Moveis para Escritório

Moveis para escritorio sorocaba mesa para escritorio sorocaba



Cadeira para escritorio sorocaba movel para escritorio sorocaba



Moveis para escritorio sorocaba mesa para escritorio sorocaba



Cadeira para escritorio sorocaba movel para escritorio sorocaba



Notícias

RSS Feed - Notícias - Mantenha-se Informado


29/05 - Sorocaba define horários de funcionamento de comércios a partir de segunda-feira
Lojas de rua vão funcionar das 9h às 13h. Concessionárias, shoppings e escritórios em geral abrirão das 15h às 19h. A Prefeitura de Sorocaba (SP) definiu nesta sexta-feira (29) o funcionamento de comércios a partir da próxima segunda-feira (1º), quando entra em prática o plano de reabertura econômica anunciado pelo governo do estado. Sorocaba tem 930 casos confirmados de coronavírus; acompanhe em AO VIVO O plano foi organizado em cinco etapas, divididas em cores. Sorocaba foi colocada na cor laranja, que é a segunda, onde é possível reabrir lojas de rua, shoppings, concessionárias e escritórios. Todos os comércios podem funcionar por no máximo 4 horas, com taxa de ocupação de 20%. No decreto publicado nesta sexta-feira, a Prefeitura de Sorocaba definiu o seguinte horário de funcionamento: comércio de rua = das 9h às 13h concessionárias, shoppings e escritórios em geral = das 15h às 19h Para atender a demanda maior de passageiros a partir de segunda-feira, a Urbes também vai ampliar a frota de transporte coletivo para 50% do total - hoje está em 40%. Segundo a prefeita, Jaqueline Coutinho, cerca de 40 ônibus a mais estarão nas ruas. Apesar de estar na fase 2 (cor laranja) no plano de reabertura econômica, chamado de Plano São Paulo, a prefeitura enviou ao governador João Dória um ofício pedindo que a cidade seja colocada na fase 3 (cor amarela), que permite liberar mais setores do comércio. Plano do governo de São Paulo para flexibilização da quarentena Governo de São Paulo/Divulgação No entanto, segundo o que foi definido pelo governo, uma região só pode passar a um maior relaxamento após 14 dias. A reavaliação só ocorrerá em período menor caso haja informações relevantes que exijam, excepcionalmente, uma revisão. A classificação de cada região leva em consideração uma série de critérios, entre eles, taxa de ocupação de UTIs e total de leitos a cada 100 mil habitantes. Esses indicadores são avaliados junto com dados de mortes, casos e internações por Covid-19. No documento a Doria, a prefeitura de Sorocaba argumentou que o município apresenta índices que permitem a inclusão na fase 3. A prefeita acredita, no entanto, que o pedido só será avaliado na segunda-feira. Se o governo usar o critério estabelecido de reavaliar a posição de uma região a cada 14 dias, Sorocaba ficará na fase 2 nas duas primeiras semanas do mês. Liberação de igrejas Em outro decreto publicado nesta sexta, a prefeitura também definiu o funcionamento das igrejas, que vão poder reabrir. De acordo com o decreto, igrejas, templos e afins poderão funcionar com 30% de sua capacidade de público, organizando-se de modo a manter as pessoas em distanciamento seguro, com intervalo de assento em bancos ou cadeiras, considerando o uso dos mesmos em fileiras distintas. Também deverá ser exigido uso de máscaras por todos os frequentadores, voluntários ou membros, e garantia de acesso a produtos de higiene. Plano do governo de São Paulo para flexibilização da quarentena no estado Governo de SP/Divulgação
Veja Mais

29/05 - EPTV 2 Campinas ao vivo
Assista diariamente ao telejornal da EPTV pela internet. EPTV 2 Campinas ao vivo Assista diariamente ao telejornal da EPTV pela internet.
Veja Mais

29/05 - Gráficos mostram evolução do coronavírus nos últimos sete dias em Juiz de Fora
Dados revelam informações desde o primeiro Boletim Municipal divulgado pela Prefeitura até a tarde desta sexta-feira (29). Teste de coronavírus Divulgação/Governo de São Paulo Para continuar mostrando a situação do coronavírus em Juiz de Fora, o G1 realizou um novo levantamento com dados dos últimos sete dias no município. De acordo com os números, a cidade registrou 72 casos confirmados da doença em uma semana. Além de 564 notificações suspeitas e 5 óbitos de Covid-19. Veja abaixo mais informações até a tarde desta sexta-feira (29). Após um dia sem registrar mortes por coronavírus, Prefeitura confirma 32ª vítima da doença *Desde o início da divulgação, o Executivo ainda não informou número de pacientes curados e casos descartados. Entretanto, a Secretaria do Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), informou no Boletim Epidemiológico desta sexta-feira, que Juiz de Fora tem 334 pessoas curadas. Casos confirmados O município de Juiz de Fora teve o primeiro caso de coronavírus confirmado pela SES-MG no dia 14 de março. SES-MG confirma primeiro caso de coronavírus em Juiz de Fora Apesar disso, os boletins diários da Prefeitura começaram a ser divulgados apenas no dia 26 do mesmo mês, quando já haviam 26 casos confirmados na cidade. O gráfico abaixo mostra que nesta sexta-feira, Juiz de Fora chegou a 613 notificações positivas de Covid-19. No mesmo período da semana passada, eram 541. Um aumento de 72 casos confirmados em sete dias. Veja abaixo o gráfico dos casos confirmados na cidade desde o dia 26 de março. Casos suspeitos Até nesta sexta-feira, Juiz de Fora contabilizou 4.558 casos suspeitos da doença. No mesmo período da semana passada, o Boletim Municipal, registrava 3.994. Um aumento de 564 em uma semana. Ou seja, cerca de 14%. Mortes Desde março, a cidade contabiliza 32 mortes por coronavírus. Outras três seguem em investigação. O primeiro óbito foi registrado no dia 8 de abril. Nesta sexta-feira, a Prefeitura divulgou o 32º óbito pela doença. Já no mesmo período da semana passada, eram 27. Um aumento de quase 19% dos registros na cidade. Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença Foto: Infografia/G1 Initial plugin text
Veja Mais

29/05 - Polícia Federal prende dois foragidos entre deportados que chegaram nesta sexta em Confins
O voo trazia 22 pessoas. Entre elas um homem condenado por estupro de vulnerável e outro que teve mandado de prisão decretado por roubo com arma de fogo. PF prende foragidos da Justiça em avião com deportados Polícia Federal/Divulgação A Polícia Federal prendeu dois foragidos da Justiça que estavam entre os 22 deportados que voltaram dos Estados Unidos nesta sexta-feira (29). De acordo com a corporação, um deles foi condenado em 2013 por estupro de vulnerável em Meleiro, Santa Catarina. A polícia também cumpriu um mandado de prisão preventiva contra um homem de 44 anos por roubo com arma de fogo em novembro de 1998. Um terceiro homem que também retornou ao Brasil no voo desta sexta-feira foi levado por suspeita de uso de passaporte falso, sendo liberado em seguida, após prestar depoimento. Os dois homens foram levados para a Central de Remanejamento de Presos de Gameleira, na Região Oeste de Belo Horizonte.
Veja Mais

29/05 - Agora é Assim? Live às 19h no G1 e em redes sociais debate como será nossa vida em sociedade quando a pandemia acabar
Agora é Assim? Live às 19h no G1 e em redes sociais debate como será nossa vida em sociedade quando a pandemia acabar A pandemia vai nos tornar mais solidários ou individualistas?. Como ficará a relação com os outros depois que a pandemia passar?. Escritor Clóvis de Barros Filho e arquiteta e líder comunitária Ester Carro participam do debate. . Agora é Assim? Live toda sexta-feira, às 19h vai debater questões sobre o futuro pós-pandemia do novo coronavírus
Veja Mais

29/05 - Após casos de funcionários com Covid-19 e protesto, empresa decide paralisar obras em cidades da Bahia e Piauí
Decisão foi tomada depois que 34 profissionais que atuavam no distrito de Nova Holanda, em Pilão Arcado, foram diagnosticados com Covid-19. Moradores fizeram protesto em alojamento. Moradores realizam protesto em Campo Alegre de Lurdes Blog d Lucas Nunes As obras de linhas de transmissão do consórcio Linhão BA-PI, realizadas nos municípios de Buritirama (BA), Campo Alegre de Lourdes (BA), Pilão Arcado (BA), Dirceu Arcoverde (PI), Dom Inocêncio (PI) e Lagoa do Barro (PI), foram paralisadas temporariamente a partir desta sexta-feira (29). A suspensão foi anunciada pela Andrade Gutierrez, à frente do consórcio, e terá, inicialmente, duração de 15 dias, com desmobilização dos funcionários por 30 dias. A decisão foi tomada depois que 34 profissionais que atuavam no distrito de Nova Holanda, em Pilão Arcado, foram diagnosticados com Covid-19. Alguns profissionais do consórcio foram transferidos para isolamento em outras cidades. Por conta disso, moradores de Campo Alegre de Lourdes tentaram impedir que os trabalhadores tivessem acesso ao alojamento da empresa. A situação foi normalizada após negociação. Em nota, a Andrade Gutierrez informou que a paralisação aconteceu “diante da preocupação popular demonstrada em regiões contempladas pelas obras de linhas de transmissão”. A empresa acrescenta que a medida "também foi tomada visando a integridade física dos colaboradores, uma vez que populares usaram de violência nos últimos protestos, inclusive com uso de armas”. O consórcio garante que tem aprovação das autoridades de saúde para funcionamento e também respaldo legal. Em trecho do comunicado, a empresa explica que todos os trabalhadores que testaram “negativo para a doença serão acompanhados pelo consórcio para suas cidades de origem e estão sendo orientados a cumprirem isolamento em suas residências, de forma preventiva”. Já os funcionários que apresentaram diagnóstico positivo para a Covid-19 vão seguir cumprindo quarentena nos alojamentos do consórcio, informou a empresa. A Andrade Gutierrez garante que “o isolamento não coloca em risco a população local, uma vez que as instalações têm amplo espaço e todos os cuidados estão sendo adotados”. Veja a nota completa divulgada pela Andrade Gutierrez: "Diante da preocupação popular demonstrada em regiões contempladas pelas obras de linhas de transmissão do consórcio Linhão BA-PI, a Andrade Gutierrez e o consórcio responsável receberam autorização do Grupo Equatorial (cliente do projeto) para paralisar as atividades temporariamente a partir de hoje (29). Apesar de o empreendimento ter aprovação das autoridades de saúde para funcionamento e também respaldo legal, a construtora e o consórcio vêm conversando com as respectivas prefeituras e com o cliente ao longo da semana. A paralisação das atividades ocorrerá nos canteiros das cidades de Buritirama (BA), Campo Alegre de Lourdes (BA), Pilão Arcado (BA), Dirceu Arcoverde (PI), Dom Inocêncio (PI) e Lagoa do Barro (PI). Inicialmente, a paralisação será de 15 dias, a contar da data de hoje, com desmobilização dos funcionários por 30 dias. Todos os que testaram negativo para a doença serão acompanhados pelo consórcio para suas cidades de origem e estão sendo orientados a cumprirem isolamento em suas residências, de forma preventiva. Já os funcionários que apresentaram diagnóstico positivo para a Covid-19 vão seguir cumprindo quarentena com atenção médica nos alojamentos do consórcio. A construtora e o consórcio ressaltam que o isolamento não coloca em risco a população local, uma vez que as instalações têm amplo espaço e todos os cuidados estão sendo adotados. Cabe destacar que as prefeituras se mostraram abertas a dialogar sobre a questão e explicaram seus anseios à construtora e ao consórcio. Além disso, a medida de paralisação também foi tomada visando a integridade física dos colaboradores, uma vez que populares usaram de violência nos últimos protestos, inclusive com uso de armas. A Andrade Gutierrez e o consórcio lamentam a postura violenta de populares que em nada contribui para a resolução de um problema de saúde pública e lembram que seus funcionários são um extrato da sociedade, estão exercendo suas profissões e trabalhando pelo país, portanto merecem respeito e acolhimento de todos. Por fim, a empresa e o consórcio reforçam que suas obras seguem todos os padrões de higiene e segurança, com realização de triagem diária de saúde das equipes, adequação dos ambientes de trabalho e ampla comunicação preventiva". Veja mais notícias no G1 Bahia.
Veja Mais

29/05 - VÍDEOS: Jornal Tapajós 1ª Edição de sexta-feira, 29 de maio
Assista a todos os vídeos com notícias de Santarém e Região. Assista a todos os vídeos com notícias de Santarém e Região.
Veja Mais

29/05 - Com mais quatro mortes confirmadas, RS tem 216 óbitos e 8,8 mil casos de coronavírus
Secretaria Estadual da Saúde registrou mortes em Capão da Canoa, Lagoa Vermelha, Passo Fundo e São Gabriel. São 8.843 casos de Covid-19 em 283 cidades gaúchas. A Secretaria Estadual da Saúde confirmou, na tarde desta sexta-feira (29), mais quatro mortes por coronavírus no estado. Com isso, o Rio Grande do Sul passa a ter 216 óbitos por Covid-19 e mais de 8,8 mil casos confirmados. As mortes foram registradas em Capão da Canoa, Lagoa Vermelha, Passo Fundo e São Gabriel: Capão da Canoa (mulher, 34 anos) Lagoa Vermelha (homem, 65 anos) Passo Fundo (mulher, 70 anos) São Gabriel (mulher, 92 anos) Initial plugin text MAPA DO CORONAVÍRUS: avanço dos casos nas cidades PANDEMIA: veja quais países já registraram casos da doença DISTANCIAMENTO SOCIAL: entenda como funciona o modelo do RS Também foram registrados mais 609 casos, elevando para 8.843 o número de casos confirmados em 283 municípios (56,9% do estado). Os novos registros são das seguintes cidades: Água Santa – 1 Agudo – 1 Alecrim – 1 Alvorada – 13 Ametista do Sul – 1 Arroio do Meio – 1 Bagé – 6 Balneário Pinhal – 2 Barão de Cotegipe – 1 Benjamin Constant do Sul – 1 Bento Gonçalves – 38 Bom Jesus – 4 Bom Princípio – 3 Bom Retiro do Sul – 5 Brochier – 1 Cachoeira do Sul – 4 Cachoeirinha – 2 Cacique Doble – 1 Camaquã – 2 Campo Bom – 2 Candelária – 1 Canguçu – 2 Canoas – 20 Capão da Canoa – 1 Capela de Santana – 1 Capitão – 1 Carazinho – 2 Carlos Barbosa – 9 Casca – 1 Caxias do Sul – 14 Charqueadas – 3 Cidreira – 2 Coxilha – 2 Cruz Alta – 1 Cruzeiro do Sul – 2 Dois Irmãos – 1 Dom Pedrito – 3 Encantado – 2 Erechim – 36 Esmeralda – 1 Estância Velha – 2 Esteio – 4 Farroupilha – 1 Faxinalzinho – 1 Flores da Cunha – 1 Fontoura Xavier – 2 Frederico Westphalen – 3 Garibaldi – 23 Gentil – 1 Gravataí – 5 Guaíba – 6 Guaporé – 3 Ibirapuitã – 2 Ibirubá – 2 Ijuí – 1 Imbé – 4 Independência – 1 Itati – 1 Ivoti – 2 Júlio de Castilhos – 1 Lagoa Vermelha – 4 Lajeado – 60 Lavras do Sul – 1 Machadinho – 1 Maquiné – 4 Marau – 16 Minas do Leão – 3 Montenegro – 1 Morrinhos do Sul – 1 Muçum – 2 Nova Araçá – 3 Nova Bassano – 1 Novo Hamburgo – 8 Osório – 3 Palmeira das Missões – 2 Paraí – 2 Parobé – 1 Passo Fundo – 34 Paverama – 1 Pelotas – 5 Planalto – 1 Pontão – 1 Portão – 1 Porto Alegre – 28 Pouso Novo – 2 Restinga Seca – 1 Rio Grande – 4 Rolante – 1 Ronda Alta – 1 Rosário do Sul – 1 Salto do Jacuí – 1 Sananduva – 1 Santa Cruz do Sul – 2 Santa Maria – 13 Santa Tereza – 1 Santa Vitória do Palmar – 1 Sant'Ana do Livramento – 1 Santo Ângelo – 15 São Domingos do Sul – 2 São Gabriel – 4 São Jerônimo – 1 São Leopoldo – 10 São Lourenço do Sul – 1 São Sebastião do Caí – 2 São Sepé – 11 Sapiranga – 1 Sapucaia do Sul – 20 Serafina Corrêa – 10 Sertão – 1 Tapejara – 7 Taquara – 2 Taquari – 4 Tenente Portela – 2 Terra de Areia – 4 Teutônia – 3 Torres – 1 Tramandaí – 1 Três de Maio – 1 Três Palmeiras – 2 Três Passos – 3 Trindade do Sul – 10 Triunfo – 1 Uruguaiana – 1 Vacaria – 6 Venâncio Aires – 2 Vera Cruz – 1 Veranópolis – 1 Viamão – 4 Westfália – 4 A secretaria estima que 70,7% dos infectados já estejam recuperados. Outros 26,9% ainda estão internados ou em recuperação. A taxa de letalidade do RS é de 2,4%. Até as 18h25 desta sexta, a taxa de ocupação de leitos de UTI era de 72%. Deste total, 18,5% tinham diagnóstico positivo para Covid-19 ou suspeita de síndrome respiratória aguda grave. No Brasil, já são 450.079 casos do novo coronavírus (Sars-CoV-2), com 27.276 mortes. O país passou a Espanha em número de óbitos. Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia do covid-19 Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença Foto: Infografia/G1 Initial plugin text
Veja Mais

29/05 - Rio Preto registra 23ª morte por coronavírus
Paciente era uma mulher de 50 anos, que apresentou os primeiros sintomas em 19 de maio. Ao todo, o município contabiliza 635 moradores infectados pelo novo coronavírus. São José do Rio Preto (SP) registrou na tarde desta sexta-feira (29) a 23ª morte por Covid-19. Ao todo, o município contabiliza 635 moradores infectados pelo novo coronavírus, diferença de 36 casos desde a última atualização. Segundo a Secretaria de Saúde, a paciente que veio a óbito era uma mulher de 50 anos, que apresentou os primeiros sintomas em 19 de maio. Ela foi internada e morreu nesta sexta. Dos 635 casos positivos de coronavírus, 288 estão curados da doença. Ao todo, 141 profissionais de saúde foram contaminados pelo novo coronavírus e 111 pacientes tiveram Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). O índice de incidência de casos é de 138 para cada 100 mil habitantes. Initial plugin text Veja mais notícias da região em G1 Rio Preto e Araçatuba
Veja Mais

29/05 - Brasas em churrasqueira causam incêndio que atinge casa e destrói carro, no Sertão da Paraíba
Moradores fugiram das chamas pelos fundos da residência. Ninguém ficou ferido com o acidente. Um incêndio atingiu uma casa e destruiu um carro, na madrugada desta sexta-feira (29), em Cajazeiras no Sertão da Paraíba. Segundo informações do Corpo do Bombeiros, brasas que estavam acesas em uma churrasqueira teriam provocado o acidente. O incêndio aconteceu por volta das 4h. Os moradores da residência, que estavam no local quando ele começou a pegar fogo, conseguiram fugir pelos fundos do imóvel. Ninguém ficou ferido. Conforme o Corpo de Bombeiros, após o controle das chamas, o dono da casa preferiu não solicitar o procedimento de perícia, já que sabe o que causou o acidente.
Veja Mais

29/05 - Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até 30 de junho na Bahia
Alguns grupos ficaram abaixo da meta de imunização: crianças (34,31%); gestantes (45,10%); puérperas (53,30%); e adultos de 55 a 59 anos (33,61%). Campanha de vacinação contra gripe na BA é prorrogada após alguns grupos não atingirem 90% da meta Prefeitura de Jaru/Divulgação A campanha de vacinação contra a Influenza (gripe) foi prorrogada até o dia 30 de junho na Bahia, segundo a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). De acordo a Sesab, a prorrogação ocorre porque a meta de vacinar 90% de alguns grupos não foi alcançada. Somente os grupos de trabalhadores da saúde, indígenas e idosos, a partir de 60 anos, atingiram a meta de vacinação. No primeiro grupo, houve 99,41% de cobertura; no segundo grupo, a cobertura ficou em 96,97%; no terceiro, houve cobertura acima de 100%. Os outros grupos ficaram muito abaixo da meta: crianças (34,31%); gestantes (45,10%); puérperas (53,30%); adultos de 55 a 59 anos (33,61%). O objetivo é imunizar 90% do público alvo, formado por cerca de 4,6 milhões de pessoas. A vacina está disponível em postos espalhados por todos os municípios. A Secretaria Estadual da Saúde informou que orientou os gestores municipais a ofertarem a vacina fora dos postos de saúde, em ambientes abertos e ventilados, a fim de ampliar a oferta e evitar aglomerações, obedecendo a distância necessária entre as pessoas. Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.
Veja Mais

29/05 - Após manifestação de comerciantes, prefeito volta atrás e desiste de implantar toque de recolher em Campo Verde (MT)
O decreto veda o atendimento presencial em todos os estabelecimentos comerciais entre as 22h e as 5h. Essa medida restritiva não se aplica a empresas que prestam serviços na área da saúde, segurança, hospedagem, indústrias e serviços públicos. Carreata em Campo Verde (MT) Arquivo Pessoal O prefeito de Campo Verde, a 139 km de Cuiabá, Fábio Schroeter, voltou atrás após manifestação de comerciantes e decidiu não decretar o toque de recolher, conforme ele havia anunciado nos últimos dias. Em decreto assinado nesta sexta-feira (29), o prefeito recomenda que as pessoas permaneçam em suas casas. As medidas contidas no decreto têm validade até o dia 11 de junho. O município registra 39 casos confirmados de Covid-19. Confira as últimas notícias sobre o coronavírus em MT O decreto veda o atendimento presencial em todos os estabelecimentos comerciais entre as 22h e as 5h. Essa medida restritiva não se aplica a empresas que prestam serviços na área da saúde, segurança, hospedagem, indústrias e serviços públicos. Carreata em Campo Verde (MT) contra toque de recolher Elizandra Ganzer, proprietária de um estabelecimento comercial na cidade, disse que não há fiscalização por parte da prefeitura e que, se o comércio continuar fechado, a economia local vai entrar em colapso. “Se for para fechar mais 14 dias, metade das empresas de Campo Verde vai falir, porque já estamos desde 23 de março com as portas fechadas”, disse. De acordo com o novo decreto, fica vedado o funcionamento de academias de ginásticas, de musculação, ginástica funcional, crossfit, estúdio de pilates, de yoga, escolas de natação e congêneres. Também está proibido a celebração de missas, cultos e celebrações religiosas presenciais. As feiras livres em espaços abertos não poderão ser realizadas devido à impossibilidade de controlar o acesso de pessoas. Instituições de ensino superior, cursos profissionalizantes, de idiomas, escola de músicas e de cursos não regulares em geral não poderão funcionar. Bares, lojas de conveniências, distribuidora de bebidas, restaurantes, pizzarias, lanchonetes, padarias, cafés e estabelecimento similares, fixos ou ambulantes, só poderão funcionar para retirada dos produtos no local ou delivery. Nos hotéis só será permitida a ocupação de 50% da capacidade de hospedagem A utilização de ruas, canteiros e espaços públicos para a realização de reuniões ou encontro de pessoas está proibida, porém, esses locais poderão ser utilizados para a prática de atividades físicas desde que mantida a distância de 1,5 metro entre os praticantes. Durante uma reunião realizada nesta sexta-feira entre o prefeito e representantes da Associação Comercial e da Câmara de Dirigentes Lojistas, as medidas adotadas no novo decreto foram aprovadas pelas duas entidades. Punição O descumprimento das normas estabelecidas no novo decreto prevê punição com registro de boletim de ocorrências por infração às determinações do poder público destinadas a impedir a introdução ou propagação de doenças contagiosas, com pena que varia de um mês a um ano de detenção, além de multa. Essas penalidades poderão ser aumentadas se o infrator for agente público, médico, farmacêutico, dentista ou enfermeiro. O infrator poderá também ser punido por desobedecer ordem legal de servidor público e por expor a vida ou a saúde de terceiros a perigo eminente. A pena para esses casos varia de 15 dias a um ano de detenção e, se tratando de estabelecimento comercial, interdição compulsória e multa.
Veja Mais

29/05 - Toque de recolher é prorrogado em Parintins, no AM, por conta da pandemia
Decreto estabelece toque de recolher por 15 hora. Toque de recolher é prorrogado em Parintins, no AM, por conta da pandemia Jean Beltão A Prefeitura de Parintins, interior do Amazonas, prorrogou o período de quarentena na cidade. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (29), após a reunião do Comitê de enfrentamento à Covid-19 no município. O decreto definiu a prorrogação por mais 15 dias da quarentena. Com isso, a medida segue até o dia 14 de junho. O decreto havia sido prorrogado no 30 de abril. Coronavírus no Amazonas: O município de Parintins é o primeiro do interior do estado a registrar um cas O decreto estabelece toque de recolher por 15 hora. Entre 3 da tarde e 6 da manhã, as pessoas não podem circular nas ruas o resultado. A cidade tem mais de 1,1 mil casos confirmados da Covid-19. São mais de 50 mortes em decorrência da doença. É quinta cidade do Amazonas com o maior número de infectados.
Veja Mais

29/05 - Gurupi libera funcionamento de igrejas e academias em horários determinados
Liberação vale por 15 dias a partir desta sábado (30). Igrejas e templos podem funcionar entre 6h e 7h ou então após ás 19h. Medidas valem para o município de Gurupi Reprodução/TV Anhanguera A Prefeitura de Gurupi decidiu liberar o funcionamento de templos religiosos, igrejas e academias em horários determinados a partir deste sábado (30). A medida vale, inicialmente, por 15 dias. Os estabelecimentos religiosos poderão abrir entre 6h e 7h ou então após ás 19h. O decreto com a mudança foi assinado pelo prefeito Laurez Moreira (PSDB). Já as academias podem abrir entre 5h às 8h e das 13h30 às 23h. O atendimento deve ser fracionado para que a distância de dois metros entre os clientes possa ser mantida. é proibida a permanência em salas de espera e o revezamento em aparelhos. As janelas devem estar abertas. Para poder funcionar presencialmente, as igrejas devem seguir algumas exigências sanitárias. O distanciamento social entre os fiéis e o uso das máscaras continuam sendo obrigatórios. Também é necessário disponibilizar produtos para a higiene das mãos, como álcool em gel. A ocupação máxima permitida é de 30% da capacidade de cada prédio. Também é proibida a participação de pessoas dos grupos de risco nas cerimônias. No caso das academias, é obrigatório que cada aluno leve o próprio kit de higiene com garrafa de água, toalha de rosto, máscaras, flanelas e álcool em gel a 70%. Quem flagrar alguma situação em que as medidas estejam sendo descumpridas pode denunciar pelos telefones 0800 646 3366 ou (63) 3315-0077, no horário das 7h às 23h. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
Veja Mais

29/05 - Doações e transplantes de rim têm queda de 80% em Feira de Santana por causa da pandemia
Fator pode ser associado aos protocolos do processo de doação, que ficaram mais rigorosos para dar mais segurança aos pacientes renais. Cirurgias de transplantes de órgãos tem redução de até 80% em Feira de Santana Desde que os primeiros casos de Covid-19 foram confirmados em Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador, as doações e os transplantes de rim tiveram uma queda de 80%. Para dar mais segurança aos pacientes renais, os protocolos do processo de doação ficaram mais rigorosos. Por causa disso, a negativa das famílias em autorizar a doação também é um grande problema. Foram quatro anos de espera até que José Raimundo conseguiu um doador. Ele fez transplante de rim em fevereiro deste ano e, depois disso, a vida dele mudou completamente. "Só saindo da máquina, foi a melhor coisa do mundo. Eu me sentia mal direto, não podia comer tudo. Hoje eu como tudo moderadamente, está ótimo", relatou José. Hospital Dom Pedro de Alcântara, em Feira de Santana Reprodução/TV Subaé Para a dona de casa Regiane de Jesus, a espera foi menor. Ela disse que aguardou cinco meses para fazer a cirurgia. "A minha recuperação foi maravilhosa, foi tudo bem no hospital Dom Pedro e, graças a deus, só alegria daqui para frente", contou Regiane. De acordo com a Central Estadual de Transplante, 840 pessoas estão aguardando um transplante renal em Feira. Por causa da pandemia, esse número pode crescer. Houve uma queda no número de doações, por isso o tempo de espera e o número de pessoas na fila tende a aumentar. O hospital Dom Pedro de Alcântara é referência em transplante renal em Feira. Em abril de 2019, foram feitos 12 transplantes na unidade. Já em abril deste ano, o número caiu para quatro. "O principal fator é a dúvida, se o doador de órgãos tem ou não Covid ou teve contatos com pessoas que tiveram a doença. Então isso levou a uma restrição enorme de doações no estado. Com isso, o cenário é bastante complicado, porque pacientes que dependem de órgãos vitais como coração, fígado, pulmão, esses pacientes estão falecendo", explicou o coordenador de transplantes do hospital, Rodrigo Serapião. Coordenador de transplantes do Hospital Dom Pedro explicou que queda tem a ver com mudança no protocolo de doações Reprodução/TV Subaé "E os pacientes que têm doenças renais, que ainda estão em hemodiálise, que poderia fazer uma substituição do rim, estão passando mais tempo na fila. Mas mesmo os pacientes renais, eles precisam fazer o transplante quando não têm mais acessos vasculares para fazer a hemodiálise como único recurso de vida", completou. Segundo Rodrigo Serapião, a queda tem a ver com os protocolos de doação, que ficaram ainda mais burocráticos diante do risco de contaminação por coronavírus. "O protocolo para doação modificou, porque a Covid-19 é uma doença infecto-contagiosa, nós não podemos imputar esse risco aos receptores de órgãos. Então estamos readequando lentamente os protocolos para podermos transplantar com segurança", disse o coordenador. Para ser um doador de órgãos e tecidos, é necessário que a família esteja ciente desse desejo. "Converse com a família para fazer a doação, porque é muito importante e tem muita gente precisando", pedi José Raimundo. Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.
Veja Mais

29/05 - Firjan elabora guia com orientações para retomada segura das atividades industriais no RJ
Material tem orientações para setores específicos e outras recomendações gerais. Indústrias recebem guia para retomada segura A Firjan elaborou um guia com orientações para uma retomada segura das atividades industriais no estado do Rio. O manual busca orientar empresas com medidas práticas que garantem a saúde e a segurança do trabalho durante a pandemia do novo coronavírus. Plano de Witzel prevê reabrir parte do comércio do RJ já na segunda-feira Fiocruz alerta que flexibilização coloca em risco o RJ e projeta necessidade global de restrições até 2024 Dividido em 10 tópicos, o material conta com informações da Organização Internacional do Trabalho (OIT), recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), medidas trabalhistas adotadas pelo governo brasileiro e orientações da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), do Ministério da Economia. Confira o guia completo aqui. A organização sugere que as empresas observem três eixos principais, que são desdobrados em sete diretrizes essenciais: Adequação no ambiente de trabalho: desinfecção e limpeza, sinalização e adequação de layouts em ambientes de uso coletivo para manter o distanciamento, medidas administrativas, comunicação, treinamento e orientações; Novas rotinas de trabalho em tempos de Covid-19: uso de máscara ou outro tipo de proteção facial, higienização pessoal, alterações emocionais e saúde mental e mudança do horário dos turnos ou redução de jornada para atender as necessidades de distanciamento social; Ciclo de cuidado com as pessoas: imunização dos trabalhadores para outras doenças como sarampo e influenza, monitoramento da saúde dos trabalhadores assintomáticos, manejo para identificação de casos suspeitos, acompanhamento do retorno ao trabalho de infectados recuperados e exames diagnósticos. Em entrevista ao RJ1, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, presidente da Firjan, destacou a importância de proteger a vida. “O guia tem várias orientações para proteger a vida humana. Nós não queremos prejudicar a saúde das pessoas. O importante é que nós possamos, com essa proteção, começar a trabalhar. Nós precisamos de renda. O estado não pode ficar sem recursos para ajudar aqueles desempregados e a arrecadação precisa acontecer”, destacou o presidente. O guia oferece um conjunto de práticas comuns para qualquer setor produtivo, além de medidas específicas para cada setor, como Alimentos e Bebidas; Construção Civil; Óleo e Gás; Construção Naval; Metal Mecânico; Papel, Gráfica e Editorial; Confecção, Têxtil e Moda; Extração Mineral; e Audiovisual. O manual foi elaborado pela Gerência Institucional de Saúde e Segurança do Trabalho (GSS) e pela Gerência de Saúde e Segurança do trabalho (GSA) da Firjan. Initial plugin text
Veja Mais

29/05 - PM prende dois homens com R$ 5.906 em notas falsas em Cabeceira Grande; eles estavam repassando dinheiro no comércio
Segundo a Polícia Militar, eles disseram que adquiriram as cédulas por uma rede social. Homens têm 23 e 30 anos e moram em Unaí. Materiais apreendidos pela PM Polícia Militar / Divulgação A Polícia Militar apreendeu R$ 5.906 em notas falsas com dois homens em Cabeceira Grande (MG) nesta sexta-feira (29). Eles disseram que adquiriram as cédulas por uma rede social. “Recebemos denúncias de que os indivíduos estavam repassando notas falsas nos comércios da cidade”, explica o sargento Geraldo Augusto. O dinheiro foi utilizado como pagamento de mercadorias em dois estabelecimentos. Após as informações, a PM montou uma operação para localizar os suspeitos. Eles têm 23 e 30 anos e moram em Unaí. A abordagem foi feita na AMG-2625 quando eles retornavam de carro para a cidade de origem. “Eles disseram que a intenção era repassar a maior quantidade de notas em Cabeceira Grande. As cédulas restantes seriam vendidas em Unaí”, completa o sargento. As notas foram encontradas no porta-luvas e embaixo de um banco. Uma equipe de apoio fez buscas na casa de um deles e encontrou munições. O falso dinheiro, o carro usado pela dupla e os celulares deles foram apreendidos. Os homens não tinham passagens pela polícia e foram levados para a delegacia. Veja mais notícias da região em G1 Grande Minas.
Veja Mais

29/05 - Prefeitura de Aracaju protocola Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias na Câmara de Vereadores
Protocolo foi feito eletronicamente devido à pandemina do novo coronavírus. Protocolo foi feito eletronicamente Andrew Brookes/Cultura Creative/AFP/Arquivo A Prefeitura de Aracaju informou que protocolou eletronicamente, na manhã desta sexta-feira (29), na Câmara de Vereadores do município o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para 2021. “Mesmo com a situação crítica que estamos enfrentando, a Prefeitura adotou procedimentos para garantir que todas as normas administrativas sejam cumpridas, usando a tecnologia para oferecer as soluções necessárias”, disse o secretário de Governo, Jorge Araújo Filho. Segundo a PMA, por conta da retração econômica motivada pela recomendação de isolamento social e limitação de funcionamento de diversos segmentos a previsão orçamentária global é aproximadamente 10% menor para 2021, em relação ao previsto para 2020. De R$ 2,64 bilhões previstos para o orçamento 2020, a projeção para 2021 gira em torno de R$ 2,45 bilhões para 2021. Para que serve A LDO serve de orientação para a Prefeitura Municipal de Aracaju realizar gastos com recursos público no ano posterior, em conexão com o Plano Plurianual (PPA) e a Lei Orçamentária Anual (LOA).
Veja Mais

29/05 - Semana do Meio Ambiente tem programação virtual em Noronha por causa da pandemia
A programação será online, em virtude do novo coronavírus. Estudantes vão ter também uma gincana virtual. Por causa do novo coronavírus, a programação da Semana do Meio Ambiente será virtual Ana Clara Marinho/TV Globo A Administração de Fernando de Noronha vai celebrar a Semana do Meio Ambiente com uma programação virtual. As atividades acontecerão a partir de segunda-feira (1.º ) e seguem até sexta-feira (5), Dia Mundial do Meio Ambiente. As ações incluem a divulgação de vídeos, oficinas e uma gincana e serão online, por causa da pandemia do novo coronavírus. Veja o que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus Coronavírus: confira perguntas e respostas Saiba como estão os serviços no estado Durante a semana, vão ser publicados textos e vídeos com especialistas na área ambiental. As publicações serão divulgadas a partir das 9h, no site oficial de a ilha. Os temas abordados serão unidades de conservação, ecossistemas, processos ecológicos associados, sustentabilidade e turismo, enfrentamento a mudanças climáticas, além de conservação de Noronha. As publicações vão ser usadas como conteúdo para os alunos da Escola Arquipélago, que vão participar de uma gincana virtual. Na sexta-feira, (5) vai exibida uma oficina virtual de confecção de coleções de lixo marinho. Ela vai ministrada pela professora e doutora Mônica da Costa, do Departamento de Oceanografia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Segundo a superintendente de Meio Ambiente da Administração do Distrito, Danile Mallmann, a programação tem objetivo de chamar a atenção para a conscientização e cuidados diários com o ecossistema. “Será uma oportunidade para que a comunidade e todos aqueles que se interessam pela gestão ambiental de Fernando de Noronha entrem em contato com temas atuais e relevantes. Entre outros assuntos, serão contemplados o enfrentamento às mudanças climáticas e o combate ao lixo marinho", afirmou Daniele. A gincana virtual será promovida com os alunos da Escola Arquipélago com base nos temas diários disponibilizados na programação da Semana. Todos os dias, os estudantes vão receber atividades relacionadas ao assunto abordado, elaborado pela coordenação da instituição. De acordo com a professora Fabiane Vilela, os trabalhos vão estimular os alunos a manter hábitos diários de educação ambiental. “O objetivo da gincana virtual é incluir os alunos nas questões ambientais, transmitindo mais conhecimentos e sensibilizando-os quanto à importância da conservação do meio ambiente. Os estudantes também ajudam a educar os adultos no convívio, ensinando e dando exemplo do que aprenderam”, disse Fabiane. Dia dos Oceanos Além da programação da Semana do Meio Ambiente, o Dia Mundial dos Oceanos, comemorado em 8 de junho, será celebrado de forma virtual. O oceanógrafo noronhense Túlio Rabelo vai falar sobre serviços ecossistêmicos marinhos e importância para Fernando de Noronha. Initial plugin text
Veja Mais

29/05 - Prefeito de Igaratá testa positivo para Covid-19
Celso Fortes Palau (PSDB) informou que obteve resultado em um teste rápido feito na quinta (28). Prefeito de Igaratá, Celso Fortes Palau (PSDB), informou nesta sexta-feira (29) que testou positivo para a Covid-19 Reprodução O prefeito de Igaratá (SP), Celso Fortes Palau (PSDB), informou nesta sexta-feira (29) que testou positivo para a Covid-19. O anúncio foi feito por meio de um vídeo publicado em redes sociais (veja abaixo). MAPA DO CORONAVÍRUS: as cidades com infectados e o avanço dos casos Saiba tudo sobre o novo Coronavírus Veja as principais notícias sobre o coronavírus na região Mapa mostra onde há casos confirmados de coronavírus no Vale e região bragantina No registro o chefe do executivo explica que está assintomático. "Quero comunicar a nossa população que na noite de ontem, dia 28 de maio, me submeti ao teste rápido da Covid-19 tendo resultado sido positivo, mesmo estando assintomático, sem sintomas da doença. Desde o início dessa pandemia da Covid-19 sempre procurei ficar à frente de todas as ações de combate à doença que o nosso município adotou, contudo agora, também seguindo protocolo clínico para o meu caso, ficarei isolado em teletrabalho pelos próximos 14 dias para não atuar como disseminador do vírus", disse. Com o caso do prefeito, a cidade passa a contabilizar 29 casos positivos de coronavírus. Initial plugin text Initial plugin text
Veja Mais

29/05 - Governo do Estado atende pedido do Condemat e Alto Tietê entra em nova divisão para análise de etapas para fim de quarentena
Região Metropolitana agora será dividida em 5 microrregiões para futuras análises de flexibilização da quarentena nos municípios. Por enquanto, todas elas estão em alerta máximo, em que nenhuma medida de flexibilização é permitida. O governo do Estado atendeu ao pedido do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) e confirmou nesta sexta-feira (29) a separação da região da Grande São Paulo no Plano de Retomada Consciente. O plano estabelece as fases para a reabertura das atividades econômicas. O governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira que a Região Metropolitana será dividida em cinco microrregiões para futuras análises de flexibilização da quarentena nos municípios. No entanto, apesar da divisão, o secretário de desenvolvimento do estado, Marco Vignoli, disse que, por enquanto, as cidades da Grande São Paulo ainda permanecerão na fase 1, alerta máximo, em que nenhuma medida de flexibilização é permitida. De acordo com o Condemat, com a classificação individualizada, a expectativa é que as cidades do Alto Tietê possam sair da etapa vermelha e, consequentemente, iniciar a flexibilização da quarentena o quanto antes. O consórcio detalhou que as revisões de classificação de fases vão acontecer semanalmente. Até que a região avance para a próxima etapa, as cidades deverão manter as restrições atuais, com autonomia para inserir atividades essenciais previamente liberadas. “As prefeituras devem baixar novos decretos, prorrogando a quarentena até a reavaliação da região neste novo formato criado pelo Estado. Enquanto isso, concentramos os esforços no levantamento de dados e atualização do sistema de capacidade hospitalar para atender os requisitos necessários e pleitear a mudança de fase já na próxima semana”, ressalta o presidente do Condemat, o prefeito de Guararema Adriano Leite. Com o desmembramento da Grande São Paulo em cinco regiões, o Estado vai analisar separadamente critérios como capacidade hospitalar para atendimento Covid-19 e a taxa de avanço de casos e mortes provocadas pelo novo coronavírus. Também serão avaliadas as características demográficas do Alto Tietê, assim como os índices de isolamento social. “Entendemos a angústia de todos com a continuidade da quarentena e, principalmente, as dificuldades em manter o isolamento social. Mas todo cuidado é necessário para a retomada e estamos trabalhando para que, com segurança, possamos avançar o quanto antes para uma nova fase”, enfatiza o presidente. O Alto Tietê é a maior das cinco regiões de saúde divididas pelo governo na Grande São Paulo. No total são dez cidades: Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano, com mais de 3 milhões de habitantes. As demais regiões são a Norte (Caieiras, Cajamar, Francisco Morato, Franco da Rocha e Mairiporã); Sudeste/ABC (Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul); Sudoeste (Cotia, Embu, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Juquitiba, São Lourenço da Serra, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista); e Oeste (Barueri, Carapicuíba, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus e Santana de Parnaíba). Todas essas regiões estão na fase vermelha, de nível máximo de restrição. Initial plugin text
Veja Mais

29/05 - VÍDEOS: Anhanguera Notícias de sexta-feira, 29 de maio
Veja todos os vídeos do Anhanguera Notícias de sexta-feira, 29 de maio. Veja todos os vídeos do Anhanguera Notícias de sexta-feira, 29 de maio.
Veja Mais

29/05 - Casos de coronavírus na Paraíba em 29 de maio
Paraíba tem 12.011 casos confirmados e 327 mortes por coronavírus. Pelo menos 879 novos casos e 9 mortes foram confirmados nesta sexta-feira (29). Casos de coronavírus na Paraíba em 28 de maio Divulgação/Secom-PB A Paraíba tem 12.011 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas nesta sexta-feira (29). O número de mortes confirmadas por Covid-19 subiu para 327 no estado desde o início da pandemia. Já são 191 cidades da Paraíba com casos registrados da doença. Foram registradas mais 9 mortes em decorrência do coronavírus desde o último boletim: Mulher de 40 anos, sem histórico de doenças, residente em Rio Tinto. Homem de 76 anos, com doença cardiovascular crônica, residente em Mamanguape. Homem de 50 anos, com doença hepática e neurológica e diabetes, residente em João Pessoa. Mulher de 89 anos, cardiopata, residente em Santa Rita. Homem de 82 anos, cardiopata, residente em Mari. Homem de 72 anos, diabético, residente em João Pessoa. Mulher de 89 anos, com doença cardiovascular, hipertensão e diabetes, residente em João Pessoa. Mulher de 65 anos, diabética, residente em João Pessoa. Homem de 60 anos, diabético e hipertenso, residente em João Pessoa. A ocupação de leitos de UTI em todo o estado é de 75%. Na região metropolitana de João Pessoa, 89% dos leitos de UTI para adultos estão ocupados. Em Campina Grande, o mesmo setor tem taxa de 91%. No sertão, 51% dos leitos de UTI estão ocupados. Apenas, 42% da população seguiu a recomendação de isolamento social no estado. De acordo com a SES, pelo menos 42.170 mil testes para detecção do novo coronavírus foram realizados em pacientes na Paraíba, desde o início da pandemia. Boletim do coronavírus na Paraíba 12.011 casos confirmados 327 mortes 9.495 casos descartados 2.435 recuperados Casos de coronavírus na PB estão distribuídos em 191 municípios 3.685 em João Pessoa, 1.288 em Campina Grande, 691 em Cabedelo, 553 em Santa Rita, 545 em Guarabira, 527 em Patos, 323 em Caaporã, 291 em Bayeux, 241 em Pedras de Fogo, 186 em Sapé, 175 em Itabaiana, 163 em Sousa, 129 em Mamanguape, 126 em Alhandra, 100 em Cruz do Espírito Santo, 98 em Alagoinha, 97 em Mari, 94 em São Bento, 90 em Conde, 86 em Juripiranga, 77 em Cajazeiras, 74 em Alagoa Grande, 71 em Lagoa Seca, 68 em Pitimbu, 67 em Queimadas, 64 em Riachão do Bacamarte, 61 em São José do Sabugi, 60 em Solânea, 55 em Esperança, 54 em Lucena, 51 em Pilõezinhos, 51 em Rio Tinto, 50 em Areia, 50 em Pombal, 46 em Juazeirinho, 43 em Itatuba, 42 em Baia da Traição, 40 em Cuitegi, 40 em Remígio, 39 em Ingá, 39 em Santa Luzia, 38 em Catolé do Rocha, 38 em Condado, 37 em Pilar, 34 em Capim, 34 em Taperoá, 31 em Gurinhém, 30 em Itapororoca, 29 em Belém, 29 em Serra Redonda, 27 em Araçagi, 27 em Puxinanã, 26 em Boa Vista, 24 em Cacimba de Dentro, 24 em Mataraca, 24 em Salgado de São Félix, 23 em Gado Bravo, 22 em Aroeiras, 22 em Caiçara, 22 em Juarez Távora, 22 em Monteiro, 21 em Alagoa Nova, 18 em Massaranduba, 18 em Sobrado, 17 em Bananeiras, 17 em Duas Estradas, 17 em São Miguel de Taipu, 16 em Mulungu, 16 em Paulista, 16 em Pirpirituba, 16 em Umbuzeiro, 15 em Caldas Brandão, 15 em Coremas, 15 em Piancó, 15 em Teixeira, 14 em Tacima, 13 em Arara, 13 em Barra de Santana, 13 em Boqueirão, 13 em Santa Terezinha, 13 em São José da Lagoa Tapada, 13 em Sumé, 12 em Amparo, 12 em Matinhas, 12 em São Mamede, 11 em Caturité, 11 em Congo, 11 em Logradouro, 11 em Malta, 11 em Pilões, 11 em São Vicente do Seridó, 11 em Sertãozinho, 10 em Cuité, 10 em Matureia, 10 em São José de Caiana, 10 em São José do Bonfim, 10 em Serra da Raíz, 10 em Serraria, 9 em Imaculada, 9 em Olho D´Água, 9 em Picuí, 9 em São Bentinho, 9 em São José dos Ramos, 8 em Areial, 8 em Junco do Seridó, 8 em Princesa Isabel, 8 em Soledade, 7 em Baraúna, 7 em Casserengue, 7 em Curral de Cima, 7 em Fagundes, 7 em Jacaraú, 7 em Lagoa de Dentro, 7 em São João do Rio do Peixe, 6 em Desterro, 6 em Natuba, 6 em Pocinhos, 6 em Tavares, 5 em Assunção, 5 em Cachoeira dos Índios, 5 em Cuité de Mamanguape, 5 em Marcação, 5 em Salgadinho, 5 em São José de Piranhas, 4 em Aparecida, 4 em Barra de Santa Rosa, 4 em Brejo do Cruz, 4 em Conceição, 4 em Coxixola, 4 em Ibiara, 4 em Juru, 4 em Mogeiro, 4 em Montadas, 4 em Passagem, 4 em Quixaba, 4 em São Sebastião de Lagoa de Roça, 4 em Uiraúna, 3 em Catingueira, 3 em Gurjão, 3 em Itaporanga, 3 em Lagoa, 3 em Marizópolis, 3 em Mato Grosso, 3 em Riacho de Santo Antônio, 3 em Santa Cecília, 3 em São José de Espinharas, 3 em São José dos Cordeiros, 2 em Água Branca, 2 em Araruna, 2 em Barra de São Miguel, 2 em Cacimbas, 2 em Dona Inês, 2 em Igaracy, 2 em Jericó, 2 em Mãe d'Água, 2 em Manaíra, 2 em Nova Olinda, 2 em Riacho dos Cavalos, 2 em São Francisco, 2 em Serra Branca, 2 em Vieirópolis, 1 em Aguiar, 1 em Alcantil, 1 em Areia de Baraúnas, 1 em Belém do Brejo do Cruz, 1 em Boa Ventura, 1 em Bom Jesus, 1 em Borborema, 1 em Cabaceiras, 1 em Cacimba de Areia, 1 em Cajazeirinhas, 1 em Carrapateira, 1 em Cubati, 1 em Damião, 1 em Emas, 1 em Joca Claudino, 1 em Lastro, 1 em Livramento, 1 em Nova Floresta, 1 em Olivedos, 1 em Ouro Velho, 1 em Pedro Régis, 1 em Riachão do Poço, 1 em Santa Helena, 1 em Santa Inês, 1 em Santana dos Garrotes, 1 em São João do Cariri, 1 em São João do Tigre, 1 em São Sebastião do Umbuzeiro, 1 em Tenório, 1 em Várzea e 1 em Vista Serrana. Saiba o que fazer se apresentar sintomas de contaminação na Paraíba Curva de contágio: evolução de casos confirmados, mortes, gráficos e dados Como ficam os serviços na Paraíba após medidas para conter a pandemia
Veja Mais

29/05 - Bahia tem 954 novos casos e chega a 16.917 registros de Covid-19; n° de mortes sobe para 609
Informações foram divulgadas pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia na noite desta sexta-feira (29). A Bahia registrou 954 novos pacientes com coronavírus nas últimas 24 horas, segundo o boletim divulgado pela Secretaria de Saúde (Sesab) no início da noite desta sexta-feira (29). Com a atualização, o estado totaliza 16.917 mil pessoas contaminadas pela Covid-19, com 609 mortes. Coronavírus: o que se sabe sobre o novo vírus Veja o que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus Veja perguntas e respostas sobre a doença Dos 16.917 casos confirmados, 2.442 foram de profissionais de saúde. Segundo a Sesab, considerando o número de casos confirmados, 5.502 recuperados e 609 óbitos, 10.806 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. Os casos confirmados ocorreram em 289 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (62,92%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1 milhão de habitantes foram Uruçuca (4.776,06), Ipiaú (4.207,27), Itabuna (4.019,27), Salvador (3.604,37) e Itajuípe (3.367,33). O boletim desta sexta ainda registra 40.313 casos descartados e 109.824 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde. Confira mais notícias do estado no G1 Bahia.
Veja Mais

29/05 - Uberlândia registra 429 casos em 7 dias e tem o maior índice de ocupação de leitos desde o início da pandemia de Covid-19; veja balanço semanal
Dados foram retirados dos boletins diários divulgados pela Prefeitura. Veja outras informações desde o começo da publicação dos registros. Veja balanço dos números da Covid-19 nos primeiros dias de maio em Uberlândia Arte/G1 Em sete dias, Uberlândia saltou de 603 casos confirmados de Covid-19 para 1.032. O aumento de 429 novos casos representa 71% de crescimento no período. As informações foram retiradas dos boletins municipais divulgados diariamente pelo G1 e os dados mostram a evolução da doença durante a segunda semana de maio na cidade. Confira baixo os comparativos. Casos confirmados O primeiro boletim de Uberlândia foi publicado no dia 21 de março. Na época, a cidade já contava com três casos confirmados da Covid-19. Até o fim daquele mês, no qual a doença teve início na cidade, foram registrados 13 casos positivos da doença. Em abril, o aumento foi de 137 casos, sendo uma média de 4,5 por dia em Uberlândia. Porém, considerando os primeiros 22 dias de maio, foram registrados 453 novos casos, um aumento de mais de 20 casos por dia. Já nesta semana, entre os dias 23 e 29 de maio, o aumento foi de 429 casos. O número representa um crescimento de 61,2 casos por dia, o maior índice de crescimento registrado em todas as semanas do boletim. Considerando todo o mês de maio, a cidade já registrou 882 novos casos da doença. Ocupação da UTI Nesta sexta-feira (29), Uberlândia registrou uma taxa de 97% em ocupação em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) da rede pública. Essa taxa representa a maior taxa de ocupação nas UTIs registrada nos boletins. No começo do mês de maio, Uberlândia chegou a registrar 94% na taxa de ocupação, no dia 5. Contudo, esse número caiu no momento em que a Prefeitura disponibilizou 10 novos leitos de UTI, no Hospital Santa Catarina, no dia 7. *Nem todas as internações representam casos de coronavírus. Mortes A primeira morte foi confirmada pelo prefeito Odelmo Leão (PP) no dia 2 de abril. Durante aquele mês, oito mortes foram registradas. Já nos 22 primeiros dias de maio foram confirmados sete óbitos causados pela Covid-19. Entre os dias 23 e 29, a cidade registrou 5 mortes, que representou a semana com maior registros de óbitos. Veja abaixo a evolução no número de mortes. Casos suspeitos Em relação aos casos suspeitos da doença, uma alteração foi feita no boletim. A partir do dia 17 de maio, os casos suspeitos que já haviam sido testados, tendo casos confirmados ou negativados, saíram do número total. No dia 15 de maio, a Prefeitura registrava 5.794 casos em suspeitos da doença, no dia 22 o número caiu para 2.853. Porém, após mais uma semana, o número voltou a subir e registrou 3.620 casos. Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença Foto: Infografia/G1 Initial plugin text
Veja Mais

29/05 - Polícia prende três pessoas e apreende 100 kg de maconha em rodovia em Alagoas
Dois homens e uma mulher foram flagrados em carros com placas do Paraná. Segundo a polícia, eles confessaram que receberam dinheiro para trazer a droga para Alagoas. PRF apreende 100 kg de maconha durante vistoria em São Miguel dos Campos, Alagoas Uma operação policial prendeu dois homens e uma mulher que transportavam 100 kg de maconha na BR-101, no município de São Miguel dos Campos, Alagoas. Eles estavam em dois carros com placas do Paraná. O flagrante foi feito nesta sexta-feira (29), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os nomes dos presos não foram divulgados. Segundo a polícia, os dois homens têm 36 e 33 anos e a mulher, 21 anos. Os três estavam em carros separados e confessaram que receberam dinheiro para transportar a droga do Paraná para Alagoas. O primeiro a ser parado pela PRF foi o homem de 33 anos, por volta das 13 horas, em um Corolla, de cor branca, com placas de Ponta Grossa, no Paraná. As placas eram clonadas e o carro tinha sido roubado em janeiro de 2020, em Umuarama, no mesmo estado. Dentro do porta-malas do carro havia 92 tabletes de maconha. Ao ser flagrado, ele disse aos agentes federais que tinha pego a droga na cidade paranaense de Loanda, e havia recebido R$ 3 mil para entregá-la em Alagoas. No entanto, o suspeito disse que não sabia informar nada além disso, pois estava seguindo uma VW/Parati, de cor branca, ocupada por um casal, que fazia o batedor da droga e mostraria o local a ser entregue. Os policiais então acionaram outra equipe que se encontrava na mesma rodovia. O casal foi parado no no km 105 da BR-101. Dentro do carro tinha um tablete de maconha, semelhante aos outros escondidos no Corolla. O homem e a mulher também confessaram que receberam R$ 3 mil para levar a droga para Maceió. A ocorrência foi encaminhada para a Divisão Especial de Investigação de Capturas (Deic) da Polícia Civil de Alagoas. Maconha apreendida em veículo durante vistoria da PRF em São Miguel dos Campos, Alagoas PRF Carro em que estava a maconha apreendida pela PRF em São Miguel dos Campos, Alagoas PRF Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Veja Mais

29/05 - ‘Batedores’ e motorista são presos por tráfico de drogas em rodovia de Bauru
Segundo Polícia Rodoviária, dupla abordada em carro na SP-280 admitiu que fazia a “proteção” para motorista que levava 150 quilos de maconha no porta-malas. Os 150 quilos de maconha estavam em carro que tinha a proteção feita por outro veículo Polícia Rodoviária/Divulgação Três pessoas foram presas em flagrante por tráfico de entorpecentes na tarde desta sexta-feira (29) na Rodovia Marechal Rondon (SP-280), em Bauru (SP). De acordo com a Polícia Rodoviária, durante patrulhamento uma equipe do Tático Ostensivo Rotoviário (TOR) abordou um veículo com dois ocupantes, que apresentaram nervosismo. Ao desconfiar que a dupla fazia o trabalho de "batedores", espécie de proteção a carro que vem na sequência, os policiais abordaram outros veículos que vinham no mesmo sentido. Dentre os carros vistoriados, eles encontraram um veículo dirigido por um motorista que levava 150 quilos de maconha distribuídos em diversos tabletes no porta-malas. Os três envolvidos admitiram que estavam juntos e foram presos em flagrante. Os suspeitos serão encaminhados para a cadeia de Avaí, onde ficarão à disposição da Justiça. Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília.
Veja Mais

29/05 - MPF recomenda lockdown em municípios do Sul do ES
MPF justifica a recomendação com a informação de que, atualmente, são apenas 34 leitos de UTI Covid para adultos em funcionamento na rede pública da região, dos quais 28 estão ocupados. Santa Casa de Misericórdia, em Cachoeiro de Itapemirim Divulgação O Ministério Público Federal (MPF) recomendou, nesta sexta-feira (29) ao governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), e a prefeitos que promovam o lockdown em 26 cidades do Sul do estado. O MPF justifica a recomendação com a informação de que, atualmente, são apenas 34 leitos de UTI Covid para adultos em funcionamento na rede pública da região (dos quais 28 estão ocupados), o que leva a uma taxa de 82,35% de ocupação, segundo o órgão. Embora não tenha uma definição única, o "lockdown" é, na prática, a medida mais radical imposta por governos para que haja distanciamento social – uma espécie de bloqueio total em que as pessoas devem, de modo geral, ficar em casa. Entenda o que é 'lockdown' A região citada é composta pelos seguintes municípios: Alegre Alfredo Chaves Anchieta, Apiacá Atilio Vivacqua Bom Jesus do Norte Cachoeiro de Itapemirim Castelo Divino de São Lourenço Dores do Rio Preto Guaçuí Ibitirama Iconha Irupi Itapemirim Iúna Jerônimo Monteiro Marataízes Mimoso do Sul Muniz Freire Muqui Piúma Presidente Kennedy Rio Novo do Sul São José do Calçado Vargem Alta Para o MPF, o isolamento total é necessário nessas cidades até que haja demonstração de estabilização ou diminuição da curva de contaminação pela Covid-19 em índice compatível com a estrutura do sistema de saúde disponível na região. A Procuradoria deu prazo até as 17 horas de segunda-feira (1º) para que o governo responda se haverá ou não o acatamento da recomendação, com as devidas fundamentações. Em caso de acatamento, o município deverá especificar as providências a serem adotadas. Já em caso de não acatamento, deverá apresentar justificativa. Ocupação dos leitos e correção dos dados De acordo com o MPF, a informação constante no site do Governo do Estado https://coronavirus.es.gov.br/leitos-uti de que é de 50,88% a taxa de ocupação de leitos de UTI do SUS na Região Sul de Saúde do estado para pacientes com Covid-19 está incorreta. Segundo o órgão, a real taxa de ocupação é de 82,35%. No dia 21 de maio, segundo o MPF, o município de Guaçuí registrou duas mortes por Covid-19 de pacientes que deixaram ser atendidas na Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim por falta de leitos de UTI e que o hospital chegou a negar vagas de UTI a outros seis pacientes por já atingir 100% da ocupação de leitos. Por fim, destaca o MPF que, considerando-se o número total de leitos equipados para adultos hoje existentes (34) na região, a ocorrência de três novas internações, sem que haja liberação de nenhum dos leitos que se encontram hoje ocupados, é o quanto basta para a superação do limite de 91% de ocupação. Por isso, o MPF recomendou ao secretário de Estado da Saúde e o governador que promovam a correção dos dados publicados e que sejam considerados apenas os leitos de UTI Covid-19 do Hospital Evangélico de Itapemirim que estão funcionando de fato (excluindo-se aqueles que estão sem operar por falta de EPI ou qualquer outra circunstância). O órgão também quer que sejam discriminados os leitos que não se prestam ao atendimento de pacientes adultos (a exemplo dos leitos do Hospital Infantil Francisco de Assis de Cachoeiro de Itapemirim). A recomendação nº 3/2020/PRM-CIT é assinada pela procuradora da República em Cachoeiro de Itapemirim, Renata Maia Albani, e pelos procuradores da República Elisandra de Oliveira Olímpio, Alexandre Senra, Edmar Gomes Machado, Paulo Guaresqui, Malê de Aragão Frazão e Paulo Henrique Trazzi. Alternativa Em alternativa ao lockdown, o MPF sugere referenciar os municípios em questão a outras regiões de saúde do estado, onde haja leitos disponíveis, adotando as providências necessárias ao translado dos pacientes que venham a necessitar de internação. Initial plugin text Veja o plantão de últimas notícias do G1 Espírito Santo
Veja Mais

29/05 - Prefeitura de Patrocínio cria Serviço de Inspeção Municipal
O SIM atua na inspeção sanitária de estabelecimentos que beneficiam produtos de origem animal para garantir a qualidade dos itens. Animais destinados ao abate e seus produtos estarão subordinados a inspeção Reprodução / TV Globo A lei que cria o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) na cidade de Patrocínio foi publicada no Diário da Associação Mineira de Municípios (AMM), nesta quinta-feira (28). Vinculado à Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária, o SIM atuará na inspeção sanitária de estabelecimentos que beneficiam produtos de origem animal. O objetivo é garantir a qualidade dos itens comercializados e produzidos no município. O SIM será responsável pela inspeção e fiscalização da produção industrial e sanitária relacionada a produtos de origem animal, comestíveis e não comestíveis, adicionados ou não de produtos vegetais, preparados, transformados, manipulados, recebidos, acondicionados, depositados e em trânsito. Estão sujeitos à inspeção prevista nesta lei, os animais destinados à matança, subprodutos e matérias primas; o pescado e derivados; o leite e derivados; o ovo e derivados; além de mel, produtos de abelhas e derivados.
Veja Mais

29/05 - DF registra 10 mortes por Covid-19 em um dia e total chega a 142; casos sobem para 8.722
Ao todo, 154 pessoas morreram na capital, mas 11 são moradoras do Entorno e 1 do Amapá. Boletim traz 422 contaminados a mais em relação à noite de quinta-feira (27). Jazigos sendo abertos no Cemitério de Taguatinga TV Globo/Reprodução A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) confirmou, no início da noite desta sexta-feira (29), mais 10 mortes de moradores da capital pelo novo coronavírus. Com os casos, o número de óbitos chega a 142. Um morador do Entorno e uma pessoa que vivia no Amapá também tiveram a morte por Covid-19 confirmada nesta sexta. Assim, ao todo, 154 pessoas morreram pela doença no DF. No entanto, 11 viviam em Goiás e 1 no Amapá e, segundo a SES-DF, devem ser contabilizadas nas estatísticas dos estados. Coronavírus: veja quando e onde procurar atendimento no DF O número de infectados pela doença também subiu e chegou a 8.722. São 422 a mais que o total contabilizado até a noite de quarta-feira (27). CORREÇÃO: Inicialmente, o G1 informou que 11 mortes de moradores da capital haviam sido confirmadas nesta sexta. No entanto, um desses casos é de morador de outro estado. A informação foi corrigida às 18h30. Perfil de infectados Segundo boletim do governo do DF, a maioria dos infectados é homem (53,4%) e tem entre 30 e 39 anos. Veja abaixo os casos por faixa etária: Menor de 19 anos: 465 De 20 a 29 anos: 1.499 De 30 a 39 anos: 2.459 De 40 a 49 anos: 2.007 De 50 a 59 anos: 1.195 Mais de 60 anos: 1.097 Initial plugin text Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.
Veja Mais

29/05 - Vigilância Epidemiológica Municipal confirma 139 casos positivos de Covid-19 em Presidente Prudente
Órgão informou que 19 pessoas estão hospitalizadas, sete delas em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Boletim oficial aponta que 109 pacientes já foram curados. Boletim de casos de coronavírus em Presidente Prudente, em 29 de maio Reprodução A Vigilância Epidemiológica Municipal (VEM) de Presidente Prudente recebeu mais 11 exames de coronavírus do Instituto Adolfo Lutz ou de laboratórios conveniados ao órgão. Nesta sexta-feira (29), são sete negativos e quatro positivos. Com isso, a maior cidade do Oeste Paulista contabiliza 139 confirmações de Covid-19. Os novos casos positivos foram confirmados em uma bebê de dois anos, que apresentou sintomas no dia 15, e em outros três homens, um de 27 anos, com sintomas no dia 3, um de 28 anos, cujos sintomas iniciaram no dia 11, e outro de 33 anos, com sintomas iniciados no dia 2. O balanço oficial, atualizado às 17h22, aponta que 46 pessoas aguardam resultados de exames para diagnóstico da doença. Segundo o órgão municipal, 19 pessoas estão hospitalizadas, sete delas em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Entre os pacientes internados há casos confirmados e suspeitos. Até o momento, a cidade possui 783 notificações da doença. Desse total, 598 já apontaram negativo. Presidente Prudente possui dez mortes confirmadas pelo novo coronavírus. A VEM informou ainda que entre os 139 casos positivos, 109 são considerados curados, incluindo os quatro registros confirmados nesta sexta-feira. O órgão municipal ressaltou que para ser considerado curado é levada em consideração a estimativa do período de incubação do vírus, que é de 14 dias. Além disso, a VEM reforçou que os curados são somente aqueles que seguem em domicílio ou que tiveram alta hospitalar após cumprirem o período. Sendo assim, aqueles que já cumpriram os 14 dias de incubação do vírus, mas permanecem internados, não são considerados curados. Evolução de casos de coronavírus em Presidente Prudente, em 29 de maio Reprodução Plano de retomada de atividades econômicas A Prefeitura de Presidente Prudente divulgou, nesta sexta-feira (29), o plano de retomada das atividades econômicas na cidade. A primeira fase é a 3, a amarela, deve começar na próxima segunda-feira (1º) e tem a duração de 14 dias. Clique aqui e veja o plano na íntegra. O prefeito Nelson Roberto Bugalho (PSDB) afirmou ao G1 que para que a cidade siga na fase 3, a amarela, que é a de início, ou para que passe para a fase 4, que é a verde, é necessário que toda a população cumpra as regras estabelecidas no plano, que flexibiliza o funcionamento de estabelecimentos do comércio e da prestação de serviços, entre outros. Prefeitura de Presidente Prudente divulga plano de retomada das atividades econômicas na cidade; veja o decreto na íntegra População consciente é importante para plano de retomada ter sucesso em Presidente Prudente, diz prefeito Initial plugin text Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.
Veja Mais

29/05 - Primeira morte por Covid-19 é confirmada em São João do Oriente, segundo Secretaria Municipal de Saúde
De acordo com a prefeitura, trata-se de uma idosa de 66 anos que estava internada no Hospital Municipal de Ipatinga há mais de 30 dias, e apresentou piora do quadro clínico com sintomas da doença. Boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura de São João do Oriente nesta sexta-feira (29) Prefeitura de São João do Oriente/Divulgação A Secretaria Municipal de Saúde de São João do Oriente confirmou, nesta sexta-feira (29), o primeiro óbito por Covid-19 no município. De acordo com a secretaria, trata-se de uma senhora de 66 anos, que estava internada no Hospital Municipal de Ipatinga há mais de 30 dias, e apresentou piora do quadro clínico com sintomas da doença. Ainda segundo a prefeitura, a paciente fez o exame no sábado (23) e teve o resultado positivo nessa quinta-feira (28). Ela foi o primeiro caso confirmado da Covid-19 no município. A Secretaria Municipal de Saúde disse também que, por medida de segurança, os familiares foram colocados em isolamento e fizeram os testes rápidos que deram negativo. Segundo o boletim epidemiológico do município, São João do Oriente ainda investiga cinco casos suspeitos da doença; outros quatro foram descartados. Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia do covid-19 Veja mais notícias da região em G1 Vales de Minas Gerais.
Veja Mais

29/05 - Casos de covid-19 em frigoríficos de MS chegam a 325, diz MPT
Empresa em Dourados é a que mais preocupa instituição, com 168 trabalhadores contaminados. Dados divulgados pelo Ministério Público do Trabalho ainda não são contabilizados oficialmente pela Secretaria de Estado de Saúde. MAPA suspendeu a autorização do frigorífico da JBS em Campo Grande para exportar para os EUA Reprodução/TV Morena 325 funcionários de frigoríficos em três cidades de Mato Grosso do Sul estão com coronavírus até a manhã desta sexta-feira (29), de acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT) estadual, 63 a mais do que o registrado até a última quarta. O órgão, que realiza intervenções nas empresas após alertas de casos de covid-19 nos locais, está atualizando os números diariamente. De acordo com o MPT, são 168 os trabalhadores contaminados em apenas uma unidade em Dourados, além de 18 em outra empresa na mesma cidade. 109 funcionários de um frigorífico em Guia Lopes da Laguna, e 30 em um estabelecimento de Bonito também estão com coronavírus, segundo a instituição. Os números ainda não foram confirmados oficialmente pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). Ministério Público do Trabalho investiga controle da Covid-19 entre funcionários de 61 frigoríficos em 11 estados A situação que mais preocupa o MPT é no frigorífico de Dourados com mais de 5 mil funcionários. 168 deles já testaram positivo para covid-19. O município mais que dobrou os registros da doença na última semana, já que até o último dia 22, a cidade tinha 93 casos de coronavírus e, nesta sexta-feira, possuía 236. Os dados são do último boletim epidemiológico divulgado nesta sexta, que também confirmou Dourados como o segundo município com mais casos da doença, atrás apenas da capital, Campo Grande. O secretário estadual de saúde, Geraldo Resende, disse, na manhã desta sexta, que a preocupação é grande com o frigorífico. De acordo com ele, a disseminação piorou a partir dos casos no local e, agora todos os trabalhadores da empresa estão sendo testados. COVID-19 EM FRIGORÍFICOS ACENDEU ALERTA DO MPT Em abril, a instituição notificou quase 30 indústrias com unidades ativas no estado para que seguissem recomendação específica sobre práticas sanitárias capazes de obstar o contágio e a disseminação da Covid-19, tanto em relação aos empregados diretamente contratados quanto aos demais prestadores de serviços internos e externos. Testagem para a covid-19 em funcionários de frigorífico de Guia Lopes da Laguna, no sudoeste de MS Reprodução/TV Morena A preocupação do MPT se deu, inicialmente, pelo número alto de casos registrado em Guia Lopes da Laguna, onde a prefeitura afirmou que 90% dos casos da doença tinham relação direta com o frigorífico. O município de cerca de 10 mil habitantes registra 225 casos da doença até esta quarta-feira, com a maior incidência do estado e uma das maiores do Brasil. Conforme o MPT, as vistorias continuarão acontecendo e estão sendo realizadas fiscalizações para observar se os protocolos estipulados nos planos de biossegurança dos frigoríficos são efetivos para evitar a proliferação da Covid-19. O órgão ainda diz que está orientando todas as indústrias frigoríficas a reorganizar as plantas, estabelecendo uma distância mínima de 1,8 metro entre os trabalhadores para, assim, evitar um colapso simultâneo dos sistemas de saúde e da atividade econômica.
Veja Mais

29/05 - Sobe para 46 número de detentos recapturados por violar monitoramento durante prisão domiciliar na pandemia
Eles foram punidos pela Operação Argos, por descumprir medidas impostas pelo estado, em virtude do novo coronavírus. Detentos foram rfecapturados depois de violar medidas impostas para cumprimento de pena domiciliar por causa da pandemia Seres/Divulgação Subiu para 46 o número de presos recapturados em Pernambuco por violar as regras de monitoramento eletrônico impostas pelo estado para aqueles que estavam cumprindo pena domiciliar por causa da pandemia do novo coronavírus. Os dados foram, nesta sexta-feira (29), pelo governo, depois de mais uma etapa da Operação Argos, deflagrada em abril. Veja o que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus Coronavírus: veja perguntas e respostas Saiba como ficam os serviços no estado No início de maio, a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) contabilizava 16 recapturas de detentos beneficiados pela medida, que determina a permanência em casa, mesmo com o uso das tornozeleiras Na primeira etapa da ação, no fim de abril, quatro presidiários já tinham sido punidos. No estado, foram liberados 1.674 presidiários do regime fechado e semiaberto. A medida contemplou pessoas acima de 60 anos, com comorbidades, pensão alimentícia e aqueles com previsão para migrar para o regime aberto até 31 de julho de 2020. A quarta etapa da Operação Argos, ocorreu na quarta-feira (27), segundo a Seres. O Centro de Monitoramento Eletrônico de Reeducandos (Cemer) detectou em tempo real oito detentos, em diversos bairros do Grande Recife, violando o perímetro de monitoramento. A recaptura foi realizada em conjunto com a Superintendência de Segurança Penitenciária (SSPEN), Gerência de Inteligência e Segurança Orgânica (Giso) e a Gerência de Gestão de Pessoas (GGP). Os presos que descumpriram as regras, segundo governo, tiveram decretada a regressão de pena. Todos foram levados para a unidade de origem, a Penitenciária Agroindustrial São João (PAISJ), em Itamaracá, para análise de documentação do judiciário, e depois encaminhados à Penitenciária de Itaquitinga, na Zona da Mata Norte. Pernambuco chega a 32.255 casos confirmados e 2.669 mortes por Covid-19 Covid-19 em Pernambuco Pernambuco confirmou mais 103 mortes e 1.542 casos de pacientes com o novo coronavírus, nesta sexta-feira (29). Com isso, o estado tem, ao todo, 2.669 óbitos e 32.255 confirmações da Covid-19 (veja vídeo acima). Os números começaram a ser registrados em março, com o início da pandemia. Initial plugin text
Veja Mais

29/05 - Vigilância em Saúde em Divinópolis fará visitas a escolas para orientar sobre retorno das aulas presenciais
Visitas seguirão dentro da matriz de planejamento estabelecida pelo comitê de enfrentamento à Covid-19 na cidade. Representantes da Prefeitura e da educação se reuniram na quarta-feira (27) Prefeitura de Divinópolis/Divulgação Equipes da Vigilância em Saúde farão, em Divinópolis, visitas a unidades escolares para orientar sobre o retorno das aulas presenciais. Representantes da Prefeitura e da educação se reuniram na quarta-feira (27) para estabelecer critérios de retomada das aulas que ainda está sem data definida. As visitas seguirão dentro da matriz de planejamento estabelecida pelo comitê de enfrentamento à Covid-19 na cidade. Uma das primeiras iniciativas será estabelecer um calendário de visitas às escolas municipais e particulares. A intenção é levar as orientações sobre as medidas sanitárias de acordo com as condições estruturais de cada instituição. Reunião Representantes das escolas municipais, particulares e universidades participaram da videoconferência. Um dos assuntos abordados foi a preocupação em receber os alunos com os protocolos sanitários definidos, desinfecção das escolas, compra de materiais de higienização e manejo de alimento. Foi o segundo encontro virtual dos representantes. A primeira videoconferência do grupo para preparar o retorno das atividades escolares presenciais foi no dia 20 de maio. Outras reuniões on-line serão realizadas para preparar com segurança o retorno dos alunos e professores.
Veja Mais

29/05 - Coronavírus: Prefeitura de Matinhos instala barreira sanitária na entrada da cidade
Agentes estão medindo a temperatura e entregando questionário para pessoas que querem entrar na cidade, que fica no litoral do Paraná. Ação visa evitar a propagação da Covid-19. Fila na entrada de Matinhos, com barreira sanitária Edilson Tadeu Giordano/Prefeitura de Matinhos A Prefeitura de Matinhos, no litoral do Paraná, instalou uma barreira sanitária na entrada da cidade para controlar o acesso de pessoas e evitar o contágio do novo coronavírus. A barreira começou a funcionar na tarde desta sexta-feira (29), na PR-508. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, Matinhos tem seis casos da Covid-19. Em todo o Paraná são 4,2 mil diagnósticos e 173 mortes causadas pela doença, segundo boletim desta sexta-feira. CORONAVÍRUS NO PARANÁ: veja as principais notícias DÚVIDAS: perguntas e respostas sobre o assunto BEM AQUI: RPC tem plataforma onde você encontra os estabelecimentos e serviços que estejam atendendo A gestão municipal informou que não irá autorizar a entrada de pessoas vindas de cidades e estados com alto número de casos da Covid-19, ou que apresentarem sintomas gripais e temperatura alterada. Agentes da prefeitura, Guarda Municipal e Policia Militar estão no local fazendo a medição da temperatura corporal e entregando um questionário para pessoas que querem entrar na cidade Segundo a prefeitura, a barreira deve funcionar até domingo (31). Initial plugin text Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
Veja Mais

29/05 - Covid-19: conselho de reitores confirma congelamento de salários na Unicamp, USP e Unesp
Comunicado diz que decisão considera reflexos provocados pela pandemia na arrecadação e contrapartida para lei que cria o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus. Praça em frente ao prédio da reitoria da Unicamp, em Campinas Fernando Pacífico / G1 Campinas O Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp) divulgou um comunicado nesta sexta-feira (29) onde confirma congelamento dos salários de professores e funcionários que atuam na Unicamp, Unesp e USP neste ano 2020. O grupo já havia sinalizado a medida em 7 de maio durante reunião com as entidades que representam as categorias e formam o Fórum das Seis, diante dos reflexos econômicos provocados pela pandemia da Covid-19 no Estado. Os profissionais, entretanto, criticaram a manifestação "unilateral", defenderam suspensão da campanha neste momento e fazem outras reivindicações - veja abaixo detalhes. A medida Com a interrupção das atividades econômicas durante isolamento social, o governo recolheu menos Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e, com isso, houve queda nos repasses para as universidades - principal fonte de financiamento das instituições de ensino e pesquisa. "Os dados apresentados evidenciam queda significativa de arrecadação do ICMS no estado, comprometendo parte do orçamento das universidades, o Cruesp manifestou o entendimento de que os salários dos servidores docentes e técnico-administrativos deveriam ser mantidos sem reajuste neste momento", diz nota assinada pelo reitor da Unesp, Sandro Roberto Valentini. Em outro trecho, o Cruesp indica que a decisão também levou em conta a lei complementar que cria o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus para prestar auxílio financeiro a estados, Distrito Federal e municípios. De acordo com Valentini, ela proíbe, em contrapartida, reajuste de salários e benefícios para servidores públicos até dezembro de 2021. Unicamp aprova plano de redução de R$ 72 milhões em despesas até o fim de 2020 O que diz o Fórum das Seis? O grupo representativo dos professores e funcionários das três universidades informou, em nota assinada pelo coordenador Wagner de Melo Romão, que defende a suspensão da campanha salarial de 2020 até que seja possível a realização de assembleias presenciais. Além disso, manifesta que irá se esforçar para que o Congresso derrube o veto presidencial que barra reajuste para trabalhadores da educação pública, entre outras carreiras de servidores públicos, até dezembro de 2021. "Repudiamos o posicionamento unilateral do Cruesp exposto no Comunicado [...] com relação à data-base e, ainda mais grave, a ausência de um posicionamento firme das reitorias em defesa da manutenção do orçamento necessário para a continuidade das atividades que a sociedade espera das universidades quanto ao ensino, à pesquisa e à extensão e quanto à justa remuneração de suas/seus servidoras/es", diz trecho. O Fórum das Seis reivindica ainda o adiamento da data-base 2020 em comum acordo com o Cruesp, tendo em vista a crise sanitária e econômica; e o comprometimento do conselho de convocar reunião para deliberação sobre o dissídio deste ano quando a pauta for protocolada pelo grupo. Por enquanto, não há previsão de nova reunião entre reitores e representantes do Fórum Veja abaixo as estruturas de cada universidade. Unicamp Docentes : 1.999 Técnicos-Administrativos: 6713 Unesp Docentes: 3 mil Técnicos-Administrativos: 5,9 mil USP Docentes: 5.563 Técnicos-Administrativos: 13.591 O que dizem as universidades? As assessorias da Unicamp e da Unicamp informaram que o único comunicado sobre o tema é a nota do Cruesp. Já a assessoria da USP não foi localizada para comentar o assunto até a publicação. Formas erradas e corretas de usar máscara de proteção contra o coronavírus Arte/G1 Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Veja Mais

29/05 - SC tem 530 novos casos de coronavírus em 24 horas e passa de 8,5 mil pacientes
São 134 mortes, três a mais do que no boletim de quinta. Ao todo, 210 municípios têm pelo menos um caso confirmado. Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia do covid-19 Em boletim, o governo de Santa Catarina atualizou na noite desta sexta-feira (29) os números da Covid-19 no estado. Os principais dados são: 8.530 casos confirmados. Na quinta (28), eram 8 mil foram acrescentados 530 novos pacientes ao balanço em 24 horas 134 mortes. Na quinta, eram 131 4.818 recuperados taxa de ocupação de leitos de UTI SUS em Santa Catarina é de 62,8% 450 leitos de UTI SUS vagos em Santa Catarina 29 mil testes feitos 642 testes em análise 210 municípios têm pelo menos um caso confirmados 54 cidades têm pelo menos uma morte taxa de letalidade é de 1,57% Santa Catarina tem 1.210 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na rede pública. Desses, 760 estão ocupados, sendo 132 por pacientes com confirmação ou suspeita de Covid-19. As mortes mais recentes são: homem de Criciúma de 67 anos homem de Entre Rios de 54 anos homem de Xanxerê de 54 anos As cinco cidades com mais pacientes de coronavírus são: Chapecó - 877 casos Concórdia - 839 casos Florianópolis - 644 casos Blumenau - 607 casos Joinville - 403 casos Casos por município Abdon Batista - 1 Abelardo Luz - 3 Agrolândia - 5 Agronômica - 10 Água Doce - 6 Águas de Chapecó - 17 Águas Frias - 1 Águas Mornas - 2 Alto Bela Vista - 4 Anchieta - 7 Anita Garibaldi - 2 Antônio Carlos - 20 Arabutã - 26 Araquari - 26 Araranguá - 66 Armazém - 26 Arvoredo - 10 Ascurra - 1 Atalanta - 3 Aurora - 4 Balneário Arroio do Silva - 25 Balneário Barra do Sul - 10 Balneário Camboriú - 362 Balneário Gaivota - 8 Balneário Piçarras - 29 Balneário Rincão - 4 Barra Velha - 18 Benedito Novo - 5 Biguaçu - 18 Blumenau - 607 Bombinhas - 10 Botuverá - 5 Braço do Norte - 110 Brusque - 121 Caçador - 20 Caibi - 6 Camboriú - 131 Campo Erê - 1 Campos Novos - 3 Canelinha - 3 Canoinhas - 28 Capinzal - 2 Capivari de Baixo - 24 Catanduvas - 13 Caxambu do Sul - 27 Chapecó - 877 Cocal do Sul - 16 Concórdia - 839 Cordilheira Alta - 3 Coronel Freitas - 3 Corupá - 4 Criciúma - 373 Cunha Porã - 16 Curitibanos - 1 Descanso - 2 Dionísio Cerqueira - 1 Doutor Pedrinho - 12 Entre Rios - 68 Faxinal dos Guedes - 20 Florianópolis - 644 Forquilhinha - 24 Fraiburgo - 15 Garopaba - 5 Garuva - 6 Gaspar - 43 Governador Celso Ramos - 27 Grão-Pará - 3 Gravatal - 25 Guabiruba - 4 Guaramirim - 37 Guatambu - 31 Herval d'Oeste - 7 Ibicaré - 2 Ibirama - 4 Içara - 18 Ilhota - 13 Imbituba - 41 Imbuia - 1 Indaial - 51 Ipira - 6 Ipuaçu - 30 Ipumirim - 52 Irani - 54 Irati - 2 Itá - 29 Itaiópolis - 3 Itajaí - 385 Itapema - 59 Itapiranga - 5 Itapoá - 2 Ituporanga - 10 Jaborá - 13 Jacinto Machado - 5 Jaguaruna - 9 Jaraguá do Sul - 100 Joaçaba - 21 Joinville - 403 José Boiteux - 1 Jupiá - 3 Lages - 63 Laguna - 16 Lajeado Grande - 2 Laurentino - 1 Lauro Müller - 1 Lindóia do Sul - 56 Lontras - 2 Luiz Alves - 2 Luzerna - 2 Mafra - 6 Maracajá - 12 Maravilha - 19 Marema - 2 Massaranduba - 1 Meleiro - 16 Monte Carlo - 2 Monte Castelo - 1 Morro da Fumaça - 11 Morro Grande - 2 Navegantes - 239 Nova Erechim - 15 Nova Itaberaba - 1 Nova Trento - 4 Nova Veneza - 37 Orleans - 21 Otacílio Costa - 2 Ouro - 2 Paial - 12 Palhoça - 126 Palma Sola - 2 Palmeira - 1 Palmitos - 46 Papanduva - 14 Passo de Torres - 11 Paulo Lopes - 2 Pedras Grandes - 2 Penha - 62 Peritiba - 14 Pescaria Brava - 1 Petrolândia - 1 Pinhalzinho - 11 Pinheiro Preto - 1 Piratuba - 8 Planalto Alegre - 12 Pomerode - 21 Ponte Serrada - 25 Porto Belo - 21 Porto União - 5 Pouso Redondo - 3 Praia Grande - 2 Presidente Castello Branco - 8 Presidente Getúlio - 1 Quilombo - 8 Rancho Queimado - 2 Rio do Oeste - 2 Rio do Sul - 53 Rio Fortuna - 1 Rio Negrinho - 11 Rio Rufino - 1 Riqueza - 2 Rodeio - 3 Salete - 7 Salto Veloso - 1 Sangão - 16 Santa Cecília - 2 Santa Helena - 1 Santa Rosa do Sul - 12 Santiago do Sul - 1 Santo Amaro da Imperatriz - 6 São Bento do Sul - 26 São Bernardino - 1 São Carlos - 17 São Domingos - 5 São Francisco do Sul - 28 São João Batista - 7 São João do Itaperiú - 5 São João do Sul - 2 São Joaquim - 3 São José - 116 São José do Cedro - 2 São Lourenço do Oeste - 4 São Ludgero - 30 São Martinho - 3 São Miguel do Oeste - 51 Schroeder - 5 Seara - 116 Siderópolis - 19 Sombrio - 61 Taió - 1 Tangará - 2 Tigrinhos - 4 Tijucas - 14 Timbé do Sul - 5 Timbó - 32 Três Barras - 115 Treze de Maio - 3 Treze Tílias - 2 Trombudo Central - 2 Tubarão - 160 Tunápolis - 3 Turvo - 4 União do Oeste - 1 Urussanga - 34 Vargeão - 1 Vargem Bonita - 22 Vidal Ramos - 2 Videira - 14 Xanxerê - 111 Xavantina - 2 Xaxim - 101 Zortéa - 8 Outros estados - 46 Outros países - 3 Mortes por município Agronômica - 1 Antônio Carlos - 4 Araranguá - 2 Arvoredo - 1 Balneário Arroio do Silva - 1 Balneário Camboriú - 2 Balneário Gaivota - 1 Blumenau - 4 Braço do Norte - 2 Caçador - 1 Camboriú - 5 Caxambu do Sul - 1 Chapecó - 4 Cocal do Sul - 1 Concórdia - 7 Criciúma - 9 Dionísio Cerqueira - 1 Entre Rios - 1 Florianópolis - 7 Garuva - 1 Gaspar - 1 Gravatal - 1 Guabiruba - 1 Indaial - 2 Irati - 1 Itaiópolis - 1 Itajaí - 7 Itapema - 1 Ituporanga - 1 Jaraguá do Sul - 2 Joinville - 21 Laguna - 1 Massaranduba - 1 Navegantes - 6 Palhoça - 1 Palmitos - 1 Papanduva - 3 Pedras Grandes - 1 Penha - 2 Ponte Serrada - 1 Porto Belo - 1 Pouso Redondo - 1 Rodeio - 1 Salete - 1 São Francisco do Sul - 1 São José - 2 São Ludgero - 1 Siderópolis - 1 Sombrio - 3 Tangará - 1 Tubarão - 3 Urussanga - 2 Xanxerê - 1 Xaxim - 3 Initial plugin text Veja mais notícias do estado no G1 SC
Veja Mais

29/05 - Alemão do Forró comanda primeira live junina da TV Gazeta
Show acontecerá na casa do artista, no dia 6 de junho, depois da novela Fina Estampa. Cantor Alemão do Forró vai se apresentar em uma live exibida na TV Gazeta Divulgação/Alemão do Forró O Alemão do Forró será a atração da primeira live junina a ser transmitida na TV Gazeta no próximo dia 6 de junho, após a novela Fina Estampa. A apresentação do artista, um dos mais populares do Espírito Santo, terá uma hora de duração e será feita da casa dele, em Linhares, no Norte do Espírito Santo. A “Live Junina do Alemão. E tome forró em casa” contará com equipe reduzida, para respeitar os cuidados de isolamento social em época de pandemia do coronavírus. "Estamos passando por um momento muito difícil. Com certeza, nesta época, estaria fazendo muitos shows. Então, estou me sentindo honrado de poder levar alegria e música boa para a casa dos capixabas. Estou muito feliz mesmo com este convite. É uma responsabilidade gigante e uma oportunidade incrível”, conta o Alemão. De acordo com o artista, ele cantará vários de seus sucessos. “O público pode esperar muita música boa. Assim como a gente fazia nos shows, vai ter um clima pra cima o tempo todo. Pode esperar que vai ser massa demais”, adianta. A apresentação também promoverá doações, que serão destinadas integralmente para o Asilo dos Idosos de Vitória. O Asilo tem 66 idosos e está precisando de ajuda. O público será convidado a contribuir por meio de QR-code que irá aparecer na tela durante a live. Os valores irão diretamente para a instituição. "Nesse momento difícil que estamos passando, essa live vem para levar alegria aos telespectadores. E o Alemão é um sucesso em todo o Brasil. Será um livre com todo o padrão de qualidade da TV Gazeta e que reforça o nosso ideal de valorizar os talentos do Espírito Santo", pontuou o editor-chefe da TV Gazeta Norte e Noroeste, Vinícius Baptista, que está participando da organização do evento. Segundo o diretor de Marketing e Desenvolvimento Digital da Rede Gazeta, André Furlanetto, o objetivo da live é oferecer entretenimento de primeira qualidade, produzido por um grande artista capixaba, e estimular a solidariedade por intermédio das doações. “Vários times da Rede gazeta trabalharam integrados para desenvolver os recursos de tecnologia que permitirão que a live junina do alemão seja a primeira de muitas, não apenas de música, mas também de premiações, seminários, debates e múltiplos formatos de conteúdo”, diz André. Veja o plantão de últimas notícias do G1 Espírito Santo
Veja Mais

29/05 - ICMBio extingue base avançada do Projeto Tamar em Pirambu
A decisão foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (28). Voluntário mostra uma tartaruga bebê na palma da mão Ulises Rodriguez/Reuters/Arquivo O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio), vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, extinguiu a base avançada do Projeto Tamar em Pirambu (SE). A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (28). Segundo o ICMbio, também foram extintas as bases de Parnamirim (RN) e da praia de Arembepe, em Camaçari (BA). Através de nota, o Instituto informou que a reestruturação foi proposta pelos próprios técnicos do Centro à Diretoria, que a aprovou. De acordo com a nota, a base instalada dentro da Reserva Biológica de Santa Izabel, em Pirambu, teve que ser desativada em virtude do imóvel da unidade ter sido condenado, com futura reconstrução. Para atender Sergipe foi mantida a Base de Aracaju. O ICMs destacou que a matemática não é da perda, apesar do fato de três bases terem sido fechadas. O que acontece é uma reestruturação e conciliação, da melhor maneira possível, dos recursos financeiros e humanos, de modo a tornar a ação mais eficaz em prol da conservação das tartarugas marinhas. Com isso, a sede do Centro TAMAR ICMBio, permanece sendo Vitória (ES), tendo sobre a sua governança sete Bases Avançadas: Fernando de Noronha (PE); Aracaju (SE); Duas no Espírito Santo - Regência Linhares (ES), e Guriri São Mateus/(ES); Duas na Bahia – em Salvador e Caravelas; Florianópolis (SC).
Veja Mais