VAGA MECÂNICO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES A DIESEL Ensino Médio incompleto Experiência mínima de 06 meses na função Obrigatório possuir vivência com manutenção de motor a diesel, caixa de diferencial e CNH ‘A/B’ Salário R$ 1.600,00 + Benefícios 01 VAGA OPERADOR DE MÁQUINAS INTERFOLHA Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na função Obrigatório possuir vivência na área Desejável: Conhecimento em indústria gráfica e transformação de papel 01 VAGA SUSHIMAN Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na carteira Obrigatório possuir vivência na elaboração/preparação de pratos da culinária japonesa (sushi, sashimi, temaki, yakisoba, hotroll entre outros) e habilidade para manipular todos os tipos de molhos Salário R$ 1.500,00 + Benefícios 01 VAGA SUPERVISOR COMERCIAL Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na carteira Obrigatório residir nos bairros da Barra, Campo Grade, Pituba, Rio Vermelho, Ondina, Canela, Dois de Julho ou Centro 01 VAGA TÉCNICO DE ALIMENTOS Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na carteira Obrigatório possuir vivência na área e curso de Produção Alimentos 01 VAGA TÉCNICO EM SAÚDE BUCAL Ensino Técnico em Higiene Dental - THD Experiência mínima de 06 meses na carteira Obrigatório possuir vivência na área com emissão de guias de planos de saúde 01 VAGA INSTALADOR DE SOM E ACESSÓRIOS DE VEÍCULOS Ensino Médio incompleto Experiência mínima de 06 meses na função Obrigatório possuir vivência na área 02 VAGAS Vagas EXCLUSIVAS para UNIDADE CENTRAL de Salvador (23/05) END.: Av. ACM, 3359 – Cond. Torres do Iguatemi. Funcionamento de segunda a sexta, das 7h às 17h. ENCANADOR Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na carteira Obrigatório possuir cursos na área de hidráulica Salário R$ 1.530,31 + Benefícios 01 VAGA AUXILIAR DE PESSOAL Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na carteira Obrigatório possuir vivência em setor pessoal de empresas de contabilidade e com o sistema Domínio 01 VAGA Vagas exclusivas para Lauro de Freitas (23/05) ELETRICISTA INSTALAÇÃO INDUSTRIAL (VAGA TEMPORÁRIA) Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na carteira 04 VAGAS ELETRÔNICO NA FABRICAÇÃO, MONTAGEM INDUSTRIAL (VAGA TEMPORÁRIA) Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na carteira 04 VAGAS MECÂNICO DE MANUTENÇÃO DE MÁQUINA INDUSTRIAL (VAGA TEMPORÁRIA) Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na carteira 04 VAGAS TÉCNICO INSTRUMENTISTA PARA MANUTENÇÃO DE INSTRUMENTOS DE MEDIÇÃO E PRECISÃO (VAGA TEMPORÁRIA) Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na carteira 04 VAGAS EMPREGADA DOMÉSTICA NOS SERVIÇOS GERAIS Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na carteira Obrigatório possuir habilidade para cozinhar, lavar, passar e atuar com limpeza em geral 01 VAGA Vagas exclusivas para Santo Antônio de Jesus (23/05) AJUDANTE DE DISTRIBUIÇÃO (PCD) Exclusiva para Pessoas com Deficiência 01 VAGA MECÂNICO Ensino Médio incompleto Experiência na função 01 VAGA COZINHEIRO Ensino Médio completo Experiência na função 02 VAGAS COZINHEIRO Ensino Médio completo Experiência na função 01 VAGA TÉCNICO EM MANUTENÇÃO DE BALANÇAS Ensino Médio completo Experiência na função 01 VAGA FISIOTERAPEUTA Ensino Superior completo Experiência na função 01 VAGA JARDINEIRO Ensino Fundamental incompleto Experiência na função 01 VAGA VENDEDOR PRACISTA Ensino Médio completo Experiência na função Obrigatório possuir carro ou moto 03 VAGAS SERRALHEIRO Ensino Médio completo Experiência na função 01 VAGA LINHA DE PRODUÇÃO Ensino Médio completo Experiência na função com produtos personalizados Obrigatório possuir conhecimentos em CorelDraw e Photoshop 01 VAGA EMPREGADA DOMÉSTICA Ensino Médio incompleto Experiência na função Obrigatório possuir disponibilidade para dormir no local de trabalho 01 VAGA ELETRICISTA Ensino Médio completo Experiência na função Obrigatório possuir curso NR10 01 VAGA CALDEIREIRO Ensino Médio completo Experiência na função 01 VAGA REPRESENTANTE COMERCIAL Ensino Médio completo Experiência na função Obrigatório possuir carro 03 VAGAS Vagas exclusivas para Jequié (23/05) SERVENTE DE OBRAS (PCD) Exclusiva para Pessoas com Deficiência Ensino Fundamental completo Experiência mínima de 06 meses na função 06 VAGAS VENDEDOR PRACISTA Ensino Médio incompleto Experiência mínima de 06 meses na função Obrigatório possuir CNH ‘A’ 02 VAGAS MÉDICO DO TRABALHO Ensino Superior completo Experiência mínima de 06 meses na função 01 VAGA CUIDADOR DE IDOSOS Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na função Obrigatório possuir disponibilidade para dormir no local de trabalho 01 VAGA Vagas exclusivas para Itabuna (23/05) OPERADOR DE CAIXA (PCD) Exclusiva para Pessoas com Deficiência Ensino Médio completo Não exige experiência 01 VAGA OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD) Exclusiva para Pessoas com Deficiência Ensino Médio completo Não exige experiência 05 VAGAS CONSULTOR DE VENDAS Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses na função 03 VAGAS MONITOR DE RESSOCIALIZAÇÃO Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses com vigilância Obrigatório possuir curso de vigilante e de informática básica 03 VAGAS AUXILIAR DE COZINHA Ensino Médio incompleto Experiência mínima de 06 meses na função 03 VAGAS TÉCNICO EM REFRIGERAÇÃO E MÁQUINAS DE LAVAR Ensino Fundamental incompleto Experiência mínima de 06 meses na função Obrigatório possuir CNH ‘A/B’ 01 VAGA VENDEDOR PRACISTA Ensino Fundamental completo Experiência mínima de 06 meses com vendas 10 VAGAS ELETRICISTA DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL Ensino Fundamental completo Experiência mínima de 06 meses na carteira Obrigatório possuir vivência com instalação/manutenção em elétrica e CNH ‘A/B’ 01 VAGA GERENTE DE MANUTENÇÃO Ensino Superior completo Experiência com equipes de manutenção, instalação e manutenção de equipamentos e de sistemas de ar-condicionado Obrigatório possuir CNH ‘A/B’ 01 VAGA Vagas exclusivas para Vitória da Conquista (23/05) MONITOR DE RESSOCIALIZAÇÃO PRISIONAL (PCD) Exclusiva para Pessoa com Deficiência Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses Desejável: Curso de Vigilante 05 VAGAS LAVADEIRO (PCD) Exclusiva para Pessoa com Deficiência Ensino Médio completo Experiência mínima de 06 meses 02 VAGAS COBRADOR DE TRANSPORTES COLETIVOS (PCD) Exclusiva para Pessoa com Deficiência Ensino Médio completo Obrigatório possuir disponibilidade de horário 01 VAGA ATENDENTE DE LOJA (PCD) Exclusiva para Pessoa com Deficiência Ensino Médio completo 01 VAGA VENDEDOR INTERNO (PCD) Exclusiva para Pessoa com Deficiência Ensino Fundamental completo 03 VAGAS ATENDENTE DE TELEMARKETING Ensino Médio completo Experiência na função 01 VAGA ATENDENTE DE LOJA Ensino Médio incompleto Experiência na função 01 VAGA CABELEIREIRA Experiência na função 01 VAGA MANICURE Experiência na função Diferencial: Vivência com alongamento de unhas 01 VAGA SUPORTE DE TI Ensino Superior completo ou cursando em Sistema da Informação ou Engenharia da Computação Obrigatório possuir conhecimento em Suporte de TI e Cabeamento Estruturado de Redes Desejável: CNH ‘B’ 01 VAGA MOTOBOY Ensino Fundamental completo Obrigatório possuir CNH ‘A’ e moto 01 VAGA MECÂNICO DE REFRIGERAÇÃO Experiência na função 01 VAGA ATENDENTE DE BAR EM HOTEL Ensino Fundamental completo Experiência na carteira Obrigatório possuir disponibilidade de horário 01 VAGA OPERADOR DE GUINDAUTO Ensino Médio completo Experiência na carteira Obrigatório possuir CNH ‘E’ 01 VAGA VENDEDOR PRACISTA Ensino Médio completo Obrigatório possuir moto 01 VAGA VENDEDOR PRACISTA Ensino Médio completo Experiência em vendas de empréstimo consignado e pessoal Obrigatório possuir disponibilidade para viajar 01 VAGA ENCARREGADO ELETRICISTA DE INSTALAÇÕES Ensino Fundamental completo Experiência na função 01 VAGA ELETRICISTA Experiência na carteira Obrigatório possuir cursos em Rede de Distribuição (NR10 e NR35) 01 VAGA CONSULTOR DE VENDAS Ensino Superior completo Experiência com produtos relacionados à área de educação Obrigatório possuir veículo 01 VAGA VENDEDOR PRACISTA Ensino Médio completo Experiência na função Obrigatório possuir veículo próprio (moto ou carro) 01 VAGA PADEIRO Ensino Fundamental completo Experiência na carteira 01 VAGA WEB DESIGNER Ensino Superior completo em Web Designer Experiência mínima de 06 meses na carteira 01 VAGA VENDEDOR PRACISTA Ensino Médio completo Experiência na função Obrigatório possuir CNH ‘A’ e moto 02 VAGAS MECÂNICO ELETRICISTA DE VEÍCULOS AUTOMOTORES Ensino Fundamental completo Experiência em linha pesada Obrigatório possuir disponibilidade para residir em Jaguaquara (custo da empresa) 01 VAGA OPERADOR DE GUINCHO Ensino Fundamental completo Experiência na função 02 VAGAS AJUDANTE DE ESTRUTURAS METÁLICAS Ensino Fundamental completo Experiência na carteira 01 VAGA MÉDICO CLÍNICO GERAL Ensino Superior completo em Medicina Obrigatório possuir registro no conselho de classe Desejável: Especialização em Traumatologia, Clínica Geral ou Cardiologia 01 VAGA GERENTE DE VENDAS Ensino Superior completo em Administração Experiência na carteira 01 VAGA VENDEDOR PRACISTA Ensino Médio completo Experiência na função Obrigatório possuir carro e disponibilidade para viajar 01 VAGA CORRETOR DE IMÓVEIS Ensino Técnico em curso de Transações Imobiliárias 01 VAGA Vagas exclusivas para Senhor do Bonfim (23/05) ADMINISTRADOR E CONTADOR (ESTÁGIO) Ensino Superior incompleto em Administração e Ciências Contábeis 02 VAGAS GERENTE COMERCIAL Ensino Médio completo Experiência na função 01 VAGA PROFESSOR DE INGLÊS Ensino Superior completo Experiência na função Obrigatório residir na região de Monte Santo 01 VAGA CABELEIREIRA Ensino Médio completo Experiência na função 01 VAGA MANICURE Ensino Médio completo Experiência na função 01 VAGA VENDEDOR INTERNO Ensino Médio completo Experiência na função 01 VAGA
Veja Mais

23/05 - Mulher morre após ser atropelada por ônibus na Zona Norte de Porto Alegre
Acidente aconteceu por volta das 19h30 nas proximidades da Avenida Anita Garibaldi, segundo informou a Brigada Militar. Vítima não teve identidade divulgada pela polícia. Uma mulher morreu após ser atropelada por um ônibus no corredor da Avenida Carlos Gomes, na Zona Norte de Porto Alegre. O acidente aconteceu por volta das 19h30 nas proximidades da Avenida Anita Garibaldi, segundo informou a Brigada Militar. O ônibus fazia a linha T11. A vítima não teve a identidade divulgada pela polícia. O trânsito no corredor foi bloqueado. De acordo com a BM, o local tem semáforo e faixa de segurança.
Veja Mais

23/05 - VÍDEOS: JAM 2ª Edição desta quarta-feira, 22 de maio de 2019
Confira destaques do telejornal. Confira destaques do telejornal.
Veja Mais

23/05 - Serviço de tapa-buraco na rodovia BR-363 recomeça em Fernando de Noronha
Trabalho, que foi interrompido por conta da chuva na ilha, tem previsão de ser concluído no final de 2019. Trabalho abrange os 6,8 km da rodovia BR-363 Ana Clara Marinho/TV Globo Após a chuva, que deixou vários buracos em Fernando de Noronha, dar uma trégua, o serviço de tapa-buraco na rodovia BR-363 voltou a ser executado. O trabalho, realizado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), recomeçou devido à estiagem na ilha na primeira quinzena de maio. “Na chuva, não é possível fazer o trabalho, e foi preciso dar uma parada na rodovia. Então, demos atenção ao canal em frente ao Hospital São Lucas. Nós fizemos a desobstrução e vamos recuperar esse canal”, afirma o engenheiro responsável pela obra, Luciano Barreto. O serviço executado na BR-363 não é de restauração da rodovia. “Nosso trabalho é fazer o remendo profundo, que é tapar os buracos. A gente tira a base e coloca outro material. Com a chuva, o número de buracos aumenta muito”, diz. Ainda segundo o engenheiro, o trabalho abrange os 6,8 km da rodovia e tem orçamento de R$ 10 milhões. “Desses R$ 10 milhões, mais ou menos R$ 7,5 milhões foram gastos com o transporte do material para ilha, que é muito caro”, conta. O serviço tem previsão de conclusão no final de 2019. Para o recapeamento completo da BR-363, é necessária outra licitação. O Blog Viver Noronha entrou em contato com o Dnit para saber se há previsão da restauração completa da rodovia e aguarda resposta.
Veja Mais

23/05 - Casal de dragões barbudos é encontrado dentro de pacote nos Correios em Porto Alegre
Lagartos do gênero Pogona, nativos da Austrália, foram localizados pelos funcionários quando o invólucro passou pelo raio-x, e foram encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas). Dragões barbudos estavam dentro de uma embalagem encontrada no raio-x dos Correios em Porto Alegre Divulgação/Ibama Um casal de dragões barbudos, lagartos do gênero Pogona, nativos da Austrália, foi encontrado nesta quarta-feira (22) dentro de um pacote na agência central dos Correios em Porto Alegre, segundo informou o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Os animais foram localizados pelos funcionários quando o pacote passou pelo raio-x. Dentro, havia uma embalagem de plástico transparente com o macho e a fêmea. "Fizemos um treinamento com os servidores dos Correios, para quando passar pelo raio-x, poderem saber mais ou menos quando é algum animal", explica a superintendente do Ibama no Rio Grande do Sul, Claudia Pereira da Costa. O casal foi encaminhado para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) de Porto Alegre, até que o Ibama encontre um local adequado. "Como são exóticos, não podemos soltar na natureza", afirma Claudia. Lagartos foram encaminhados ao Cetas, de Porto Alegre Divulgação/Ibama
Veja Mais

23/05 - Justiça italiana confirma prisão perpétua para Cesare Battisti
Battisti, que vivia no Brasil e foi preso na Bolívia, foi condenado por envolvimento em quatro assassinatos. Justiça italiana confirma prisão perpétua para Cesare Battisti A Justiça italiana confirmou a sentença de prisão perpétua para Cesare Battisti, por envolvimento em quatro assassinatos. A defesa de Battisti argumentou que o acordo entre a Itália e o Brasil deveria ser aplicado: neste caso, a sentença não poderia ultrapassar os 30 anos. Mas o Tribunal de Apelação de Milão entendeu que ele foi expulso da Bolívia, onde foi preso, e por isso o tratado com o Brasil não se aplica. Cesare Battisti chegou ao Brasil em 2004. Era considerado foragido desde dezembro, quando o então presidente Michel Temer assinou o decreto de extradição. O ex-militante do grupo Proletários Armados para o Comunismo foi condenado na Itália por quatro homicídios cometidos no final dos anos de 1970. Ele sempre negou os crimes, mas após voltar à Itália admitiu a participação. Mesmo com prisão perpétua, Cesare Battisti poderá sair em breve da cadeia. Daqui a três anos e meio, quando tiver cumprido um total de dez anos da pena, já poderá pedir para passar para a prisão domiciliar. Os anos de prisão que Battisti já cumpriu incluem o período em que ele ficou preso na Itália antes de fugir e ainda na França e no Brasil.
Veja Mais

23/05 - Aposentados voltam ao mercado de trabalho para complementar renda no TO
Dinheiro da aposentadoria não é suficiente para manter despesas. Economista recomenda que idosos procurem atividade que lhes ofereça satisfação. Idosos permanecem no mercado de trabalho; valor da aposentadoria às vezes é insuficiente Eles trabalharam por muito tempo, se aposentaram mas agora estão de volta e decidiram reassumir os postos de trabalho. Muitos aposentados não quiseram ficar parados. Outros, não tiveram escolha e voltaram para complementar a renda. Atualmente, o teto da aposentadoria do INSS é de quase R$ 6 mil e 80% dos aposentados ganham entre R$ 998 e R$ 1,2 mil. A jornalista Célia Bretas se aposentou aos 60 anos após trabalhar por mais de quatro décadas. No ano em que ela achou que iria descansar, foi chamada para uma vaga no serviço público. Uma oportunidade para desenvolver uma nova aptidão e complementar a renda. "Tinha uma renda de chefe de assessoria de comunicação, que era razoavelmente boa e de repente na aposentadoria, quando eles fazem o cálculo, cai muito. Eu aceitei assumir no estado, mas também não gosto de ficar parada. Não é saudável a gente parar", argumentou. Pelo menos 21% da população idosa que já se aposentou continua ativa no mercado de trabalho, segundo uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Segundo o levantamento, 47% dos aposentados que ainda trabalham estão nesta situação por necessidade financeira – ou seja, o valor do benefício do INSS não é suficiente para pagar as contas. Os feirantes José Antônio, de 76 anos, e a dona Santina, de 72, vendem pães, bolos e biscoitos nas feiras de Palmas e ainda realizam trabalhos sociais. "Tudo é a minha esposa quem produz, ela levanta 6h da manhã, trabalha até as 14h e depois saímos para a feira para vender. O que sobra a gente distribui para as crianças da creche Semente do Verbo", disse ele. O economista Marcelo Bezerra argumenta que muitos aposentados não têm escolha. "A maioria da população, frisando, do setor privado, ganha muito pouco depois de se aposentar e com esse valor você não consegue nem manter a sua subsistência. Então as pessoas são obrigadas a terem uma segunda atividade ou continuar trabalhando na sua atividade ou em outra para se manter". A situação deve se tornar mais comum no país. Uma dica do economista é procurar alguma atividade que ofereça satisfação. "Um conselho que eu sempre falo é o seguinte, depois de aposentado você vai continuar trabalhando? Então procure alguma coisa que você goste de fazer para que não seja um martírio, um trabalho depois da aposentadoria". Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
Veja Mais

23/05 - Grupo de venezuelanos encontrado no Centro de Fortaleza é encaminhado a abrigo da Prefeitura 
Os imigrantes refugiados no estado não tinham roupas, lençóis nem colchões para dormir e viviam em condições degradantes No abrigo, eles receberam objetos para uso pessoal e terão condições melhores de vida JL Rosa O grupo de 29 venezuelanos encontrados vivendo em condições sub-humanas no Centro, na última terça-feira (21), foi encaminhado para um abrigo da Prefeitura de Fortaleza, na Barra do Ceará, nesta quarta-feira (22). A princípio, a Comissão de Direitos Humanos da OAB-CE informou que aproximadamente 40 venezuelanos estavam vivendo em condições de extrema vulnerabilidade em seis quartos alugados, sem comida e sem roupas, no Centro da Cidade. A Secretaria Municipal dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS) informou que foi até o local e identificou 29 venezuelanos. Em reunião com representantes do governo do Ceará, foi definido que eles seriam levados para o abrigo Centro de Convivência, da Prefeitura de Fortaleza. Os imigrantes refugiados no estado não tinham roupas, lençóis nem colchões para dormir. No abrigo, eles receberam objetos para uso pessoal e terão condições melhores de vida.
Veja Mais

23/05 - Duas escolas e um CMEI são furtados no mesmo dia, em Ponta Grossa
Suspeitos levaram fios de cobre e uma televisão dos locais, nesta quarta-feira (22), segundo diretores. Duas escolas e uma creche são furtadas durante a madrugada, em Ponta Grossa Duas escolas e um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) foram furtados na madrugada desta quarta-feira (22), em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. Segundo as direções das instituições de ensino, os ladrões levaram fios de cobre e uma televisão. Um dos furtos aconteceu no CMEI Antônio Nunes Cottar, na Vila Santa Bárbara. De acordo com a direção da creche, os ladrões levaram a fiação do prédio e cabos de para-raios. No domingo (19), a fiação do CMEI já havia sido levada após uma outra invasão. Parte da fiação elétrica foi recolocada na creche. No entanto, algumas salas de aula ainda estavam sem luz durante a tarde desta quarta. Segundo a direção, as professoras realizaram atividades ao ar livre com as crianças. A Escola Municipal Agenorídas Stadler, que fica na mesma quadra do CMEI, também foi furtada durante a madrugada. No local, os suspeitos levaram cerca de 100 metros de fios de cobre, que também faziam parte do sistema de para-raios do prédio. A direção da escola disse que o sistema havia sido instalado há poucos meses. Cartaz foi colocado na entrada do CMEI Antônio Cottar após o furto Reprodução/RPC Sem TV No bairro Baraúna, a Escola Municipal Fioravante Slavieiro também foi furtada durante a madrugada desta quarta-feira. Os suspeitos levaram uma TV de tela plana que era usada como apoio para as aulas das crianças, segundo a direção. A diretora da escola, Soraia da Silva, disse que o registro foi o segundo furto em duas semanas. "Nós já perdemos três TVs há duas semanas. Nossas crianças foram roubadas", disse. Buracos na parede da sala de aula indicam onde ficava a TV que foi furtada Reprodução/RPC Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Veja Mais

23/05 - Vacinação contra gripe tem baixa adesão em São Paulo, Rio e Acre
Gripe pode evoluir para uma doença mais grave. Em 2018, país registrou mais de 6.700 casos de síndrome respiratória aguda grave provocada por influenza e 1.381 mortes. Vacinação contra gripe tem baixa adesão em SP, Rio e Acre A campanha de vacinação contra a gripe termina na semana que vem e com índices baixos de adesão. É na infância que a gente descobre o poder da vacina e com o passar do tempo, esse efeito só se comprova. Mas parece que ainda falta convencer mais gente, principalmente no Rio, no Acre e em São Paulo, estados com os menores números de pessoas imunizadas. Entre os principais alvos da campanha, a maioria das mães de recém-nascidos e dos idosos compareceu aos postos. Já grávidas e crianças estão entre os grupos que deveriam ter um número maior de vacinados. “A vacina é segura para a grávida, ela protege a gestante e protege também o bebê, que vai receber anticorpos da mãe, e nos seus primeiros seis meses que não pode tomar vacina”, explicou a infectologista Isabella Ballalai, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações. Ela explica ainda que a vacina não provoca gripe. “A coincidência é a maior inimiga da vacina. Se a pessoa toma vacina hoje e acorda doente amanhã é porque já estava infectada ou se infectou antes dos dez dias que ela precisa para proteger”. O vírus da gripe está no ar, no corpo das pessoas e em qualquer outro lugar: no teclado do computador, no telefone, em cima dessa mesa. Nessas superfícies, ele sobrevive por até dois dias. É muito difícil combater um inimigo assim, invisível e resistente. Por isso, a vacina é a única prevenção eficaz, a única que é a capaz de fechar a porta para essa contaminação. A gripe pode evoluir para uma doença mais grave. Em 2018, o Brasil registrou mais de 6.700 casos de síndrome respiratória aguda grave provocada por influenza e 1.381 mortes. Em 2019, até o dia 11 de maio, foram 807 casos em todo o país e 144 mortes. “A vacina que você tomou no ano passado não protege dos tipos de vírus que estão circulando entre nós hoje. Por isso que é preciso tomar todo ano a vacina”, diz a infectologista.
Veja Mais

23/05 - Processo seletivo com 320 vagas para cursos técnicos e superiores está aberto no Ifro em RO
Vagas estão distribuídas entre os campi de Porto Velho, Ji-Paraná (RO) e Guajará-Mirim (RO). Inscrições podem ser feitas até o dia 2 de junho. Ifro campus Calama Porto Velho Matheus Henrique/G1/Arquivo O Instituto Federal de Rondônia (Ifro) está com processo seletivo aberto para cursos técnicos concomitantes e subsequentes, além de cursos de nível superior. Ao todo são 320 vagas distribuídas entre os campi de Porto Velho, Ji-Paraná (RO) e Guajará-Mirim (RO). Os cursos são ofertados nas modalidades semipresencial e presencial, com ingresso no 2º semestre de 2019. As inscrições podem ser feitas pelo site do Ifro até o dia 2 de junho de 2019. Os candidatos que não têm acesso à internet podem ir até os campi durante o período de inscrição portando os documentos pessoais solicitados como: CPF, documento oficial de identificação com foto; boletim escolar do ensino fundamental ou médio, histórico escolar do ensino fundamental ou médio, ou documento escolar oficial equivalente, de acordo com o nível do curso pretendido. Vagas também são ofertadas no Instituto Federal de Rondônia em Guajará-Mirim Júnior Freitas/G1 Cursos concomitantes O processo seletivo será realizado em uma única etapa e conforme o desempenho do candidato, levando em consideração as notas nas disciplinas: Língua Portuguesa, Matemática, Ciências, História e Geografia, obtidas do 7º ao 9º ano do ensino fundamental. O aluno deverá está matriculado e cursando regularmente o 1º ou 2º ano do ensino médio. As vagas são para Técnico em Administração e Técnico em Computação Gráfica. Confira o edital. Os cursos técnicos ofertados serão ministrados por meio do sistema semipresencial, sendo parte presencial e parte a distância. Por isso, o candidato deverá ter disponibilidade para duas aulas presenciais por semana. Cursos subsequentes Segundo o edital, o processo seletivo para cursos técnicos subsequentes será realizado em apenas uma etapa e é necessário que o candidato tenha concluído o ensino médio até a data da matrícula. A seleção vai levar em consideração as notas obtidas entre o 1º e o 3º ano do ensino médio nas disciplinas: Língua Portuguesa, Matemática, Química, Física, Biologia, História e Geografia. Os cursos ofertados são para Técnico em Vigilância em Saúde e Técnico em Finanças. As vagas estão distribuídas entre os campi de Guajará-Mirim e Porto Velho Zona Norte, com aulas presenciais. Cursos de graduação Segundo o Ifro, estão disponíveis para cursos de nível superior 80 vagas, divididas em: 40 para Curso Superior de Tecnologia (CST) em Análise e Desenvolvimento de Sistemas em Ji-Paraná, e 40 para CST em Gestão Comercial em Porto Velho. O candidato deverá ter concluído regularmente o ensino médio até a data da matrícula. Veja o edital. O critério utilizado para classificação dos candidatos será as notas obtidas nas edições de 2016, 2017 e 2018 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
Veja Mais

23/05 - Transalvador realiza leilão de veículos usados e sucatas com lances a partir de R$ 100
Lances podem ser feitos presencialmente ou online na próxima segunda-feira (27). Visitas aos lotes estão abertas até a sexta (24). Confira como participar. Real Classic Bahia Hotel, em Salvador Divulgação A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) fará leilão de veículos usados e sucatas na próxima segunda-feira (27). Os valores vão de R$ 100 até R$ 5,4 mil. Os lances podem ser feitos de forma presencial e online, às 9h, no Real Classic Bahia Hotel, localizado na Rua Fernando Menezes De Góis, 165, no bairro da Pituba. Os lotes podem ser visitados para avaliação antes das ofertas dos lances até esta sexta-feira (24), das 9h às 12h e das 14h às 17h, na Rodando Legal, empresa contratada da Transalvador, na Avenida Vasco da Gama, 347, Engenho Velho de Brotas, e na Rua Plinio Garcez Sena, S/N, Mussurunga I. “Essa é uma oportunidade para que possamos dar uma utilidade a carros apreendidos que não foram buscados pelos donos. Esses mais de 150 lotes disponibilizados estão nos nossos pátios por mais de 60 dias, tempo estabelecido pela lei para que o proprietário possa efetuar a retirada. Cabe salientar que até minutos antes do leilão o proprietário pode retirar o veículo pagando as devidas taxas.”, explica Fabrizzio Müller, superintendente da Transalvador. Forma de pagamento No ato da arrematação, o licitante vencedor pagará o valor integral do total do lance, em boleto bancário, e a nota fiscal só será emitida após compensação bancaria dos mesmos. Para as arrematações efetivadas através do ambiente online, o pagamento do valor da arrematação será feito conforme as orientações contidas no ambiente online do leilão e ocorrerá mediante depósito bancário, cuja comprovação também seguirá as instruções no próprio sistema de leilão virtual. Quem pode participar Cidadãos maiores de 18 anos (exceto para os lotes avaliados como sucata) e pessoas jurídicas estão aptas a participar do leilão. Não podem participar do leilão colaboradores da Transalvador e seus parentes, levando em consideração a restrição até o segundo grau de parentesco, além do leiloeiro ou pessoas físicas e jurídicas impedidas de licitar e contratar com a administração. Cadastramento prévio Os interessados em participar do leilão online deverão se cadastrar no portal, com 48 horas de antecedência ao início do leilão, para análise dos dados do cadastro e confirmação da participação. Este procedimento é requisito para participar do formato online. Maiores informações sobre o cadastro poderão ser acessadas no site da empresa que realiza o leilão. Documentos necessários Para efetivar a arrematação dos lotes será necessário apresentar: comprovação de Cadastro de Pessoas Físicas - CPF (original) ; documento de identidade com foto (original) ; comprovante de residência; Para pessoas jurídicas, o registro comercial, estatuto, contrato social, ato constitutivo, ata de fundação e demais documentos na forma da lei, conforme o enquadramento jurídico e tributário da participante.
Veja Mais

23/05 - Justiça Federal ouve testemunhas sobre caso de agente penitenciário morto em Cascavel
Oitivas foram feitas por videoconferência, nesta quarta-feira (22); Alex Belarmino foi assassinado em 2016, quando viajava para a Penitenciária Federal de Catanduvas. Justiça Federal ouve testemunhas e um réu do caso Belarmino A Justiça Federal ouviu testemunhas do processo que investiga a morte do agente penitenciário Alex Belarmino de Souza, morto em setembro de 2016, em Cascavel, no oeste do Paraná. Os depoimentos foram feitos por videoconferência, na tarde desta quarta-feira (22). A Polícia Federal (PF) montou um esquema de segurança para que a audiência fosse realizada no prédio da Justiça Federal, em Cascavel. Os depoimentos duraram cerca de três horas. Das 15 testemunhas previstas para serem ouvidas, oito prestaram depoimento, sendo três testemunhas de acusação, três de defesa, além de dois informantes, que também são réus no processo, mas que fizeram acordo de delação com o Ministério Público Federal (MPF). O processo corre em segredo de Justiça. No entanto, de acordo com o advogado da família de Alex, os informantes que fecharam acordo de delação confirmaram a participação no crime de um dos acusados, que é apontado pela investigação como mentor do esquema para matar o agente. O acusado está preso na Penitenciária Federal de Mossoró (RN). Ele permaneceu calado durante a audiência e não respondeu às perguntas do juiz. Segundo as investigações, o suspeito está ligado a uma facção criminosa que atua nos presídios do país. Além do envolvimento na morte de Alex Belarmino, o acusado é suspeito de estar envolvido no ataque de uma transportadora de valores no Paraguai, em 2017. Relembre o caso Alex Belarmino de Souza tinha 36 anos quando foi assassinado. De acordo com a polícia, ele foi morto em uma emboscada em Cascavel. O agente penitenciário era de Brasília e viajava para dar um curso de tiro na Penitenciária Federal de Catanduvas, também no oeste. Segundo a polícia, Alex foi atingido por vários disparos. O inquérito aberto para investigar o caso concluiu que a morte do agente foi encomendada por integrantes de uma facção criminosa que atua dentro e fora de presídios. A Polícia Federal informou que o assassinato foi uma represália às ações de combate contra a facção. Doze pessoas suspeitas de terem envolvimento no crime foram presas. Em 2017, a psicóloga Melissa Almeida, que trabalhava na Penitenciária Federal de Catanduvas também foi morta em Cascavel. No mesmo ano, o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) estabeleceu novas regras para as visitas sociais e íntimas nos quatro presídios federais de segurança máxima por conta da morte dos profissionais, incluindo a de um agente federal de Mossoró. De acordo com a investigação da polícia, Alex Belarmino foi morto em emboscada Arquivo/RPC Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
Veja Mais

23/05 - Telas em aquarela, fotografias e intervenções compõem mostra de artes na Unifap
"Arte entre nós" revela trabalhos de alunos da rede pública estadual, supervisionados por acadêmicos da universidade. Exposição segue até dia 27 de maio. Mostra expõe obras com diversas técnicas artísticas de alunos da rede pública, sob monitoria de professores em formação da Unifap Rede Amazônica/Reprodução A mostra gratuita 'Arte entre Nós', exibe uma multiplicidade de técnicas de 30 alunos da residência artística do curso de Artes Visuais e Teatro da Universidade Federal do Amapá (Unifap), junto com alunos das escolas estaduais Santina Rioli e Augusto Antunes. A exposição ocorre até a segunda-feira (27), no campus Marco Zero, Zona Sul de Macapá. A exposição revela os trabalhos artísticos produzidos por alunos das escolas estaduais, sob a supervisão dos acadêmicos da Unifap, durante o projeto "Rotas Educativas em Artes". A proposta é desenvolvida desde fevereiro deste ano e só termina em janeiro de 2020. A intenção é envolver cerca de 400 alunos da rede pública. As visitas são abertas ao público nos horários das 8h às 12h e das 14h às 17h. Na sala de exposições do Departamento de Letras e Artes (Depla) estão em exposição mais de 50 pinturas com a técnica aquarela, além de vídeo documentário, fotografias, intervenções artísticas e performances. Silvia Marques, coordenadora da mostra 'Arte entre nós' Rede Amazônica/Reprodução Segundo a coordenadora do evento e professora do curso de licenciatura em artes visuais, Silvia Marques, a mostra tem um conceito coletivo de autoria das obras, de "participação integrada e não individual". "Fica até difícil enumerar o número de obras expostas por que o projeto envolve a intervenção artística dos alunos dos colégios estaduais em diversas formas artísticas. Esses estudantes participaram da criação dos trabalhos que se ramificam em diversas técnicas", explicou. Visitantes participam da exposição com obras de alunos da rede pública Rede Amazônica/Reprodução Para o aluno do curso de artes e residência artística da universidade, Matheus Bezerra, a mostra é uma oportunidade de expandir a visão de toda a comunidade a respeito da arte. "Essa exposição é feita com o trabalho realizado dentro das escolas. A disciplina artes não envolve apenas a parte de conteúdo da matéria, mas fala a respeito da vivência dos alunos e da sociedade em sua vida mesmo", discorreu. Matheus Bezerra, aluno do curso de artes visuais e teatro, da Unifap Rede Amazônica/Reprodução Ainda de acordo com a coordenação, o programa de residência vai muito além da mostra de artes visuais. A ação integra um programa federal que estabelece uma conexão dos alunos da universidade, professores em formação, com os estudantes da rede pública do Amapá. "Enquanto esses docentes em formação estão na universidade, a interlocução entre eles e os estudantes é a escola. Promovemos ações educativas com considerações da materialidade da arte, a forma de perceber o mundo através do visual, processos performáticos e a dimensão simbólica sensorial e especifica arte", detalhou a professora. Pelo menos 50 pinturas estão expostas na mostra Rede Amazônica/Reprodução Serviço Exposição 'Arte entre Nós' Data: De 22 a 27 de maio Local: Rodovia Juscelino Kubitschek, Quilômetro 02 - bairro Jardim Marco Zero, Zona Sul de Macapá Hora: das 8h às 12h e das 14h às 17h Entrada franca Para ler mais notícias do estado, acesse o G1 Amapá.
Veja Mais

23/05 - Projeto leva à Belém o “desafio do abraço” no dia que celebra esse gesto de carinho
Paciente em tratamento contra o câncer pediu e recebeu abraços em um Shopping de Belém. Após o gesto, ela explicou a importância dele. Médica garante que o carinho traz benefícios à saúde. No Dia do Abraço saiba porque esse gesto é tão importante Uma campanha perguntou: Se você encontrasse alguém, um desconhecido, no meio da rua que te pedisse um abraço, você daria? Uma paciente que faz tratamento contra o câncer em Belém pediu abraços em um shopping da cidade. Um gesto simples que pode trazer muitos benefícios a quem dá e recebe o aconchego. “Eu sou a Sindarlene e a ideia veio de uma amiga que, como eu, faz tratamento paliativo contra o câncer em uma clínica”, conta a publicitária Sindarlene Ferreira, que passou a tarde desta quarta-feira (22) pedindo à 44 desconhecidos um abraço. E ela recebeu 21 deles. “Ele pode ajudar a trabalhar a empatia, a se colocar no lugar de outra pessoa. Muita gente diz que ‘é só um abraço’, mas não ‘é só um abraço’ é ‘o’ abraço”, explica a Vanessa Costa, idealizadora da ação. Ela conta que a Sindarlene foi escolhida para mostrar que nem sempre a gente nota o quanto o outro precisa de um pouco de afeto. “Escolhemos alguém sem a característica predominante do tratamento, que é a perda do cabelo”. Nos pedidos por um abraço, as respostas de quem cedeu o afago mostram que o carinho é sempre bem vindo. “Eu te pedi um abraço porque eu sou paciente oncológica”, explicava Sindarlene após cada abraço. E uma das “abraçantes” explicou: “eu também! Eu tive problema, mas estou curada”. “O ser humano está afastado, nem percebe que um abraço muda muita coisa na vida das pessoas”, opinou outra. Para a oncologista Paula Sampaio, o gesto só traz benefícios. “A gente diz que durante o abraço há um aumento da produção e liberação de neurotransmissores importantes. Por exemplo, a serotonina é considerada responsável pelo bem estar e também há um aumento da produção de ocitocina que é considerada o hormônio do amor”.
Veja Mais

23/05 - Supremo restringe fornecimento de medicamentos sem registro da Anvisa
Tribunal vai votar também se o poder público deve fornecer remédios de alto custo, mesmo quando não estiverem na lista de medicamentos gratuitos previstos no SUS. Supremo restringe fornecimento de medicamentos sem registro da Anvisa O Supremo Tribunal Federal impôs restrições para que o poder público forneça medicamentos sem registro da Anvisa. O julgamento retomado na manhã desta quarta-feira (22) tinha sido iniciado em 2016. Foi interrompido por um pedido de vista. Três ministros já tinham votado pela obrigatoriedade do fornecimento de remédios de alto custo, com restrições. Nesta quarta, os ministros formaram cinco correntes de votos diferentes e só entraram em consenso no começo da tarde. Os ministros decidiram que o Estado não pode ser obrigado a fornecer medicamentos experimentais; é obrigatório o registro na Anvisa para que a Justiça possa determinar que o poder público forneça o remédio; mas se houver uma demora muito grande na análise do registro, o remédio pode ser concedido desde que já tenha sido feito o pedido de registro do medicamento; o remédio já tiver sido registrado no exterior; e não exista um substituto terapêutico registrado no Brasil. Pelo voto vencedor do ministro Luís Roberto Barroso, vai ser preciso que o paciente também prove que não tem dinheiro para pagar pelo remédio e apresente um laudo médico que comprove a necessidade do tratamento. Os ministros também decidiram que, no caso de remédios sem registro na Anvisa, a União é quem vai responder a processos na Justiça. Durante o julgamento, o ministro Luís Roberto Barroso afirmou que o Supremo deve trabalhar para diminuir a judicialização na área da saúde, mas que o Legislativo também deve prever recursos no orçamento. “Eu acho que boa parte do debate que está sendo travado no Judiciário deveria ser travado no momento da elaboração do orçamento, saber quanto dinheiro vai para cada lado e, aí, aquele é o limite. Onde acaba o dinheiro, acabam as responsabilidades. A gente tem que trabalhar com a compreensão de que os recursos são finitos e governar, em última análise, é alocar recursos escassos entre fins alternativos. E acho que o lugar de essas escolhas serem feitas não é aqui e sim no parlamento, na votação do orçamento”. Os ministros deixaram para quinta-feira (23) outra parte importante do julgamento, que definirá se o poder público deve fornecer remédios de alto custo, mesmo quando não estiverem na lista de medicamentos gratuitos previstos no SUS. O julgamento está marcado para as 14h.
Veja Mais

23/05 - Governo da PB é condenado a pagar indenização de R$ 140 mil por morte de preso em Guarabira
Indenização por danos morais vai ser paga a 7 pessoas da família do preso morto em 2009. O Governo do Estado vai ter que pagar a quantia de R$ 140 mil de indenização por danos morais a sete pessoas de uma mesma família, em decorrência da morte de um presidiário. O caso ocorreu na Penitenciária Estadual João Bosco Carneiro, que fica na cidade de Guarabira. A decisão é da Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, que reformou sentença da 4ª Vara da Comarca de Guarabira que mudou o valor da indenização. Antes era de R$ 70 mil, sendo R$ 10 mil por pessoa. Na nova decisão o valor foi dobrado. De acordo com os autos, a morte do detento ocorreu em novembro de 2009. Ele teria sido vítima de golpes de objeto perfurante, desferidos durante banho de sol por outro apenado, vindo a falecer logo em seguida, no Hospital Regional de Guarabira. No processo, o Estado defendeu a inexistência de nexo de causalidade, entre o resultado morte e a sua conduta, a falta de demonstração de culpa de sua parte e a excessividade dos danos morais arbitrados. O relator explicou, em seu voto, que no caso de morte de pessoas custodiadas a responsabilidade civil do Estado é objetiva, pois não se trata de omissão genérica, mas específica, em que o Poder Público tem o dever de realizar a vigilância e oferecer segurança. O desembargador Fred Coutinho manteve a decisão que fixou pensão mensal indenizatória, a partir da morte do detento, no valor de 2/3 do salário mínimo, a ser dividido em partes iguais apenas entre a mulher e os filhos do falecido, alterando, tão somente, o termo final de pensionamento em relação aos filhos, que passa a ser até a data em que completarão 25 anos de idade.
Veja Mais

23/05 - Moradores instalam faixas para pedir asfalto em Contenda: 'Do pó viemos, no pó estamos morrendo'
População reclama de espera de seis anos por uma solução para o problema; Prefeitura informou que local será asfaltado até o final de 2019. Moradores de bairro em Contenda protestam contra rua sem asfalto Moradores de Contenda, na Região Metropolitana de Curitiba, instalaram faixas com diferentes mensagens de protesto para pedir obras de asfaltamento. Em uma das frases, a comunidade diz: "Do pó viemos, no pó estamos morrendo". Outra faixa instalada na rua apresenta os dizeres: "Pedimos a Deus para que nosso sofrimento com a poeira acabe, porque pedir para as autoridades do município não resolve nada". Em outra, os moradores reclamam: "as autoridades passam, a poeira fica". Edson Wojick, que mora na região, ressalta que a espera por asfalto já passa de seis anos. "Estamos sofrendo muito. Está insuportável a situação aqui. É uma situação de saúde mesmo. estamos agonizando nessa poeira", afirma . A moradora Steffane de Farias conta que tem dois filhos e que, todos os dias, eles "reclamam de coceira na garganta. Tem que ficar fazendo inalação todas as noites". 'Do pó viemos, no pó estamos morrendo', protestam moradores de Contenda, em faixa instalada para pedir asfalto Reprodução/RPC A Manicure Alana Pacheco afirma que precisa limpar a casa pelo menos duas vezes ao dia, para conseguir fazer tarefas simples. "Até para a gente tomar um café na mesa da cozinha, você tem que limpar primeiro, para depois servir o café. É inexplicável mesmo a sensação de ver tudo sendo destruído no meio do pó e não tem ninguém que ouve os apelos", afirmou a manicure Alana Pacheco. A Prefeitura informou que ainda não havia asfaltado a área porque a responsabilidade pertencia ao estado, mas garantiu que conseguiu autorização e verba para realizar a obra. Segundo o município, o local deve ser asfaltada até o final do ano. Moradores de Contenda espalharam faixas para pedir asfalto à Prefeitura Reprodução/RPC Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
Veja Mais

23/05 - Celebração de 60 anos das Obras Sociais Irmã Dulce tem missa presidida por D. Murilo Krieger e inauguração de sala de cirurgia
Programação será domingo (26), a partir das 8h. Anjo Bom da Bahia foi reconhecida como primeira santa do Brasil. Celebração de 60 anos das Obras Sociais Irmã Dulce tem missa presidida por D. Murilo Krieger e inauguração de sala de cirurgia Reprodução/Site da Osid As celebrações de comemoração aos 60 anos das Obras Sociais Irmã Dulce contarão com uma missa presidida pelo arcebispo de Salvador e primaz do Brasil Dom Murilo Krieger e inauguração da 11ª sala de cirurgia da instituição. A programação começará no domingo (26), às 8h, com a inauguração da sala de operações no Hospital Santo Antônio, que fica no complexo ao lado do Santuário de Irmã Dulce, no Largo de Roma. Às 9h, a missa será realizada espaço religioso das OSID. As OSID atendem, hoje, cerca de 10 mil pacientes. Os recursos para reforma e aquisição dos equipamentos foram obtidos através de campanhas e doações. O investimento é de R$ 936 mil. A sala vai poder ampliar o número de cirurgias de alta complexidade na área oncológica, dando mais agilidade no tratamento de pacientes com câncer. Primeira santa do Brasil Irmã Dulce, também conhecida como 'O Anjo Bom da Bahia' Estadão Conteúdo/Arquivo Um segundo milagre atribuído à Irmã Dulce, conhecida como “O Anjo bom da Bahia”, foi reconhecido por meio de decreto. A partir desse feito, ela proclamada santa, segundo informou o site "Vatican News", canal oficial de comunicação do Vaticano, na manhã do dia 14 de maio. Ela será a primeira mulher nascida no Brasil a ser canonizada e será chamada de Santa Dulce dos Pobres, pelas obras de caridade e de assistência prestadas aos mais pobres e necessitados. O novo milagre reconhecido tem relação com uma pessoa que dormiu cega e acordou enxergando, informou ao G1 a Arquidiocese de Salvador. A informação também foi confirmada pelas Obras Sociais Irmã Dulce (OSID). Ainda não foi divulgado, no entanto, quem foi a pessoa que recebeu a graça, nem de onde ela é e quando o caso aconteceu. O primeiro atribuído à Irmã Dulce, que levou à sua beatificação, em 22 de maio de 2011, trata da recuperação de uma paciente que teve uma grave hemorragia pós-parto e cujo sangramento subitamente parou, sem intervenção médica.
Veja Mais

23/05 - Justiça Federal determina corte de árvore centenária e patrimônio histórico do AP
Na decisão, juiz João Bosco considerou laudos que apontam que faveira, localizada no Centro de Macapá, corre risco de cair e provocar acidente com morte. Justiça Federal determina corte de árvore centenária e patrimônio histórico do AP José de Vasconcelos/ Arquivo Pessoal O longo processo judicial iniciado em 2015 para definir o destino da árvore centenária localizada no Centro de Macapá, teve fim nesta quarta-feira (22) com a decisão da Justiça Federal de que a faveira deve ser cortada. A prefeitura tem dez dias para realizar a retirada total da árvore, que também é patrimônio histórico do Amapá, tombada pelo governo do estado em 1994. O processo da derrubada da faveira teve início com uma ação da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, que solicitou a retirada da árvore alegando ameaça de desabamento sobre o prédio do órgão federal. O pedido gerou manifestos contrários de entidades sociais, universitários, Prefeitura Municipal de Macapá, e do Instituto Memorial Amapá, entidade sem fins lucrativos. Todos entraram na briga judicial para defender a preservação do exemplar. No entanto, na decisão, o juiz João Bosco Soares considerou o resultado de, pelo menos, três laudos que apontam risco iminente de queda da faveira, representando perigo de morte à população que transita pelo local. A árvore é uma das mais altas e frondosas da Avenida Iracema Carvão Nunes, entre as Ruas Tiradentes e General Rondon. Não se sabe a idade exata dela, mas especialistas concordam que ela tem mais de cem anos. Árvore é uma das mais altas e frondosas da Avenida Iracema Carvão Nunes, entre as Ruas Tiradentes e General Rondon Rede Amazônica/Reprodução O Instituto de Pesquisas Cientificas e Tecnológicas do Amapá (Iepa), a Polícia Federal, e um engenheiro agrônomo indicado pelo município periciaram a árvore e pontuaram riscos. Trechos dos laudos foram citados pelo juiz federal no texto da decisão. “(...) A avaliação foi realizada por esta intuição de pesquisa, que comprova de fato que a mesma sofre riscos de queda, devido ao tempo de vida. A árvore sofre com as chuvas e ventos fortes, colocando em riscos a população que circula pelas calçadas, pois grandes e pequenos pedaços de galhos podem se desprender e cair sobre a calçada podendo atingir alguém ou alguma coisa. Além disso, galhos podres foram identificados e presença de cupim”, destacou o Iepa. O instituto ainda ressalta que não existe mais condições de poda porque as raízes já estão inclinadas e expostas. O laudo conclui pela retirada da árvore, mediante acompanhamento do Corpo de Bombeiros. A perícia realizada pela Polícia Federal também é citada. “(...) Foram identificados galhos mortos pendurados sobre via pública, sendo que os mesmos devem ser removidos imediatamente, pois sua queda é iminente e pode provocar acidente com morte. É necessário realizar manutenção periódica de pragas na árvore, especialmente contra cupins, plantas hospedeiras de grande porte e parasitas como erva-de-passarinho e cipó chumbo”. Diante dos laudos, Bosco determinou a retirada total da árvore no prazo máximo de dez dias. O serviço dever der feito pela prefeitura, que ficará incumbida de todos os custos, com o auxílio de uma empresa particular de transporte e do Corpo de Bombeiros. O não cumprimento acarretará em multa de R$ 10 mil, por dia. Prefeitura tem 10 dias para providenciar a retirada da árvore, sob pena de multa de R$ 10 mil por cada dia de descumprimento Adson Lins A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, por vez, ficará responsável pelas despesas de alimentação dos maquinistas que farão o corte. Em nota, a entidade Memorial Amapá lamentou a decisão da Justiça Federal, ressaltando que a morte da faveira deixa a população órfã de memória. “O Memorial Amapá, um instituto que luta pela preservação da nossa história, lamenta a morte da Faveira (…). Como bem poetizou a jornalista Alcinéa Cavalcante, membro do Memorial Amapá: a árvore acolheu em sua sombra gente de todos os credos, idades, raças, classe social. Deu abrigo aos passarinhos e de manhã era palco para o show que eles faziam reverenciando o amanhecer. O show não vai mais continuar porque não houve quem garantisse que a Faveira não faria mal a ninguém”. A nota é assinada por Walter Jr. do Carmo, presidente do Memorial Amapá. Para ler mais notícias do estado, acesse o G1 Amapá.
Veja Mais

23/05 - FOTOS: Veja imagens do primeiro dia da 8ª Rondônia Rural Show
Feira começou em Ji-Paraná na manhã desta quarta-feira (22) e segue até sábado, dia 25 de maio. Entrada é gratuita. A 8ª edição da Rondônia Rural Show iniciou nesta quarta-feira (22) em Ji-Paraná (RO), município a cerca de 370 quilômetros de Porto Velho. Segundo a organização, cerca de 20 mil pessoas marcaram presença na feira no primeiro dia, que tem mais de 500 expositores. Produtores rurais de todo o estado se reúnem, até o próximo sábado (25), para expor, fazer negócios e atualizar as novidades do agronegócio. Confira programação de palestras internacionais Veja rotas alternativas para fugir do congestionamento Veja abaixo as imagens do primeiro dia da Rondônia Rural Show 2019: Começa 8ª edição da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Alunos da escola Tiradentes Unidade 4 participaram da abertura da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Primeiro dia teve cerimônia de abertura e muita visitação na RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Primeiro dia teve cerimônia de abertura e muita visitação na RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Alunos da escola Tiradentes Unidade 4 participaram da abertura da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Representantes da orquestra do Projeto Sonho Meu, de Ji-Paraná, participam da cerimônia de abertura da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Governador do Acre marcou presença na abertura da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Governador de Rondônia, Coronel Marcos Rocha (PSL), e primeira-dama participaram da abertura da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Governador de Rondônia, Coronel Marcos Rocha (PSL), família e comitiva visitaram espaços da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Pastor é convidado pelo governador de Rondônia para falar na abertura da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Padre é convidado para participar da cerimônia de abertura da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Primeiro dia teve cerimônia de abertura e muita visitação na RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Representantes da orquestra do Projeto Sonho Meu, de Ji-Paraná, tocaram durante cerimônia de abertura da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Representantes da orquestra do Projeto Sonho Meu, de Ji-Paraná, participam da cerimônia de abertura da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Governador de Rondônia, Coronel Marcos Rocha (PSL), primeira-dama e autoridades do estado participam da abertura da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Novo selo é lançado durante cerimônia de abertura da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Selo de celebração à feira é lançado durante cerimônia de abertura da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Primeiro dia teve cerimônia de abertura e muita visitação na RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Primeiro dia teve cerimônia de abertura e muita visitação na RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Primeiro dia teve cerimônia de abertura e muita visitação na RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Primeiro dia teve cerimônia de abertura e muita visitação na RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Primeiro dia teve cerimônia de abertura e muita visitação na RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Primeiro dia teve cerimônia de abertura e muita visitação na RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Primeiro dia teve cerimônia de abertura e muita visitação na RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Alunos da guarda mirim de Ji-Paraná marcam presença na abertura da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Primeiro dia teve cerimônia de abertura e muita visitação na RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Primeiro dia teve cerimônia de abertura e muita visitação na RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Sabonetes artesanais são expostos na RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Produtoras dos sabonetes artesanais, de Ouro Preto do Oeste, expõem produtos durante a RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Primeiro dia teve cerimônia de abertura e muita visitação na RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Visitantes posam para fotos ao lado dos girassóis no primeiro dia da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Estudantes visitaram a RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Plantação de sorgo na vitrine tecnológica da RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica Primeiro dia teve cerimônia de abertura e muita visitação na RRS 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica
Veja Mais

23/05 - Moradores reclamam do abandono de restaurante popular de Araguaína
Prédio foi fechado em agosto do ano passado para reforma que deveria durar cerca de 30 dias. Restaurante popular que deveria estar funcionando ainda não foi reinaugurado em Araguaína Os moradores da região norte do Tocantins estão reclamando do fechamento do Restaurante Popular de Araguaína - Manoel Leal Barros. Com alimentações baratas, o local teve o atendimento suspenso em agosto de 2018 para que o prédio passasse por reformas. Quase um ano após o prazo, os moradores cobram uma resposta e o retorno dos serviços. (Veja o vídeo) Antes de fechar as portas o local atendia 1 mil pessoas por dia. Ao anunciar o fechamento a Prefeitura informou que as obras no prédio iam durar cerca de 30 dias, mas até agora o local não foi reinaugurado. Incomodado com a situação, o taxista Adão Ramos Bispo cobra uma resposta do poder público. "A gente sem entender porque. O nosso dinheiro ai jogado", reclamou. De acordo com os moradores, além de deixar de funcionar, o prédio acumula sujeira. A pintura nova precisa de retoque, já que as paredes foram pichadas. Sem movimentação de funcionários públicos, eles temem que o prédio demore a ser entregue. "Já tem mais de ano que a gente espera isso aí funcionar e não funciona. Eu não entendo porque", reclamou a lavradora Maria Alice Brito. "Tá aí o dinheirão perdido. E a gente está pagando. Os coitados pobres estão pagando os impostos" [sic], disse a doméstica Mírian Pereira Araújo. O outro lado A Prefeitura de Araguaína foi procurada para comentar o caso, mas não deu nenhum posicionamento. Restaurante popular de Araguaína continua fechado Reprodução/TV Anhanguera TO Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
Veja Mais

23/05 - MPF entra na Justiça contra empresa responsável por derramamento de óleo no Rio Negro
Órgão requer ressarcimento por dano ambiental de R$ 2,5 milhões e R$ 1 milhão por danos morais coletivos. O Ministério Público Federal ajuizou ação civil pública contra a empresa Porto Chibatão (J.F. de Oliveira Navegação Ltda.) em razão do derramamento de óleo diesel que atingiu o Rio Negro em agosto no ano passado. Na ação, o MPF requer ressarcimento por dano ambiental no valor de R$ 2,5 milhões e R$ 1 milhão por danos morais coletivos causado aos moradores afetados pelo derramamento de óleo. Em nota ao G1, a empresa informou que não recebeu comunicado formal Ministério Público Federal. O vazamento ocorreu após o naufrágio de uma embarcação tipo empurrador que causou uma mancha de 5 quilômetros de poluição, entre o porto do Centro de Abastecimento (Ceasa) até uma das estações do Programa Água para Manaus (Proama), ameaçando o abastecimento de água na cidade e motivando o embargo do Porto Chibatão pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam). O instituto constatou que a mancha de óleo chegou a 10 km de extensão, já que as medidas de contenção adotadas pela empresa logo após o vazamento foram falhas e não impediram que o óleo se espalhasse pela orla do rio. O produto derramado continha alta concentração de enxofre, substância que deixa o ambiente mais ácido, provocando o desaparecimento de peixes, e contém gases que contribuem para o aquecimento global e causam doenças respiratórias. A área de abrangência do vazamento de óleo inclui também parte do perímetro do Encontro das Águas, fenômeno natural do encontro dos rios Negro e Solimões, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O MPF pediu à Justiça Federal, na ação, a condenação do Porto Chibatão ao pagamento de R$ 2,5 milhões em indenização pelos danos ambientais, já que não é possível reverter os impactos causados pelo vazamento o meio ambiente. Além dos danos ambientais, a ação inclui pedido de condenação da empresa ao pagamento de R$ 1 milhão como indenização por danos morais coletivos. O MPF destaca que, das cinco comunidades que compõem a região do bairro Mauazinho, ao menos três foram afetadas pelo óleo diesel da embarcação, o que prejudicou as atividades de pesca que garantem a subsistência dos comunitários e comprometeu a balneabilidade naquele trecho. No bairro Colônia Antônio Aleixo, foram pelo menos 100 famílias ou 500 pessoas afetadas pela contaminação das águas. A empresa estimou um vazamento de aproximadamente 2 mil litros de óleo diesel. Os danos ainda não são completamente mensuráveis, uma vez que o óleo chegou a Estação de Tratamento de Água (ETA) Mauazinho, podendo atingir todo o abastecimento de água em Manaus. Além disso, o óleo pode ter afetado os próprios trabalhadores que estavam prestando serviços na contenção do acidente. Na ação, o MPF pede que o valor pago como indenização por danos morais coletivos seja revertido a programas que visem a melhoria socioambiental do local atingido pelo dano ambiental material e moral coletivo, bairros Mauazinho e Colônia Antônio Aleixo. Empresa reincidente A empresa Porto Chibatão tem um histórico de reincidência em relação aos crimes ambientais. Em 2005, houve naufrágio de um rebocador que provocou o derramamento de 15 mil litros de óleo diesel no Rio Negro, época que coincidiu com o vencimento da licença ambiental da empresa e ainda sem renovação, a empresa não dispunha de um plano de emergência para acidentes ambientais. Além disso, em 2010, houve também um desmoronamento no terminal Porto Chibatão que ocasionou a morte de dois trabalhadores. Já em 2012, um novo deslizamento de terra derrubou o muro de contenção do porto. Em 2014, o MPF celebrou um termo de ajustamento de conduta ambiental com o Porto Chibatão referente a ações civis públicas que visavam a reparação dos danos ambientais decorrentes da sucessiva execução de aterros e intervenções em áreas de proteção ambiental. A empresa havia se comprometido a ajustar suas ações às normas de excelência em gestão ambiental, adotando práticas sustentáveis e que pudessem prever e prevenir futuros acidentes.
Veja Mais

23/05 - Polícia encontra maconha enterrada em calçada de suspeito, no Ceará
Em depoimento, ele assumiu que os entorpecentes seriam vendidos. Um homem foi preso com 36 trouxinhas de maconha enterradas na calçada de casa, nesta terça-feira (21), no município de Morada Nova, interior do Ceará. Segundo a polícia, após denúncias sobre um homem que comercializava entorpecentes, os agentes de segurança chegaram à residência de Leonardo Martins de Sousa, de 20 anos, no Distrito de Aruaru, zona rural do município. Ao ser interrogado, Leonardo assumiu que era dono da droga e que a mesma seria utilizada para venda. Ele foi conduzido para a Delegacia Municipal de Morada Nova, onde foi autuado por tráfico de drogas.
Veja Mais

23/05 - Bolsa Universitária prorroga prazo para a contrapartida, em Goiás
Segundo a assessoria de imprensa da OVG, a organização decidiu aumentar o período porque os bancos de sangue não estão conseguindo atender a demanda de bolsistas. Inscrições prorrogadas para o Programa Bolsa Universitária Goiânia Goiás OVG/Divulgação A Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) prorrogou até o dia 14 de junho o prazo para estudantes entreguem a contrapartida do Programa Bolsa Universitária (PBU). Ao todo, 19 mil universitários são atendidos pelo benefício e, segundo a direção da OVG, nem todos iriam conseguir cumprir o prazo final anterior que era até 31 de maio. Segundo a assessoria de imprensa da OVG, a organização decidiu aumentar o período porque os bancos de sangue não estão conseguindo atender a demanda de bolsistas. A doação de sangue faz parte de uma das contrapartidas de alguns dos estudantes para seguir com o benefício. “Com a prorrogação, as organizações parceiras do Programa também terão mais tempo para se adaptar ao novo sistema de lançamento dos pontos de contrapartida, o que vem provocando um atraso no processo”, diz a nota enviada. A Bolsa Universitária é destinada a alunos matriculados em 85 faculdades particulares de Goiás. De acordo com a OVG, o programa já atingiu 187 mil estudantes beneficiados desde sua criação, em 1999. Os bolsistas podem atuar em uma das 1320 organizações parceiras, cumprindo jornada compatível com seus horários na faculdade ou no emprego. Ainda segundo a assessoria, em julho acontece a renovação do benefício e, além de comprovar se ainda se enquadra nos critérios para seguir como bolsista, o aluno tem ter cumprido a sua contrapartida.
Veja Mais

23/05 - Semana de Biologia da UFSCar Sorocaba oferece atividades abertas ao público
São recebidos alunos universitários e estudantes dos ensinos fundamental e médio para divulgação da produção científica da unidade. Estudantes da UFSCar de Sorocaba (SP) participam da Semana de Biologia até quinta-feira (23), com atividades abertas à população e apresentação de pesquisas acadêmicas nesta quarta-feira (22). Segundo os organizadores do evento, são recebidos alunos universitários e estudantes dos ensinos fundamental e médio para divulgação da produção científica da unidade. Algumas atividades precisaram de inscrição prévia e outras são abertas. Na quarta-feira, a palestra aberta "A pesquisa participativa e a construção do conhecimento em agroecologia" será ministrada pelos professores doutores Fernando Silveira Franco e João Carlos Canuto, às 14h, no auditório do campus. Também haverá uma mesa redonda aberta sobre o tema "Transgênicos: problema ou solução?", com os doutores José Maria Ferraz e Hilton Zarate do Couto, e o mestre Gabriel Fernandes. Além disso, pesquisadores da UFSCar de Sorocaba vão apresentar seus trabalhos científicos à comunidade. Entre eles: "Respostas imunológicas de Rhinella icterica (anura, bufonidae) frente à infecção pelo fungo uitrídio, Batrachochytrium dendrobatidis"; "Resultado preliminar da análise do uso da fitoterapia entre duas Unidades Básicas de Saúde do Estado de São Paulo"; "Produção de biossurfactante por Rhodotorula mucilaginosa utilizando bagaço de malte como substrato"; "Delimitação de espécies simpátricas de Myrcia (myrtaceae) na Amazônia com morfologia e espectroscopia no infravermelho próximo"; "Avaliação ambiental do córrego Utinga (Sorocaba-SP), através do uso de macroinvertebrados aquáticos como bioindicadores". No mesmo dia também haverá apresentação de uma composteira para alunos do ensino fundamental da cidade. O campus da UFSCar fica na Rodovia João Leme dos Santos (SP-264), km 110, Bairro do Itinga. Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí
Veja Mais

23/05 - Apostador de Aramina, SP, ganha prêmio de R$ 11,8 milhões na Mega-Sena
Concurso foi realizado na noite desta quarta-feira (22). Ganhador tem 90 dias para sacar o prêmio. Um apostador de Aramina (SP) levou sozinho o prêmio de R$ 11.825.289,36 da Mega-Sena nesta quarta-feira (22). O sorteio do concurso de número 2153 foi realizado em São Paulo. As dezenas sorteadas foram 08-13-28-31-32-33. De acordo com a Caixa Econômica Federal, os ganhadores da Mega podem resgatar o prêmio em qualquer agência do banco e têm 90 dias a contar da data do sorteio para fazer o saque. Outras 127 apostas levaram, cada uma, R$ 18.610,89 com cinco números acertados. Outras 6.356 pessoas ganham R$ 531,23 ao acertarem a quadra. Para o próximo concurso da Mega-Sena, o prêmio acumulado está previsto em R$ 3 milhões. Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
Veja Mais

23/05 - IF Baiano oferece mais de mil vagas para curso técnico a distância em vendas
Inscrições podem ser feitas na internet, a partir da sexta-feira (24). Vagas são para 33 campi. IF Baiano Reprodução O IF Baiano oferece 1.320 mil vagas no curso técnico subsequente em vendas, da modalidade Educação a Distância (EAD). As vagas são distribuídas em 33 campi e polos de apoio presencial do IF Baiano, localizados em diferentes municípios do estado da Bahia. As inscrições são gratuitas e começam na sexta-feira (24). Elas podem ser feitas feitas online, no link disponível na página da seleção. O prazo encerra no dia 6 de junho. É pré-requisito para participar da seleção ter concluído o ensino médio. O processo de seleção oferece três sistemas de vagas: ampla concorrência (25%), reserva de vagas para estudantes oriundos de escolas públicas (70%) e reserva de vagas para pessoas com deficiência (5%). No edital, os candidatos podem conferir informações detalhadas sobre inscrições, matrícula e documentação necessária. Os interessados devem estar atentos ao local de escolha da vaga, pois, embora, majoritariamente a distância, o curso possui encontros presenciais nos polos ou campi indicados. A duração é de 2 semestres. A seleção dos candidatos será realizada mediante manifestação de interesse na vaga, por meio de inscrição online. A seleção e a classificação dos candidatos será dada de acordo com a ordem de inscrição. Sobre o curso O curso técnico em vendas objetiva formar profissionais com as habilidades e conhecimentos necessários para atuação no mundo do trabalho e que dominem as competências para o exercício profissional de técnico em vendas, convergindo para o desenvolvimento socioeconômico local e regional.
Veja Mais

23/05 - Coronel da PM é encontrado morto em casa em Florianópolis
Mulher dele foi presa suspeita de homicídio, conforme a Polícia Civil. Coronel Ribeiro foi encontrado morto em casa, em Florianópolis, nesta quarta-feira (22) Reprodução/Facebook O coronel Sílvio Gomes Ribeiro, da reserva remunerada da Polícia Militar, foi encontrado morto em casa, em Florianópolis, nesta quarta-feira (22), informou a corporação. A mulher dele foi presa na noite desta quarta suspeita da morte, segundo a Polícia Civil. Até a publicação desta notícia, ela era ouvida na Central de Plantão Policial da Capital. Ribeiro tinha 54 anos e encerrou a carreira em 2014, conforme a PM, quando era o comandante do 21º Batalhão, no Norte da Ilha. A mulher dele foi levada para a Central de Plantão Policial por volta das 19h. De acordo com a Polícia Civil, há indícios de que ela tenha simulado o suicídio do marido. O coronel era pai de cinco filhos e trabalhou por mais de 30 anos na Polícia Militar catarinense. Em nota, a corporação lamentou a morte. Veja mais notícias do estado no G1 SC
Veja Mais

23/05 - Governo sofre derrota e Coaf vai para o Ministério da Economia
Na Câmara, governo concentrou esforços para aprovar a medida provisória que estabeleceu as mudanças nos ministérios do presidente Jair Bolsonaro. Governo tem derrota: Coaf sai da Justiça e vai para Economia O governo concentrou esforços, nesta quarta (22), para aprovar a medida provisória que estabeleceu as mudanças nos ministérios do presidente Jair Bolsonaro. O texto principal já passou na Câmara. O presidente tomou café com a bancada do Nordeste. Na sexta (24), Jair Bolsonaro vai à região. Ao falar de seu governo, Bolsonaro disse que sobra boa vontade, mas falta tato para alguns — sem citar nomes. “É um governo que se inicia, temos muita vontade de acertar. Temos bons ministros, alguns não têm o devido tato político. Tem a questão técnica, tem a questão política. Em consequência disso, acontecem alguns imprevistos, mas todos nós estamos focados no futuro do nosso Brasil”, afirmou. Mais tarde, o porta-voz da presidência, Otávio Rêgo Barros, explicou que o presidente não estava se referindo especificamente a uma pessoa. O ministro da Casa Civil foi pessoalmente ao Congresso. “Nós vamos superar as eventuais dissintonias que são naturais num governo de transformação e vamos, da mesma forma como teremos hoje, a aprovação da reforma administrativa e o governo respeitando as decisões do Parlamento, nós caminharemos da mesma forma para o grande desafio do nosso país que é a nova Previdência”, disse Onyx Lorenzoni, ministro da Casa Civil. A medida provisória da reforma administrativa reduziu de 29 para 22 o número de ministérios e perde a validade depois de 3 de junho. E no estica e puxa entre governo e Congresso, houve um acordo: aprovar o texto principal, mas destacar os pontos polêmicos para votar separadamente. Entre eles, o que trata da transferência do Coaf, que monitora e investiga transações financeiras do Ministério da Justiça para o da Economia; o que tira poderes dos auditores da Receita para informar suspeitas de corrupção ao Ministério Público e à Polícia Federal, sem autorização da Justiça; e, ainda, o que transfere a Funai, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos para o Ministério da Justiça. À noite, foi votado o destaque mais polêmico, o do Coaf. Ele foi rejeitado em votação simbólica; alguns deputados pediram verificação de quórum, portanto, o voto tinha que ser nominal — os deputados tinham de registrar o voto no painel eletrônico. A tendência era de que fosse mantida a rejeição desse destaque, e o Coaf iria para o Ministério da Economia. Foram votados também mais três destaques: dois rejeitaram a criação do Ministério da Cultura e do Ministério do Trabalho — os deputados tentaram recriar esses ministérios; e um manteve tudo como está no Ministério do Desenvolvimento Regional, ele não mais será dividido em dois. Por volta das 21h, veio a derrota do governo. Por 228 votos a 210, o Coaf saiu do Ministério da Justiça e foi para o Ministério da Economia.
Veja Mais

23/05 - Polícia Militar do RJ se nega a passar lista de visitantes de Pezão na cadeia
Corporação alega que 'tais informações podem expor a segurança prisional'. Pedido feito via Lei de Acesso à Informação permite a qualquer cidadão ter acesso a informações de interesse público. PM do Rio se nega a informar lista de visitantes de Pezão na cadeia A Secretaria de Polícia Militar do Rio de Janeiro se negou a informar à GloboNews os nomes das pessoas que visitaram o ex-governador Luiz Fernando Pezão (MDB) no na Unidade Prisional da corporação, em Niterói, Região Metropolitana do estado. A legislação garante acesso aos nomes, mas a corporação alega que "tais informações podem expor a segurança prisional". O pedido foi feito pela reportagem da Globonews no último dia 15 de fevereiro através da Lei de Acesso à Informação, e desde então a corporação evita passar a relação dos visitantes de Pezão. Em vigor desde 2012, a Lei de Acesso a Informação permite que qualquer cidadão requisite informações de interesse público, sem que seja necessária uma justificativa para o pedido. Pezão perfilado no hasteamento da bandeira na Unidade Prisional da PM, em Niterói Francisco de Assis/TV Globo De acordo com a legislação em vigor, a Polícia Militar tinha um prazo de 30 dias para responder a solicitação. O prazo venceu no dia 7 de março. No dia 29 de março, três semanas depois do final do prazo, a PM informou que não iria disponibilizar os nomes que estiveram em contato com o ex-governador na Unidade Prisional. A corporação alega que "informações referentes a visitas são de interesse somente da administração, bem como à Justiça". Segundo a Polícia Militar, "tais informações podem expor a segurança prisional e que constitui direito do preso a proteção contra qualquer forma de sensacionalismo". A reportagem recorreu da decisão da Polícia Militar no dia 4 de abril. O prazo previsto por lei para uma resposta da PM era o dia 9 de abril. Contudo, até a publicação dessa reportagem, mais de 1 mês depois do prazo, não houve uma posição oficial da PM. Falta de resposta é ilegal Especialistas em transparência pública dizem que a falta de respostas, nesse caso, é ilegal e contraria a Lei de Acesso à Informação. "Isso demonstra desrespeito a institucionalidade e um desrespeito ao cidadão. Então, deve ser do interesse do próprio Governo do Estado e da própria Federação, que tem que tomar medidas para assegurar e fiscalizar, que a lei seja cumprida", disse Gregory Michener, coordenador do Programa de Transparência Pública da FGV-RIO. Para o diretor-executivo da ONG Transparência Brasil, Manoel Galdino, a informação solicitada é claramente do interesse público. "Acho que a justificativa de segurança precisa ser mais bem fundamentada. Não basta dizer que ela ameaça a segurança", comentou Galdino. Pezão deixou de ser governador em 31 de dezembro de 2018. Antes disso, em 29 de novembro, a Polícia Federal, ele foi preso durante a operação 'Boca de Lobo'. O ex-governador é acusado de receber aproximadamente R$ 40 milhões em esquemas de corrupção. Lista pode revelar irregularidades Em março de 2017, a Globonews mostrou que o ex-governador do Rio Sérgio Cabral, também preso na Lava Jato, recebia visitas no presídio fora dos dias e horários permitidos aos demais presos. Quase metade delas feitas pelo filho do ex-governador, o então deputado federal Marco Antônio Cabral. As regalias foram descobertas porque a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária, na época subordinada ao governo de Luiz Fernando Pezão, obedeceu a lei. Depois da reportagem, Marco Antônio foi denunciado pelo Ministério Público Federal e chegou a ser condenado por improbidade administrativa pela Justiça Federal. "O objetivo da transparência é identificar onde se está errando para cobrar que melhorem. Sem saber dos erros, fica difícil", disse Manoel Galdino. Sérgio Cabral é flagrado com mais dinheiro do que o permitido na prisão Reprodução/JN Resposta dos envolvidos Em nota, o Governo do Estado do Rio disse que a divulgação da lista de visitantes do ex-governador Luiz Fernando Pezão na prisão é de responsabilidade da Polícia Militar. Também em nota, a assessoria de imprensa da PM esclarece que a posição da corporação foi baseada num parecer com base na Lei de Execuções Penais, que estabelece as normas jurídicas das unidades prisionais. A Polícia Militar não respondeu sobre o descumprimento dos prazos determinados por lei para as respostas.
Veja Mais

23/05 - Ministério da Agricultura libera mais 31 agrotóxicos
Já são 169 registros autorizados em 2019, entre eles, o glifosato, defensivo agrícola que o país mais compra e que, segundo a OMS, pode causar câncer. Número de agrotóxicos aprovados no Brasil aumenta em ritmo acelerado O número de agrotóxicos aprovados no Brasil está aumentando em ritmo acelerado e preocupando ambientalistas. O Ministério da Agricultura liberou esta semana, numa tacada só, 31 agrotóxicos, como mostrou o jornal "O Globo". Já são 169 registros autorizados em 2019, mais de um por dia. Nenhum deles tem princípio ativo novo, são igualmente tóxicos aos já usados no país. Entre eles está o glifosato, um dos defensivos agrícolas que o país mais compra e que a Organização Mundial da Saúde alerta que pode causar câncer. Nas contas do Greenpeace, 26% desses defensivos liberados já foram banidos pela União Europeia. O Ministério da Agricultura admite que o trabalho de análise dos pedidos de registro de agrotóxicos está sendo priorizado. Alega que havia muitos processos parados e, por isso, houve reforço de mais técnicos nos três órgãos que dão aval para um pesticida ser liberado: o Ministério da Agricultura, a Anvisa e o Ibama. Ao explicar a liberação, o coordenador do setor de Agrotóxicos no Ministério da Agricultura, Carlos Venâncio, comparou os agrotóxicos a medicamentos genéricos. “Se uma empresa pode comercializar, ela atende aos requisitos técnicos, cumpre as regras do Mapa (Ministério da Agricultura), do Ibama e da Anvisa, ela pode estar no mercado e pode disputar com outra empresa que estava sozinha, assim como é um medicamento genérico, por exemplo, onde você tem diversas marcas do mesmo medicamento e a pessoa, quando vai à farmácia, tem que escolher uma daquelas opções que ela tem acessível”. A pressão das empresas para liberar os agrotóxicos também é reconhecida pelo governo. O coordenador no Ministério da Agricultura disse que elas buscam, inclusive, a Justiça para conseguir isso. E, segundo ele, existem hoje mais de 200 decisões liminares para priorizar essas análises. Pelo levantamento do Greenpeace, 43% dos defensivos que foram para o mercado em 2019 são altamente ou extremamente tóxicos. Marina Lacôrte, especialista em agricultura e alimentação do Greenpeace, afirma que, na comparação com os cinco primeiros meses de anos anteriores, este é o que mais autorizou pesticidas no mercado, uma liberação recorde. E lembra que, no começo de 2019, o argumento do Ministério da Agricultura para acelerar essas liberações era para tornar acessíveis produtos novos, modernos e menos tóxicos. “Ao invés de a gente dar prioridade para um programa de monitoramento de resíduos, de fiscalização de quais agrotóxicos e quanto estão na água, vai lá e se prioriza mais um produto contendo glifosato, que não tem nada de moderno também e nada de menos tóxicos. Então, essa é a verdadeira causa desse ritmo muito acelerado que a gente está vendo. É uma mudança na lógica de operação, uma mudança de prioridade mesmo do governo que, sim, está dando muito espaço para o veneno”.
Veja Mais

23/05 - VÍDEOS: AL2 de quarta-feira, 22 de maio
Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas.
Veja Mais

23/05 - Exército promove atividades em comemoração ao aniversário de Valinhos
Exposição de equipamentos, desfile e serviços gratuitos ocorrem a partir das 8h desta quinta (23). Militares da 11ª Brigada de Infantaria Leve promovem ação social em Valinhos (SP) Exército Brasileiro em Revista/Reprodução A 11ª Brigada de Infantaria Leve (Bda Inf L) do Exército Brasileiro, sediada em Campinas (SP), promove uma série de atividades nesta quinta-feira (23), em Valinhos (SP), em comemoração ao aniversário de 123 anos do município. A programação começa às 8h e vai até as 18h, em frente ao Paço Municipal. Na programação estão previstas exposição de canhões e veículos da corporação. O evento contará também com brincadeiras voltadas às crianças e de um desfile militar, previsto para as 16h. Apresentações sobre prevenção da dengue e de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) serão realizadas pelo Centro de Controle de Zoonoses da cidade, e os participantes poderão ter corte de cabelo gratuito. Treinamento As tropas estão em Valinhos desde o último domingo (19), a fim de promover o Exército no município através de adestramento de cães e treinamento dos soldados. A base da tropa, composta por cerca de 400 militares, ocorre no Parque Municipal de Exposições Monsenhor Bruno Nardini. Já o treinamento ocorrerá nas ruas da cidade, com patrulhamento motorizado e a pé, operações de busca e apreensão e operações de cerco. Serviço Ação social promovida pela 11ª Brigada de Infantaria Leve do Exército Brasileiro Onde: Paço Municipal de Valinhos - Rua Antônio Carlos, 301, Vila Olivo. Quando: Quinta-feira (23), das 8h às 18h. Quanto: Gratuito. Veja mais notícias da região no G1 Campinas.
Veja Mais

23/05 - Comissão do Senado aprova PEC que inclui proteção de dados na lista de direitos fundamentais
Proposta assegura, na Constituição, a proteção de dados, inclusive nos meios digitais. Pelo texto, somente a União poderá legislar sobre proteção e tratamento de dados pessoais. A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (22) uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que inclui a proteção de dados pessoais – inclusive nos meios digitais – na lista de direitos e garantias fundamentais do cidadão. Por se tratar de uma PEC, o texto seguirá para a análise do plenário do Senado, onde deve passar por dois turnos de votação. Para ser aprovada, a proposta precisa de votos favoráveis de, pelo menos, 49 senadores. De autoria do senador Eduardo Gomes (MDB-TO), o projeto terá de ser analisado também pela Câmara em dois turnos caso seja aprovado pelo plenário do Senado. De acordo com a PEC, somente a União poderá legislar sobre a proteção e o tratamento de dados pessoais. Em agosto de 2018, o então presidente Michel Temer sancionou a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que regulamentou o uso, proteção e transferência de dados pessoais no país. “Convictos de que o Brasil necessita muito mais do que uma lei ordinária sobre o assunto, apesar da envergadura jurídica da LGPD, propomos a presente mudança à Constituição Federal”, afirmou o autor da proposta. “Sabemos que existem diversas propostas de leis estaduais e municipais versando sobre o assunto, inclusive em flagrante réplica da LGPD. Não há racionalização nisso: a fragmentação e pulverização de assunto tão caro à sociedade deve ser evitada. O ideal, tanto quanto se dá com outros direitos fundamentais e temas gerais relevantes, é que a União detenha a competência central legislativa”, acrescentou Eduardo Gomes. Recursos para estados Também nesta quarta, a CCJ aprovou a PEC que aumenta a fatia dos estados no Orçamento da União. A proposta é uma demanda de governadores que apresentaram o texto, ao governo federal, como prioridade para recuperar as finanças dos estados. Na ocasião, um café da manhã na residência oficial da Presidência do Senado, os governadores conversaram com o presidente Jair Bolsonaro sobre a reforma da Previdência. O texto aprovado nesta quarta aumenta em 4,5 % a parcela do Imposto sobre a Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) destinada ao Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal. Pela proposta, o percentual destinado ao fundo saltaria – a partir do quinto ano da emenda em vigor – dos atuais 21,5% para 26%, reduzindo a parcela da União. O texto também seguirá para análise do plenário principal do Senado.
Veja Mais

23/05 - Mais 3 milhões de famílias passaram a cozinhar com lenha desde 2016, diz IBGE
Desemprego e o aumento no preço do botijão de gás são os motivos, informa pesquisa sobre moradia e saneamento. Não estão ligadas à rede de esgoto 23 milhões de casas. IBGE divulga perfil da moradia dos brasileiros O IBGE divulgou, nesta quarta-feira (22), um perfil da moradia dos brasileiros, em 2018. Um horizonte dominado por casas. Esse é o retrato da moradia no Brasil, segundo a pesquisa do IBGE. Elas são a grande maioria dos 71 milhões de domicílios do país. Apartamentos somam menos de 10 milhões e quase a metade das residências fica na região Sudeste. Praticamente todas têm acesso à rede de energia elétrica. Mas, de 2016 para cá, o carvão e a lenha voltaram à cozinha de 3 milhões de domicílios, por causa do desemprego e do aumento no preço do botijão de gás. Nesse cenário de moradia divulgado nesta quarta (22) pelo IBGE, um indicador continua praticamente sem avanço nos últimos três anos: 23 milhões de casas não estão ligadas à rede de esgoto. E é neste ponto que as desigualdades regionais da habitação no Brasil ficam mais evidentes. Na Região Norte, menos de 22% dos domicílios têm acesso à rede de esgoto. Na Região Sudeste, chega a quase 90%. A pesquisa também detalha como o brasileiro paga, ou não, pelo seu imóvel. Quase 10% moram de favor; 18% pagam aluguel; e mais da metade vive em casas próprias e já quitadas. Nas regiões Norte e Nordeste, esse percentual é ainda mais alto. Parece um sonho realizado, mas não é bem assim, diz Wagner da Silveira, pesquisador e analista do IBGE: "A casa própria não quer dizer condições adequadas de moradia. Se tem esgotamento sanitário, a construção tem laje no telhado de cobertura. Essas outras perguntas é que vão definir a situação de ocupação desses imóveis”. No último ano, aumentou a quantidade de imóveis alugados e financiados no país. Clarisnei e o marido ficaram 30 anos morando de favor. E, em 2018, conseguiram financiar o apartamento próprio. “Em um financiamento, a gente vai se apertar no início. É muita coisinha. Mas vai chegar uma hora que a gente vai chegar ao fim, né?”, diz Clarisnei Rodrigues, empregada doméstica. Eles pegaram as chaves na semana passada: "Um sonho realizado".
Veja Mais