Moveis para Escritório

Moveis para escritorio sorocaba mesa para escritorio sorocaba



Cadeira para escritorio sorocaba movel para escritorio sorocaba



Moveis para escritorio sorocaba mesa para escritorio sorocaba



Cadeira para escritorio sorocaba movel para escritorio sorocaba



Notícias

RSS Feed - Notícias - Mantenha-se Informado


23/01 - Assista aos telejornais da TV Bahia.
Assista aos telejornais da TV Bahia.
Veja Mais

23/01 - Cauxi Eletrizado volta para Assinpa na segunda-feira do carnaval de Manaus
Ingressos para a nona edição do bloco estão à venda. Marchinhas, frevo e samba animam Bloco Cauxi Eletrizado em Manaus Rickardo Marques/G1 AM Tradição na Segunda-feira de Carnaval, o Cauxi Eletrizado volta para a Assinpa (Associação dos Servidores do Inpa – Rua da Lua, Morada do Sol, Aleixo), com o tema Brega Tropical, no dia 24 de fevereiro, às 16h. Os ingressos antecipados estão à venda por R$ 25 (primeiro lote), nas lojas Via Uno (Manauara, Cidade Leste, Sumaúma e Amazonas Shopping) e pelo site Sympla. Para a nona edição do bloco, Davi Escobar, um dos fundadores, vocalista e guitarrista da Alaídenegão, destaca que as novidades vão desde as atrações, com Wanderley Andrade, DJ Carol Amaral e bateria da Reino Unido, até o formato do show da banda oficial do bloco. Ele adianta que a festa contará com a Estação Cauxi, complexo que será ponto de encontro da noite, preparado especialmente para o público produzir fotos para as redes sociais, retocar a make e descansar durante o evento. Entre outros destaques estão a praça de alimentação e o Espaço Kids. "O Cauxi Eletrizado busca proporcionar ao público experiências diferentes a cada edição e, assim como a volta para a Assinpa, pensamos nos detalhes da estrutura com esse propósito”, afirma o cantor. “O público sempre faz parte da construção dessas experiências, essa conexão faz toda a diferença desde a concepção da festa até o dia do bloco”. Concurso de fantasias Um dos pontos altos da festa é o tradicional concurso de fantasias, onde os foliões mais criativos concorrem a prêmios como baldes com cerveja e a melhor fantasia é escolhida pelo público. Escobar informa que o vencedor ganhará três baldes com cerveja, o segundo lugar terá direito a dois baldes enquanto o terceiro colocado levará um balde como prêmio. Repertório Rafael Ângelo, também fundador do bloco e guitarrista da Alaídenegão, conta que, neste ano, a apresentação da banda oficial – formada ainda por músicos da Cabocrioulo e Os Tucumanus – terá três horas e meia e substituirá o show de cada grupo. “Para fortalecer a nossa produção, alinhada a proposta do bloco de valorizar o trabalho autoral, vamos incluir o repertório das três bandas, em versões de Carnaval, no setlist da Cauxi Eletrizado, composto de clássicos frevos e marchinhas”, explica o músico. O Cauxi Eletrizado é inspirado no Quanta Ladeira, bloco conhecido em Pernambuco por fazer versões irreverentes de músicas famosas e reunir artistas de diferentes bandas em um bloco de Carnaval. Prévia No dia 31 de janeiro, última sexta-feira do mês, tem a festa #EsquentadoCauxi no Suanam Espaço Cultural (Rua Ferreira Pena, 139, Centro), onde a banda oficial do bloco dividirá a noite com o DJ Madruga. A partir das 22h, a entrada custará R$ 15, na portaria da casa.
Veja Mais

23/01 - Homem diz à Polícia Civil que passou mal depois de beber na praia cerveja da Backer
Valério Santos D’ávila, de 61 anos, foi nesta quinta-feira (23) à Delegacia de Polícia Civil, no bairro Estoril, na Região Oeste de Belo Horizonte. Ele disse que teve cólica e diarreia. O vendedor Valério Santos D’ávila, de 61 anos Reprodução/TV Globo O vendedor Valério Santos D’ávila, de 61 anos, foi nesta quinta-feira (23) à Delegacia de Polícia Civil, no bairro Estoril, na Região Oeste de Belo Horizonte, para depor como vítima da cervejaria Backer. De acordo com ele, depois de beber na praia uma marca de cerveja, em fevereiro de 2019, passou mal. Ele disse que teve cólica e diarreia. “Dor forte abdominal, quase morri. Fui ao Hospital Felício Rocho. Os dois rins estavam parados. Antes, uma vida saudável: trabalho, jogo bola, e, hoje, eu não faço mais nada disso. Eu falo embolado, não consigo correr. Hoje a minha vida mudou totalmente. Eu bebo oito comprimidos por dia”, contou D’ávila. D'ávila falou que ficou internado por mais de 50 dias e que teve com sequelas como problemas oftalmológicos e renais. Depoimentos Mais cinco parentes de vítimas intoxicadas por dietilenoglicol são ouvidas pela Polícia Civil nesta quinta-feira (23) em Belo Horizonte. Desde segunda-feira (20), o delegado Flávio Grossi, responsável pelo inquérito, trabalha com as oitivas. Pelo menos 12 parentes de vítimas que teriam se intoxicado após beber cervejas da Backer já foram ouvidos. As amostras recolhidas na cervejaria e na empresa que vendia monoetilenoglicol estão sob análise da perícia do Instituto de Criminalística. Ainda não há previsão para a conclusão dos laudos. Procon Nesta quarta-feira (22), o Procon de Minas Gerais emitiu um aviso orientando os órgãos de defesa do consumidor sobre proibição da venda de cervejas da Backer. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou todas as marcas de cerveja da Backer com data de validade igual ou posterior a agosto de 2020. A decisão foi publicada nesta sexta-feira (17) em uma edição extra do Diário Oficial da União. A interdição cautelar vale por 90 dias. A determinação veio após análises feitas pelo Ministério da Agricultura que comprovaram a contaminação pelas substâncias monoetilenoglicol e dietilenoglicol em 21 lotes de oito marcas diferentes de cerveja da empresa. Cervejas Belorizontina, da Backer Danilo Girundi/TV Globo 22 casos investigados De acordo com boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas nesta quarta (22), são 22 os casos suspeitos de intoxicação por dietilenoglicol. As notificações ainda podem aumentar. O infectologista Carlos Starling encaminhou o caso de um paciente de Belo Horizonte, que foi internado em janeiro de 2019 com sintomas da intoxicação. Até o momento, foram registradas intoxicações nas cidades de Belo Horizonte, Capelinha, Nova Lima, Pompéu, São João Del Rei, São Lourenço, Ubá e Viçosa. “É um caso que se assemelha muito ao de uma doença infecciosa. Então, a maior parte desses casos passaram, foram avaliados por infectologistas como se fossem doença infecciosa”, destaca Carlos Starling, infectologista. Em vários hospitais da cidade, os médicos estão revisando os diagnósticos que não foram esclarecidos ao longo de 2019, mas se encaixam nos critérios da intoxicação. A Backer afirmou que aguarda o resultado das apurações e que continua à disposição das autoridades. Perito contratado pela Backer afirma que não encontrou contaminação na água da cervejaria. Cervejaria Backer comunica que vai começar recolhimento de bebida dos lotes contaminados Sintomas Sintomas da intoxicação por dietilenoglicol Reprodução/TV Globo Os sintomas começam a se manifestar nas primeiras 72 horas após a ingestão. Os primeiros sinais de intoxicação por dietilenoglicol são dores abdominais, náuseas e vômitos. Entre os sintomas estão alterações neurológicas e insuficiência renal. O tratamento é feito no hospital, com monitoração, e tem o etanol como antídoto. Além disso, os pacientes precisam passar por hemodiálise, para retirada do organismo dietilenoglicol e dos metabólicos produzidos. Initial plugin text
Veja Mais

23/01 - Voo da Azul é desviado e passageiros ficam sem embarcar em aeroporto de Araraquara
Passageiros foram informados por funcionários que avião mudou a rota para Ribeirão Preto devido à falta de visibilidade. Passageiros não conseguem embarcar em voo da Azul em aeroporto de Araraquara Claudio Dias/Arquivo pessoal Os 67 passageiros que estavam no Aeroporto Estadual Bartholomeu de Gusmão, em Araraquara (SP), não conseguiram embarcar no voo 4395 da Azul com destino a Campinas na manhã desta quinta-feira (23). O avião chegou a fazer a manobra de pouso, mas precisou desviar para Ribeirão Preto. Passageiros foram informados por funcionários que a aeronave mudou a rota devido à falta de visibilidade. Procurada pelo G1, a assessoria de imprensa da companhia aérea ainda não informou o que aconteceu. Transtornos Passageiros de Araraquara que perderam o avião seguiram de ônibus para Campinas Claudio Dias/Arquivo pessoal Vários passageiros iriam embarcar no avião para fazer uma conexão em Campinas e seguir até Brasília, Florianópolis, Salvador, entre outras cidades. A empregada doméstica Antônia Nery de Araújo seguia para João Pessoa (PB) com o marido e os três filhos. A família desceria em Campinas, depois seguiria para Belo Horizonte (MG) e, por fim, na Paraíba. "Fomos informados lá fora sobre o cancelamento, por volta das 10h20. A empresa disponibilizou ônibus para Campinas, mas vamos atrasar. Ia chegar às 18h30, mas agora já não sei mais que horas vou chegar", contou Já a estudante Beatriz Assis iria pegar o voo para Campinas e, em seguida, Brasília. Ela disse que foi informada sobre o desvio por falta de visibilidade. "Eles não estão tendo visibilidade da pista e por isso não conseguiram pousar aqui. Eles vão nos remanejar até Campinas. A aeronave tentou parar, mas tiveram que pousar em Ribeirão Preto", explicou. A empresa disponibilizou dois ônibus para levar os passageiros até Campinas, mas um dos veículos quebrou. O motorista conseguiu resolver o problema e o ônibus seguiu viagem. Site Flight Radar 24h mostra trajeto do voo 4394 que foi desviado de Araraquara para Ribeirão Preto Reprodução *Com informações do ACidade ON Araraquara. Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.
Veja Mais

23/01 - Moradores de Lagoa Grande fazem barreiras nas portas das casas e dos comércios após prejuízos com a chuva
A estimativa é que tenha chovido cerca de 155 milímetros. A estimativa é que tenha chovido cerca de 155 milímetros em Lagoa Grande na quarta-feira (22). Reprodução/TV Grande Rio Os moradores de Lagoa Grande, no Sertão de Pernambuco, estão enfrentando os transtornos deixados pelo temporal que atingiu a cidade na última quarta-feira (22). Alguns comerciantes perderam mercadorias, e, para evitar mais prejuízos, algumas pessoas estão construindo barreiras para impedir entrada de água nas casas. A estimativa é que tenha chovido cerca de 155 milímetros. O motorista, Almir Rogério Alencar, precisou levar a esposa de resguardo para um local mais seguro que a própria casa. “A gente espera que o serviço da prefeitura venha resolver a situação da gente aqui. Está um cheiro de mofo, as coisas molhadas, porque ela está cirurgiada e o bebê recém-nascido, não tem condições dela voltar hoje”, lamenta. Alguns moradores estão construindo barreiras de tijolo nas portas das casas e comércios. Reprodução/TV Grande Rio Alguns moradores estão construindo barreiras nas portas das casas para evitar que a água invada mais uma vez. O proprietário de um comércio de ração improvisou uma barreira feita de tijolos após perder parte da mercadoria. “Vamos ficar monitorando, se aumentar, vamos fazer outra por cima. A esperança é reconstruir, comprar de novo e vender de novo”. A dona de casa, Ivonete Barbosa, mora na rua Leste há 19 anos, ela conta que está abalada por ter visto a água invadir a casa que havia sido reformada a pouco tempo. “Nunca aconteceu isso. Por irresponsabilidade de pessoas que não tem respeito com a sociedade, que tampam a saída da água. Perdi tudo dentro da minha casa, documentação, cama box, sofá. Um descaso com a população”. Aterro construído de maneira indevida que implicou nos alagamentos da cidade. Reprodução/TV Grande Rio Segundo o secretário de infraestrutura, Ademar Nonato, o aterro na rua Leste só justifica em parte o alagamento. Ele conta que a quantidade de chuva que caiu no município causaria transtornos de qualquer maneira. “Não é só a questão do aterro, ele implica e também não está certo. Tem prejuízo para as pessoas, mas, estamos avaliando isso socialmente de como a prefeitura pode contribuir”. Ademar informou que os trabalhos para abrir o aterro feito de maneira indevida vai começar na tarde desta quinta-feira (23). O proprietário de um comércio de ração está aliviado por ter conseguido abrir a loja normalmente. Reprodução/TV Grande Rio No centro da cidade, um restaurante que precisou ser fechado por conta da lama, nesta quinta-feira (23) voltou a funcionar normalmente. “Hoje tem comida no restaurante. Vai funcionar normal se Deus quiser”, afirma a comerciante, Maria de Lourdes.
Veja Mais

23/01 - Empresa retira patinetes elétricos de Porto Alegre
Empresa que alugava equipamentos encerrou as atividades em Porto Alegre e em outras 13 cidades brasileiras. Medida faz parte de uma reestruturação da companhia. Empresa de aluguel de patinetes elétricos encerra operações em Porto Alegre Desde quarta-feira (22) quem circula por Porto Alegre não vê mais pelas ruas os patinetes elétricos disponíveis para alugar. A empresa responsável pelo serviço, Grow, retirou os equipamentos de mobilidade compartilháveis. Segundo a empresa, a medida faz parte de uma reestruturação da companhia, que encerrou as atividades em outras 13 cidades brasileiras, entre elas Torres, no Litoral Norte gaúcho. "A decisão foi tomada para que a companhia promova um ajuste operacional e continue prestando serviços de forma estável, eficiente e segura", afirmou no comunicado. A partir de agora, no Brasil, os patinetes da empresa só poderão ser encontrados em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Curitiba. Em Porto Alegre, a Grow contava com 60 colaboradores, entre manutenção, monitoramento e recolhimento dos aparelhos. A empresa disse que está trabalhando junto à uma consultoria de recursos humanos e buscando a realocação dos funcionários demitidos. As bicicletas amarelas também pertencem à Grow. Segundo o comunicado, elas estão temporariamente fora de circulação e foram recolhidas para passarem por um processo de checagem e verificação das condições de operação e segurança. A empresa não informou quando as bicicletas voltarão às ruas da Capital. Patinetes estavam espalhados por alguns bairros de Porto Alegre Reprodução/RBS TV
Veja Mais

23/01 - Ministro Sérgio Moro prorroga permanência de agentes da Força Nacional no Ceará
Equipes vão auxiliar investigações da Polícia Federal por mais 180 dias. Ministro Sérgio Moro prorroga prazo de agentes da Força Nacional do Ceará Polícia Federal/Divulgação O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, prorrogou por mais 180 dias a permanência de agentes da Força Nacional no Ceará. A força-tarefa vai auxiliar a Polícia Federal em investigações envolvendo facções e o crime organizado. Não haverá reforço de tropas realizando segurança ostensiva nas ruas. A prorrogação do prazo foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (23). Conforme a publicação, os agentes vão atuar "em apoio à Polícia Federal nas ações de polícia judiciária", em "caráter episódico e planejado". O ministro Sérgio Moro já havia autorizado o envio da Força Nacional ao Ceará quando facções criminosas realizaram ataques coordenados no estado. Em janeiro de 2019, criminosos de facções rivais se uniram e realizaram ataques a prédios públicos e veículos como represália a ações do estado de tornar mais rígido o controle dos presídios. Na época, centenas de agentes da Força Nacional agiram nas ruas de Fortaleza.
Veja Mais

23/01 - Bebê de 1 ano tem queimaduras após babá colocar sua mão em água fervente em Singapura
Segundo o relato da mãe, que denunciou os maus-tratos, a babá da criança, que era de Mianmar, disse que cometeu o ato para 'ir para casa'. Amy denunciou no Facebook os maus-tratos sofridos pela filha Reprodução/Facebook Amy Low Mei Liang Uma bebê de 1 ano e 4 meses em Singapura teve queimaduras depois que uma babá colocou sua mão e parte do braço em um pote de água fervente. Os maus-tratos foram denunciados pela mãe da criança, Amy Low Mei Liang, no Facebook, e tiveram repercussão na imprensa local e internacional. Initial plugin text Segundo a publicação de Amy, a filha mais velha dela, de 8 anos, ligou para o pai, o marido de Amy, por volta das 17h do dia do incidente, 14 de janeiro, dizendo que a irmã tinha sofrido uma queimadura. O casal levou a bebê às pressas até uma clínica próxima, onde ficou constatado que os ferimentos eram sérios e a criança foi encaminhada a um hospital. Quando Amy questionou a babá sobre o que tinha acontecido, a mulher disse que estava cozinhando, com a bebê no colo, quando a criança tocou a panela antes que ela pudesse impedir, por acidente. No relato do incidente, a mãe conta que os médicos desconfiaram da versão da babá, mas ela escolheu acreditar na história. No dia seguinte, a babá, que é de Mianmar e foi para Singapura por meio de uma agência de trabalho, arrumou as coisas e pediu para voltar para a agência. Apesar de Amy dizer que o casal não a culpava, a mulher insistiu e ela ligou para o local, que ficou de buscar a babá. Desconfiada, Amy resolveu checar a filmagem das câmeras que tem dentro de casa. "E o que vi foi horrível. A empregada fez de propósito! Não foi um acidente! Ela pegou a mão da minha filha e a mergulhou dentro de uma panela fervente", relatou no Facebook. A mãe da criança disse ainda que fez uma denúncia na polícia e informou a agência sobre o acontecido. A empresa insistiu que ela "devolvesse" a babá e encerrasse o caso. Em vez disso, Amy perguntou à mulher por que ela havia feito aquilo. "Ela disse que queria ir para casa, que as amigas a ensinaram a fazer isso para que ela pudesse ir para casa. E quando perguntei se o agente [da empresa] também estava envolvido, ela disse que sim", escreveu a mãe. Segundo o relato, a babá contou a Amy que o agente lhe disse que, se fizesse aquilo com a criança, poderia ir para casa. A mãe também afirma que a empresa a assediou e a acusou de ser uma má empregadora e que, por isso, a babá queria ir embora. Amy diz que também fez uma segunda denúncia, esta contra a agência. "Mas o resultado foi decepcionante, a polícia disse que, a menos que o agente nos assedie novamente, eles não farão mais nenhuma ação", relata no Facebook. Segundo o jornal local de Singapura "Today Online", o ministério do Trabalho do país declarou ao veículo que está ciente do post de Amy. O órgão também acrescentou que está investigando a agência de emprego por uma possível violação da lei singapurense que trata de agências de trabalho. 'Minha filha chora sem parar', diz a mãe “Minha filha chora sem parar todas as noites. Mesmo quando está tirando uma soneca, ela chora enquanto dorme. Acho que, além de sentir a dor na mão, ela está tendo pesadelos”, disse Amy ao "Today Online". Ela acrescentou que o incidente também afetou sua filha mais velha, que está se culpando por não cuidar da irmã, mesmo tendo sido ela quem fez a ligação para contar do incidente. Amy tirou uma licença do trabalho e está se revezando com o marido para cuidar das filhas. Ela diz que não vai empregar uma babá tão cedo, e que planeja colocar a filha mais nova em uma creche em março - além de pedir ajuda à própria mãe, que mora na Malásia. “Minha filha está tão afetada que agora está com medo de estranhos. Mesmo quando nossos amigos vêm nos visitar, ela só quer que nós a seguremos. Fico muito triste por ela ter passado por isso ”, disse Amy ao jornal.
Veja Mais

23/01 - Amazon pede que Justiça dos EUA interrompa contrato da Microsoft com Pentágono
Empresas disputaram em 2019 por projeto de computação em nuvem do Departamento de Defesa, avaliado em US$ 10 bilhões. A Amazon entrou com uma petição na Justiça na quarta-feira (22) para impedir que o Departamento de Defesa dos Estados Unidos e a Microsoft deem continuidade a um acordo para contratação de serviços de computação em nuvem até que um tribunal decida sobre um protesto da empresa em relação ao contrato. O projeto chamado de Infraestrutura de Defesa Corporativa Conjunta (JEDI, na sigla em inglês) faz parte de uma modernização digital mais ampla do Pentágono, com o objetivo de torná-lo mais ágil tecnologicamente e é avaliado em US$ 10 bilhões de dólares. A Microsoft foi escolhida em outubro de 2019 como empresa que levaria o contrato e seria responsável pela implementação do projeto. Bezos, fundador da Amazon, e Trump: presidente dos EUA foi acusado pela empresa de fazer 'pressão imprópria' em contrato do Departamento de Defesa France Presse A Amazon, originalmente considerada a favorita para obter o acordo, havia indicado na semana passada que entraria com uma ordem de restrição temporária para exigir que o Pentágono e a Microsoft adiassem as atividades iniciais do contrato. Computação em nuvem: onde a Amazon faz mais dinheiro Em um comunicado, a Amazon Web Services, divisão de computação em nuvem da Amazon, disse que "é prática comum manter o desempenho do contrato enquanto um protesto está pendente, e é importante que sejam revistos os inúmeros erros de avaliação e a interferência política flagrante que impactaram a decisão do prêmio Jedi". O processo de aquisição foi adiado por reclamações legais e alegações de conflito de interesses. Mais recentemente, a Amazon culpou o presidente dos EUA, Donald Trump, de fazer "pressão indevida "contra a empresa. Amazon acusa Trump de 'pressão imprópria' em contrato com Pentágono O secretário de Defesa, Mark Esper, rejeitou a acusação e disse que o Pentágono fez sua escolha de maneira justa e livre, sem influência externa. Amazon acusa Trump de fazer pressão contra empresa em contrato bilionário com Pentágono
Veja Mais

23/01 - Secretaria de Saúde confirma 47 casos de dengue em Sorocaba este ano
Segundo a prefeitura, ainda há 48 novas notificações em investigação. Também foi registrado um caso importado de chikungunya da cidade do Rio de Janeiro. Secretaria de Saúde confirma 47 casos de dengue em Sorocaba este ano TV TEM/Reprodução Os casos de dengue estão aumentando em Sorocaba (SP). Os números foram atualizados nesta quinta-feira (23) pela Secretaria de Saúde e dobraram em relação à semana passada. De acordo com a pasta, a cidade registrou 47 casos confirmados de dengue este, sendo 28 autóctones, 18 importados e um indeterminado, além de um caso importado de chikungunya da cidade do Rio de Janeiro. Em relação à dengue, ainda há 48 novas notificações em investigação. Não há casos confirmados de febre amarela e zika. O bairro com a maior concentração de registros neste momento é o Jardim Simus. No Jardim Europa houve apenas um caso confirmado de dengue. O vírus da dengue tipo 2 foi identificado em um caso importado e cinco confirmações da doença ainda aguardam resultados para identificação do tipo de vírus. Até a segunda semana de 2020, haviam sido registrados 20 doentes. Nenhuma morte foi contabilizada na cidade até o momento. Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí
Veja Mais

23/01 - Presidente Prudente chega a 30 casos positivos de dengue neste ano
Balanço foi atualizado nesta quinta-feira (23) pela Vigilância Epidemiológica Municipal (VEM). Bairros das zonas leste e sul concentram mais registros. Aedes aegypti Divulgação A Vigilância Epidemiológica Municipal (VEM) informou nesta quinta-feira (23) que Presidente Prudente contabiliza, até o momento, 30 casos positivos de dengue no ano de 2020. Além disso, o órgão registra 329 notificações e outros 222 exames aguardando resultados. Em relação aos casos, segundo a VEM, há registros em diferentes bairros da cidade, entretanto, a maior concentração de confirmações está nas zonas sul e leste, nas áreas 3, que compreende o Jardim Colina, a Vila São Jorge, o Jardim Bongiovani e o Jardim Cinquentenário, e 4, que envolve o Jardim Planaltina, o Jardim Cambuci, o Jardim Itapura e o Parque José Rotta, com sete catalogações em cada região. Na sequência, aparece a área 7, com seis casos, região que compreende bairros como o Jardim Morada do Sol, o Residencial Belo Galindo e o Jardim Guanabara, entre outros. Já as áreas 1, 2 e 5 somam mais três registros em cada. Na 1, constam bairros como o Jardim Vale do Sol, o Conjunto Habitacional Ana Jacinta e o Residencial Vista do Vale, entre outros. Na 2, ficam o Jardim Santa Paula, o Parque Cedral e a Cohab. E, na 5, estão a Vila Estádio, a Vila Ocidental e o Jardim Aviação. Enquete: De quem é a responsabilidade pelo aumento da dengue na região de Presidente Prudente? Já a área 6, compreendida por bairros como o Residencial Maré Mansa, o Residencial São Paulo e o Jardim Iguaçu, contabiliza apenas um caso, enquanto os distritos, considerados como área 101, não têm registros positivos. A VEM alerta a população para que elimine todos os recipientes que possam acumular água, pois servem como criadouros do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, da febre amarela, do zika vírus e da febre chikungunya. Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.
Veja Mais

23/01 - Casarão ameaçado em Salvador começa a ser demolido, mas serviço é suspenso pela prefeitura
Nesta quinta (23), algumas janelas e partes de concreto foram retirados do imóvel. Demolição foi executada na manhã desta quinta-feira (23). Andréa Silva / TV Bahia O casarão histórico do bairro do Comércio, que teve a área isolada por risco de desabamento, foi parcialmente demolido na manhã desta quinta-feira (23). Contudo, a execução dos serviços foi suspensa pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo, após duas horas e meia de trabalhos. Em nota, a Sedur explicou que a decisão foi tomada a pedido do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e da Defesa Civil de Salvador. Os órgãos vão se reunir com o proprietário do imóvel na tarde desta quinta, para "encontrar uma solução para garantir a segurança e a manutenção do imóvel". O imóvel fica na Rua Conselheiro Dantas, que foi interditada pela Defesa Civil na quarta-feira (22), para evitar acidentes. Antes da interdição, pessoas que passaram pelo local afirmaram ter escutado barulhos vindos da estrutura. Funcionários da Defesa Civil foram ao local, mas ficaram impedidos de atuar, pois aguardavam liberação do Instituto do (Iphan), já que o imóvel é tombado. A autorização só foi dada na noite de quarta. Depois disso, na manhã desta quinta, vários técnicos trabalharam na área, com um caminhão tipo munck. O serviço foi realizado entre 9h até 11h30. Algumas janelas e partes de concreto foram retiradas. Algumas janelas e partes de concretos foram retirados do local. Andréa Silva / TV Bahia Reclamações e prejuízos Na manhã desta quinta-feira (23), empresários e funcionários de lojas da região reclamaram da demora no processo. Eles afirmam que o isolamento da área e a demolição têm interferido na rotina de trabalho deles, que atuam em uma das principais áreas comerciais da capital baiana. Alguns estabelecimentos precisaram baixar as portas. “São muitas lojas na região. Eu tenho um call center e eles também interditaram. Estamos aguardando, mas atrapalha nosso trabalho. Os nossos clientes não podem entrar na rua, chegar na nossa loja, não podem fazer nada. Eu trabalho com vendas. É um prejuízo financeiro grande. Como vamos atingir os resultados no final do mês?", disse o empresário Carlos Roothman. Para Carlos, se o trabalho fosse feito à noite, as perdas seriam reduzidas. “Estou com prejuízo de praticamente R$ 2 mil por dia, isso só na minha loja. Imagina nas outras? Vai ser mais um dia de prejuízo. Poderia ter feito isso à noite. Ficaria mais fácil", opinou. Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.
Veja Mais

23/01 - Veja o calendário de recolhimento de entulho em Angra dos Reis
Serviço acontece nos meses de janeiro e fevereiro em vários bairros da cidade. A prefeitura de Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio de Janeiro, divulgou o calendário de recolhimento de entulho no município. O serviço acontecerá nos meses de janeiro e fevereiro. Para realizar o descarte, o material deve ser guardado dentro de sacos e ser colocado em frente às residências para que o caminhão faça a retirada. O recolhimento não tem horário fixo. Em caso de dúvida, o morador pode entrar em contato através do número (24) 3377-4229 ou pelo site. Região Central Centro, Fortaleza, Morros da Glória I e II – segundas-feiras Morros do Abel, Carioca, Peres e Pousada da Glória – terças-feiras Morros do Santo Antônio, Caixa D’Água e Carmo – quartas-feiras Morro do Tatu, Balneário e Parque das Palmeiras – quintas-feiras Praia do Anil, Centro, Marinas e Rua Prefeito João Gregório Galindo – sextas-feiras Bonfim e Estrada do Contorno – 23, 24, 27, 30 e 31 de janeiro / 3, 6, 7, 10, 13, 14, 17, 20, 21, 24, 27 e 28 de fevereiro Sapinhatuba I, II, II e Morro da Cruz – 22, 25, 28 e 29 de janeiro / 4, 5, 8, 11, 12, 15, 18, 19, 22, 26 e 29 de fevereiro Região da Japuíba Japuíba – 3, 4, 5, 6, 7, 24, 26, 27, 28 de fevereiro Encruzo da Enseada – 22, 23 e 24 de janeiro / 10, 11, 12, 13, 14 de fevereiro Belém – 27 a 31 de janeiro/ 17 a 21 de fevereiro Região Norte Jacuecanga – 3, 4, 5, 7, 24, 26, 27, 28 de fevereiro Monsuaba – 22 a 24 de janeiro/ 10 a 14 de fevereiro Camorim – 27 e 28 de janeiro/ 17 e 18 de fevereiro Garatucaia – 29 a 31 de janeiro/ 19 a 21 de fevereiro REGIÃO SUL Bracuí - 22 a 24 de janeiro/17 a 21 de fevereiro Frade - 27 a 31 de janeiro/24, 26, 27 e 28 de fevereiro Parque Mambucaba - 03 a 14 de fevereiro ZUNGÚ, ARIRÓ E SERRA D’ÁGUA 23, 25, 28 e 30 de janeiro / 1, 4, 6, 8, 11, 13, 15, 18, 20, 22, 27 e 29 de fevereiro
Veja Mais

23/01 - Durante nova fase de operação policial, onze pessoas são presas em Manaus
Operação Águia foi deflagrada no início da noite desta quarta-feira (22) nas áreas de maior incidência criminal. Operação da polícia militar Divulgação/PM-AM Após a deflagração da operação "Águia", em Manaus, onze pessoas foram presas suspeitas de envolvimento em diversos crimes na capital. A ação "Tentáculos" foi deflagrada na noite desta quarta-feira (22) e seguiu durante toda a madrugada em todas as zonas da cidade. O comandante geral da Polícia Militar coordenou as ações de saturação e barreiras itinerantes, nas áreas de maior incidência criminal na cidade. Conforme o comandante Geral da PM, coronel Ayrton Norte, além das onze pessoas presas, outras 18 pessoas foram conduzidas para delegacias. Após a deflagração da operação, foram apreendidas quatro armas e oito veículos roubados recuperados. Norte contou que houve também uma quantidade de drogas apreendida. Questionado sobre o número mais de 80 homicídios durante o mês de janeiro deste ano, o comandante informou que classifica as mortes como uma "batalha do tráfico" e não guerra. Ele disse que a Polícia Militar deve montar uma base no médio solimões para contar o número de entrada de armas no Amazonas.
Veja Mais

23/01 - Duas jovens são encontradas mortas com marcas de tiros em Aracatu, na Bahia
Conforme delegacia da cidade, vítimas tinham 18 anos e foram localizadas depois de denúncias. Até esta quinta-feira (23), ninguém havia sido preso. Duas jovens foram encontradas mortas e com marcas de tiros, na cidade de Aracatu, a cerca de 522 Km de Salvador. A informação foi confirmada pela delegacia do município. Segundo a polícia, o caso ocorreu em uma estrada rural, nas proximidades do bairro Santa Luzia, conhecido como Matadouro, na terça-feira (21). As vítimas, que não tiveram as identidades divulgadas, tinham 18 anos. As jovens só foram encontradas pela polícia depois de denúncias anônimas. Os corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Brumado, cidade que fica na região sudoeste. Não há informações sobre enterros. Até esta quinta-feira (23) ninguém havia sido preso. O caso é investigado pela Polícia Civil. Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.
Veja Mais

23/01 - PMs sofrem tentativa de assalto, trocam tiros com bandidos e capotam carro durante perseguição no RN
Caso aconteceu na manhã desta quinta (23) em João Câmara, no Agreste potiguar. Após perseguição e acidente, militares ficaram feridos e suspeitos conseguiram fugir. Militares capotaram carro ao tentar perseguir criminosos suspeitos no interior do RN, nesta quinta (23) Divulgação/Redes Sociais Policiais militares capotaram um carro após trocar tiros com criminosos que tentaram os assaltar na manhã desta quinta-feira (23) em João Câmara, na região Agreste potiguar. De acordo com a Polícia Civil, os bandidos conseguiram fugir. Ainda segundo informações da Polícia Civil, a quadrilha havia tentado roubar uma moto em Poço Branco, que fica a 65 km de Natal, e conseguiu tomar um carro em Taipu, também no interior do Rio Grande do Norte. Em seguida, conforme o relato policial, os suspeitos dos crimes tentaram abordar dois policiais militares que viajavam de Natal para João Câmara. De acordo com a corporação, durante a abordagem dos criminosos houve troca de tiros e os policiais começaram uma perseguição em alta velocidade. Na ação, os militares acabaram capotando o veículo e os bandidos bateram o carro em que estavam, que era roubado. Após o acidente, os militares ficaram feridos, mas sem gravidade. Os bandidos abandonaram o veículo e conseguiram fugiram. Criminosos bateram carro roubado e conseguiram fugir do local Divulgação/Redes Sociais
Veja Mais

23/01 - Decisão sobre manter ação contra ex-procurador-geral da Paraíba na Justiça comum é adiada
Após dois votos a favor da manutenção, desembargador João Benedito pede vistas e adia a decisão. Placar de momento já tem maioria, mas algum voto ainda pode ser modificado. Gilberto Carneiro, ex-procurador do estado da Paraíba, está sendo julgado acusado de envolvimento em esquema de corrupção Reprodução/TV Cabo Branco O julgamento de um recurso envolvendo o ex-procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro, foi suspenso nesta quinta-feira (23) com o placar provisório de 2 a 0 para que a denúncia contra ele na Operação Calvário continue a ser analisada pela justiça comum. Um pedido de vistas, no entanto, adiou a sessão. Ex-procurador-geral da Paraíba e ex-servidora da PGE viram réus na Operação Calvário Ex-procurador-geral do estado da Paraíba é denunciado pela 2ª vez na Operação Calvário Entenda a Operação Calvário O caso foi parar na Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba depois que o Ministério Público da Paraíba (MPPB) recorreu de uma decisão de primeira instância que transferia o processo para a competência da justiça eleitoral. Relator do recurso, o desembargador Arnóbio Alves disse em seu voto que o caso é mesmo questão de justiça comum, acatando o recurso do MPPB e reformando a decisão anterior do juiz Giovanni Magalhães Porto, da 5ª Vara Criminal. O voto então foi seguido pelo desembargador Ricardo Vital. Mas, depois, o desembargador João Benedito pediu vistas, pedindo mais tempo para analisar a questão. Como a Câmara Criminal é formada por apenas três desembargadores, a votação já é favorável para que o processo permaneça mesmo na justiça comum. O resultado final, no entanto, ainda não pode ser proclamado porque em tese algum dos desembargadores pode mudar seu voto. Gilberto Carneiro é acusado de apropriação indevida e desvio de recursos públicos, lavagem de dinheiro e ocultação de bens.
Veja Mais

23/01 - Polícia Civil investiga estupro de adolescente de 12 anos em distrito de Campos Gerais, MG
Caso aconteceu na última segunda-feira (20) no distrito de Córrego do Ouro. A Polícia Civil de Campos Gerais (MG) investiga o estupro de uma menina de 12 anos que aconteceu no distrito de Córrego do Ouro, na última segunda-feira (20). Um suspeito foi preso. Na casa do homem, a polícia encontrou três peças íntimas de roupa. A vítima reconheceu que uma das peças é dela. A polícia teve conhecimento do caso quando recebeu a informação de que uma adolescente de 12 anos estava internada no Hospital Alzira Velano, em Alfenas, vítima de estupro. A menina contou aos policiais que vinha de uma festa de aniversário, quando encontrou um homem na rua. Ele teria pedido um beijo, ela negou e ele então ameaçou que faria mal à família dela. Imagens de câmeras de segurança registraram o momento em que a adolescente tenta se livrar do homem, mas é puxada por ele. Depois que a adolescente cedeu, o homem a levou para uma construção, onde cometeu o estupro. O autor confessou o crime e disse que foi consensual, o que a jovem nega. Segundo a polícia, no depoimento ele estava calmo. A todo momento ele negava e não demonstrava ser injustiçado. O homem foi preso e levado ao Presídio de Campos Gerais. A vítima vai continuar recebendo tratamento médico e psicológico. O delegado agora busca por outras vítimas. Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas
Veja Mais

23/01 - Cidades do Sul de MG podem ter fortes chuvas nas próximas 24 horas, alerta Defesa Civil
Previsão é que possa chover um volume entre 80 e 120 milímetros na região em apenas 24 horas. A Defesa Civil de Minas Gerais emitiu um alerta de previsão de tempestades severas que podem acontecer entre esta quinta-feira (23) e as 10h de sexta-feira (24) em Minas Gerais. Entre as cidades mais populosas que podem ser atingidas estão 11 do Sul de Minas. A previsão é que possa chover um volume entre 80 e 120 milímetros na região em apenas 24 horas. As tempestades Severas, por definição, são temporais com capacidade de provocar granizo, vendavais, tornados, raios e chuva torrencial. Os níveis de Severidade são quatro: sendo o nível 1, o mais fraco, e o nível 4 o mais severo. A previsão para o Sul de Minas é de tempestade severa nível 2. Segundo a Defesa Civil, pode chover entre 80 e 120 milímetros nas próximas horas Reprodução / Defesa Civil Confira as cidades mais populosas do Sul de MG que podem ser atingidas por forte chuva: Passos São Sebastião do Paraíso Poços de Caldas Pouso Alegre Itajubá Santa Rita do Sapucaí Alfenas Campo Belo Varginha São Lourenço Lavras Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas
Veja Mais

23/01 - Adolescente é apreendido suspeito de tentar estuprar cuidadora de creche em Itabaiana
De acordo com a SSP, ele ameaçou a vítima com uma faca. Um adolescente de 12 anos de idade foi apreendido após invadir uma creche do município de Itabaiana, no Agreste sergipano, e tentar estuprar uma cuidadora, na tarde dessa quarta-feira (22). De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Sergipe, ele pulou o muro da unidade e ameaçou a vítima com uma faca. Ambos entraram em luta corporal e, após a tentativa frustrada, o adolescente fugiu da unidade, mas foi localizado pela Polícia Militar. Ele foi autuado em flagrante por auto infracional análogo ao crime de tentativa de estupro e permanece à disposição da Justiça.
Veja Mais

23/01 - Polícia investiga morte de mulher encontrada no banheiro de casa, em Araucária
Segundo o B.O., o socorrista disse que foi chamado para atender uma situação de suicídio. Porém, 'se deparou com uma morte por violência'. Mulher é encontrada morta no banheiro de casa, em Araucária A Polícia Civil investiga a morte de uma mulher, cujo corpo foi encontrado dentro do banheiro da casa dela em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba. Terezinha Kloss tinha 68 anos. De acordo com o Boletim de Ocorrência (B.O.), o marido e o filho dela não estavam em casa quando ela morreu. O corpo da idosa foi achado na quarta-feira (22) pelo marido. O que diz o B.O. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Curitiba (Samu) e a perícia relataram que havia sinais de violência e ferimentos no corpo, conforme o boletim. O socorrista do Samu, ainda segundo o B.O., disse que foi chamado para atender uma situação de suicídio. Porém, "se deparou com uma morte por violência". O B.O. foi registrado na Delegacia de Araucária na tarde de quarta, mas o caso é apurado pela Delegacia da Mulher. Longe do Centro O bairro Guajuvira, onde fica a casa, é cerca de 20 quilômetros distante do Centro, perto da área rural. O corpo de Terezinha vai ser enterrado nesta quinta-feira (23), em Araucária. Corpo de idosa foi encontrado dentro do banheiro de casa, em Araucária Reprodução/RPC Veja mais notícias da região no G1 Paraná.
Veja Mais

23/01 - Família de pedreiro morto em operação policial no Rio vai à Justiça pedir enterro gratuito
Samuel Menezes da Conceição, de 47 anos, tinha quatro filhos. Nas redes sociais, o dono de um bar denunciou que policiais invadiram a loja alegando que o lugar era frequentado por bandidos. Polícia Civil investiga de onde partiu o tiro que matou Samuel Menezes A família do pedreiro Samuel Menezes da Conceição, morto durante uma ação policial na Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha, na Zona Norte do Rio, foi à Justiça nesta quinta-feira (23) pedir o enterro gratuito. Os parentes do pedreiro dizem não ter condições de arcar com os custos do velório e do enterro de Samuel. Para ajudar com gastos menores, como flores, a família está pedindo ajuda. Samuel levou um tiro na cabeça na manhã de quarta-feira (22) quando ia para o trabalho, na Vila Cruzeiro. A Polícia Militar diz que fazia uma operação para tentar localizar criminosos que planejavam uma invasão ao Morro do Adeus, no Complexo do Alemão. “Não dá para descrever. Uma dor que ninguém quer passar, uma dor que ninguém vai querer passar, uma dor terrível”, lamentou Júlio César Menezes Conceição ao comentar o assassinato do irmão, a quem classifica como guerreiro e trabalhador. Samuel Menezes da Conceição tinha 37 anos e deixa quatro filhos Reprodução/TV Globo Os parentes contam que era Samuel quem sustentava a casa. Ele era casado e deixou quatro filhos. Agora, os irmãos dizem que não sabem o que vai ser da família. “Eu estou com a minha prima, que está correndo atrás disso, para ver o que pode ser feito e se consegue alguma indenização para a minha cunhada não passar fome, vamos dizer assim”, disse Júlio. A prima, Raiane Soares, enfatizou que a família deverá cobrar assistência do estado. Antes, quer respostas sobre o ocorrido e a responsabilização do governo diante da atuação policial nas comunidades do Rio. “A favela não é a margem da cidade. A favela é a cidade. Então, o estado também tem responsabilidade pela favela. Não é porque ele estava lá que a morte dele vai ser justificada. Então, a gente quer um pouco minimamente de resposta, de saber como que ele [o estado] vai se responsabilizar”, disse Raiane. Dono de bar relata invasão da polícia Nas redes sociais, o dono de um bar denunciou que policiais invadiram a loja alegando que o lugar era frequentado por bandidos. Além disso, afirmou que os PMs quebraram uma TV, o som e ainda roubaram bebidas do estabelecimento. As fotos mostram o espaço todo revirado e uma TV com a tela quebrada. A Polícia Militar disse que está atenta aos relatos publicados em redes sociais de supostos excessos comedidos por policiais durante a operação. Afirmou ainda que não compactua com desvios de conduta e que caso os abusos sejam comprovados, vão ser responsabilizados.
Veja Mais

23/01 - Mulher é esfaqueada durante tentativa de assalto ao sair para trabalhar em Goiânia; vídeo
Vítima, que é diarista, tentou correr e evitar que o criminoso levasse a bolsa dela. Mulher é esfaqueada durante tentativa de assalto Uma mulher de 52 anos foi esfaqueada nesta quinta-feira (23) durante uma tentativa de assalto quando saia para trabalhar, no Residencial Goyaz Park, em Goiânia. Uma câmera de segurança registrou quando ela reage, luta com o ladrão e, em seguida, é golpeada várias vezes. Maria dos Anjos Silva, que é diarista, costuma sair de casa sempre por volta de 5h30 para ir trabalhar. Ela andava pela rua quando dois homens em uma moto se aproximaram. Ela tentou correr para o outro lado, mas foi seguida e atacada por um dos homens. A agressão só parou após a vítima jogar a bolsa dela pelo muro de um imóvel. Após as agressões, o criminoso fugiu. Maria dos Anjos foi levada para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). Ela está em estado regular, consciente e respirando espontaneamente Os moradores da região contaram que assaltos na região são recorrentes. “Toda vez eles estão passando, estão roubando, não preocupam se é a mãe ou um pai de família, só fazem o mal”, disse Woover da Silva, filho da mulher agredida. Veja outras notícias da região no G1 Goiás. Mulher é esfaqueada durante tentativa de assalto, em Goiânia Reprodução/TV Anhanguera
Veja Mais

23/01 - Museu do Folclore de São José cria site para expor obras de artesãos
No site 'Galeria dos Fazeres' é possível conferir a história de sete artistas e seus trabalhos. Iniciativa do Museu do Folclore de São José, busca expor trabalhos de artesãos da cidade Divulgação/Galeria dos Fazeres O Museu do Folclore de São José dos Campos criou um site para expor os trabalhos de artesãos da cidade. No site 'Galeria dos Fazeres' é possível conferir a história de sete artistas e suas obras. Entre os itens expostos estão esculturas, terços, brinquedos de madeira, panos de prato, entre outros. Para adquirir algum objeto exposto, o interessado deve fazer contato direto com o artesão para definir valor, forma e prazo de pagamento e entrega do produto.
Veja Mais

23/01 - Polícia prende 2° envolvido na morte e ocultação do corpo de adolescente em MS; hipótese é de crime passional
Vítima estava enterrada em uma lavanderia, com os pés e mãos amarrados. Primeira suspeita confessou o crime, mas, alegou que "apenas emprestou a casa". Corpo de adolescente foi encontrado com as mãos e pés amarrados enterrado em uma lavanderia, em Chapadão do Sul (MS). Facebook/Reprodução A polícia prendeu nesta manhã (23) o segundo envolvido na morte de uma adolescente de 13 anos, em Chapadão do Sul, a 333 km de Campo Grande. A vítima estava enterrada em uma lavanderia, com os pés e mãos amarrados, sendo que os policiais a acharam no dia anterior e, prenderam, em flagrante, a dona do casa onde ela estava. O suspeito, que ainda não teve a identidade revelada, está sendo interrogado pelo delegado Felipe Potter, responsável pelo inquérito de homicídio. Uma das linhas investigadas por ele é de crime passional. Já a primeira suspeita confessou o crime e disse que a "adolescente foi morta por bandidos da região". Entenda o caso O corpo da menina estava enterrado em uma lavanderia com mãos e pés amarrados, sendo encontrado nessa quarta-feira (22). De acordo com a polícia, na cabeça da vítima havia sacos plásticos e ela teria desaparecido há cerca de três meses. Corpo de adolescente é encontrado enterrado em lavanderia de casa em Chapadão do Sul (MS). Polícia Civil/Divulgação Conforme o delegado Felipe Potter, foi por meio de uma denúncia anônima que policias militares e civis encontraram o corpo de Ingrid Lopes Ribeiro. A adolescente, que morava na mesma cidade, estava desaparecida desde o dia 27 de outubro do ano passado. A mãe dela teria registrado um boletim de ocorrência pelo sumiço da filha. No depoimento, a suspeita disse à polícia que a participação dela no crime foi apenas em emprestar a casa para que a menor fosse mantida cárcere privado e depois morta e enterrada. Ela ainda contou que limpou o sangue do local do crime após a execução da vítima, segundo a polícia. Conforme o delegado, a mulher vai responder por ocultação de cadáver. Potter ainda informou que as investigações continuam para ver se ela teve participação na morte e também o envolvimento de outras pessoas. O corpo da Ingrid foi encaminhado para o Instituo Médico Legal (IML) onde passará por exame necroscópico.
Veja Mais

23/01 - Nova matriz curricular de Arquitetura e Urbanismo: conteúdo e prática fortalecidos
Camila Girão, coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unifor. Ares Soares Os alunos de Arquitetura e Urbanismo terão uma nova matriz curricular a partir de 2020.1. O novo currículo passa a ser semestral, focado na aprendizagem por projeto, mesclando atividades práticas e teóricas. “Dessa forma, os estudantes terão contato com projeto e softwares da área desde o primeiro semestre. E passarão a desenvolver um projeto semestralmente, que integra todos os componentes curriculares”, aponta a professora Camila Girão, coordenadora do curso. “A nova grade curricular tem três eixos de conhecimento que se repetem ao longo de todos os semestres: 1) composição, expressão e representação; 2) teoria, história e projetos; 3) tecnologias da construção. Os conteúdos são vistos e reforçados semestralmente, de acordo com a complexidade que está sendo trabalhada em cada disciplina. Não existe outro curso no mercado com essa organização pedagógica”, reforça a professora. Pontos positivos: As mudanças vão refletir positivamente na formação dos alunos. “A gente espera que os estudantes compreendam globalmente as necessidades do projeto e nas especificidades apliquem os conhecimentos adquiridos a cada semestre. Incentivamos o design colaborativo, a ideia de aprender e construir com os demais. Para além da formação técnica, trabalhamos para que o aluno tenha mais capacidade de reflexão. Pensando no profissional que sai para o mercado de trabalho, isso é um diferencial do nosso curso”, finaliza Camila Girão. Nossa história: O curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Fortaleza (Unifor) completa 22 anos de existência agora em 2020. Já formou 42 turmas. Conheça a seguir os campos de atuação profissional do arquiteto e urbanista: Arquitetura e urbanismo Arquitetura de interiores Arquitetura paisagística Patrimônio histórico, cultural e artístico Planejamento urbano e regional Topografia Tecnologia e resistência dos materiais Sistemas construtivos e estruturais Instalação e equipamentos referentes à arquitetura e urbanismo Conforto ambiental Meio ambiente
Veja Mais

23/01 - VÍDEOS: BMD de quinta-feira, 23 de janeiro
Assista aos vídeos do telejornal com as notícias da Bahia. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias da Bahia.
Veja Mais

23/01 - Cavalo é perseguido por mais de 7 km pela polícia em rodovia de SP; veja
Caso aconteceu em trecho da Via Expressa Sul em Praia Grande. A Polícia Militar Rodoviária escoltou o animal para evitar acidentes na pista. Polícia Rodoviária persegue cavalo na Via Expressa Sul em Praia Grande Um cavalo foi flagrado correndo e sendo perseguido pela Polícia Militar Rodoviária em uma rodovia em Praia Grande, no litoral de São Paulo. As imagens obtidas pelo G1, nesta quinta-feira (23), mostram a cena inusitada, que assustou vários moradores. De acordo com a PMR, o animal fugiu de um propriedade localizada em São Vicente. Conforme apurado pelo G1, o flagrante aconteceu na altura do Km 68 da Via Expressa Sul (SP-055) durante a tarde de quarta-feira (22). Nas imagens, é possível ver o cavalo correndo pela rodovia, na pista sentido Mongaguá. A perseguição se estendeu por, aproximadamente, sete quilômetros. A funcionária pública Daniela Ferreira Sena, de 34 anos, voltava do trabalho com o marido, o servidor Robson Freitas de 37 anos, quando o casal se deparou com a cena. "Eu estava dirigindo e ela me avisou que tinha um cavalo na rodovia. Foi um susto muito grande", explica Robson. "Ninguém viu de onde saiu o cavalo, só vimos ele correndo pela rodovia com a escolta da Polícia Militar. Faço esse caminho frequentemente e nunca tinha visto uma coisa como essa. É muito perigoso. Se esse cavalo acabasse na contramão, poderia causar uma tragédia", afirma o servidor. Cavalo é flagrado correndo em rodovia de Praia Grande, SP Arquivo Pessoal/Daniela Ferreira Autoridades Segundo a Polícia Militar, o cavalo foi escoltado até que as equipes conseguissem contê-lo, ainda na rodovia. Duas pessoas se intitularam donas do animal. O proprietário diz que possui uma cocheira no bairro Vila Margarida, em São Vicente, e que o animal escapou desse local. Em nota ao G1, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), responsável pela via, afirmou que foi registrada uma ocorrência envolvendo equino, que a Policia Militar Rodoviária foi acionada e removeu o animal em segurança. Não houve interdição na pista e o tráfego seguiu normalmente. O DER ressaltou ainda que desenvolve ações de conscientização, junto à população lindeira das rodovias estaduais, para que haja engajamento dos proprietários quanto à tutela dos animais domésticos de pequeno e grande porte, para que eles sejam mantidos somente em áreas cercadas. Cabe ao proprietário manter seus animais domésticos de pequeno e grande porte em local cercado e apropriado.
Veja Mais

23/01 - Vídeo mostra água suja saindo de estação do Guandu, da Cedae, direto para um rio
Especialista suspeita que água tenha poluentes e pede investigação. Cedae não se posicionou sobre o flagrante até a última atualização desta reportagem. Água suja sai de estação da Cedae e chega à Baía de Sepetiba O RJ1 desta quinta-feira (23) flagrou o despejo de água suja — com cor e cheiro fortes — saindo da estação de tratamento do Guandu, administrada pela Companhia Estadual de Água e Esgoto (Cedae), e chegando a um rio da Baía de Sepetiba. O professor Adacto Ottoni, engenheiro sanitarista da Uerj, suspeita que a água suja seja resultado dos resíduos da limpeza feita pela própria Cedae, que não poderia descartá-los no meio ambiente. "Essa água do Rio Cabenga vem preta de esgoto sanitário pela falta de saneamento na região. Quando encontra a água desse canal do Guandu, a água simplesmente fica toda marrom. Ou seja, há, possivelmente, uma concentração grande de poluentes nesse canal. A concessionária tem que fazer tratamento do resíduo ou jogar num aterro sanitário. Jamais descartá-lo no meio ambiente." De acordo com o professor, a água do canal da Cedae deve ser resultado da limpeza da água feita pela própria concessionária. Moradores dizem que, há 25 anos, a água tem um cheiro forte de ferro. "Na realidade, os indícios mostram que deve ser água de lavagem dos decantadores. Então, toda aquela sujeira na entrada da captação de água bruta que é tirada no tratamento (...) deve estar vindo para cá. Isso deve ser investigado". O telejornal entrou em contato com a Cedae, que ainda não emitiu um posicionamento sobre o flagrante. Também nesta quinta, a companhia começou a usar o carvão ativado no local. Especialistas: água tratada no Guandu é praticamente só esgoto Cedae anuncia R$ 120 milhões de investimento no Guandu A expectativa do governador Wilson Witzel (PSC) é de que a situação da água seja normalizada em uma semana. A Cedae não estabeleceu um prazo para a melhora do odor, sabor e coloração da água. Segundo Paulo Canedo, professor da Coppe/UFRJ, o carvão ativado vai minimizar o problema na água. "Tal qual o leito de carvão ativado que temos nos nossos filtros residenciais, que tiram o sabor da água, inclusive o sabor do cloro que a água normalmente tem. Então, o carvão ativado tem a característica de retirar o cheiro e o sabor da água que, aqui no caso, vai retirar o cheiro e o sabor da geosmina", explica o professor. Na quarta, o RJ2 mostrou que a própria Cedae lança esgoto bruto nas galerias administradas pela Rio Águas. Estas, por sua vez, desaguam a sujeira no complexo de lagoas de Jacarepaguá e Barra da Tijuca. A Cedae culpou as ligações clandestinas. Filtragem da água em Guandu Infografia: Rodrigo Sanches/G1 Initial plugin text Cedae descarta água suja em rio em Nova Iguaçu, na Baixada Reprodução/TV Globo
Veja Mais

23/01 - Homem coloca fogo em casa após surto psicótico em Cariacica, ES
Incêndio aconteceu por volta de 18h de quarta-feira (22). O homem foi levado para uma unidade de saúde. Cinco pessoas estavam na casa. Ninguém se feriu. Casa incendiada teve o segundo andar destruído, em Cariacica, no ES Manoel Neto/ TV Gazeta Um homem colocou fogo em uma casa no bairro Santa Bárbara, em Cariacica, na Grande Vitória, durante um surto psicótico, por volta de 18h dessa quarta-feira (22), segundo a polícia. O Corpo de Bombeiros foi chamado e apagou o incêndio. O homem foi encaminhado para atendimento médico em uma unidade de saúde. Cinco pessoas estavam na casa, mas ninguém ficou ferido. Testemunhas contaram que as cinco pessoas que estavam na casa no momento do incêndio, incluindo uma criança de três anos, tiveram que pular um muro para sair do imóvel. O fogo tomou conta de todo o segundo andar da residência. E, enquanto os bombeiros não chegavam, os moradores ajudaram no combate às chamas pegando água da caixa de água de um vizinho. Segundo o Corpo de Bombeiros, sobrou pouca coisa do andar atingido. Moradores ajudam a apagar fogo em casa de Cariacica, ES Reprodução/ TV Gazeta Pelo homem estar em um surto, os bombeiros chamaram uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e ele foi encaminhado para uma unidade de saúde. Vizinho A casa Josedino das Neves é vizinha do imóvel que pegou fogo. Ele relatou que ficou assustado no início do incêndio e deixou a casa correndo. Depois que as chamas foram apagadas, o morador teve que deixar as janelas abertas para sair o cheiro de fumaça. “Quando vimos, o fogo já tinha tomado a casa toda do vizinho. Nós saímos, tiramos o carro da garagem, trancamos o portão e deixamos tudo dentro de casa”, contou Josedino. Veja o plantão de últimas notícias do G1 Espírito Santo
Veja Mais

23/01 - São Pedro da Aldeia, RJ, terá exposição de flores e plantas em praça no Centro
Serão expostas cerca de 150 espécies com preços que variam entre R$ 2 e R$ 200, no caso de plantas especiais. Evento será na Praça Agenor Santos, a Praça da Matriz, no Centro de São Pedro da Aldeia Divulgação/Prefeitura de São Pedro da Aldeia São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio, terá, a partir desta sexta-feira (24), uma exposição de flores e plantas na Praça Agenor Santos, a Praça da Matriz, no Centro, das 10h às 22h. A 8ª edição da Expo Flores Holambra (município localizado no interior de São Paulo) vai até o dia 2 de fevereiro. O evento contará com exposição e comercialização de flores e plantas, além de apresentações culturais. Serão expostas cerca de 150 espécies, entre bonsais, orquídeas, rosas, girassóis e rosas do deserto, além de plantas carnívoras e frutíferas. Serão instalados 300 m² de tendas com grades no entorno, mas a entrada será gratuita. Preço das plantas varia entre R$ 2 e R$ 200 dependendo da espécie Divulgação/Prefeitura de São Pedro da Aldeia Os preços variam entre R$ 2 e R$ 200, no caso de plantas especiais. Segundo a organização do evento, parte da arrecadação será destinada aos projetos humanitários do Rotary Club aldeense e a manutenção da entidade. A feira contará ainda com um espaço para o recebimento de donativos, que serão encaminhados pela Cruz Vermelha Brasileira, filial São Pedro da Aldeia, para as vítimas das enchentes no estado do Espírito Santo. A iniciativa é do Rotary Club São Pedro da Aldeia com o apoio da Prefeitura por meio da Secretaria Adjunta de Esportes e Lazer. Veja outras notícias da região no G1 Região dos Lagos.
Veja Mais

23/01 - Justiça aceita denúncia do MP e decreta prisão preventiva de suspeito de participação em chacina de motoristas de app
Denuncia contra suspeito foi feita pelo MP-BA na terça (21) e aceita pela Justiça na quarta-feira (22). Benjamin Franco estava em prisão temporária. Benjamin Franco da Silva, suspeito de participar do assassinato de 4 motoristas de app em Salvador Maiana Belo/G1 Bahia A denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA) contra um dos suspeitos de participar da chacina contra quatro motoristas de aplicativo, em Salvador, foi aceita pela Justiça. Além disso, a juíza Andrea Teixeira Lima Sarmento Netto decretou a prisão preventiva de Benjamin Franco da Silva, de 25. O suspeito, que está preso deste 26 de dezembro do ano passado, estava em prisão temporária, que venceria daqui a três dias. Agora ele passa a cumprir prisão preventiva desde o dia da decisão, na quarta-feira (22). Com a decisão, Benjamin vai ter 10 dias para responder a acusação e logo em seguida o processo é iniciado. A denúncia do MP-BA à Justiça foi feita na terça-feira (21). O órgão estadual denunciou Benjamin por homicídios qualificados, por motivo torpe, meio cruel e sem possibilidade de defesa das vítimas, além de roubo qualificado. Todas as penas podem chegar a mais de 100 anos de reclusão, apontou o órgão. No documento enviado à Justiça, o promotor Davi Gallo citou a versão divulgada pelo governador Rui Costa, de que os assassinatos teriam sido ordenados por um traficante, após motoristas de aplicativo negarem corrida à mãe dele. O MP-BA acredita que os crimes foram motivados por vingança. À época da prisão de Benjamin, em 26 de dezembro de 2019, a Polícia Civil informou que o crime teria sido cometido com a motivação de roubar as vítimas. Na coletiva de apresentação do suspeito, o delegado Odair Carneiro, responsável pelo caso, afirmou que a hipótese de vingança havia sido descartada e negou que os bandidos planejaram o crime porque um motorista negou socorro à mãe de um deles. O G1 entrou em contato com a Polícia Civil para esclarecer a divergência de informações e, através de nota, a corporação informou que não detalha particularidades dos inquéritos policiais, por serem sigilosos, e não comenta manifestações do Ministério Público. Denúncia do MP-BA Promotor Davi Gallo deu entrevista coletiva para falar sobre a denúncia do Ministério Público Vanderson Nascimento O documento da denúncia contra Benjamin trouxe a informação, até então desconhecida, de que um outro motorista de aplicativo foi chamado ao local pelo celular de uma das vítimas e, ao chegar, foi liberado após perguntar aos suspeitos se ele seria roubado mesmo sendo morador da Mata Escura, região onde ocorreu a chacina. Segundo o documento, o motorista também disse aos suspeitos que conhecia Jéferson Palmeira Soares Santos, conhecido como "Jel", apontado como mandante do crime. O homem então foi liberado pelos criminosos e pegou uma corrida na Estação Pirajá. Segundo informações do MP, com os motoristas rendidos, Benjamin e os comparsas roubavam dinheiro, cartões de créditos, pegavam o celular das vítimas e acionavam outro motorista. Na decisão de terça, o MP também havia pedido a prisão preventiva de Benjamim. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), durante a prisão, o suspeito disse à polícia que o objetivo do grupo era roubar os veículos das vítimas. O G1 entrou em contato com a SSP que disse que não ia comentar sobre a denúncia do Ministério Público e ressaltou que as investigações apontaram que o objetivo dos criminosos era roubar os veículos. Outros quatro envolvidos no crime morreram. Dois foram encontrados mortos e outros foram baleados em confronto com policiais. Crime Sávio da Silva Dias, Alisson Silva Damasceno, Daniel Santos da Silva e Genivaldo da Silva Félix foram mortos em Salvador Arte G1 O crime ocorreu na Rua do Nepal, no bairro do Jardim Santo Inácio, em 13 de dezembro de 2019. Quatro motoristas foram assassinados após aceitarem corridas que tinham a localidade como ponto de partida. Os corpos das vítimas tinham sinais de tortura e estavam enrolados em lonas de plástico. Um outro motorista conseguiu fugir. Ele escapou dos criminosos depois que uma das vítimas lutou com eles durante o ataque. Em entrevista à TV Bahia, ele contou detalhes do crime. Veja relato aqui. No mesmo bairro, três carros que seriam dos motoristas foram localizados. Outro veículo foi achado no pedágio da cidade de Simões Filho, na região metropolitana de Salvador. Não há informações sobre o quinto carro. Os mortos são: Sávio da Silva Dias, de 23 anos Alisson Silva Damasceno, de 27 anos Daniel Santos da Silva, de 31 anos Genivaldo da Silva Félix, de 48 anos Os envolvidos no crime: Jéferson Palmeira Soares Santos, conhecido como "Jel": apontado como mandante do crime Antônio Carlos Santos de Carvalho, de 19 anos: apontado por envolvimento Marcos Moura de Jesus, de 30 anos: apontado por envolvimento Benjamin Franco da Silva, de 25 anos: apontado por envolvimento Um adolescente de 17 anos, que não teve a identidade divulgada Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.
Veja Mais

23/01 - Criança de dois anos morre após cair em um buraco no distrito de Vermelhos em Lagoa Grande
Segundo a Polícia Civil, a morte está sendo investigada para esclarecer se houve afogamento. O buraco foi feito para construção de uma fossa e tinha muita água acumulada Reprodução/ Redes Sociais Uma criança de dois anos morreu na quarta-feira (22) no distrito de Vermelhos, na Zona Rural de Lagoa Grande, no Sertão de Pernambuco. Segundo a Polícia Civil, o óbito está sendo investigado para esclarecer se houve afogamento. De acordo com a polícia, duas crianças caíram em um buraco feito para construção de uma fossa e que tinha muita água acumulada após a chuva. Uma das crianças reagiu ao atendimento dos primeiros socorros, mas a criança de dois anos, não resistiu e morreu. Um inquérito policial foi instaurado para investigar o caso, que está sob o comando da 215ª Delegacia de Lagoa Grande.
Veja Mais

23/01 - Casa e empresa de alimentação são atingidas por incêndio em MT
Incêndio começou nos fundos de uma casa e atingiu o depósito da empresa. Incêndio começou nos fundos de uma casa Corpo de Bombeiros/Divulgação Uma casa e uma empresa que fornece alimentos para uma companhia aérea foram atingidas pelo fogo, no Bairro Jardim Aeroporto, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, na manhã desta quinta-feira (23). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o incêndio começou nos fundos de uma casa e atingiu o depósito da empresa. Incêndio atingiu depósito de empresa Corpo de Bombeiros/Divulgação Cinco carros do Corpo de Bombeiros, incluindo autotanque, foram ao local para combater o fogo. Cerca de 18 militares trabalham na operação. Cerca de 18 militares foram no local para combater o fogo Corpo de Bombeiros/Divulgação Parte da casa e da empresa ficou destruída. Segundo os bombeiros, ninguém ficou ferido. As causas do incêndio ainda serão investigadas. Fogo destruiu parte da casa e empresa em Várzea Grande (MT) Corpo de Bombeiros/Divulgação
Veja Mais

23/01 - VÍDEOS: NE1 de quinta-feira, 23 de janeiro
Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Pernambuco. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Pernambuco.
Veja Mais

23/01 - Lucro da American Airlines supera estimativas com forte demanda de viagens
Empresa está sob pressão desde a suspensão mundial das aeronaves 737 MAX da Boeing em março do ano passado. A American Airlines divulgou lucro trimestral que superou as estimativas de Wall Street nesta quinta-feira (23), com a forte demanda de viagens e menores custos de combustível que reduziram o impacto de cancelamentos de voos da companhia aérea norte-americana devido à suspensão do 737 MAX. Aviões da American Airlines no pátio do Aeroporto de Phoenix, nos EUA, em imagem de arquivo. Ross D. Franklin/Arquivo/AP Photo A American, como sua concorrente Southwest Airlines, está sob pressão desde a suspensão mundial das aeronaves 737 MAX da Boeing em março do ano passado. A American, que possui 24 jatos MAX em sua frota, indicou que manterá o avião fora de seu cronograma de voos até o início de junho. A companhia aérea disse nesta quinta-feira que cancelou 10 mil voos no trimestre devido à suspensão. Também divulgou que espera um lucro ajustado para 2020 entre US$ 4 e US$ 6 por ação, em comparação com a estimativa média dos analistas de US$ 5,10 por ação, segundo dados da Refinitiv. O lucro líquido aumentou para US$ 414 milhões, ou US$ 0,95 por ação, no quarto trimestre de 2019, contra US$ 325 milhões, ou US$ 0,70 por ação, no ano anterior. A receita aumentou 3,4%, para US$ 11,3 bilhões. Excluindo itens, a American teve lucro de US$ 1,15 por ação, acima da estimativa média dos analistas de US$ 1,14 por ação, de acordo com dados da Refinitiv.
Veja Mais

23/01 - Jovem que se passava por motoboy para vender drogas é preso em operação da Polícia Civil
Segundo delegado responsável pelas investigações, Rafael Gomes, rapaz entregava drogas em diversos endereços da cidade, em atendimento 24 horas. Drogas foram apreendidas na Operação 'Delivery' em Juiz de Fora Polícia Civil/Divulgação A Polícia Civil deflagrou na quarta-feira (22) a Operação 'Delivery' para combate ao tráfico de drogas em Juiz de Fora. A ação teve como foco a prisão de um jovem de 29 anos, que se passava por motoboy para realizar a venda das drogas à domicílio. De acordo com o o titular da Delegacia Especializada Antidrogas, delegado Rafael Gomes, as investigações começaram há cerca de um mês e meio. “A princípio, tínhamos apenas um apelido. Passamos a realizar o trabalho de investigação policial, foram feitas diligências e identificamos o indivíduo. Acompanhamos a rotina dele. Ele era um motoboy, prestava serviços de entrega de encomendas, mas se aproveitava da profissão - digna e lícita – para exercer o tráfico de drogas, por isso a operação foi denominada ‘Delivery’”, explicou o delegado. Investigações apontaram que o jovem morava em um imóvel no Bairro Ipiranga, no entanto, deixava a maior parte das drogas no quarto da casa em que vivia com a mãe dele, no Bairro Poço Rico. “Nesse espaço, ele picava, pesava e embalava as drogas em porções. Ele descia com o material para área comum do prédio, a garagem, e colocava no interior de um baú velho. Usuários de todas as classes, 24h por dia, da cidade inteira, faziam encomendas”, revelou Rafael. A prisão do suspeito ocorreu no momento em que ele saiu da garagem com uma bolsa com a droga, embaladas de acordo com pedidos efetuados. No apartamento dele, também foram localizadas outros entorpecentes e munições. Foram apreendidos porções de maconha, crack, dinheiro, munições, materiais e objetos para embalar a droga, adesivos para identificar os entorpecentes, um veículo e outros objetos. A motocicleta que teria sido utilizada para fazer as entregas também foi apreendida. Ainda conforme o delegado, o suspeito teve o flagrante ratificado pelos crimes de tráfico de drogas e por posse irregular de munição. Ele foi encaminhado ao sistema prisional.
Veja Mais

23/01 - Comandante de barco é preso suspeito de estuprar neta da companheira durante 8 anos em Manaus
Segundo Polícia Civil, vítima sofre abuso sexual desde cinco anos. Atualmente, menina tem 13. Comandante de embarcação é preso suspeito de estuprar neta da companheira durante 8 anos em Manaus Eliana Nascimento/G1 AM Um comandante de barcos de Manaus, de 50 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira (23) suspeito de estuprar uma adolescente de 13 anos. De acordo com a Polícia Civil, o homem é companheiro da avó da vítima. Os abusos acontecem desde quando a menina tinha cinco anos, sempre dentro do seu barco, aos finais de semana. Segundo a titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), delegada Joyce Coelho, desde os cinco anos da vítima, o homem levava a companheira (avó paterna da vítima) e menor para o barco que trabalhava. Ao dormirem, o suspeito praticava o crime. A Polícia Civil recebeu a denúncia em setembro de 2019 e iniciou uma investigação. "Primeiro ela [vítima] relatou para a mãe e ela registrou a ocorrência. Ela nos relatou que desde os cinco anos vinha sendo abusada sexualmente pelo marido da avó, que considerava como avô. Há relatos da criança de que, após a separação dos pais, passou a conviver mais com a família do genitor. Então, em qualquer oportunidade que ficava a sós com o infrator, ele cometia os abusos", disse. Ainda conforme a delegada, aos 13 anos, a adolescente demonstrou um comportamento agressivo, "típico de vítima de abuso sexual. A mãe da menina percebeu, mas a menina só contou após o nascimento dos irmãos menores. A vítima, com medo de que os irmãos fosse, abusados, resolveu contar. Os abusos não se caracterizaram apenas de ato libidinosos, mas que houve realmente conjunção carnal", completou. Segundo a polícia, a vítima chegou a contar para a avó sobre os abusos, mas a mulher não teria acreditado na menina. Preso no bairro Monte das Oliveiras em cumprimento de mandado de prisão, o suspeito será levado para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch Reis, na Zona Sul de Manaus. A avó da criança será ouvida pela delegada. A vítima receberá acompanhamento psicossocial.
Veja Mais

23/01 - Witzel visita Estação do Guandu após início do tratamento com carvão ativado
Na quarta (22), governador deu prazo de uma semana para que a água chegasse sem cheiro e gosto de terra às torneiras. Wilson Witzel chega à estação de tratamento do Guandu para visita técnica O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, chegou às 12h20 desta quinta-feira (23) para uma visita técnica à Estação de Tratamento de Água do Guandu. Mais cedo, a Companhia Estadual de Águas e Esgotos, a Cedae, começou a aplicar carvão ativado na água. O Globocop registrou, às 8h, quando as partículas entraram no sistema. Também nesta quinta, a Cedae anunciou que vai investir mais de R$ 120 milhões na modernização da Estação de Tratamento do Guandu este ano. Carvão ativado entra no sistema do Guandu Reprodução/TV Globo Segundo a empresa, esse investimento faz parte de uma previsão de que R$ 700 milhões sejam aplicados na modernização da unidade até 2022. A crise no fornecimento de água começou no início do mês, quando moradores de vários pontos do Rio passaram a reclamar da qualidade da água, que apresentava alterações no aspecto e gosto. Segundo a Cedae, o que deixou a água com cor turva e sabor e cheiro estranhos foi a geosmina, uma substância produzida por algas. Mas de acordo com a companhia, o consumo não oferece risco à saúde. Estação de Tratamento do Guandu Reprodução/TV Globo A companhia ainda não disse quando o odor e sabor da água vão melhorar, mas na quarta (22) o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, afirmou que a situação da água fornecida pela Cedae será resolvida dentro de, no máximo, uma semana. Segundo Paulo Canedo, professor da Coppe/UFRJ, o carvão ativado vai minimizar o problema na água. "Tal qual o leito de carvão ativado que temos nos nossos filtros residenciais, que tiram o sabor da água, inclusive o sabor do cloro que a água normalmente tem. Então, o carvão ativado tem a característica de retirar o cheiro e o sabor da água que, aqui no caso, vai retirar o cheiro e o sabor da geosmina", explica o professor. A engenheira ambiental Caroline Lopes, gerente de recursos hídricos da agência da Bacia do Rio Paraíba do Sul, afirmou que o problema com a cor e aspecto da água no Rio e na Região Metropolitana devem chamar a atenção para o grave problema de falta de esgotamento sanitário na área. “A questão para a qual a gente tem que se voltar é que este quadro tem que servir como um alerta. Não é algo pontual. Temos décadas de lançamento de esgoto sem tratamento antes da chegada à estação de tratamento do Rio Guandu”, explicou a engenheira. Água vinda dos afluentes que deságuam no lago formado pelas águas do Rio Guandu tem qualidade considerada ruim pelo Inea Francisco de Assis/ TV Globo Praticamente esgoto O crescimento populacional dos municípios da Baixada Fluminense acima do ponto de captação do Guandu mudou para pior a qualidade da água que entra na estação. Para muitos especialistas, como já acontece em vários lugares do Brasil, o Guandu vem deixando de ser uma estação de tratamento de água para tratar, na verdade, esgoto. Para a pesquisadora do Programa de Engenharia Química da Coppe/UFRJ, Márcia Dezotti, é preciso tratar os esgotos antes do ponto de captação de água do Guandu. "A gente vai ter que fazer o saneamento da Baixada como um todo, entre outras coisas, e com pequenas estações de tratamento de esgoto. A gente não pode pensar em estações gigantes, senão a gente não vai conseguir fazer", explicou. Lagoa que se forma em frente ao ponto de captação da Estação do Guandu, no RJ Francisco de Assis/ TV Globo Recuperação em 30 anos Segundo análise do Comitê das Bacias Hidrográficas dos rios Guandu, da Guarda e Guandu-Mirim (Comitê Guandu-RJ), a melhora da qualidade da água que chega nas torneiras da maioria da população da Região Metropolitana só será possível com o tratamento do esgoto. Este processo demoraria 30 anos e custaria mais de R$ 1,4 bilhão. As cidades de Nova Iguaçu e Queimados, por exemplo, seriam responsáveis pelo despejo diário de 56 milhões de litros de matéria orgânica por conta dos afluentes. A conta que levou a este número levou em consideração a população das cidades e o consumo médio de água. Este valor equivale ao despejo de 22 piscinas olímpicas diárias ou 648 garrafas de um litro de esgoto sendo jogadas por segundo nos afluentes do Guandu. "A água que chega para a Cedae captar é de baixa qualidade, pois recebe material orgânico de cidades nos afluentes do Rio Guandu, como Nova Iguaçu, Queimados e Japeri”, destacou a engenheira ambiental da PUC-Rio Daiana Gelelete, que faz parte do comitê. Filtragem da água em Guandu Infografia: Rodrigo Sanches/G1 Initial plugin text
Veja Mais

23/01 - Estudantes podem fazer cadastramento para Passe Livre em Guarujá até sexta-feira
Cadastro deve ser feito no Ferry Boa'ts Plaza, no bairro Vila Ligya, em Guarujá, SP. Passe livre concedido a alunos devidamente matriculados e que moram a mais de um quilômetro de sua escola Divulgação/Helder Lima Os estudantes de Guarujá, no litoral de São Paulo, têm até sexta-feira (24) para realizar o cadastro para receber o Passe Livre neste ano. O prazo é exclusivo para aqueles que não ainda não possuem o benefício. Para se inscrever, os interessados que ainda não possuem o auxílio devem comparecer ao Ferry Boat’s Plaza, localizado Praça Nações Unidas, s/nº, no bairro Vila Ligya, no período das 9h às 16h. O estudante deve levar a versão original e uma cópia dos seguintes documentos: RG, comprovante de residência, comprovante de renda familiar, requerimento emitido pela instituição de ensino, declaração de escolaridade e encaminhamento das unidades escolares próximas à residência do aluno. O benefício será concedido apenas para alunos matriculados no ano letivo de 2020, que moram a mais de um quilômetro de sua escola, tem renda inferior a quatro salários mínimos e não possuem vaga em escola pública na região onde residem. Para os que desejam realizar o recadastramento, a Prefeitura de Guarujá informou que é preciso ir até a instituição de ensino onde está matriculado. No local, eles receberão orientações quanto à documentação, data e local de entrega dos referidos documentos. O recadastramento é obrigatório e caso não seja realizado, o benefício será bloqueado.
Veja Mais