Moveis para Escritório

Moveis para escritorio sorocaba mesa para escritorio sorocaba



Cadeira para escritorio sorocaba movel para escritorio sorocaba



Moveis para escritorio sorocaba mesa para escritorio sorocaba



Cadeira para escritorio sorocaba movel para escritorio sorocaba



Notícias

RSS Feed - Notícias - Mantenha-se Informado


14/04 - Conflito provoca extrema preocupação internacional por causa do poderio militar de Irã e de Israel
Nas últimas décadas, Irã desenvolveu um grande arsenal de mísseis de precisão e de longo alcance, capazes de atingir alvos a mais de 2 mil quilômetros de distância - incluindo Israel. Conflito provoca extrema preocupação internacional por causa do poderio militar de Irã e de Israel Reprodução/TV Globo Conflito entre Irã e Israel provoca extrema preocupação internacional por causa do poderio militar dos dois países. O Irã é uma das maiores potências militares do Oriente Médio com mais de 500 mil militares na ativa. Nas últimas décadas, o país desenvolveu um grande arsenal de mísseis de precisão e de longo alcance, capazes de atingir alvos a mais de 2 mil quilômetros de distância - incluindo Israel. Mas uma das principais estratégias iranianas foi aumentar o poder de fogo, sem colocar em risco o próprio território. E por isso ajudou a construir forças regionais: em Gaza; no Líbano; no Iraque; na Síria; no Iêmen. São grupos armados que nos últimos meses lançaram ataques diretos contra Israel. Em entrevista à GloboNews, o professor de estudos estratégicos da Universidade Federal Fluminense (UFF), Vitelio Brustolin, deu uma dimensão do poderio bélico dos dois países em conflito. "O Irã tem três vezes o tamanho do exército de Israel em termos de tropas de soldados. O Irã tem uma marinha extremamente poderosa. Israel controla o céu do Oriente Médio, mas o Irã tem também uma forte força aérea. O Irã tem o programa nuclear bastante desenvolvido e que, em março do ano passado, se dava conta a Agência Internacional de Energia Atômica dizia que estava enriquecendo uranio a 83%. Ou seja, muito próximo de já consegui chegar ao nível de 90% para fazer uma arma nuclear. Israel tem 90 ogivas nucleares que podem ser usadas no caso de um ataque existencial", contextualizou. Pelos cálculos da imprensa israelense, um míssil balístico iraniano poderia levar cerca de 12 minutos para chegar a Israel. Enquanto um míssil de cruzeiro, duas horas. Já um drone kamikaze, um tempo maior: nove horas. E foi esse tipo de explosivo lançado pelos iranianos. O que é o Domo de Ferro e como funciona? O primeiro ministro israelense falou que o país já vinha se organizando pra um confronto direto com o Irã e que as Forças Armadas estariam preparadas para esse tipo de ataque. Um dos sistemas em operação é o famoso Domo de Ferro. É um dos equipamentos de defesa aérea mais sofisticados do mundo. O Domo de Ferro usa um programa de radares, articulado com mísseis. Ele identifica foguetes inimigos, calcula a velocidade e a trajetória do explosivo e tenta destruí-lo longe de áreas povoadas israelenses. "O sistema Domo de Ferro, ele é usado contra foguetes. Então, ele pode ser usado inclusive contra ataques de drones. Mas israel tem um sistema de defesa antiaérea para interceptar misseis que é o sistema Arrow, um sistema que a gente poderia traduzir como flecha ou seta, que é um sistema de defesa aérea Patriot, dos Estados Unidos, com misseis próprios de Israel, especialmente para interceptar misseis de cruzeiro e mísseis balísticos", diz Vitelio. Israel ainda conta com a ajuda importante de países ocidentais como o Reino Unido, França e, principalmente, os Estados Unidos. "Os Estados Unidos têm bases militares no Qatar, no Bahrein, no Kuwait, no Iraque, na Síria e na Jordânia. Além disso, existe ali uma série de de embarcações militares que tinham sido deslocadas pra entrada do mar vermelho para combater os houthis, de uma coalização de dez países comandados pelos EUA", completa o especialista. LEIA TAMBÉM AO VIVO: Irã lança drones e mísseis para atacar Israel; explosões são ouvidas em Jerusalém CONFLITO: Israel está em 'alerta máximo' após ataques do Irã; governo iraniano fala em 'resposta legítima' VÍDEO: conflito tem potencial de ser o maior no Oriente Médio desde a 2ª Guerra Mundial, dizem colunistas
Veja Mais

14/04 - Acidente com teleférico na Turquia mata uma pessoa, deixa outra ferida e mais de 100 passageiros presos a dezenas de metros de altura
Na noite de sexta-feira (12), uma cabine bateu em um poste de sustentação e se desintegrou. Acidente com teleférico na Turquia mata uma pessoa, deixa outra ferida e mais de 100 passageiros presos a dezenas de metros de altura Jornal Nacional/Reprodução Na Turquia, um acidente com um teleférico matou uma pessoa, feriu dez e deixou mais de 100 passageiros presos a dezenas de metros de altura. Foi nesta sexta-feira (12) à noite. Uma cabine bateu em um poste de sustentação e se desintegrou. Os passageiros caíram. Um homem morreu. 24 cabines ficaram paradas com 174 pessoas. O resgate só terminou na manhã deste sábado (13), depois de 23 horas de trabalho. Promotores expediram 13 ordens de prisão. Entre os alvos, estão funcionários da empresa que opera o teleférico.
Veja Mais

14/04 - Ataque com faca em shopping da Austrália mata seis pessoas
O assassino esfaqueou clientes que estavam nos corredores. Em seguida, foi morto a tiros por uma policial. Ataque com faca em shopping da Austrália mata seis pessoas Jornal Nacional/Reprodução Um ataque com faca matou seis pessoas em um shopping da Austrália. O assassino esfaqueou clientes que estavam nos corredores. Em seguida, foi morto a tiros por uma policial. Cinco dos seis mortos eram mulheres. Oito pessoas ficaram feridas, entre elas, um bebê de nove meses. A polícia investiga o caso, mas informou não ver ligação com terrorismo.
Veja Mais

14/04 - Presidente dos Estados Unidos está na Casa Branca monitorando o ataque iraniano
Ele está reunido há horas com a equipe de segurança nacional, na Casa Branca, na sala onde autoridades discutem emergências. Biden já reforçou que os EUA vão apoiar totalmente a defesa de Israel. Oficiais americanos afirmam que a Força Aérea já abateu drones iranianos lançados neste sábado (13). O presidente Joe Biden não estava em Washington, e antecipou a volta pra monitorar a crise no Oriente Médio. Ele está reunido há horas com a equipe de segurança nacional, na Casa Branca, na sala onde autoridades discutem emergências. Biden já reforçou que os EUA vão apoiar totalmente a defesa de Israel. Oficiais americanos afirmam que a Força Aérea já abateu drones iranianos lançados neste sábado (13). Ontem, Biden pediu que o Irã não atacasse Israel. Disse que se tentasse, não teria sucesso. O ataque não pegou a Casa Branca de surpresa. Já era antecipado, mas há um temor de erro de cálculo - e de escalada. É a primeira vez que o Irã lança um ataque de seu território em solo israelense. Os EUA trabalham para tentar acalmar a situação e evitar que o conflito se espalhe pra região. O maior medo da Casa Branca neste momento é sobre a retaliação de Israel. Autoridades pedem que Israel informe e consulte os americanos antes de qualquer ação. A missão do Irã na ONU anunciou o fim dessa ofensiva, mas ameaçou uma resposta mais severa se Israel retaliar. Além de esforços diplomáticos durante todo o dia com autoridades de países do Oriente Médio, os EUA enviaram mais navios de guerra e caças pra região para tentar dissuadir o Irã. LEIA TAMBÉM AO VIVO: Irã lança drones e mísseis para atacar Israel; explosões são ouvidas em Jerusalém CONFLITO: Israel está em 'alerta máximo' após ataques do Irã; governo iraniano fala em 'resposta legítima' VÍDEO: conflito tem potencial de ser o maior no Oriente Médio desde a 2ª Guerra Mundial, dizem colunistas
Veja Mais

14/04 - Campinas aplica 6,8 mil doses em Dia D de vacinação contra a gripe
Ação aconteceu neste sábado (13) em 62 dos 68 Centros de Saúde da metrópole. Meta é imunizar 90% do público-alvo; veja grupos prioritários. Campinas vacina 6,8 mil pessoas em Dia D de imunização contra gripe 💉 A Secretaria de Saúde de Campinas (SP) aplicou 6.880 doses de vacina contra a gripe neste Dia D da campanha nacional de imunização contra a doença. Neste sábado (13), os imunizantes estiveram disponíveis para os grupos prioritários em 62 dos 68 Centros de Saúde (CSs) da metrópole. 📲 Participe do canal do g1 Campinas no WhatsApp A meta é imunizar 90% do público-alvo, estimado em 478,2 mil habitantes de Campinas. Antes do Dia D, nas duas primeiras semanas da campanha a metrópole vacinou 13,76% dos grupos prioritários. 👉 O balanço total, incluindo a ação deste sábado, será divulgado na segunda-feira (15), segundo a Secretaria de Saúde. A campanha começou em 25 de março e vai até 31 de maio. 🦠 O imunizante protege contra os principais vírus da gripe em circulação: o influenza A (H1N1), influenza A (H3N2) e o vírus influenza B. Veja abaixo os grupos prioritários. 👇 Idosos (60 anos ou mais) Gestantes e puérperas Trabalhadores da área de saúde Trabalhadores da área de educação Crianças na faixa entre 6 meses e 5 anos Pessoas com deficiência permanente Pessoas com comorbidades Caminhoneiros Trabalhadores do transporte rodoviário coletivo Trabalhadores portuários Povos indígenas População em situação de rua Profissionais das forças de segurança e salvamento População do sistema de privação de liberdade População privada de liberdade, além de adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas (entre 12 e 21 anos) Aplicação da vacina contra a gripe em posto de saúde de Campinas (SP): doses disponíveis para toda população acima dos seis meses de idade Ricardo Custódio/EPTV ❌ Ação cancelada e redução de postos Inicialmente, o Dia D, além de aplicar vacinas contra a gripe, também iria imunizar contra a dengue e mudou o cronograma de abertura de 10 Centros que atenderam pacientes com sintomas. Segundo a Secretaria de Saúde, as medidas ocorreram para "otimizar a campanha do Dia D de imunização contra a gripe". Além disso, também houve redução na quantidade de postos de saúde abertos para atender a população neste sábado. A estratégia original era abrir todos os 68 centros de saúde, mas na manhã deste sábado a prefeitura informou que seis CSs não aderiram à iniciativa. 🚨 No entanto, é válido lembrar que tanto a vacinação contra a gripe quanto a vacinação contra a dengue serão retomadas na segunda-feira em todos os CSs da cidade. Como receber as vacinas? 🤔 As salas de vacinação funcionam conforme horário de funcionamento de cada CSs, confira os detalhes da unidade mais próxima no site. LEIA TAMBÉM Vacina da gripe em Campinas: veja grupos prioritários e onde tomar o imunizante a partir desta segunda Dengue em Campinas: tudo o que você precisa saber sobre o início da vacinação a partir desta quinta ⏰ É preciso agendamento? Não é preciso realizar agendamento para receber as vacinas contra a dengue ou contra a gripe. 👜 O que levar? A Secretaria de Saúde orienta a apresentação de documento de identidade com foto. Além disso, é recomendado levar a caderneta de vacinação, se tiver. 💉 Qual é o esquema vacinal? A vacina contra a gripe é aplicada em dose única, com exceção para crianças que nunca tomaram. Já a vacina contra a dengue deve ser aplicada em duas doses, com intervalo de 90 dias entre elas. VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e região Veja mais notícias da região no g1 Campinas
Veja Mais

14/04 - Pescadores encontram corpos dentro de barco à deriva, no litoral do Pará
Ainda não há informações sobre o número de vítimas, a nacionalidade delas e a causa das mortes. A Marinha, a PF e o MPF abriram investigação. Pescadores encontram corpos dentro de barco à deriva, no litoral do Pará Jornal Nacional/Reprodução Pescadores encontraram corpos dentro de um grande barco à deriva, no litoral do Pará. A Defesa Civil informou que os corpos estavam próximos à Ilha de Canelas, em Bragança, no nordeste do Pará. Ainda não há informações sobre o número de vítimas, a nacionalidade delas e nem a causa das mortes. A Marinha, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal abriram investigação.
Veja Mais

13/04 - Irã deflagra ataque militar inédito contra Israel
O Irã deflagrou neste sábado (13) um ataque militar contra Israel. Quase duas semanas depois do bombardeio no consulado iraniano em Damasco, na Síria, atribuído a Israel. O Irã deflagrou neste sábado (13) um ataque militar inédito contra Israel. Veja, abaixo, o mapa para localizar este conflito que eleva a tensão no Oriente Médio: Mapa do Oriente Médio Reprodução/Jornal Nacional O Irã já lançou mais de cem drones e mísseis. Israel já começou a ser atingido e todos países da região estão em alerta. Na noite deste sábado (12), a missão iraniana na ONU anunciou o fim da reposta militar do país. Eram 17h40 (Brasília), quando quando o ministro da Defesa de Israel, Yoav Gallant, anunciou que um ataque de drones estava a caminho do território israelense. Sirenes soaram e explosões estão sendo ouvidas em diversas partes do território israelense, no sul, no norte, e inclusive em Jerusalém e no território palestino da Cisjordânia. Drones foram interceptados pelo sistema antimísseis israelense em Jerusalém. Agora, vários drones foram derrubados antes mesmo de entrar no espaço aéreo israelense. Jatos jordanianos atingiram drones iranianos que estavam sobrevoando o norte e o centro da Jordânia em direção à Israel. Mais de 100 mísseis foram interceptados antes de entrar no espaço aéreo de israel, com ajuda dos Estados Unidos e do Reino Unido. O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu reuniu o gabinete de guerra e fez um pronunciamento. Netanyahu disse que o país está preparado para qualquer cenário e pediu que a população siga as orientações das Forças Armadas. O líder supremo do Irã, Aiatolá Ali Khamanei, afirmou que chegou a hora de Israel ser punido e que foi um erro o país ter atacado o consulado iraniano em Damasco, na Síria, há quase duas semanas. Israel nunca assumiu este bombardeio, mas o Irã culpa o país. Este ataque aumenta muito o risco de o conflito entre Israel e o Hamas escalar para todo o Oriente Médio. O ministro da Defesa iraniano afirmou que qualquer país que abra o espaço aéreo para ataques israelenses contra o Irã vai receber uma resposta firme. Líbano, Jordânia e Iraque fecharam seus espaços aéreos. A Jordânia disse que está pronta para abater qualquer aeronave iraniana que sobrevoe o país.
Veja Mais

13/04 - Após lançar drones e mísseis, Irã anuncia fim do ataque militar a Israel
Forças iranianas lançaram mais cem mísseis e drones contra o território israelense. Após lançar drones e mísseis, Irã anuncia fim do ataque militar a Israel Forças iranianas lançaram mais cem mísseis e drones contra o território israelense. Em 1º de abril, Israel atacou um consulado iraniano na Síria e matou o comandante da Guarda Revolucionária Iraniana, Mohammad Reza Zahedi.. O Irã ameaçou retaliação ao bombardeio. Em 12 de abril, os Estados Unidos disseram que o risco era real e que uma ofensiva iraniana poderia acontecer em breve.. Na manhã de 13 de abril, o Irã apreendeu um navio português e disse que a embarcação é ligada a Israel.. No fim da tarde de 13 de abril, o Irã lançou mais de cem drones e mísseis para atacar o território israelense.. Na noite de 13 de abril, a missão do Irã na Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou um comunicado no qual anunciou o fim da ação militar contra Israel.
Veja Mais

13/04 - VÍDEO: brasileiro em Israel registra objetos no céu e diz ter ouvido barulhos de explosões após envio de mísseis pelo Irã
O analista de sistemas Paulo Duek, que mora em Israel desde 1996, disse ao g1 que sua família está bem, mas que o clima é de muita tensão; o Irã enviou, na noite deste sábado (13), drones e mísseis para atacar o território de Israel, disseram militares israelenses. Objetos iluminados e explosões no céu após envio de drones pelo Irã O analista de sistemas brasileiro Paulo Duek, morador de Israel desde 1996, registrou em vídeo objetos iluminados no céu horas depois de o Irã enviar drones e mísseis para atacar o território israelense neste sábado (13), de acordo com militares. "Ouvimos 3 'booms' aqui, deve ser o sistema de defesa", disse ele. Um amigo de Duek também registrou dezenas de objetos e explosões no espaço aéreo de Israel. (vídeo acima) Acompanhe ao vivo as atualizações sobre o conflito O brasileiro disse ao g1 que sua família está bem, mas que o clima é de muita tensão. Ele vive na região de Rosh HaAyin, a cerca de 30 km de Tel Avi, e afirmou ter ouvido barulhos de explosão. Abaixo, o vídeo feito por Duek: Brasileiro em Israel registra objetos no céu LEIA TAMBÉM VÍDEO: 'Domo de Ferro' de Israel intercepta ataques do Irã; conheça o sistema Irã ataca Israel: conflito tem potencial de ser o maior no Oriente Médio desde a 2ª Guerra Mundial, dizem colunistas; VÍDEO Shahed-136: Conheça drone 'kamikaze' utilizado pelo Irã no ataque a Israel Qual a origem da rivalidade entre Israel e Irã e como ela está sendo intensificada pela guerra em Gaza Os drones demoraram horas para alcançar o território israelense. Pouco antes das 20h (2h da madrugada de domingo no horário de Israel) foram ouvidas diversas explosões na cidade de Jerusalém. Além disso, as sirenes de aviso soaram em quase todo o país. O porta-voz das Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês), Daniel Hagari, e a Guarda Revolucionária iraniana confirmaram que o ataque partiu do Irã. Segundo o Canal 12, de Israel, o Irã lançou dezenas de drones e mísseis, num total de cerca de cem artefatos. Alguns foram derrubados pelas Forças israelenses, pelos Estados Unidos, pelo Reino Unido e pela Jordânia antes de chegarem ao espaço aéreo israelenses. A IDF afirma que mais de cem drones foram enviados pelo Irã, mas não falou sobre o número de mísseis. Trata-se de uma retaliação depois de um bombardeio no dia 1º de abril contra o consulado iraniano em Damasco, na Síria, em que um comandante sênior das Guardas Revolucionárias do Irã foi morto. O ministro das Relações Exteriores do Irã, Hossein Amirabdollahian, disse que "os avisos necessários foram dados aos EUA" sobre o ataque de retaliação. Após o Irã colocar os drones no ar, a Casa Branca afirmou que o ataque vai se desenrolar durante horas. TV estatal do Irã divulga vídeo de drones usados em ataque contra Israel Ex-secretário da Saúde de SP em Jerusalém Claudio Lottenberg, ex-secretário municipal da Saúde em SP Reprodução Claudio Lottenberg, ex-secretário municipal da Saúde de São Paulo e presidente da Confederação Israelita do Brasil (Conib), desembarcou neste sábado (13) em Jerusalém com uma comitiva de brasileiros para uma missão em solidariedade às vítimas da guerra na região. "Aqui em Jerusalém, 23h30. Os drones foram lançados do Irã. Israel está preparado, está se mantendo dentro de clima sereno, tranquilo, mas, acima de tudo, responsável. Nós, da missão do Brasil, estamos dentro do hotel. Existe um bunker, estamos protegidos. Estamos todos aqui unidos e seguindo as orientações", disse Lottenberg em vídeo publicado no Instagram. Ele pediu para que as pessoas tenham tranquilidade e disse que, "por enquanto, tudo está sob controle". O ex-secretário afirmou que foi informado pelo governo de Israel de que a situação está controlada. "A missão deve continuar", destacou ele. O que se sabe sobre o ataque do Irã O Irã enviou dezenas drones para atacar o território de Israel neste sábado. Os drones demoraram horas até chegar ao alvo. No caminho, uma parte dos drones foi derrubada por aeronaves de Israel, dos Estados Unidos, do Reino Unido e da Jordânia. As primeiras explosões e as sirenes de aviso foram ouvidas por volta de 20h (2h de domingo em Israel). As forças de defesa israelenses afirmaram que estão preparadas para o ataque. O ataque é uma retaliação do Irã contra Israel: em 1º de abril, a embaixada iraniana na cidade de Damasco, na Síria, foi atingida, e sete pessoas morreram —entre elas, um comandante sênior da Guarda Revolucionária do Irã. Representantes do Irã na ONU afirmaram que a retaliação terminou, "a não ser que Israel cometa outro erro". Irã dispara drones contra Israel Arte/g1
Veja Mais

13/04 - Embaixada de Israel diz que ainda é cedo para 'discutir possíveis reações', mas que Irã tem 'obsessão' em destruir Israel
Comunicado ocorre após Irã enviar drones e mísseis para atacar o território israelense. Ainda segundo a embaixada ainda não é possível saber a dimensão do novo ataque. A Embaixada de Israel no Brasil divulgou um comunicado na noite deste sábado (13) depois que o Irã enviou drones e mísseis para atacar o território israelense. De acordo com a nota, a embaixada ainda não está plenamente consciente da dimensão do novo ataque e é "cedo para analisar ou discutir as possíveis reações (leia mais abaixo). Para minimizar os estragos, os israelenses contaram com um escudo, conhecido como "Domo de Ferro". Na prática, mísseis interceptadores se chocam no ar com a ameaça inimiga, impedindo que o ataque aconteça. Objetos iluminados e explosões no céu após envio de drones pelo Irã "Israel tem alertado continuamente a comunidade internacional sobre os objetivos e aspirações estratégicas do Irã, para além das suas atividades terroristas e do apoio a organizações terroristas que são seus proxies. Israel mantém o seu direito à autodefesa", diz o texto da embaixada. Ainda segundo o comunicado, a guerra na Faixa de Gaza e "o desafio que Israel enfrenta com o Hezbollah são parte da estratégia iraniana". "Esse evento é outra indicação da obsessão do Irã com a destruição do Estado de Israel. A guerra em curso é uma guerra de sobrevivência para Israel, ninguém deveria ter dúvidas sobre isso", menciona outro trecho da nota. A embaixada argumenta, ainda, que acompanha a situação e o desenvolvimento dela. "Este é um momento de solidariedade com Israel, sua liderança e seu povo. É importante transmitir uma mensagem clara: Israel e os EUA combatem um inimigo brutal que visa o poder e a hegemonia mundiais, além da destruição de Israel. Esperamos uma voz clara de apoio moral a Israel, que enfrenta tantas ameaças", cita outro parágrafo do comunicado.
Veja Mais

13/04 - Polícia Civil investiga duplo homicídio, em Contagem
Segundo boletim de ocorrência, crime ocorreu quando vítimas voltavam de baile funk, em carro de aplicativo. Polícia investiga duplo homicídio em Contagem Um casal foi assassinado a tiros em uma emboscada, quando voltava de um baile funk em um carro de aplicativo, na manhã deste sábado (13), no bairro Parque Maracanã, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), no momento do crime havia outros dois passageiros no veículo, um adolescente de 17 anos e um de 16, que ficou ferido e foi socorrido pelos policiais. Ainda de acordo com o boletim, ao chegarem ao local, os militares encontraram a mulher, de 45 anos, caída ao lado do veículo e o homem, de 32, no banco de trás, com diversas marcas de tiro. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local e constatou a morte de ambos. O motorista do veículo disse aos militares que cinco passageiros embarcaram por volta das 6h40 no bairro Serra, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, onde ocorria um baile funk. Um deles desembarcou antes do ocorrido. O motorista disse, ainda, que durante o trajeto percebeu que um veículo os seguia, mas sumiu quando passaram por uma viatura da polícia. O carro reapareceu mais tarde, já no destino final e fechou seu veículo, levando-o a crer que se tratava de roubo. No entanto ele ouviu um dos ocupantes dizer “perdemos”, em seguida, ouviu diversos disparos de arma de fogo e abaixou-se. Testemunhas disseram à PM que o casal que morreu estava junto há cerca de 7 anos e ela era advogada dele. A polícia disse que o homem foi alvo de uma tentativa de homicídio em dezembro do ano passado, quando deixava o presídio de Ribeirão das Neves, liberado por sete dias. A polícia afirma que ele estava foragido desde então. Testemunhas também informaram à polícia que os suspeitos do crime seriam três homens de 25, 21 e 24 anos, parentes do homem que morreu. A Polícia Civil disse que a perícia esteve no local, e que os corpos duas vítimas foram encaminhados ao Instituto Médico-legal Dr. André Roquette (IMLAR) para serem submetidos a exames. Informou, ainda, que investiga a dinâmica e motivação do crime e que esforços estão sendo realizados para localizar os suspeitos. Vídeos mais vistos no g1 Minas:
Veja Mais

13/04 - Litoral de SP registra três mortes por afogamento, três resgates e dois desaparecimentos em 6h
Ocorrências aconteceram entre a manhã e tarde deste sábado (13). Levantamento foi feito pelo g1 com base nas informações divulgadas pelo Grupamento de Bombeiros Marítimo. Bombeiros durante as buscas de adolescente que se afogou em Praia Grande (SP) Reprodução/TV Tribuna Três pessoas morreram, três foram resgatadas e duas estão desaparecidas após terem sido arrastadas por correntes de retorno em praias do litoral de São Paulo. As ocorrências foram registradas em um período de 6h22, neste sábado (13), de acordo com levantamento feito pelo g1 com base nas informações divulgadas pelo Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar). ✅Clique aqui para seguir o canal do g1 Santos no WhatsApp. Os casos aconteceram nas praias de Itanhaém, Guarujá, Mongaguá e Praia Grande (leia mais abaixo). O GBMar explicou à equipe de reportagem que o mar estava agitado e, por este motivo, formaram-se fortes correntes de retorno. A corrente de retorno funciona como se fosse um rio em direção ao fundo do mar e pode arrastar uma pessoa em poucos segundos. De acordo com o GBMar, as correntezas são as maiores ameaças contra a vida dos banhistas e responsáveis pela maioria dos afogamentos em praias. Ocorrências de afogamento registradas em 6h nas praias da Baixada Santista (SP) Guarujá Uma mulher, que ainda não foi identificada e aparenta ter aproximadamente 40 anos, morreu após se afogar na Praia de Pitangueiras, em Guarujá, por volta das 12h28. Ela sofreu uma parada cardiorrespiratória e foi submetida a manobras de Reanimação Cardiopulmonar (RCP). Depois de 15 minutos de tentativas de reanimação na faixa de areia, a mulher foi levada ao Hospital Santo Amaro. O óbito foi constatado pela equipe médica. Itanhaém Um homem, de 38 anos, morreu após se afogar no mar da Praia do Suarão, em Itanhaém, por volta das 9h15. Ele chegou a ser socorrido e levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu. O filho dele, de 14, e do primo da vítima, de 13, também estavam no mar, foram resgatados e estão em observação na unidade de saúde. De acordo com o GBMar, os moradores de Embu das Artes, no interior de São Paulo, estavam distantes da faixa de areia e começaram a ser arrastados por uma corrente de retorno, quando entraram em situação de afogamento. Mongaguá Um homem, de 57 anos, morreu após se afogar na praia de Mongaguá, por volta das 8h38. O morador de Várzea Paulista foi socorrido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Agenor de Campos, onde o óbito foi constatado. Praia Grande Um jovem, de 22 anos, desapareceu após se afogar na praia do bairro Balneário Maracanã, em Praia Grande, por volta das 10h53. Uma equipe de guarda-vidas realizam buscas para encontrar o morador de São Paulo. O GBMar também foi acionado para uma ocorrência no bairro Tupi, por volta das 15h. Na ocasião, o guarda-vidas encontrou um adolescente, de 14 anos, que conseguiu sair sozinho de uma situação de afogamento. O menino, no entanto, contou que entrou no mar com um amigo, de 13, para "apostar corrida". Eles teriam caído em um buraco e começaram o processo de afogamento. O GBMar realiza buscas para encontrar o outro adolescente, que é morador de São Paulo e não conseguiu sair das águas. Confira algumas orientações dos bombeiros para fugir de correntezas: Não entre no mar em praias com sinalização Se não souber nadar ou ingerir bebidas alcoólicas, não entre nas águas Fique com a água abaixo da linha da cintura Entenda como funciona a corrente de retorno Reprodução/ TV Globo VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos
Veja Mais

13/04 - VÍDEOS: GR2 de sábado, 13 de abril
Confira os vídeos do telejornal com as notícias do Sertão de Pernambuco Confira os vídeos do telejornal com as notícias do Sertão de Pernambuco
Veja Mais

13/04 - Polícia conclui que diretor do Colégio O Bom Pastor cometeu importunação sexual contra aluna de 15 anos, em São Luís
Pedro Marques de Melo Sobrinho teria beijado a jovem na boca, de acordo com os pais. Pedro Marques de Melo Sobrinho é diretor no Colégio O Bom Pastor, no Cohatrac, e foi denunciado de importunação sexual pelo pai de uma aluna Arquivo pessoal A Polícia Civil concluiu o inquérito e decidiu levar à Justiça o Colégio O Bom Pastor, no bairro Cohatrac II, em São Luís. Pedro Marques de Melo Sobrinho é investigado por beijar uma aluna, de 15 anos, na boca. Compartilhe essa notícia no WhatsApp Compartilhe essa notícia no Telegram As investigações foram concluídas no início do ano, mas a Justiça ainda aceitou a denúncia para tornar Pedro Sobrinho um réu. O processo também é analisado pelo Ministério Público. Segundo a Polícia Civil, Pedro cometeu o crime de Importunação Sexual, que acontece quando alguém realiza um ato contra alguém, sem consentimento, para satisfazer a própria lascívia ou a de outra pessoa. A pena pode chegar a cinco anos de prisão. O g1 entrou em contato com a assessoria do Colégio O Bom Pastor pedindo um posicionamento acerca do indiciamento, pela Polícia Civil, e questionando se o diretor chegou a ser afastado. No entanto, até a última atualização desta reportagem, ainda não houve retorno. Jovem denunciou o crime Colégio O Bom Pastor no Cohatrac II, em São Luís Reprodução/Google Maps O caso aconteceu na manhã do dia 27 de outubro de 2023, após os pais ficarem sabendo que Pedro Marques teria abusado da filha, dentro da escola. No dia, a menina tinha ido pagar o boleto da escola, na sala do financeiro e, enquanto ela preenchia o documento, o diretor teria aparecido e dito 'pra ela preencher na sala dele'. No entanto, a jovem se recusou, mas recebeu um beijo no rosto e depois na boca, de acordo com os pais. O pai da menina, que não quis se identificar, diz ainda que, logo após o beijo, a filha saiu chorando e procurou a assistente pedagógica da escola, que relatou o caso. Depois do que soube, o pai contou que foi buscar a filha e ainda tentou falar com o diretor, mas ele não foi encontrado. Neste sábado (13), o pai da menina, que não quis se identificar, informou ao g1 que ele aguarda Justiça e que a jovem atualmente passa por cuidados psicológicos. "Não confiamos em uma instituição que não cumpriu o contrato de prestação de serviço. Nossa filha foi para escola para estudar e, durante o período que estivesse lá, cabia à escola zelar pela integridade física, mental e emocional", contou o pai.
Veja Mais

13/04 - Mega-Sena, concurso 2.712: resultado
Veja as dezenas sorteadas: 07 - 15 - 19 - 35 - 40 - 42 Aposta única da Mega-Sena custa R$ 5 e apostas podem ser feitas até as 19h Marcelo Brandt/G1 O sorteio do concurso 2.711 da Mega-Sena foi realizado na noite deste sábado (13), em São Paulo. O prêmio máximo para quem acertar as seis dezenas é de R$ 56.261.119,91. Veja os números sorteados: 07 - 15 - 19 - 35 - 40 - 42 Entenda como funciona a Mega-Sena e qual a probabilidade de ganhar o prêmio Para apostar na Mega-Sena As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito. Probabilidades A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, que custa R$ 5, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.
Veja Mais

13/04 - Parque do Cocó vai passar por plano de recuperação após incêndios, em Fortaleza
Os trabalhos vão durar um ano e terão custo de R$ 500 mil. A princípio, o foco vai ser as áreas atingidas nos incêndios de janeiro de 2024 e em 2021. Incêndio atinge área de mata do Parque do Cocó, em Fortaleza Arquivo pessoal Localizado em Fortaleza, o Parque do Cocó, maior parque natural urbano do norte e nordeste brasileiro, vai passar por um plano de recuperação de áreas incendiadas. Os trabalhos devem durar um ano, com custo de R$ 500.658,00. O "Restaura Cocó" foi lançado neste sábado pelo governador do Ceará, Elmano de Freitas. ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Ceará no WhatsApp A princípio, o foco vai ser as áreas afetadas nos incêndios de janeiro de 2024 e em 2021. No começo deste ano, uma área de mais de 10 hectares foi destruída por chamas que duraram cinco dias para serem controladas. Em 2021, foram mais de 46 hectares afetados pelo fogo. "Quando cheguei em Fortaleza, na década de 1980, começou a criação do Parque do Cocó. Contudo, só depois [em 2017] foi garantida a legalidade da área do Cocó. Este patrimônio representa a garantia de termos qualidade do ar para quem aqui vive e visita. A cidade sentiu a fumaça se espalhando em seu território. Heróis e heroínas colocaram sua vida em risco para a proteção do Parque e da cidade. Isso nos alertou para a discussão científica para restaurar adequadamente o Parque do Cocó", disse Elmano no lançamento do plano. Vídeo de drone mostra área afetada por incêndio no Parque do Cocó, em Fortaleza O plano de recuperação busca entender como a dinâmica do Parque atualmente é afetada pelas barreiras físicas (diques, canais, entre outros) geradas no Cocó por salinas que existiam na área e foram desativadas até o início da década de 1980. A partir daí serão implementadas as ações de restauro ecológico. "Essas estruturas físicas, durante essas décadas, impediram que a regeneração natural ocorresse a contento. Então, por exemplo, a área que sofreu o incêndio é um brejo que se forma durante o período de chuva. Lá, agora, a água está na cintura, toda a área que foi incendiada virou um grande lago. Isso cria um capim. No segundo semestre, o capim seca e vira combustível para incêndios", explica o biólogo, professor e coordenador do Cientista-Chefe para o Meio Ambiente na Sema, Luís Ernesto Arruda. Governador do Ceará, Elmano de Freitas lança o programa "Restaura Cocó", para recuperar áreas incendiadas do Parque do Cocó, em Fortaleza. Fabiane de Paula/SVM O plano foi elaborado pela Secretaria do Meio Ambiente do Ceará (Sema) com a participação de técnicos da pasta e da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), de pesquisadores do Programa Cientista-Chefe e agentes do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará. Dentre as medidas que serão aplicadas no "Restaura Cocó" estão: Batimetria e modelagem da hidrodinâmica (batimetria é o estudo e análise das superfícies subaquáticas, sejam elas fundos de rios, lagos ou outros corpos d’água); Topografia e aerofotogrametria; Recuperação hidrológica com abertura de canais; Plantio de mangue; Acompanhamento da regeneração natural; Manejo ecológico da área de brejo Implementação de ações de gestão democrática e participativa Veja os vídeos mais vistos do Ceará
Veja Mais

13/04 - VÍDEOS: JL2 de sábado, 13 de abril de 2024
Assista ao telejornal com apresentação de Fábia Sepêda Assista ao telejornal com apresentação de Fábia Sepêda
Veja Mais

13/04 - VÍDEOS: AL2 de sábado, 13 de abril
Veja Mais

13/04 - Programa 'Meio do Mundo' da Rede Amazônica AP teve lançamento neste sábado (13)
Programação aconteceu no Amapá Garden Shopping e contou mais sobre o novo produto para a cultura do Amapá, em forma de entretenimento. Programação aconteceu neste sábado (13) Thiago Nunes/Rede Amazônica O lançamento do ‘Meio do Mundo’, o novo programa de entretenimento da Rede Amazônica no Amapá, aconteceu neste sábado (13), no Amapá Garden Shopping. O novo programa vai mostrar as vivências do povo amapaense e muitas outras curiosidades e riquezas da região. Serão contadas histórias dos moradores do Amapá, de uma forma lúdica e dinâmica. ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 AP no WhatsApp Na programação, o público participou de brincadeiras e levaram brindes para casa. Os participantes também receberam mais detalhes do programa e o funcionamento. À frente do programa, estão as apresentadoras Luciana Araújo e Sheyzi Brazão, responsáveis por conduzir essa nova aventura Amazônica. Lançamento aconteceu neste sábado (13) Thiago Nunes/Rede Amazônica A apresentadora Sheyzi Brazão, contou que o programa é eclético e atinge todos os públicos, e tem o objetivo de representar o amapaense nas telinhas. “Saibam que no programa vai ter bastante aventura, muitas histórias legais. Tenho certeza que você que vai acompanhar vai ficar muito feliz porque o programa tá bem eclético. O que a gente quer é que você aí de casa se sinta representado no programa meio do Mundo”, disse a apresentadora. A apresentadora Luciana Araújo disse que a aventura vai dominar o programa, e ainda deu um pequeno spoiler do primeiro episódio. “Só pra vocês terem uma ideia vai ter uma aventura, muita adrenalina, subimos 30 metros de altura lá no Marco Zero. Nós ficamos 40 minutos presas, mas pra saber o que aconteceu vocês vão ter que assistir”, disse Luciana. O programa 'Meio do Mundo' estreia neste sábado (20), por volta das 14:40 da tarde. 📲 Siga as redes sociais do g1 Amapá e Rede Amazônica: Instagram, X (Twitter) e Facebook 📲 Receba no WhatsApp as notícias do g1 Amapá Veja o plantão de últimas notícias do g1 Amapá VÍDEOS com as notícias do Amapá:
Veja Mais

13/04 - VÍDEO: 'Domo de Ferro' de Israel intercepta ataques do Irã; conheça o sistema
Irã atacou Israel com mísseis e drones neste sábado (13). Imagens mostram domo de ferro interceptando os drones iranianos no céu de Tel Aviv O Irã disparou drones e mísseis contra Israel neste sábado (13). Para minimizar os estragos, os israelenses contaram com um escudo, conhecido como "Domo de Ferro". (Veja acima as imagens do lançamento acima) ✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp AO VIVO: Acompanhe as últimas notícias do ataque Shahed-136: Conheça drone 'kamikaze' utilizado pelo Irã no ataque a Israel Saiba mais sobre esse sistema: Entenda como funciona o "domo de ferro" de Israel 🔍 Desenvolvimento: As pesquisas para a instalação de um sistema de defesa aérea começaram há mais de 35 anos. À época, Israel assinou um contrato com os Estados Unidos para participar de um projeto de defesa estratégica. Segundo o Ministério da Defesa de Israel, em 1986 foi tomada a decisão para o desenvolvimento de um sistema que pudesse atender as necessidades de segurança do país. Ferramentas de defesa foram criadas nos anos seguintes, a partir das pesquisas. No entanto, o desenvolvimento do atual "Domo de Ferro" começou em 2007. Domo de Ferro intercepta foguetes inimigos sob cidade israelense, em 9 de outubro de 2023 REUTERS/Amir Cohen LEIA TAMBÉM: Irã ataca Israel: conflito tem potencial de ser o maior no Oriente Médio desde a 2ª Guerra Mundial, dizem colunistas; VÍDEO Do ataque à embaixada ao revide: entenda a cronologia da escalada de tensões entre Irã e Israel Israel está em 'alerta máximo' após ataques do Irã; governo iraniano fala em 'resposta legítima' Irã ataca Israel: qual o tamanho dos efetivos militares dos dois países ✅ Início das operações: Foi apenas em março de 2011 que o sistema se tornou operacional. Antes disso, o escudo passou por diversos testes, sendo aprovado. Em abril de 2011, o Domo de Ferro derrubou um míssil lançado contra uma cidade do sul do país. Desde então, novos testes foram feitos, com ataques interceptados. 💥 Como funciona: Basicamente, o sistema conta com diversos instrumentos de monitoramento, como radares, que conseguem identificar ataques inimigos. Quando um ataque é identificado, a tecnologia calcula a trajetória do foguete inimigo e verifica se uma área urbana será bombardeada. O sistema, então, lança um míssil interceptor que explode o artefato inimigo ainda no ar. A ferramenta é móvel, podendo funcionar e ser instalada em qualquer lugar do país. As baterias com os mísseis interceptores podem ser instaladas em veículos militares, por exemplo. Como funciona o Domo de Ferro Arte/g1 🪖 Eficiência: Segundo o Ministério da Defesa, o Domo de Ferro consegue interceptar cerca de 90% dos ataques inimigos. O sistema continua em evolução, com apoio dos Estados Unidos. Israel x Irã A apreensão do navio ocorre em meio ao aumento da tensão entre os dois países. A crise começou depois que autoridades iranianas acusaram Israel de um bombardeio ao consulado do país na Síria, que matou um comandante e outros seis oficiais da Guarda Revolucionária Iraniana. O governo israelense não assumiu a autoria. Os Estados Unidos posicionaram navios de guerra para proteger Israel. O presidente americano Joe Biden disse que uma retaliação ao bombardeio pode acontecer em breve e alertou ao Irã que não ataque. Biden ainda garantiu que Washington vai proteger Israel caso o governo iraniano decida atacar. Por precaução, vários países como França, Reino Unido, Alemanha e Rússia pediram aos cidadãos que evitem viagens para a região.
Veja Mais

13/04 - Incêndio atinge canavial ao lado de rodovia de Iracemápolis e chamas assustam motoristas; veja vídeo
Não há registro de feridos ou danos materiais, além da área de cultivo atingida. Fogo começou por volta das 15h deste sábado (13). Incêndio em canavial encobre vegetação perto de rodovia em Iracemápolis Um incêndio de média proporção atingiu um canavial na tarde deste sábado (13) em rodovia da região de Iracemápolis (SP). Equipes do Corpo de Bombeiros e da brigada da Usina Iracema, responsável pela área se dirigiram ao local para controle das chamas. Não há registro de feridos ou danos materiais, além da área de cultivo atingida. Mas, a proporção das chamas, a fumaça que invadiu trecho da pista e a fuligem assustaram motoristas que transitavam pela rodovia ao lado do canavial. - 👆Assista no vídeo, acima. 📲 Receba no WhatsApp notícias da região de Piracicaba O fogo começou por volta das 15h deste sábado na área de cultivo de cana-de-açúcar ao lado da Rodovia João Mendes da Silva Junior (SP-151). Proporção das chamas, a fumaça que invadiu trecho da pista e a fuligem assustaram motoristas que transitavam pela rodovia ao lado do canavial em Iracemápolis Willian Santos/Reprodução EPTV Em nota enviada à EPTV, emissora afiliada da Globo para Piracicaba e região, a Usina Iracema afirmou que a origem do incêndio que atingiu área de canavial da companhia ainda é desconhecida. As causas do fogo estão sendo investigadas. "O incêndio foi identificado e controlado pela equipe de brigada da usina, sem danos materiais ou vítimas. A companhia esclarece que não promove ou utiliza queimadas para colheita da cana-de-açúcar em suas unidades, sendo realizada de forma 100% mecanizada, e adota todas as medidas de prevenção e combate a incêndios, prezando pela segurança de seus colaboradores e comunidade", acrescentou em trecho no documento. Incêndio atinge canavial ao lado de rodovia de Iracemápolis e chamas assustam motoristas Willian Santos/Reprodução EPTV VÍDEOS: Tudo sobre Piracicaba e região Veja mais notícias no g1 Piracicaba
Veja Mais

13/04 - VÍDEOS: EPTV 2 Piracicaba deste sábado, dia 13 de abril de 2024
Reveja as reportagens das áreas de Campinas e de Piracicaba. Reveja as reportagens das áreas de Campinas e de Piracicaba.
Veja Mais

13/04 - Parentes se despedem de vítimas do acidente com ônibus de turismo: 'Viagens fazem parte da alegria de viver', diz sobrinho
As vítimas foram enterradas em três cemitérios do Rio de Janeiro. Outras 23 pessoas ficaram feridas. A lista de passageiros incluía em sua maioria aposentados que viviam em Bangu e Campo Grande, Zona Oeste do Rio. Polícia da Bahia investiga as causas do acidente. Parentes se despedem de vítimas do acidente com ônibus de turismo Familiares e amigos se despediram de vítimas de um acidente com um ônibus de turismo que saiu do Rio de Janeiro e ia para Porto Seguro, na Bahia, na tarde deste sábado (13). Ao todo, nove pessoas morreram. A expectativa é que todos sejam velados e sepultados até a tarde de domingo (14). Outras 23 pessoas ficaram feridas. Os mortos foram identificados como: Cléa da Conceição Faria Conceição Maria dos Santos Rangel Glória Regina do Nascimento Cunha Irapuã de Azevedo Maria José Nicomedes Sinfrônio Regina Maura Feitosa Valter Nery Ronaldo do Espírito Santo de Oliveira Doralice da Conceição de Azeredo O sobrinho de Zezé, a dona Maria José Sinfrônio, contou que ela amava viajar e que era muito amada pela família. "Ela sempre viajou, revitalizava ela. Era uma pessoa super alto astral, essas viagens fazem parte da alegria de viver. Ela estava muito alegre com a viagem, ligou para alguns sobrinhos para avisar e dizer que ama muito os sobrinhos", conta Paulo Henrique da Costa. Os enterros aconteceram em três cemitérios diferentes. Irapuã de Azevedo e Doralice da Conceição, que eram casados, foram enterrados juntos em Jardim Sulacap. Eles não tinham filhos e gostavam de curtir a aposentadoria viajando pelo Brasil. "O hobby deles era viajar, ele morreu fazendo o que mais fazia, que era viajar", conta o amigo Luciano Cupertino. Algumas das pessoas que perderam a vida no acidente com ônibus que tombou em Teixeira de Freitas Reprodução/TV Bahia A lista de passageiros incluía em sua maioria aposentados que viviam em Bangu e Campo Grande, Zona Oeste do Rio. O veículo saiu do Rio de Janeiro, e o destino era Porto Seguro, também no extremo sul baiano. O trajeto completo entre as duas cidades é de cerca de 1.100 quilômetros. A expectativa é que três corpos sejam enterrados no cemitério de Campo Grande, na Zona Oeste; Outros três em Sulacap, também na Zona Oeste; e mais dois no cemitério de Paciência. Um corpo foi levado para uma funerária no Maracanã, na Zona Norte, e não há local definido para o sepultamento. Ônibus que saiu do RJ tombou em Teixeira de Freitas, na Bahia: nove pessoas morreram JN Casal de idosos morreu em acidente Cléa Conceição de Faria, 74 anos, e Valter Nery, 84 anos, eram viúvos, estavam namorando e morreram durante viagem a Bahia Reprodução Entre as vítimas do acidente está um casal de idosos que havia oficializado o relacionamento há apenas um mês: Cléa Conceição de Faria, 74 anos, e Valter Nery, 84 anos. Eles eram viúvos, decidiram viver juntos em fevereiro e estavam ansiosos para explorar Porto Seguro. “Eu que arrumei minha mãe, eu fiz a unha dela, ajeitei o cabelo dela. Abri a porta do carro e meu esposo levou. Eu vou dizer o que ? Mãe, eu quero a senhora de volta. Daria tudo isso aqui. Tudo o que meu pai construiu com ela, pra ter a minha mãe de volta”, diz Claudeia Farias, uma das filhas de Clea. O casal será enterrado neste sábado, junto, no Cemitério de Campo Grande, na Zona Oeste. Familiares de Valter disseram que ele não queria viajar, mas foi porque já estava com tudo pago. Causas do acidente Polícia Civil da Bahia investiga acidente com ônibus de turismo que deixou nove mortos Enquanto isso, a polícia baiana investiga as causas do acidente. Um vídeo pode ser fundamental para entender o que aconteceu. A gravação foi feita de dentro de um outro veículo, que vinha logo atrás do ônibus. Nas imagens, o relógio da câmera marca 3h59 da madrugada. O veículo de onde é feita a filmagem está a mais de cem quilômetros por hora. Luzes vermelhas que aparecem nas imagens ao fundo são as lanternas do ônibus. Ainda no vídeo, um veículo branco passa no sentido contrário do ônibus e depois passa também pelo veículo onde está a câmera. Depois disso, não há mais nenhuma movimentação na pista ao lado. O ônibus segue, aparentemente, sem problemas até fazer uma curva à esquerda e some por alguns segundos. Depois da curva, o ônibus já aparece tombado ao lado da pista. Com base nesse vídeo, a polícia entende que não é verdadeira a alegação do motorista de que ele foi atrapalhado por um veículo que vinha na direção contrária. O delegado que cuida das investigações afirma que há possibilidade do motorista ser indiciado por homicídio culposo -- quando não há intenção de matar.
Veja Mais

13/04 - Mais de 9,6 mil trotes foram registrados pelo Samu este ano em SE
O crime, previsto pelo código penal brasileiro, ocorreu a cada 14 minutos, em média. Mais de 9,6 mil trotes foram registrados pelo Samu Quase 100 trotes diários foram registrados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Sergipe este ano. O crime, previsto pelo código penal brasileiro, ocorreu a cada 14 minutos, em média. No total, foram 9,6 mil pedidos falsos de socorro, segundo informações coletadas pela Secretaria de Estado da Saúde até o dia 11 de abril. ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 SE no WhatsApp Os trotes atrapalham todo o trabalho dos operadores do órgão e afetam a prestação de socorro. São quatro etapas até chegar até o atendimento final: Com os telefonistas é feita uma triagem do paciente e do tipo de ocorrência. Um dos objetivos é barrar qualquer tipo de trote; Ao identificar que se trata de um pedido de socorro real, a ligação é encaminhada para um médico regulador, que vai identificar o trabalho do paciente e qual suporte será usado (ambulância, motolância ou Grupamento Tático Aéreo); Após essa operação, os rádio operadores acionam as equipes nas ruas. Na maioria das vezes, os trotes são passados por crianças. Nos primeiros quatro meses do ano passado, o número ultrapassou os 14,5 mil. O número de ligações totais recebidas pelo Samu foi de 110.214. A Central de Regulação do Samu funciona 24h e atende a todos os municípios do estado no telefone 192.
Veja Mais

13/04 - VÍDEOS: EPTV 2 Sul de Minas de sábado, 13 de abril de 2024
Veja Mais

13/04 - Eventos alteram trânsito em seis bairros de Salvador no domingo; veja mudanças
Corridas e caminhadas pela paz serão realizadas na cidade. Alterações incluem bloqueios de faixas e interdição total em algumas vias. Mudanças no trânsito são coordenadas pela Transalvador Otávio Santos/Secom PMS O tráfego será alterado em seis bairros de Salvador para a realização de eventos neste domingo (14). As mudanças, anunciadas pela Superintendência de Trânsito da capital baiana (Transalvador), serão na Cidade Baixa, Boca do Rio, Rio Vermelho, Nazaré, Saúde e Liberdade. 📱 NOTÍCIAS: faça parte do canal do g1BA no WhatsApp De acordo com a Transalvador, o acesso dos moradores às vias bloqueadas será permitido mediante comprovação de endereço. O órgão prestará apoio para a segurança viária e organização do fluxo de veículos. Confira as mudanças: Pedal da Cidade - Salvador 2024 ⚠️ Para a realização do evento, o trânsito entre os bairros Boca do Rio e Rio Vermelho sofrerá algumas alterações. O fluxo de veículos será interditado progressivamente, a partir das 7h, em uma faixa de tráfego dos seguintes pontos: Av. Octávio Mangabeira (saída Parque dos Ventos); Retorno Colégio IMEJA; Av. Manoel Dias da SIlva; Rua Visconde de Itaborahy; Rua Oswaldo Cruz; Largo da Mariquita; Praça Colombo; Largo da Mariquita; Rua Odilon Santos; Rua Marquês de Monte Santo; Av. Amaralina; Av. Octávio Mangabeira (chegada Parque dos Ventos). 45ª Corrida Tiradentes ⚠️ Com a corrida, o tráfego de veículos será controlado das 4h às 10h nos seguintes pontos: Rua Augusto Mendonça (entre a Portaria da Vila Policial Militar do Bonfim e Av. Dendezeiros do Bonfim); Rua Polydoro Bittencourt; Ladeira do Porto do Bonfim; Av. Beira Mar (entre a Ladeira do Porto do Bonfim; Rua Tamarindeiros da Penha); Rua dos Tamarindeiros da Penha; Largo da Ribeira (entre a Rua Tamarindeiros da Penha e a Rua Lélis Piedade). No mesmo dia, será estabelecido sentido duplo na Praça Irmã Dulce, entre a Avenida Caminho de Areia até a Avenida Fernandes da Cunha. A partir das 5h30, durante a Prova Oficial de 10km, o trânsito será interditado progressivamente, em uma faixa de tráfego, na seguintes vias: Rua Augusto Mendonça (saída na Vila Policial Militar do Bonfim); Rua Polydoro Bittencourt; Av. Luiz Tarquínio; Praça Irmã Dulce; Rua Frederico Lisboa; Praça Irmã Dulce; Av. Dendezeiros Bonfim; Largo da Baixa do Bonfim; Ladeira do Porto do Bonfim; Av. Beira Mar; Rua dos Tamarindeiros da Penha; Largo da Ribeira / Final de Linha (retorno); Rua dos Tamarindeiros da Penha; Av. Beira Mar; Ladeira do Porto do Bonfim; Largo da Baixa do Bonfim; Av. Dendezeiros do Bonfim; Rua Augusto Mendonça (chegada na Vila Policial Militar do Bonfim). No mesmo horário, durante a Prova Oficial de 5km, o tráfego de veículos sofrerá a interdição progressiva, em uma faixa de tráfego, nas vias: Rua Augusto Mendonça (saída na Vila Policial Militar do Bonfim); Rua Polydoro Bittencourt; Av. Luiz Tarquínio; Praça Irmã Dulce; Rua Frederico Lisboa; Praça Irmã Dulce; Av. Dendezeiros Bonfim; Largo da Baixa do Bonfim; Rua Travasso de Fora; Largo da Baixa do Bonfim; Av. Dendezeiros do Bonfim; Rua Augusto Mendonça (chegada na Vila Policial Militar do Bonfim). 7ª Caminhada da Paz - Bairro da Saúde ⚠️ Com a caminhada, modificações no trânsito serão feitas entre os bairros Nazaré e Saúde. Haverá a interdição progressiva do tráfego de veículos, a partir das 10h, em uma faixa, nos seguintes pontos: Praça Conselheiro Almeida Couto (saída na praça); Av. Joana Angélica; Rua Jogo do Carneiro; Largo da Saúde (chegada no Largo). Pagode Pede Paz ⚠️ O evento vai provocar alterações no tráfego de veículos no bairro Liberdade. Das 14h às 19h, o trânsito será interditado no Corredor da Lapinha (a partir do Largo da Soledade) e na Estrada da Liberdade (entre o Largo da Lapinha e a Rua Pero Vaz). Os veículos que trafegam pelas vias interditadas terão como opção de tráfego, no sentido Bairro/Centro: a Estrada da Liberdade; Rua Pero Vaz; Rua Conde do Porto Alegre; Largo do Tamarineiro; Rua Saldanha Marinho; Largo do Queimado; Largo da Soledade. Já no sentido Centro/Bairro, as opções são: Largo da Soledade; Largo do Queimado; Rua Saldanha Marinho; Largo do Tamarineiro; Rua Conde de Porto Alegre; Rua Pero Vaz; Estrada da Liberdade. A partir das 14h, haverá ainda a instalação de três Barreiras Fixas e, das 14h às 19h, três Barreiras Móveis. Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻
Veja Mais

13/04 - Shahed-136: Conheça drone 'kamikaze' utilizado pelo Irã no ataque a Israel
O drone não tripulado começou a ser fabricado pelo Irã em 2021 e pesa 200 quilos, tem um alcance de até 1.500 quilômetros e atinge velocidade máxima de até 185 quilômetros por hora. TV estatal do Irã divulga vídeo de drones usados em ataque contra Israel Dezenas de drones do modelo Shahed-136 foram utilizados pelo Irã no ataque a Israel neste sábado (13), segundo a agência de notícias iraniana IRNA. O ataque foi uma retaliação ao bombardeio israelense à embaixada iraniana na Síria, que matou comandantes da Guarda Revolucionária no início do mês. Veja imagens do Shahed-136 acima. ✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp AO VIVO: Acompanhe as atualizações sobre o ataque do Irã a Israel O Shahed-136 é um drone-kamikaze não tripulado em formato de asa delta. Segundo a agência Reuters, seu design confere a ele uma baixa assinatura radar e sua principal característica é a combinação de design em asa delta e capacidade de voo em baixa altitude, o que dificulta drasticamente a detecção por radares de sistemas de defesa aérea. Segundo o Army Technology, site de notícias especializado em armamentos, o drone de ataque portátil pode carregar até 40 quilos de ogivas na seção do nariz e ser montado e lançado a partir de um caminhão militar ou comercial. Drones usados pelo Irã nos Ataques Reprodução O drone foi criado pela Shahed Aviation Industries, do Irã, e fabricado pela Corporação de Indústrias de Fabricação de Aeronaves iraniana (HESA, em inglês). Além dos drones Shahed-136, o Irã também lançou mísseis balísticos contra Israel, que teve alarmes de bombardeio acionados por todo o país. Autoridades dizem que Israel está em "alerta máximo". Veja as características técnicas do Shahed-136: Alcance: de 1.000 a 1.500 km. Velocidade máxima: 185 km/h. Peso: 200 quilos. Comprimento: 3,5 metros. Largura: 2,5 metros. Início da fabricação: 2021. As informações técnicas sobre o Shahed-136 são do site Army Technology e da Royal United Services Institute (Rusa). Uma vez lançado, o Shahed-136 segue um caminho pré-programado, que pode incluir o máximo de curvas e desvios possível para dificultar as defesas aéreas, de acordo com a Reuters. O Irã vendeu drones Shahed-136 para a Rússia utilizar na guerra contra a Ucrânia. Segundo a Reuters, o drone foi usado em diversos ataques russos ao longo do conflito. LEIA TAMBÉM: Do ataque à embaixada ao revide: entenda a cronologia da escalada de tensões entre Irã e Israel Irã ataca Israel: qual o tamanho dos efetivos militares dos dois países Irã ataca Israel: conheça o 'Domo de Ferro', sistema de defesa israelense que intercepta e destrói mísseis Conheça o drone Shahed-136, utilizado pelo Irã para atacar Israel. Arte/g1 O que se sabe sobre o ataque do Irã O Irã enviou drones para atacar o território de Israel neste sábado. Os drones podem demorar horas para chegar até o alvo. Pessoas no Iraque, país vizinho do Irã que fica no caminho para Israel, afirmam que viram mais de 20 drones nos ares. As forças de defesa israelenses afirmaram que estão preparadas para o ataque. O ataque é uma retaliação do Irã contra Israel: em 1º de abril, a embaixada iraniana na cidade de Damasco, na Síria, foi atingida, e sete pessoas morreram —entre elas, um comandante sênior da Guarda Revolucionária do Irã. Mísseis Shahed-136, utilizados pelo Irã em ataque a Israel em 13 de abril de 2024. Reprodução/TV SSN do Irã LEIA TAMBÉM: Qual a origem da rivalidade entre Israel e Irã e como ela está sendo intensificada pela guerra em Gaza Irã ataca Israel: conflito tem potencial de ser o maior no Oriente Médio desde a 2ª Guerra Mundial, dizem colunistas; VÍDEO Em bunker de hotel em Israel, ex-secretário da Saúde em SP diz que brasileiros estão protegidos após lançamento de drones pelo Irã Irã apreende navio português que diz ser ligado a Israel; ministro israelense fala em 'pirataria' Ataque do Irã a Israel O Irã enviou drones e mísseis para atacar o território de Israel neste sábado (13), disseram militares israelenses. Os drones vão demorar horas para alcançar o território israelense, o que não havia acontecido até a última atualização desta reportagem. O porta-voz das Forças de Defesa de Israel, Daniel Hagari, e a Guarda Revolucionária do Irã confirmaram a informação. Segundo o Canal 12, de Israel, o Irã lançou dezenas de drones e mísseis, num total de cem artefatos. Alguns teriam sido derrubados pelas Forças do país quando sobrevoavam a Síria e a Jordânia - antes, portanto, de chegarem ao espaço aéreo israelense. A previsão é que os drones cheguem a Israel às 20h deste sábado (ou 2h da madrugada deste domingo no horário local). As sirenes dos locais que vão ser atingidos vão soar, e o sistema de defesa israelense está de prontidão, de acordo com pessoas do exército --já há aeronaves israelenses posicionadas. Imagem da cidade de Tel Aviv na noite do dia 13 de abril de 2024, quando o Irã enviou drones para atacar Israel Reprodução vídeo/Reuters Três fontes da agência de notícias Reuters no Iraque afirmaram que viram mais de 20 drones voando na região de Sulaymaniya vindos da direção do Irã. O Iraque e a Jordânia fecharam seus espaços aéreos. Trata-se de uma retaliação depois de um bombardeio no dia 1º de abril contra o consulado iraniano em Damasco, na Síria, em que um comandante sênior das Guardas Revolucionárias do Irã foi morto. O ministro das Relações Exteriores do Irã, Hossein Amirabdollahian, disse que "os avisos necessários foram dados aos Estados Unidos" sobre o ataque de retaliação. Após o Irã colocar os drones no ar, a Casa Branca afirmou que o ataque vai se desenrolar durante horas. Antes mesmo do ataque, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse que Israel estava de prontidão para um ataque direto do Irã e que responderia da mesma forma. "Nossos sistemas de defesa estão em prontidão e estamos preparados para qualquer cenário", disse ele. Segundo fontes da agência de notícias Reuters, autoridades de defesa da Jordânia decretaram estado de emergência e afirmaram que estão prontas para interceptar e derrubar drones que invadirem seu espaço aéreo (um drone que decola do Irã e tem Israel como alvo precisa passar pela Jordânia). País já vinha se preparando há dias O país já estava se preparando e "monitorando de perto um ataque planejado" de Irã ou um de seus grupos aliados há dias, disse o ministro da Defesa israelense Yoav Gallant. Segundo autoridades israelenses, após o Irã prometer responder ao bombardeio israelense à embaixada iraniana na Síria, que matou comandantes da Guarda Revolucionária, um ataque era iminente. As forças estão em "alerta máximo" e dezenas de aviões foram lançados e estão de prontidão em caso de ataque, disse o porta-voz do comando militar israelense Daniel Hagari. Gallant disse ainda que as tropas israelenses devem acatar quaisquer ordens que possam ser emitidas pelo Comando da Frente Interna militar, que mapeia mísseis recebidos e outras ameaças aéreas para que o público saiba se deve se abrigar. O comando da Frente Interna das Forças de Defesa (IDF, em inglês) de Israel proibiu reuniões de mais de 1.000 pessoas em todo o país. Irã dispara drones contra Israel Arte/g1 LEIA TAMBÉM Irã e Israel: qual o tamanho dos efetivos militares dos dois países Irã tem mísseis de longa distância capazes de atingir Israel; país tem maior arsenal do Oriente Médio Ameaça de Irã atacar Israel é 'real', diz Casa Branca; países orientam cidadãos a não viajar para a região Apreensão de navio A Guarda Revolucionária iraniana apreendeu um navio de carga português neste sábado (13) no Estreito de Ormuz, afirmou a agência de notícias estatal iraniana IRNA. Um helicóptero das forças especiais da Marinha da Guarda abordou o navio de carga português, chamado MSC Aries, e o levou para águas territoriais do Irã. Segundo a Guarda Revolucionária, a embarcação está "ligada a Israel". A MSC, que opera o Aries, confirmou a apreensão e disse que trabalha com as autoridades competentes para o regresso seguro do navio e o bem-estar dos seus 25 tripulantes. Em rede social, o ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, disse que Teerã pratica pirataria e que deveria ser sancionado por isso. Irã diz ter apreendido 'navio ligado a Israel' “O regime do aiatolá de Khamenei é um regime criminoso que apoia os crimes do Hamas e que está conduzindo uma operação pirata que viola o direito internacional”, disse Katz no X. “Apelo à União Europeia e ao mundo livre para que declarem imediatamente o corpo da Guarda Revolucionária Iraniana como uma organização terrorista e para que sancionem agora o Irão.” Já o porta-voz militar de Israel, o contra-almirante Daniel Hagari, disse que “o Irã sofrerá as consequências por escolher agravar ainda mais esta situação”. A MSC aluga o navio Aries da Gortal Shipping, uma afiliada da Zodiac Maritime, disse a Zodiac em comunicado. De acordo com a empresa, a MSC é responsável por todas as atividades do navio. A Zodiac é parcialmente propriedade do empresário israelense Eyal Ofer. Helicóptero passa sobre o navio MSC Aries AFP/Divulgação Escalada de tensão A crise começou depois que autoridades iranianas acusaram Israel de um bombardeio ao consulado do país na Síria, que matou um comandante e outros seis oficiais da Guarda Revolucionária Iraniana. O governo israelense não assumiu a autoria. Os EUA posicionaram navios de guerra para proteger Israel. O presidente americano Joe Biden avisou que a retaliação ao bombardeio aconteceria e alertou ao Irã que não ataque. Biden ainda garantiu que Washington vai proteger Israel. Por precaução, vários países como França, Reino Unido, Alemanha e Rússia pediram aos cidadãos que evitem viagens para a região.
Veja Mais

13/04 - Irã ataca Israel: veja repercussão entre nações e entidades internacionais
Nações e entidades internacionais se pronunciaram sobre o ataque neste sábado (13). Várias nações e entidades internacionais se pronunciaram neste sábado (13) depois que o Irã enviou drones e mísseis para atacar o território de Israel. Entre as manifestações estão dos Estados Unidos, do Reino Unido e da missão iraniana na Organização das Nações Unidas (ONU). Para minimizar os estragos, os israelenses contaram com um escudo, conhecido como "Domo de Ferro". Na prática, mísseis interceptadores se chocam no ar com a ameaça inimiga, impedindo que o ataque aconteça. Guga Chacra: "Guerra entre Irã e Israel seria a maior do Oriente Médio desde a 2ª Guerra Mundial" Segundo a Casa Branca, o Estados Unidos apoiam de forma irrestrita Israel e o povo de Israel, bem como a sua defesa contra ameaças do Irã. O comunicado também informa sobre a reunião do presidente americano Joe Biden com dirigentes do Conselho de Segurança Nacional para discutir os acontecimentos no Oriente Médio. E menciona ainda que os EUA estão em contato com autoridades israelenses. Já o primeiro ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, condenou o ataque e o classificou como "imprudente". "O Irã demonstrou mais uma vez que pretende semear o caos em seu próprio quintal. O Reino Unido continuará a defender a segurança de Israel e de todos os nossos parceiros regionais, incluindo a Jordânia e o Iraque. Juntamente com os nossos aliados, estamos trabalhando urgentemente para estabilizar a situação e evitar uma nova escalada. Ninguém quer ver mais derramamento de sangue", escreveu na rede social X, antigo Twitter. A missão israelense na ONU, por sua vez, argumentou que essa ação militar iraniana é uma resposta "à agressão israelense contra a instalação diplomática iraniana em Damasco", fazendo citação ao ataque em 1º de abril que destruiu a embaixada iraniana (leia mais abaixo). Para a missão, os Estados Unidos deve permanecer distantes do conflito, pois se trata de um conflito entre Irã e Israel. "O assunto pode ser concluído. Contudo, se o regime israelense comete outro erro, a resposta iraniana será consideravelmente mais severa", afirmou. O presidente da Argentina, Javier Milei, também usou as redes sociais para expressar solidariedade e "compromisso irrestrito" com Israel. Em comunicado, Milei disse que a Argentina reconhece o direito de Israel se defender. "[A Argentina] apoia enfaticamente o Estado de Israel na defesa da sua soberania, especialmente contra regimes que promovem o terror e procuram a destruição da civilização ocidental", mencionou. No mesmo texto, Milei citou que a Justiça argentina atribuiu ao Irã a responsabilidade por atentados no país em 1994. E também que a Argentina adotou uma política que se baseia em valores ocidentais. "O Estado de Israel é um bastião dos valores ocidentais no Médio Oriente e a República Argentina estará sempre ao seu lado contra aqueles que pretendem seu extermínio", cita a publicação. Já o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, condenou os ataques do Irã e disse que o país está ao lado de Israel. Afirmou também que está em contato com aliados e continuará monitorando a situação de perto. "Depois de apoiar o ataque brutal do Hamas em 7 de outubro, as últimas ações do regime iraniano desestabilizarão ainda mais a região e tornarão mais difícil uma paz duradoura. Esses ataques demonstram mais uma vez o desrespeito do regime iraniano pela paz e estabilidade na região. Apoiamos o direito de Israel de se defender e ao seu povo destes ataques", diz publicação veiculada na página do governo. O primeiro-ministro de Portugal, Luís Montenegro, também escreveu no X. "O governo português condena veementemente o ataque do Irão a Israel. Apela à contenção, em ordem a evitar uma escalada da violência", diz o texto publicado em sua conta pessoal. O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Antonio Guterres, condenou o ataque do Irã a Israel e fez um apelo à contenção e fim imediato das hostilidades entre os dois países. "Estou profundamente assustado com o perigo muito real de uma escalada devastadora em toda a região. Peço a todas as partes que exerçam a máxima contenção para evitar qualquer ação que possa levar a grandes confrontos militares em múltiplas frentes no Oriente Médio", afirmou ele em comunicado. Ataque Segundo o Canal 12, de Israel, o Irã lançou dezenas de drones e mísseis, num total de cerca de cem artefatos. Alguns teriam foram derrubados pelas forças israelenses quando sobrevoavam a Síria e a Jordânia — antes, portanto, de chegarem ao espaço aéreo do país. Trata-se de uma retaliação depois de um bombardeio no dia 1º de abril contra o consulado iraniano em Damasco, na Síria, em que um comandante sênior das Guardas Revolucionárias do Irã foi morto. O ministro das Relações Exteriores do Irã, Hossein Amirabdollahian, disse que "os avisos necessários foram dados aos Estados Unidos" sobre o ataque de retaliação. Três fontes da agência de notícias Reuters no Iraque afirmaram que viram mais de 20 drones voando na região de Sulaymaniya vindos da direção do Irã. Segundo o Flightradar, um site que monitora a aviação, os espaços aéreos de Israel, Jordânia, Iraque e Líbano ficaram fechados após o ataque. Israel já estava se preparando e "monitorando de perto um ataque planejado" do Irã ou um de seus grupos aliados há dias, disse o ministro da Defesa israelense Yoav Gallant. Segundo autoridades israelenses, após o Irã prometer responder ao bombardeio israelense à embaixada iraniana na Síria, que matou comandantes da Guarda Revolucionária, um ataque era considerado iminente. Gallant disse ainda que as tropas israelenses devem acatar quaisquer ordens que possam ser emitidas pelo Comando da Frente Interna militar, que mapeia mísseis recebidos e outras ameaças aéreas para que o público saiba se deve se abrigar. O comando da Frente Interna das Forças de Defesa (IDF, em inglês) de Israel proibiu reuniões de mais de 1.000 pessoas em todo o país.
Veja Mais

13/04 - Assista aos telejornais da TV Bahia
Assista aos telejornais da TV Bahia
Veja Mais

13/04 - Grupo que realizava assaltos no Ouro Verde é preso em Manaus
Segundo a polícia, com os suspeitos foram encontrados vários celulares, arma de fogo e munições. Segundo a polícia, com os suspeitos foram encontrados vários celulares, arma de fogo e munições. Divulgação/PM-AM Quatro homens, de idades não informadas, que realizavam assaltos no bairro Ouro Verde, foram presos na sexta-feira (12), em Manaus. A prisão do bando ocorreu naAlameda Cosme Ferreira, bairro Coroado, Zona Leste. Os policiais militares estavam em patrulhamento de rotina, quando receberam informações, de que um grupo que estava em um carro modelo Gol, realizava assaltos na área do bairro Ouro Verde. Ao chegarem no local, populares informaram aos PMs que os assaltantes teriam seguido em direção à Alameda Cosme Ferreira. A equipe policial encontrou o veículo, com os quatro ocupantes, em frente ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio. A abordagem foi realizada pelos policiais militares da 11ª Cicom, com apoio dos PM’s das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam). Com o grupo, foram encontrados um revólver calibre 38, um simulacro de revólver, 17 munições de calibre 38 e vários aparelhos celulares. Os homens foram conduzidos para o 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Vídeos mais assistidos do Amazonas
Veja Mais

13/04 - Número de cirurgias cardiovasculares no HC da Unicamp cresce 40,2% em 1 ano
Setor de cardiologia da unidade está sobrecarregado e atende três vezes mais que a capacidade. Região de Campinas registrou 8 mil procedimentos em 2023, maior quantidade de operações dos últimos cinco anos. Região de Campinas registra aumento no número de cirurgias cardiovasculares O número de cirurgias cardiovasculares realizadas no Hospital de Clínicas da Unicamp cresceu 40,2% no último ano. A alta também acontece em toda a região de Campinas (SP), que registrou o maior número de procedimentos cardíacos realizados em cinco anos: foram 8.032 apenas em 2023. (Veja os números mais abaixo.) O aumento da demanda já sobrecarrega o setor de cardiologia do HC, que está atendendo três vezes mais que a capacidade da unidade. "A nossa ala de cardiologia está bem cheia, principalmente depois da pandemia, com pacientes cada vez mais graves. E o motivo desse aumento de internação é por conta dessa gravidade e por conta disso nós não estamos conseguindo fazer as cirurgias em tempo hábil de todos os pacientes que vem via pronto-socorro com quadros graves, necessitando cirurgia cardíaca", diz Elaine Cristina de Ataíde, superintendente do HC da Unicamp. Segundo a superintendente, atualmente 13 pacientes estão internados aguardando por cirurgia no HC. A Unicamp tem tentado aumentar e até mesmo dobrar o número de cirurgias, mas, segundo Elaine, existem alguns 'entraves'. "Por exemplo, a necessidade de UTI, que também faz com que às vezes a gente não consiga fazer dois procedimentos no mesmo dia", diz. Cirurgia cardiovascular no Hospital de Clínicas da Unicamp em Campinas (SP) Reprodução/EPTV Além das tratativas internas para resolver esta questão, a Unicamp aposta em outro procedimento para reduzir a lista de espera. "E, além disso, outra coisa que a médio prazo também vai reduzir um pouco a lista, é o número maior que nós estamos ofertando de cateterismo. Com isso a gente consegue fazer o diagnóstico e o tratamento mais precoce, deixando esse paciente fora da lista de cirurgia", diz Elaine. 🏥 O que diz o Estado? A Secretaria Estadual de Saúde informou que está comprometida com a busca de uma solução para a lotação no setor de cardiologia do HC Unicamp. Segundo a pasta, para aumentar os repasses aos hospitais filantrópicos da região, o Estado, por meio da nova tabela SUS Paulista, vai complementar com recursos do Tesouro o montante mensal de mais de R$ 27 milhões para aproximadamente 102 prestadores das redes regionais da saúde de Campinas. Mas, enquanto isso, o HC da Unicamp ainda é uma espécie de casa temporária para muitos pacientes e famílias, como foi no caso da artesã Regiane Garbo. O pai dela, seu Francisco, de 69 anos, passou mais de 40 dias internado para realizar uma cirurgia cardíaca. 😷 "Ele estava fazendo consulta no ambulatório e o médico viu que a válvula dele já estava vencida há três anos e que precisaria fazer essa troca. E também ele estava com outros probleminhas no coração que precisava de internação, então ele internou com urgência", conta. Histórias como a deles se repetem no setor de cardiologia do HC em toda a região de Campinas. Veja, abaixo, o número de cirurgias cardíacas realizadas nos últimos anos. 👇🩺 🏥 Casos mais graves Com o aumento em toda a região, outros hospitais também notaram o aumento na demanda pelos procedimentos. Um exemplo é o Hospital Augusto de Oliveira Camargo, o Haoc, em Indaiatuba (SP), onde trabalha o cardiologista Silvio Giopato, que também notou que os casos têm chegado mais graves. "Estamos recebendo os pacientes com doenças mais avançadas, maix complexas, o que torna o tratamento mais difícil", comenta o médico. O Haoc também virou o lar temporário do Seu Joaquim Tomas da Silva, internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da instituição após sofrer um infarto recentemente. Mas essa não foi a única vez que o coração precisou de uma "ajudinha" da medicina: o idoso já tinha infartado em 2015 e, além disso, 20 anos atrás precisou fazer uma ponte de safena. "Precisa cuidar, né? A gente quer viver um pouco mais", diz seu Joaquim. "Eu to correndo, correndo muito, para poder viver mais um pouquinho". Seu Joaquim, paciente internado no Haoc em Indaiatuba (SP) após sofrer um infarto Reprodução/EPTV O que é 'ponte de safena'? O procedimento pelo qual seu Joaquim passou há duas décadas é uma das cirurgias cardíacas mais comuns: a ponte de safena. É um termo bem popularizado, mas o que ele significa? 🤔 Veja abaixo. ⬇ Nesta operação, os médicos retiram uma parte da safena magna, uma veia superficial que temos nas pernas. O pedaço de safena é costurado na aorta e na coronária, duas importantes artérias do coração. É justamente desta ligação que vem o nome 'ponte'': o fragmento da safena substitui o local obstruído por gordura e permite que o coração volte a receber oxigênio e nutrientes de maneira adequada. Hospital Haoc em Indaiatuba Reprodução/EPTV 🥼 Principais procedimentos Segundo o médico cardiologista Silvio Giopato, do Haoc, existem várias doenças cardiovasculares comuns. A principal delas é a obstrução, que é o entupimento das artérias coronárias por deposição de gordura. O cateterismo é uma forma para prevenir quadros mais graves e um dos principais procedimentos na área da cardiologia. Não é à toa que é uma das apostas da Unicamp para reduzir a lista de espera. "Hoje prevalece o cateterismo cardíaco para diagnóstico junto a angioplastia, que é o desentupimento da artéria coronária. E depois disso é a cirurgia cardíaca com ponte de safena para aqueles casos mais complexos, casos com múltiplos vasos, em pacientes diabéticos, onde a cirurgia tem um papel muito importante", lista o cardiologista. Como toda cirurgia, a angioplastia e a ponte de safena são procedimentos bastantes invasivos e, a depender do caso, delicado. Prevenir, segundo os médicos, é sempre a melhor opção. Mas o que é essa prevenção? 🤔 "São os hábitos alimentares, os hábitos de vida, parar de fumar, controlar a pressão, controlar a diabetes, controlar o colesterol, perder peso, fazer atividade física, controlar o stress. Tudo isso são medidas higiênicas muito importantes para você evitar desenvolver a doença", afirma Giopato. VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e região Veja mais notícias da região no g1 Campinas
Veja Mais

13/04 - EPTV 2 - Ribeirão e Franca
Transmissão encerrada. EPTV 2 - Ribeirão e Franca Transmissão encerrada.
Veja Mais

13/04 - Motociclista é preso por embriaguez após trafegar na contramão e colidir contra carro, em Presidente Prudente
Ocorrência foi registrada, na tarde deste sábado (13), no Parque São Matheus. Um motociclista, de 54 anos, foi preso em flagrante, na tarde deste sábado (13), por embriaguez ao volante após colidir sua moto contra um carro, no Parque São Matheus, em Presidente Prudente (SP). 📱 Participe do Canal do g1 Presidente Prudente e Região no WhatsApp Segundo o Boletim de Ocorrência, uma equipe da Polícia Militar foi acionada para atender um acidente de trânsito com vítima. No local, os agentes constataram que o envolvido havia colidido frontalmente sua motocicleta contra um carro. Além disso, ele trafegava na contramão da direção no momento do acidente. A PM conversou com o homem, que apresentava sinais de embriaguez, como voz pastosa e andar cambaleante. Ao ser questionado, ele confirmou que tomou uma latinha de cerveja. Ainda conforme o documento policial, a motorista do carro, uma mulher de 28 anos, relatou que estava dirigindo seu carro quando uma moto, na contramão, colidiu contra seu veículo. Após a batida, o motociclista caiu no chão e ela prestou os primeiros socorros, juntamente com outro popular. Além disso, a mulher também afirmou que o envolvido estava muito alterado e apresentava sinais de embriaguez. Ninguém se feriu. O motociclista se recusou a realizar o teste do bafômetro e foi conduzido para a Delegacia da Polícia Civil. O médico legista, após exame clínico, constatou “alteração da atividade psicomotora em razão da ingestão de álcool”. Em depoimento, o envolvido disse que ingeriu bebida alcoólica após sair do trabalho e não se recordava do que tinha acontecido, apenas que havia colidido sua motocicleta em um carro. Ele foi preso em flagrante por embriaguez ao volante e uma fiança de R$ 1,5 mil foi arbitrada. O valor não foi pago e o motociclista permaneceu à disposição da Justiça. VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.
Veja Mais

13/04 - Assista aos telejornais da TV Liberal
g1 transmite ao vivo os jornais da TV Liberal, JL1 e JL2, diariamente. Assista aos telejornais da TV Liberal g1 transmite ao vivo os jornais da TV Liberal, JL1 e JL2, diariamente.
Veja Mais

13/04 - AO VIVO: Assista ao Boa Noite Espírito Santo
As principais notícias do dia no Espírito Santo. AO VIVO: Assista ao Boa Noite Espírito Santo As principais notícias do dia no Espírito Santo.
Veja Mais

13/04 - Assista ao Bom Dia Rio Grande
Assista ao Bom Dia Rio Grande O g1 transmite ao vivo, de segunda a sexta, os telejornais da RBS TV: Bom Dia Rio Grande, Jornal do Almoço e RBS Notícias. . Aos sábados, temos transmissão ao vivo também do Jornal do Almoço e do RBS Notícias.
Veja Mais

13/04 - Prova de ciclismo vai interditar Anel Viário de São José dos Campos neste domingo (13); veja rotas alternativas
A interdição será das 6h às 15h. Anel viário de São José dos Campos Claudio Vieira/PMSJC Neste domingo (13), será realizada uma prova de ciclismo em São José dos Campos. Para a prova, as avenidas Florestan Fernandes e Teotônio Vilela (Anel Viário) serão interditadas nos dois sentidos, das 6h às 15h. Durante o período da prova, as alças do Viaduto Kanebo estarão liberadas para a circulação exclusiva dos ônibus, podendo haver operação ‘Pare e Siga’, de acordo com a necessidade de passagem do pelotão de ciclistas. Segundo a prefeitura, mensagens foram inseridas no painel eletrônico do Anel Viário, informando aos motoristas sobre a interdição da via. O trecho também será sinalizado e agentes da mobilidade permanecerão nos desvios para orientar os motoristas. Rotas alternativas Durante o evento, as alternativas para os deslocamentos são as vias marginais à rodovia Presidente Dutra, assim como os principais corredores dos bairros para se deslocarem entre as regiões. A prova também irá alterar o itinerário de algumas linhas de ônibus que circulam pelos corredores: Confira as linhas de ônibus que terão desvio: Linha 230 – Vl. do Tesouro / Jd. Colonial: Linha 314 – Ch. Reunidas / Terminal Central: Linha 304 – Colonial / Praça Afonso Pena Linha 327 – Residencial União / Praça Afonso Pena Linha 303 – Colonial / Rodoviária Linha 122 – Altos de Santana / Pq. Industrial Linha 117 – Morumbi / Aquárius Linha 331 – Campo dos Alemães / Aquárius Linha 309 – Pq. Industrial / Rodoviária Linha 119 – Colonial / Aquárius Linha 240 – Novo Horizonte / Campo dos Alemães Linha 307A – Jd. Morumbi / Terminal Central Linha 308 – Terminal Central / Bosque dos Eucaliptos (Andrômeda) Linha 315 – Parques Interlagos / Terminal Central Linha 317 – Campo dos alemães / Rodoviária Linha 318 – Terminal Central / D. Pedro I Linha 310 – Residencial União / Terminal Central Linha 323 – Campo dos Alemães / Terminal Central Veja mais notícias do Vale do Paraíba e região bragantina
Veja Mais

13/04 - Seis veículos se envolvem em engavetamento na SP-563 no noroeste paulista
Colisão aconteceu na tarde deste sábado (13) na Rodovia Euclides de Figueredo (SP-563), que liga Pereira Barreto a Andradina. Seis veículos se envolvem em engavetamento em rodovia entre Pereira Barreto e Andradina Seis veículos se envolveram em um engavetamento, na tarde deste sábado (13), na Rodovia Euclides de Figueredo (SP-563), que liga Pereira Barreto a Andradina, no interior de São Paulo. 📲 Participe do canal do g1 São José do Rio Preto e Araçatuba no WhatsApp Batida entre seis veículos deixa um ferido em rodovia do interior de SP Reprodução Conforme apurado pela TV TEM, uma pessoa sofreu ferimentos leves. A fumaça que saiu dos carros após a batida tomou conta da pista. A parte frontal de dois veículos ficou completamente destruída com o impacto. Até a conclusão desta reportagem, não havia informações sobre o que teria causado o acidente. Batida entre seis veículos deixa um ferido em rodovia do interior de SP Reprodução Batida entre seis veículos deixa um ferido em rodovia do interior de SP Reprodução/TV TEM Veja mais notícias da região no g1 Rio Preto e Araçatuba VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM
Veja Mais

13/04 - Professora é detida no Ceará após agredir inspetora da Polícia Civil; vídeo
A mulher de 33 anos agrediu a inspetora em duas ocasiões. Primeiro na delegacia de Baturité e uma segunda vez, dentro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município. Professora é detida após agridir inspetora da Polícia Civil no Ceará; vídeo Uma professora de 33 anos foi detida, na madrugada deste sábado (13), após agredir uma inspetora da Polícia Civil, em Baturité, a 100 km de Fortaleza. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSPDS), a mulher teria desacatado um policial militar durante uma festa no Centro de Acarape, cidade vizinha, e foi conduzida para a Delegacia Regional de Baturité, onde agrediu a inspetora. ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Ceará no WhatsApp Segundo a pasta, um termo circunstanciado de ocorrência (TCO) foi instaurado pelos crimes de lesão corporal, desacato, desobediência, resistência e ameaça. Investigações estão em andamento, visando resolver o fato. O caso está a cargo da Delegacia Regional de Baturité. Sobre as agressões, o Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará (Sinpol-CE) afirmou que deu apoio para a policial civil agredida e desacatada dentro da delegacia. O sindicato disse que a agente foi ameaçada e agredida tanto na delegacia como na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Baturité, durante os exames de corpo e delito. Por fim, o Sinpol-CE reforçou que fornece apoio psicológico, emocional e jurídico para a policial civil. Professora agrediu a inspetora dentro da delegacia e na UPA de Baturité. Reprodução Veja os vídeos mais vistos do Ceará:
Veja Mais

13/04 - Em bunker de hotel em Israel, ex-secretário da Saúde em SP diz que brasileiros estão protegidos após lançamento de drones pelo Irã
Irã enviou, na noite deste sábado (13), drones e mísseis para atacar o território de Israel, disseram militares israelenses. Claudio Lottenberg também é presidente da Confederação Israelita do Brasil (Conib) e desembarcou em Jerusalém para missão em solidariedade às vítimas da guerra na região. Claudio Lottenberg, ex-secretário municipal da Saúde em SP Reprodução Claudio Lottenberg, ex-secretário municipal da Saúde de São Paulo e presidente da Confederação Israelita do Brasil (Conib), desembarcou neste sábado (13) em Jerusalém, em Israel, com uma comitiva de brasileiros para uma missão em solidariedade às vítimas da guerra na região. Horas depois, o Irã enviou drones e mísseis para atacar o território de Israel, disseram militares israelenses. (leia mais abaixo) Acompanhe ao vivo as atualizações sobre o conflito "Aqui em Jerusalém, 23h30. Os drones foram lançados do Irã. Israel está preparado, está se mantendo dentro de clima sereno, tranquilo, mas, acima de tudo, responsável. Nós, da missão do Brasil, estamos dentro do hotel. Existe um bunker, estamos protegidos. Estamos todos aqui unidos e seguindo as orientações", disse Lottenberg em vídeo publicado no Instagram. Ele pediu para que as pessoas tenham tranquilidade e disse que, "por enquanto, tudo está sob controle". O ex-secretário afirmou que foi informado pelo governo de Israel de que a situação está controlada. "A missão deve continuar", destacou ele. O analista de sistemas Paulo Duek disse ao g1 que sua família está bem, mas o clima é de muita tensão. Ele vive na região de Rosh HaAyin e disse ter ouvido barulhos de explosão. Duek e um amigo registraram em vídeo objetos iluminados e explosões no espaço aéreo de Israel: Objetos iluminados e explosões no céu após envio de drones pelo Irã LEIA TAMBÉM VÍDEO: 'Domo de Ferro' de Israel intercepta ataques do Irã; conheça o sistema Irã ataca Israel: conflito tem potencial de ser o maior no Oriente Médio desde a 2ª Guerra Mundial, dizem colunistas; VÍDEO Shahed-136: Conheça drone 'kamikaze' utilizado pelo Irã no ataque a Israel Qual a origem da rivalidade entre Israel e Irã e como ela está sendo intensificada pela guerra em Gaza Ataque aéreo O porta-voz das Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês), Daniel Hagari, e a Guarda Revolucionária do Irã confirmaram a informação sobre o ataque aéreo. Segundo o Canal 12, de Israel, o Irã lançou dezenas de drones e mísseis, num total de cerca de cem artefatos. Alguns teriam sido derrubados pelas Forças israelenses quando sobrevoavam a Síria e a Jordânia - antes, portanto, de chegarem ao espaço aéreo do país. A previsão é que os drones cheguem a Israel às 20h deste sábado (ou 2h da madrugada deste domingo no horário local). As IDF afirmam que foram mais de cem drones, mas não falou sobre o número de mísseis. As sirenes dos locais que vão ser atingidos vão soar, e o sistema de defesa israelense está de prontidão, de acordo com pessoas do exército --já há aeronaves israelenses posicionadas. Três fontes da agência de notícias Reuters no Iraque afirmaram que viram mais de 20 drones voando na região de Sulaymaniya vindos da direção do Irã. Trata-se de uma retaliação depois de um bombardeio no dia 1º de abril contra o consulado iraniano em Damasco, na Síria, em que um comandante sênior das Guardas Revolucionárias do Irã foi morto. O ministro das Relações Exteriores do Irã, Hossein Amirabdollahian, disse que "os avisos necessários foram dados aos Estados Unidos" sobre o ataque de retaliação. Após o Irã colocar os drones no ar, a Casa Branca afirmou que o ataque vai se desenrolar durante horas. TV estatal do Irã divulga vídeo de drones usados em ataque contra Israel O que se sabe sobre o ataque do Irã O Irã enviou dezenas drones para atacar o território de Israel neste sábado. Os drones demoraram horas até chegar ao alvo. No caminho, uma parte dos drones foi derrubada por aeronaves de Israel, dos Estados Unidos, do Reino Unido e da Jordânia. As primeiras explosões e as sirenes de aviso foram ouvidas por volta de 20h (2h de domingo em Israel). As forças de defesa israelenses afirmaram que estão preparadas para o ataque. O ataque é uma retaliação do Irã contra Israel: em 1º de abril, a embaixada iraniana na cidade de Damasco, na Síria, foi atingida, e sete pessoas morreram —entre elas, um comandante sênior da Guarda Revolucionária do Irã. Representantes do Irã na ONU afirmaram que a retaliação terminou, "a não ser que Israel cometa outro erro". Irã dispara drones contra Israel Arte/g1
Veja Mais

13/04 - Cães da PRF encontram quase 100 quilos de cocaína em fundo falso de van na BR-153 em Ourinhos
O suspeito, um homem de 41 anos, foi detido e confessou que transportava os 98,7 quilos de cocaína apreendidos de Corumbá (MS) até São Paulo, capital. Cães da PRF ajudaram agentes durante apreensão de drogas em Ourinhos PRF/Divulgação A Polícia Rodoviária Federal (PRF), com a ajuda de cães treinados, apreendeu quase 100 quilos de cocaína escondidos em um fundo falso de um veículo que transitava pela BR-153, neste sábado (13), em Ourinhos (SP). O motorista foi preso. 📲 Participe do canal do g1 Bauru e Marília no WhatsApp De acordo com a PRF, a prisão ocorreu durante uma operação de rotina, quando agentes desconfiaram do comportamento do motorista da van e realizaram uma busca no veículo. O suspeito, um homem de 41 anos, foi detido e confessou que transportava os 98,7 quilos de cocaína de Corumbá (MS) até São Paulo, capital. O homem foi encaminhado para a delegacia da Policia Civil de Ourinhos, onde permanecerá à disposição da Justiça. Homem, de 41 anos, foi preso com quase 100 kgs de cocaína na BR-153 em Ourinhos PRF/Divulgação Veja mais notícias da região no g1 Bauru e Marília. Confira mais notícias do centro-oeste paulista:
Veja Mais

13/04 - Batalha que matou indígenas no Pateo do Collegio no século 16 definiu rumos de São Paulo
Cerco de Piratininga ficou marcado como uma das batalhas indígenas mais decisivas do período colonial; veja detalhes na segunda reportagem da série Memórias Indígenas, do SP2. Pintura "A defesa de Piratininga", do artista Lopes de Leão, é a representação mais próxima do que foi o Cerco de Piratininga em 1562 Reprodução/TV Globo A Capela de São Miguel Arcanjo, em São Miguel Paulista, na Zona Leste, templo religioso mais antigo de São Paulo e que teve, em sua construção, a participação dos povos originários, fica na mesma região em que indígenas se reuniram para planejar um ataque ao Pateo do Collegio. Uma região que, até a chegada dos colonizadores, era conhecida como Ururay. Já o Pateo foi o local em que colonizadores e jesuítas estavam concentrados depois da missa que fundou a capital paulista, em 25 de janeiro de 1554. Aliás, para alguns historiadores, a cidade nasceu mesmo em outra data, muito mais decisiva para a continuação da sociedade como estava sendo desenhada: 9 de julho de 1562. Foi aí, oito anos depois da fundação do Colégio de São Paulo de Piratininga pelos jesuítas José de Anchieta e Manuel de Nóbrega, que os povos que viveram aqui por séculos se uniram numa batalha histórica. O episódio ficou conhecido como o Cerco de Piratininga, como mostra a segunda reportagem da série Memórias Indígenas, do SP2. Pintura “Cacique Tibiriçá e neto”, de José Wasth Rodrigues, do acervo do Museu do Ipiranga Reprodução/TV Globo “Foi uma guerra indígena. Entre os dias 9 e 10 de julho de 1562, duas coligações interétnicas indígenas guerrearam nesse espaço visando propriamente o colégio dos jesuítas, que era o símbolo dessa presença dos portugueses na região”, explica Larissa Maia, historiadora do Pateo do Collegio. LEIA TAMBÉM: Fotografias inéditas do Arquivo Público do Estado mostram indígenas em São Paulo há mais de 100 anos Ela explica que o combate foi de indígenas contra indígenas. De um lado, os aliados dos portugueses liderados pela figura emblemática do Cacique Tibiriçá, líder indígena da região central de São Paulo no século 16. Do outro lado, indígenas que eram contra a presença estrangeira liderados por Jaguaranho, sobrinho de Tibiriçá e, portanto, da mesma etnia. “Esses dois grupos vão guerrear porque tinham relações e alianças divergentes. Mas não eram de etnias contrárias, faziam parte da mesma povoação”, pontua a historiadora. O grupo vencedor foi o liderado por Tibiriçá, que matou o sobrinho na frente da igreja e foi considerado pelos colonizadores como um herói por ter protegido o Pateo do Collegio. Tibiriçá é lembrado até hoje em uma pintura na entrada do Museu do Ipiranga e seus restos mortais estão na cripta da Catedral da Sé. Para manter a história viva, o grupo Estopô Balaio, formado por atores indígenas, revive a história do cerco em um espetáculo teatral. “A gente foi investigando essa história e conectando pontos. Nós somos ainda essa presença indígena que segue aqui em São Miguel Paulista, no Jardim Romano, Jardim Helena, Vila Mara, Jardim Paulista e Itaquaquecetuba. Tudo isso era o antigo aldeamento de Ururay”, afirma Juão Nyn, artista indígena e dramaturgo do grupo teatral. A peça “Reset Brasil” é itinerante. O grupo percorre ruas e estações da Zona Leste para recontar a história indígena dos primórdios de São Paulo. Prova da presença indígena há mais de 3.800 anos Grupo teatral indígena reencena mais de 400 anos depois o Cerco de Piratininga no Pateo do Collegio Gustavo Galvão/TV Globo A cruz no alto da histórica Capela de São Miguel Arcanjo, templo com 402 anos de história, traz uma memória quase apagada que comprova a presença indígena milenar na capital paulista. “Dá para observar dentro da estrutura da capela alguns elementos que trazem a participação indígena. Em uma das portas há uma carranca e, no arco onde São Miguel ficava, a arquitetura foi esculpida como um cocar”, conta o padre Rodrigo Lima de Sousa. A primeira construção foi erguida em 1560, a pedido do padre José de Anchieta, na tentativa de catequizar indígenas que moravam ali. A atual edificação, do jeito que conhecemos hoje em dia, data de 1622, com reformas feitas ao longo do tempo. E há mais sinais da presença milenar dos indígenas na cidade. Um rio cheio de curvas com morros baixos e muitas árvores. A série Memórias Indígenas recriou, por meio da inteligência artificial, a Marginal Pinheiros vista da região do Morumbi há pelo menos 3,8 mil anos. Naquele período, os povos originários já utilizavam uma rocha chamada silexito para produzir ferramentas. Só na década de 1960 essas memórias adormecidas foram redescobertas. O plano para esse pedaço de terra era construir um prédio, mas o terreno guardava os vestígios de que a história não começou em 1500. “As peças que foram retiradas do Sítio Lítico do Morumbi são a matéria-prima da maior indústria de ferramentas existente em São Paulo. Há uma ciência guardada por esses povos que hoje a gente não tem treinamento para produzir o que eles conseguiam há milhares e milhares de anos”, explica o arqueólogo Paulo Zanettini, uma espécie de Indiana Jones brasileiro, que já fez outras grandes descobertas como esta. O que os pesquisadores puderam identificar é que esses indígenas tinham um perfil caçador e coletor. A peça-chave dos itens retirados é uma rocha que os arqueólogos tentam reconstruir como um quebra-cabeças. “Para além das datações, que são muito precisas, a gente teve um elemento-chave durante a escavação que foi a remontagem de pedras que comprovam que elas realmente estavam lá mesmo num sítio arqueológico com 400 mil peças”, contextualiza a arqueóloga Letícia Correa.
Veja Mais

13/04 - Domingo (14) tem vacinação itinerante em shopping de Campo Grande
Ação vai ocorrer no shopping Norte Sul Plaza, na capital. Veja abaixo o público-alvo para imunização. Vacinação. Cris Oliveira/ Prefeitura de Volta Redonda Neste domingo (14), os moradores de Campo Grande vão ter à disposição um ponto itinerante para vacinação. A ação vai ocorrer no shopping Norte Sul Plaza, das 11h às 19h. Veja as vacinas disponíveis: Hepatite B; Hepatite A; Poliomielite 1,2,3 (VIP - inativada); Poliomielite 1 e 3 (VOP - atenuada); Rotavírus (Monovalente); Penta (DTP+Hib+HB); Meningo ACWY; Febre Amarela; Tríplice Viral (SCR); Varicela; DTP (Infantil); HPV Quadrivalente; Influenza; Difteria e Tétano (dT); DTPa (adulto); COVID-19. O município deu início à vacinação contra a Gripe no dia 21 de março, antecipando o calendário nacional. A expectativa é vacinar ao menos 90% do público prioritário, estimado em cerca de 300 mil pessoas em Campo Grande. Inicialmente, a campanha deve ocorrer até o dia 31 de maio, conforme o cronograma do Ministério da Saúde. A vacina da gripe é apenas para o grupo prioritário, veja abaixo: Crianças de 6 meses a menores de 6 anos; Pessoas de 60 e mais; Gestantes; Puérperas; Indígenas vivendo fora de terra indígena; Indígenas vivendo em terra indígena; Trabalhadores de saúde; Pessoas com deficiência permanente (a partir de 12 anos); Adolescentes em medidas socioeducativas (menores de 18 anos); População privada de liberdade (18 anos e mais); Funcionário do sistema de privação de liberdade; Comorbidades; Professores; Pessoas em situação de rua; Forças de segurança e salvamento; Caminhoneiros; Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário passageiros urbano e de longo curso; Trabalhadores portuários. Veja vídeos de Mato Grosso do Sul:
Veja Mais

13/04 - Irã fala em 'resposta legítima' contra Israel e anuncia fim da resposta militar
Autoridades israelenses consideravam que ataque iraniano era iminente depois que o governo do Irã prometeu responder ao bombardeio israelense na embaixada do Irã na Síria, que matou comandantes da Guarda Revolucionária. Imagens mostram domo de ferro interceptando drones iranianos no céu de Tel Aviv O Irã disse que o ataque a Israel neste sábado (13) foi uma "legítima defesa" após o consulado iraniano em Damasco, na Síria, ter sido atacado no início de abril —e sinalizou que colocou fim à resposta militar. ✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp AO VIVO: Irã lança drones e mísseis para atacar Israel; explosões são ouvidas em Jerusalém Shahed-136: Conheça drone 'kamikaze' utilizado pelo Irã no ataque a Israel "Com base no Artigo 51 da Carta das Nações Unidas relativo à defesa legítima, a ação militar do Irã ocorreu em resposta à agressão do regime sionista [em referência a Israel] contra as nossas instalações diplomáticas em Damasco [em referência ao ataque à embaixada iraniana na Síria, ocorrido em 1º de abril]. O assunto pode ser considerado concluído. Contudo, se o regime israelense cometer outro erro, a resposta do Irã será consideravelmente mais severa. É um conflito entre o Irã e o regime israelense desonesto, do qual os Estados Unidos DEVEM FICAR LONGE!", disse a Missão Diplomática do Irã em sua conta na rede social X (ex-Twitter). Os drones atingiram por volta de 20h o território israelense. Explosões foram ouvidas no território israelense. TV estatal do Irã divulga vídeo de drones usados em ataque contra Israel Segundo o Canal 12, de Israel, o Irã lançou dezenas de drones e mísseis, num total de cerca de cem artefatos. Alguns teriam sido derrubados pelas Forças israelenses quando sobrevoavam a Síria e a Jordânia - antes, portanto, de chegarem ao espaço aéreo do país. A previsão é que os drones cheguem a Israel às 20h deste sábado (ou 2h da madrugada deste domingo no horário local). As Forças de Defesa de Israel (IDF) afirmam que foram mais de cem drones, mas não falou sobre o número de mísseis. Trata-se de uma retaliação depois de um bombardeio no dia 1º de abril contra o consulado iraniano em Damasco, na Síria, em que um comandante sênior das Guardas Revolucionárias do Irã foi morto. O ministro das Relações Exteriores do Irã, Hossein Amirabdollahian, disse que "os avisos necessários foram dados aos Estados Unidos" sobre o ataque de retaliação. Após o Irã colocar os drones no ar, a Casa Branca afirmou que o ataque vai se desenrolar durante horas. LEIA TAMBÉM: Irã ataca Israel: conflito tem potencial de ser o maior no Oriente Médio desde a 2ª Guerra Mundial, dizem colunistas; VÍDEO VÍDEO: 'Domo de Ferro' de Israel intercepta ataques do Irã; conheça o sistema Qual a origem da rivalidade entre Israel e Irã e como ela está sendo intensificada pela guerra em Gaza Em bunker de hotel em Israel, ex-secretário da Saúde em SP diz que brasileiros estão protegidos após lançamento de drones pelo Irã Três fontes da agência de notícias Reuters no Iraque afirmaram que viram mais de 20 drones voando na região de Sulaymaniya vindos da direção do Irã. Segundo o Flightradar, um site que monitora a aviação, os espaços aéreos de Israel, Jordânia, Iraque e Líbano estão fechados. O que se sabe sobre o ataque do Irã O Irã enviou drones para atacar o território de Israel neste sábado. Os drones podem demorar horas para chegar até o alvo. Pessoas no Iraque, país vizinho do Irã que fica no caminho para Israel, afirmam que viram mais de 20 drones nos ares. As forças de defesa israelenses afirmaram que estão preparadas para o ataque. O ataque é uma retaliação do Irã contra Israel: em 1º de abril, a embaixada iraniana na cidade de Damasco, na Síria, foi atingida, e sete pessoas morreram —entre elas, um comandante sênior da Guarda Revolucionária do Irã. As IDF afirmaram que estão em alerta máximo e monitoram constantemente a situação operacional. "O conjunto de defesa aérea está em alerta máximo, juntamente com os caças e os navios da Marinha israelense que estão em missão de defesa no espaço aéreo israelense. As IDF estão monitorando todos os alvos", diz a nota. No fim, elas pedem para que as pessoas em Israel sigam instruções do comando e os anúncios oficiais das forças. Antes mesmo do ataque, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse que Israel estava de prontidão para um ataque direto do Irã e que responderia da mesma forma. "Nossos sistemas de defesa estão em prontidão e estamos preparados para qualquer cenário", disse ele. Daniel Hagari, o porta--voz das IDF, afirmou que o país está se defendendo com toda sua força e que essa é uma missão que eles estão determinados a cumprir. O ministro de Defesa do Irã, Mohammad Reza Ashtiani, afirmou que eles vão atacar qualquer país que abrir seu espaço aéreo para Israel poder retribuir contra o território iraniano. Na ONU, representantes do Irã afirmaram que esse é um conflito entre eles e Israel, e que os Estados Unidos devem manter distância da disputa. Israel já vinha se preparando há dias Imagem da cidade de Tel Aviv na noite do dia 13 de abril de 2024, quando o Irã enviou drones para atacar Israel Reprodução vídeo/Reuters O país já estava se preparando e "monitorando de perto um ataque planejado" de Irã ou um de seus grupos aliados há dias, disse o ministro da Defesa israelense Yoav Gallant. Segundo autoridades israelenses, após o Irã prometer responder ao bombardeio israelense à embaixada iraniana na Síria, que matou comandantes da Guarda Revolucionária, um ataque era considerado iminente. Gallant disse ainda que as tropas israelenses devem acatar quaisquer ordens que possam ser emitidas pelo Comando da Frente Interna militar, que mapeia mísseis recebidos e outras ameaças aéreas para que o público saiba se deve se abrigar. O comando da Frente Interna das Forças de Defesa (IDF, em inglês) de Israel proibiu reuniões de mais de 1.000 pessoas em todo o país. Irã dispara drones contra Israel Arte/g1 LEIA TAMBÉM: Irã e Israel: qual o tamanho dos efetivos militares dos dois países Irã tem mísseis de longa distância capazes de atingir Israel; país tem maior arsenal do Oriente Médio Ameaça de Irã atacar Israel é 'real', diz Casa Branca; países orientam cidadãos a não viajar para a região Apreensão de navio A Guarda Revolucionária iraniana apreendeu um navio de carga português neste sábado (13) no Estreito de Ormuz, afirmou a agência de notícias estatal iraniana IRNA. Um helicóptero das forças especiais da Marinha da Guarda abordou o navio de carga português, chamado MSC Aries, e o levou para águas territoriais do Irã. Segundo a Guarda Revolucionária, a embarcação está "ligada a Israel". A MSC, que opera o Aries, confirmou a apreensão e disse que trabalha com as autoridades competentes para o regresso seguro do navio e o bem-estar dos seus 25 tripulantes. Em rede social, o ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, disse que Teerã pratica pirataria e que deveria ser sancionado por isso. Irã diz ter apreendido 'navio ligado a Israel' “O regime do aiatolá de Khamenei é um regime criminoso que apoia os crimes do Hamas e que está conduzindo uma operação pirata que viola o direito internacional”, disse Katz no X. “Apelo à União Europeia e ao mundo livre para que declarem imediatamente o corpo da Guarda Revolucionária Iraniana como uma organização terrorista e para que sancionem agora o Irão.” Já o porta-voz militar de Israel, o contra-almirante Daniel Hagari, disse que “o Irã sofrerá as consequências por escolher agravar ainda mais esta situação”. A MSC aluga o navio Aries da Gortal Shipping, uma afiliada da Zodiac Maritime, disse a Zodiac em comunicado. De acordo com a empresa, a MSC é responsável por todas as atividades do navio. A Zodiac é parcialmente propriedade do empresário israelense Eyal Ofer. Helicóptero passa sobre o navio MSC Aries AFP/Divulgação Escalada de tensão A crise começou depois que autoridades iranianas acusaram Israel de um bombardeio ao consulado do país na Síria, que matou um comandante e outros seis oficiais da Guarda Revolucionária Iraniana. O governo israelense não assumiu a autoria. Os EUA posicionaram navios de guerra para proteger Israel. O presidente americano Joe Biden avisou que a retaliação ao bombardeio aconteceria e alertou ao Irã que não ataque. Biden ainda garantiu que Washington vai proteger Israel. Por precaução, vários países como França, Reino Unido, Alemanha e Rússia pediram aos cidadãos que evitem viagens para a região.
Veja Mais

13/04 - EPTV 2 Campinas ao vivo
Assista diariamente ao telejornal da EPTV pela internet. EPTV 2 Campinas ao vivo Assista diariamente ao telejornal da EPTV pela internet.
Veja Mais

13/04 - Manaus teve seis mortes por acidente de trânsito em apenas uma semana
Levantamento do g1 é baseado nos registros feitos ao longo da semana. Motociclista foi morto por carro que vinha na contramão em viaduto. Jucélio Paiva/ Rede Amazônica. Manaus teve seis mortes por acidente de trânsito em apenas uma semana. O levantamento do g1 é baseado nos registros feitos ao longo da semana. No domingo (7), duas jovens, uma de 18 e a outra de 15 anos, morreram e outros quatro ficaram feridos depois de um carro bater contra uma árvore na Avenida Brasil, bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus, na madrugada deste domingo (7). Segundo a Polícia Militar, a jovem de 18 anos estava no banco dianteiro do carro, ao lado do motorista. Já a adolescente de 15 anos estava em um dos bancos dos passageiros na parte traseira do veículo. Ainda no domingo, uma passageira de um motociclista de aplicativo, de 19 anos, morreu durante um acidente no Jorge Teixeira. A vítima e o condutor da motocicleta foram atingidos por um ônibus que passava no local. Com o impacto, a passageira caiu no chão, foi atropelada pelo veículo e morreu na via. Já na manhã de segunda-feira (8), mais uma tragédia. Dessa vez, um mototaxista morreu após ser atropelado por um carro de passeio que dirigia na contramão do viaduto Flores, localizado no Complexo Viário de Flores, Zona Centro-Sul de Manaus. O veículo estava na contramão do viaduto. O motorista foi preso, mas acabou sendo solto após pagar fiança. Também na segunda (8), um idoso de 79 anos morreu após ser atropelado por um ônibus da linha 111, na segunda-feira (8), na Rua da Instalação, no Centro de Manaus. Com o impacto, a vítima não resistiu e morreu no local. Imagens de câmeras de segurança registraram o momento do acidente. Já na quinta-feira (11), um motociclista morreu após bater em um carro de passeio na saída da Avenida Santos Dumont, conhecida como estrada do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, no bairro Tarumã, Zona Oeste. Segundo a Polícia Civil, o motociclista vinha em uma faixa que não era permitido o tráfego de motos e acabou batendo na traseira do carro. Com a colisão, a motocicleta acabou caindo por cima dele. Acidentes com vítimas lesionadas Na quarta-feira (10), um motorista ficou ferido após bater o carro contra uma mureta do Complexo Viário Ayrton Senna, localizado entre as avenidas Djalma Batista e Mário Ypiranga Monteiro, na Zona Centro-Sul de Manaus. Na quinta (11), um policial militar foi atropelado durante a escola de malotes com provas de um concurso público, na Avenida Djalma Batista. Segundo informações, o PM pilotava uma motocicleta acompanhando o carro dos Correios, que levava os malotes com provas, quando foi fechado por um carro próximo ao cruzamento da avenida com a Rua Jorge Veiga. Problema sem solução Manaus está sem radares de velocidades. Divulgação Mesmo acumulando cada vez mais mortes e vítimas lesionadas, o trânsito de Manaus parece um problema sem solução. Isso porque, havia uma expectativa de que a prefeitura da cidade assinasse o contrato com a empresa responsável pela instalação dos novos radares de velocidade na quarta-feira (10). No entanto, não houve a formalização do acordo. Os radares eram, inclusive, para serem instalados em abril e a prefeitura chegou até a divulgar a lista das vias onde seriam implantados os monitoramentos. Mas, a medida não vingou. O serviço, inclusive, vai custar R$ 23 milhões aos cofres públicos, mas sem data definida para o início. Vídeos mais assistidos do Amazonas
Veja Mais

13/04 - Dupla é presa após aplicar golpe em idosos em agência bancária de São José dos Campos, SP
Os homens ofereciam ajuda para pessoas idosas dentro das agências e, sem as vítimas perceberem, transferiam valores para a conta de um comparsa. A polícia usou imagens das câmeras de segurança para identificar os suspeitos Reprodução/Polícia Civil Dois homens, de 28 e 38 anos, foram presos neste sábado (13) por aplicar golpes em agências bancárias de São José dos Campos (SP). Uma das vítimas, de 81 anos, sofreu um prejuízo de mais de R$ 1,7 mil após o crime. ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Vale do Paraíba e região no WhatsApp A Polícia Civil informou que foi acionada pelo setor de fraudes do Banco Bradesco. O sistema da agência indicou uma atitude suspeita de dois homens dentro do banco na Avenida Andrômeda, no Jardim Satélite, zona sul da cidade. O sistema identificou que a dupla tinha idosos como alvos. Os homens iam até as possíveis vítimas e ofereciam ajuda para realizar a operação bancária, mas transferiam dinheiro para a conta de um terceiro sem que a vítima percebesse. Um idoso teve um prejuízo de R$ 1.789,99 com o golpe. Ele percebeu o crime e acionou a polícia. Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) identificaram os suspeitos e fizeram buscas em agências da cidade. A dupla foi encontrada em uma agência bancária na Praça Cônego Lima, na região central de São José. Os suspeitos foram detidos e levados para a delegacia, onde a vítima reconheceu a dupla como autores do crime. Os dois homens foram presos e levados para a cadeia, onde aguardam a audiência de custódia. A Polícia Civil informou que segue investigando o caso para encontrar outros suspeitos do crime e identificar mais possíveis vítimas do grupo. O g1 procurou o Bradesco, mas não recebeu retorno até a publicação desta reportagem. Veja mais notícias do Vale do Paraíba e região bragantina
Veja Mais

13/04 - Influencer de humor morre após bater carro em carreta na rodovia TO-255
Lucian Rufo sofreu acidente na tarde deste sábado (13). Além de fazer vídeos na internet, ele atuava em uma escola de Ponte Alta do Tocantins. Lucian Rufo era de Ponte Alta do Tocantins Reprodução/Instagram O influencer de humor Lucian Rufo Barbosa morreu na tarde deste sábado (13), na rodovia TO-255. O acidente aconteceu a cinco quilômetros de distância de Ponte Alta do Tocantins, cidade em que morava a vítima. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o carro em que estava teria batido em uma carreta. Não há informações se houve mais vítimas. A perícia e uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) de Porto Nacional se deslocaram para o ponto do acidente. Influencer morre em acidente na TO-255 LEIA TAMBÉM: Suspeito de matar sogro de deputado federal foi baleado por policial que fazia compras em feira, diz SSP Criminosos invadem barraco e matam homem a facadas, diz PM Nas redes sociais, Lucian fazia vídeos de humor, com temas sobre o cotidiano. Seu perfil do Instagran tem mais de 51 mil seguidores. Ele também era servidor contratado da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), lotado no Colégio Estadual Adolfo Soares. A Prefeitura de Ponte Alta do Tocantins divulgou uma nota de pesar lamentando a morte do influenciador. "Nesse momento de tristeza, rogamos a Deus que console o coração de amigos e familiares", destacou a prefeitura. Prefeitura de Ponte Alta divulga nota de pesar Reprodução/Instagram Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.
Veja Mais

13/04 - Qual a origem da rivalidade entre Israel e Irã e como ela está sendo intensificada pela guerra em Gaza
Israel e Irã estão há anos em uma rivalidade sangrenta que virou uma das principais fontes de instabilidade no Oriente Médio e cuja intensidade varia de acordo com o momento geopolítico. A rivalidade entre os 'arqui-inimigos' já fez um grande número de mortos, muitas vezes em ações secretas em que nenhum dos governos admite sua responsabilidade. Imagens mostram domo de ferro interceptando drones iranianos no céu de Tel Aviv A escalada bélica no Oriente Médio teve um grande desenvolvimento com um ataque de drones lançado pelo Irã contra Israel. Forças de Defesa de Israel anunciaram no sábado (13/4) que o ataque estava em curso e disseram que as forças israelenses estavam em alerta máximo e “monitorando todos os alvos”. ✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp AO VIVO: Irã lança drones e mísseis para atacar Israel; explosões são ouvidas em Jerusalém O ataque era esperado - o Irã havia prometido uma resposta após vários de seus altos comandantes militares morrerem em um ataque contra o consulado do país em Damasco, atribuído a Israel. Shahed-136: Conheça drone 'kamikaze' utilizado pelo Irã no ataque a Israel Além disso, o Exército suspendeu todas as dispensas de soldados, e os serviços de GPS foram bloqueados para atrapalhar a navegação de drones e mísseis intrusos. Esse é o mais recente episódio de uma inimizade já antiga. Israel e Irã estão há anos em uma rivalidade sangrenta que virou uma das principais fontes de instabilidade no Oriente Médio e cuja intensidade varia de acordo com o momento geopolítico. Imagem da cidade de Tel Aviv na noite do dia 13 de abril de 2024, quando o Irã enviou drones para atacar Israel Reprodução vídeo/Reuters Para Teerã, Israel não tem o direito de existir. Os governantes iranianos consideram o país o "pequeno Satanás", o aliado no Oriente Médio dos Estados Unidos, que chamam de "grande Satanás", e querem que ambos desapareçam da região. Já Israel acusa o Irã de financiar grupos "terroristas" e de realizar ataques contra seus interesses, movidos pelo antissemitismo dos aiatolás. A rivalidade entre os "arqui-inimigos" já fez um grande número de mortos, muitas vezes em ações secretas em que nenhum dos governos admite sua responsabilidade. E a guerra em Gaza só fez as coisas piorarem. LEIA TAMBÉM: Irã ataca Israel: conflito tem potencial de ser o maior no Oriente Médio desde a 2ª Guerra Mundial, dizem colunistas Do ataque à embaixada ao revide: entenda a cronologia da escalada de tensões entre Irã e Israel Conheça o 'Domo de Ferro', sistema de defesa israelense que intercepta e destrói mísseis Como começou a rivalidade entre Israel e Irã As relações entre Israel e o Irã foram bastante cordiais até 1979, quando a chamada Revolução Islâmica dos aiatolás conquistou o poder em Teerã. E embora tenha se oposto ao plano de fatiamento da Palestina que resultou na criação do Estado de Israel em 1948, o Irã foi o segundo país islâmico a reconhecer Israel, depois do Egito. O Irã era uma monarquia na qual reinavam os xás da dinastia Pahlavi e um dos principais aliados dos Estados Unidos no Oriente Médio. Assim, o fundador de Israel e seu primeiro chefe de governo, David Ben-Gurion, procurou e conseguiu a amizade iraniana como forma de combater a rejeição do novo Estado judeu de seus vizinhos árabes. Mas a Revolução de Ruhollah Khomeini, em 1979, derrubou o xá e impôs uma república islâmica que se apresentava como defensora dos oprimidos e tinha como principais marcas a rejeição ao "imperialismo" americano e a Israel. O novo regime dos aiatolás rompeu as relações com Israel, deixou de reconhecer a validade do passaporte de seus cidadãos e tomou posse da embaixada israelense em Teerã para cedê-la à Organização para a Libertação da Palestina (OLP), que então liderava a luta por um Estado palestino, contra o governo israelense. Alí Vaez, diretor do Programa para o Irã do International Crisis Group, um centro de análise, disse à BBC Mundo que "a aversão a Israel foi um pilar do novo regime iraniano porque muitos de seus líderes haviam treinado e participado de ações de guerrilha com palestinos em lugares como o Líbano e tinham uma grande simpatia por eles". Mas além disso, acredita Vaez, "o novo Irã queria se projetar como uma potência pan-islâmica e levantou a causa palestina contra Israel, que os países muçulmanos árabes tinham abandonado". Assim, Khomeini começou a reivindicar a causa palestina como sua própria. E grandes manifestações pró-Palestina, com apoio oficial, tornaram-se habituais em Teerã. Vaez explica que "em Israel a hostilidade ao Irã só começou mais tarde, na década de 1990, porque antes o Iraque de Saddam Hussein era percebido como uma maior ameaça regional." Tanto é que o governo israelense foi um dos mediadores que tornou possível o chamado Irã-Contra, o programa pelo qual os Estados Unidos desviaram armamento para o Irã, para que usassem na guerra contra o vizinho Iraque, entre 1980 e 1988. Mas, com o tempo, Israel começou a ver no Irã um dos principais perigos para sua existência. E a rivalidade entre os dois passou das palavras para os fatos. LEIA TAMBÉM Irã e Israel: qual o tamanho dos efetivos militares dos dois países Irã tem mísseis de longa distância capazes de atingir Israel; país tem maior arsenal do Oriente Médio Ameaça de Irã atacar Israel é 'real', diz Casa Branca; países orientam cidadãos a não viajar para a região Uma 'guerra nas sombras' Vaez observa que, enfrentando também a Arábia Saudita, outra grande potência regional, e consciente de que o Irã é persa e xiita em um mundo islâmico maioritariamente sunita e árabe, "o regime iraniano percebeu seu isolamento e começou a desenvolver uma estratégia destinada a evitar que seus inimigos pudessem um dia atacá-lo em seu próprio território". Assim, proliferou uma rede de organizações alinhadas a Teerã que realizavam ações armadas favoráveis aos seus interesses. A libanesa Hezbollah, listada como terrorista pelos Estados Unidos e pela União Europeia, é a mais proeminente. Hoje, o chamado "Eixo da Resistência" iraniano se estende pelo Líbano, Síria, Iraque e Iêmen. Israel não ficou de braços cruzados e trocou com o Irã e seus aliados ataques e outras ações hostis, muitas vezes em outros países, onde financia e apoia grupos armados que combatem os pró-iranianos. O estado da relação entre o Irã e Israel foi descrito como uma "guerra nas sombras", na qual ambos já realizaram ataques mútuos sem que, em muitos casos, nenhum dos governos tenha admitido oficialmente sua participação. Em 1992 o grupo Jihad Islâmico, próximo ao Irã, atacou a embaixada israelense em Buenos Aires, provocando 29 mortes. Pouco antes, o líder do Hezbollah, Abbas al-Musawi, tinha sido assassinado, em um atentado amplamente atribuído aos serviços de inteligência de Israel. Para Israel, sempre foi uma obsessão minar o programa nuclear iraniano e evitar que chegue o dia em que os aiatolás tenham armas nucleares. Em Israel não se acredita que o programa nuclear iraniano tenha apenas fins civis. E é amplamente aceito que foram os serviços israelenses que, em colaboração com os Estados Unidos, desenvolveram o vírus de computador Stuxnet, que causou sérios danos às instalações nucleares iranianas na primeira década de 2000. Teerã também denunciou a inteligência israelense como responsável pelos atentados contra alguns dos principais cientistas encarregados de seu programa nuclear. O caso mais conhecedo foi o assassinato em 2020 de Mohsen Fakhrizadeh, considerado o principal responsável pelo programa. Mas o governo israelense nunca aceitou seu envolvimento nas mortes de cientistas iranianos. Israel, juntamente com seus aliados ocidentais, acusam o Irã de estar por trás dos ataques com drones e foguetes sofridos por seu território, bem como de ter realizado vários ataques cibernéticos. Outro motivo de confronto foi a guerra civil desencadeada na Síria a partir de 2011. A inteligência ocidental aponta que o Irã enviou dinheiro, armas e instrutores para apoiar as forças do presidente Bashar Al-Assad contra os insurgentes que tentavam derrubá-lo. Isso disparou o alerta em Israel, que acredita que a vizinha Síria é uma das principais rotas por onde os iranianos enviam armamentos e equipamentos para o Hezbollah no Líbano. De acordo com o portal de inteligência americano Stratfor, tanto Israel quanto o Irã realizaram ações na Síria destinadas a dissuadir o outro de lançar um ataque em larga escala. Em 2021, a "guerra nas sombras" chegou ao mar quando Israel apontou o Irã como responsável pelos ataques contra navios israelenses no Golfo de Omã. E o Irã, por sua vez, acusou Israel de atacar seus navios no Mar Vermelho. Irã dispara drones contra Israel Arte/g1 Como estão as coisas agora Desde os ataques de 7 de outubro de 2023 realizados pelo Hamas contra Israel, e a ofensiva militar massiva lançada pelo Exército israelense em Gaza em resposta, analistas e governos de todo o mundo expressam preocupação de que o conflito pudesse provocar uma reação em cadeia na região, e um confronto aberto e direto entre iranianos e israelenses. Os conflitos entre forças israelenses e milicianos supostamente ligados ao Hezbollah na fronteira com o Líbano aumentaram nos últimos meses. Os choques com manifestantes palestinos nos territórios ocupados da Cisjordânia também. Até os mais recentes desenvolvimentos, tanto Irã quanto Israel vinham evitando elevar a hostilidade e os combates em grande escala. Para Vaez, “a ironia é que ninguém quer um conflito em grande escala agora. Israel está há seis meses em sua devastadora guerra contra o Hamas em Gaza, que afetou muito negativamente sua reputação no cenário internacional e o deixou mais isolado do que nunca. Com essa missão ainda por concluir, ela teria que encarar o Irã, que é um ator estatal e, portanto, muito mais poderoso do que o Hamas". "O Irã, por sua vez, tem muitos problemas econômicos e seu governo sofre uma crise de legitimidade interna", depois de meses de protestos liderados por mulheres, fartas de restrições religiosas. Assim, o país também não está nas melhores condições para se colocar contra uma potência militar como Israel, que conta com o apoio dos EUA em caso de guerra declarada. Mas o ataque à sua sede diplomática em Damasco, que deixou 13 mortos, incluindo alguns dos mais proeminentes altos comandantes iranianos, como o general da Guarda Revolucionária Mohammad Reza Zahedi e seu adjunto, Hadi Hajriahimi, bateu forte em Teerã. O Ministério das Relações Exteriores iraniano prometeu "um castigo ao agressor" e seu embaixador na Síria, Hossein Akbari, anunciou que a resposta seria "decisiva". Com o ataque lançado por Teerã contra o território Israelense, a situação se agrava e está evoluindo rapidamente, com os governos de todo o Médio Oriente reagindo às notícias dos ataques de drones. A Jordânia, o Líbano e o Iraque, três países localizados na provável trajetória de voo destes drones, fecharam o seu espaço aéreo. O Irã e Israel também fecharam os seus para todos, exceto aeronaves militares.
Veja Mais

13/04 - Justiça nega liminar para que secretária exonerada durante gravidez e recontratada com salário 50% inferior retome cargo em Assis
Juiz negou o mandado de segurança à Marina Perini, ex-secretária de governo e administração. Por outro lado, a Justiça deu o prazo de 10 dias para a Prefeitura de Assis explicar os motivos que levaram à exoneração. Marina Perini Antunes Ribeiro foi recontratada como secretária adjunta da secretaria municipal de governo e administração de Assis Reprodução/TV TEM A ex-secretária municipal de governo e administração de Assis (SP), Marina Perini, exonerada e recontratada para outra função, com vencimentos cerca de 50% menores, durante o sétimo mês de gravidez, teve o pedido de liminar para retomar o cargo negado pela Justiça. A decisão foi publicada na quinta-feira (11). 📲 Participe do canal do g1 Bauru e Marília no WhatsApp O juiz Paulo André Bueno de Camargo, da Vara da Fazenda Pública de Assis, negou o mandado de segurança à ex-secretária municipal, que pleiteava sua reintegração imediata ao cargo, afirmando que não foi comunicada formalmente sobre seu desligamento e que não pediu a exoneração. No decreto que anuncia o desligamento da ex-secretária, consta que ela "fica exonerada, a pedido". Por outro lado, a Justiça deu o prazo de 10 dias para a Prefeitura de Assis explicar os motivos que levaram à exoneração. Na decisão, o juiz também dá o prazo de 10 dias para manifestação do Ministério Público sobre o caso. Após a demissão, a ex-secretária municipal de governo e administração foi recontratada como secretária adjunta da mesma pasta pela prefeitura. Com o novo cargo, os vencimentos passaram de R$ 11.718,26 para R$ 5.821,39, uma redução de 50,3%. A novo ocupante do cargo de secretária de Governo é Sônia Spera. O g1 entrou em contato com a Prefeitura de Assis, que, em nota, afirmou que "considerando a importância da função para o governo municipal e a necessidade da efetiva presença para a condução da máquina administrativa e continuidade das políticas públicas, o que ocorreu foi uma transferência de cargo, passando a ex-secretária para a função em comissão de secretária adjunta". Ainda no comunicado, a administração municipal afirma que o secretário municipal "é um agente político, que cumpre exercício de um mandato, compõe o primeiro escalão da administração municipal, exige de seu ocupante a confiança da autoridade nomeante e não se sujeita às regras comuns aplicáveis aos servidores públicos". Veja mais notícias da região no g1 Bauru e Marília. Confira mais notícias do centro-oeste paulista:
Veja Mais

13/04 - Chuvas provocam transtornos na Grande São Luís e MA chega a 19 cidades em situação de emergência
Segundo a Defesa Civil, são 810 famílias alojadas em abrigos e 2.297 desalojadas em todo o estado. Chuva deste sábado (13) provocou alagamento e travou o trânsito na Estrada de Ribamar, em São Luís Rafael Cardoso/g1 MA O Maranhão chegou a 19 cidades que decretaram situação de emergência por causas das fortes chuvas que causam o aumento do nível de rios, além de alagamentos, enchentes e destruição de estradas. Compartilhe esta notícia no WhatsApp Compartilhe esta notícia no Telegram Segundo a Defesa Civil, Cachoeira Grande e Barra do Corda são duas novas cidades que entraram lista. Em todo estado, são 810 famílias alojadas em abrigos e 2.297 desalojadas. ✅ Clique aqui para seguir o novo canal do g1 Maranhão no WhatsApp A região de Caxias é uma das mais afetadas. Por lá, o nível do rio Itapecuru está em pouco 5,09 metros acima do normal, afetando também outras noves cidades na região, já que a bacia do rio Itapecuru tem 52.972km², o que corresponde a cerca de 16% de todo o território maranhense. 19 cidades estão em situação de emergência por causa das chuvas no Maranhão Quando o rio Itapecuru transborda, técnicos e agentes orientam os ribeirinhos a deixarem as casas. O trabalho é feito com a ajuda de informações do Serviço Geológico Brasileiro, que prevê a elevação a intensidade da chuva e também a elevação do rio. Neste sábado (13), a forte chuva que caiu na Grande São Luís provocou alagamentos em várias regiões, como no Maiobão e Cidade Operária. Na Estrada de Ribamar, um trecho próximo ao rio Paciência foi tomado por água, o que travou o trânsito no início da tarde. 72 áreas de risco que estão sendo monitoradas pela Defesa Civil Municipal em São Luís Reprodução/TV Mirante Na capital, há ainda mais de 70 áreas de risco estão sendo monitoradas pela Defesa Civil Municipal, como no bairro Salinas do Sacavém, que sofre com o risco de deslizamentos, alagamentos e desmoronamentos. Para este fim de semana, ainda há risco. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta amarelo de chuvas intensas para o todo o estado. Os avisos se entendem até as 10h deste domingo (14). ⚠️ Alerta amarelo indica perigo potencial de chuvas intensas: Compreende as regiões do Leste, Sul, Oeste, Centro e Norte maranhense. Nessas áreas, pode chover entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, com ventos intensos de 40-60 km/h. Há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas. Em caso de rajadas de vento, durante as chuvas, a população não deve se abrigar debaixo de árvores, devido ao risco de queda e descargas elétricas. Além disso, não é recomendado estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda, além de não usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada. Pedreiras (MA) é uma das cidades mais atingidas pelas chuvas no Maranhão Reprodução/TV Mirante Orientações A Defesa Civil do Maranhão orienta que, em situações de chuvas intensas, a população mantenha distância segura de trechos afetados e/ou em que o solo esteja encharcado, o que aumenta o risco de desmoronamentos ou deslizamentos. A Defesa Civil alerta, também, que ao verificar riscos de alagamentos na cidade, deve-se procurar as autoridades de defesa como Corpo de Bombeiros e a própria Defesa Civil, por meio dos telefones 193 e 199, informando quais são as áreas afetadas pelas cheias. Além disso, a Defesa Civil recomenda que: ➡️ Avise aos seus vizinhos sobre o perigo e, se possível, convença as pessoas que moram nas áreas de risco a saírem de casa durante as chuvas; ➡️ Se precisar retirar algo da sua casa após a inundação, peça ajuda à Defesa Civil ou ao Corpo de Bombeiros; ➡️ Coloque documentos e objetos de valor em um saco plástico bem fechado e em local protegido; ➡️ Não use equipamentos elétricos que tenham sido molhados ou em locais inundados, devido o risco de choque elétrico ou curto-circuito.
Veja Mais

13/04 - Justiça decide que acusados de assassinar e esconder corpo de caminhoneiro em Bom Jesus vão a júri
Crime teria acontecido após a descoberta, pelo marido e pelo pai da ré, do relacionamento extraconjugal que ela mantinha com a vítima. Luciano Boeira Melo desapareceu após sair para um encontro em Bom Jesus Arquivo pessoal A Justiça do Rio Grande do Sul decidiu, na sexta-feira (12), que vão a júri os quatro acusados de envolvimento no assassinato do caminhoneiro Luciano Boeira Melos. O homem desapareceu em 2023 na cidade de Bom Jesus, na Região da Serra do Rio Grande do Sul. A data do julgamento ainda não foi definida. 📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp Os réus são Fabiana Saraiva; José Baldoino Saraiva, pai de Fabiana; Flávio Noronha, cunhado de Fabiana; e Felipe Noronha, marido de Fabiana. De acordo com o Ministério Público (MP), responsável pela acusação, o crime teria acontecido após a descoberta, pelo marido e pelo pai de Fabiana, do relacionamento extraconjugal que ela mantinha com o homem. Conforme a Justiça, os réus vão responder por homicídio duplamente qualificado (motivo torpe com recurso que dificultou a defesa da vítima), ocultação de cadáver e fraude processual. Quéli Córdova, advogada de Flávio Noronha, disse que não tem nada a declarar. O g1 tenta contato com as defesas dos outros réus. O crime Luciano desapareceu em 26 de julho de 2023, durante a noite, após sair de casa em uma motocicleta para encontrar a mulher com quem tinha uma relacionamento extraconjugal na localidade de Caraúno. A residência fica no mesmo terreno onde está a casa da mãe dele, que o viu saindo. Essa foi a última vez que ele foi visto. A caminho do local marcado para o encontro, Luciano mandou uma mensagem em áudio para o celular do irmão. Nela, diz que, caso alguma coisa acontecesse, o irmão saberia onde ele tinha ido. Luciano não voltou para casa naquele dia. Os familiares não estranharam, em um primeiro momento, pois acreditavam que ele e a mulher estavam juntos. No entanto, no dia seguinte, perceberam que isso não havia acontecido porque viram a mulher junto de outro homem, que seria o marido dela, em um posto de saúde da cidade. A Polícia Civil foi comunicada e a investigação começou. Em 31 de julho, a motocicleta de Luciano foi localizada dentro de um rio na localidade de Casa Branca, em uma região a cerca de 30 km de onde ele teria ido para encontrar a mulher. Familiares de Luciano disseram que, após isso, a mulher mandou, por celular, mensagens para eles dizendo que haviam terminado o relacionamento, que ele tinha estado onde marcaram o encontro, uma propriedade rural em Caraúno, e que ele havia deixado o local de motocicleta em direção ao perímetro urbano de Bom Jesus. Para a Polícia Civil, Luciano foi atraído e executado pelos suspeitos em Caraúno e teve sua motocicleta descartada em outra região. O objetivo do grupo seria encobrir o crime. Motocicleta de jovem que desapareceu em Bom Jesus foi localizada pela polícia Arquivo pessoal VÍDEOS: Tudo sobre o RS
Veja Mais

13/04 - Incêndio atinge galpão de igreja no bairro Vila Mariana, em São Sebastião do Paraíso, MG
Segundo relatos de testemunhas, o incêndio teve início devido a uma faísca originada durante um serviço de solda em uma estrutura metálica próxima à entrada do galpão. Incêndio atinge galpão de igreja no bairro Vila Mariana, em São Sebastião do Paraíso Um incêndio atingiu o galpão de uma igreja na tarde deste sábado (13) no bairro Vila Mariana, em São Sebastião do Paraíso (MG). 📲 Participe do canal do g1 Sul de Minas no WhatsApp O chamado de emergência ocorreu no período da tarde, quando uma densa nuvem de fumaça escura era visível saindo do interior do galpão. Os bombeiros chegaram rapidamente ao local e se depararam com um foco de incêndio na parte dos fundos. Incêndio atinge galpão de igreja no bairro Vila Mariana, em São Sebastião do Paraíso Corpo de Bombeiros Felizmente, no momento do incidente não havia um culto em andamento, mas uma quantidade considerável de voluntários estava presente, engajados nas atividades de manutenção da igreja. Segundo relatos de testemunhas, o incêndio teve início devido a uma faísca originada durante um serviço de solda em uma estrutura metálica próxima à entrada do galpão. As chamas atingiram uma espuma de isolamento acústico no teto, desencadeando um incêndio que gerou não apenas preocupação, mas também barulho, aumentando a tensão do momento. Contudo, a rápida ação dos voluntários e bombeiros permitiu a evacuação segura das pessoas presentes e a desativação do padrão de energia elétrica, evitando danos maiores. Incêndio atinge galpão de igreja no bairro Vila Mariana, em São Sebastião do Paraíso Corpo de Bombeiros Apesar de não terem sido observados danos significativos na estrutura física do imóvel, o incêndio afetou a parte elétrica e diversos componentes internos, deixando marcas de fuligem nas paredes e causando danos em uma caixa d'água, na espuma de isolamento acústico e em um painel frontal de metal. Por questões de segurança, o local foi imediatamente isolado e as autoridades decidiram pela suspensão temporária de reuniões públicas até que uma avaliação técnica completa seja realizada pela Defesa Civil. Veja mais notícias da região no g1 Sul de Minas
Veja Mais

13/04 - Homem é preso após xingar e ameaçar atear fogo na casa da namorada, em Pres. Prudente
Ocorrência de violência doméstica foi registrada, na manhã deste sábado (13), na Vila Líder. Delegacia Seccional de Presidente Prudente (SP) Arquivo/g1 Um homem, de 38 anos, foi preso em flagrante, na manhã deste sábado (13), por violência doméstica contra a namorada, uma mulher de 43 anos, na Vila Líder, em Presidente Prudente (SP). 📱 Participe do Canal do g1 Presidente Prudente e Região no WhatsApp Segundo o Boletim de Ocorrência, uma equipe da Polícia Militar foi acionada para atender uma briga de casal. No local, encontraram o envolvido na frente da residência e a vítima no quintal do imóvel. A mulher relatou que tinha uma medida protetiva contra o homem e afirmou que o namorado a impediu de sair na rua, pois iria matá-la com um tiro e atear fogo na residência. Já o homem disse à PM que tinha conhecimento da medida protetiva, porém havia retornado para casa há alguns dias. Além disso, neste sábado, o casal começou a discutir por causa da falta de gás de cozinha. Ele negou as ameaças. Ainda conforme o documento policial, a mulher disse que namorou com o envolvido por cerca de um mês e afirmou que ele é viciado em entorpecentes e uma pessoa agressiva, que a ameaça e a persegue. A vítima informou também que registrou um Boletim de Ocorrência contra ele, que resultou na concessão da medida protetiva. Após isso, não havia tido mais contato com o namorado. Porém, na noite desta sexta-feira (12), ele foi até sua casa e pediu desculpas, disse que estava arrumando um trabalho e iria mudar de vida. De acordo com o Boletim de Ocorrência, a mulher aceitou o envolvido novamente em sua casa e passaram a noite juntos. Na manhã deste sábado, ela conversava com seu filho na cozinha e ele chegou dizendo: “você está falando de homem”. A mulher pediu que ele saísse de sua casa, mas o homem disse que não sairia. Ela empurrou ele até a rua e, na sequência, o envolvido começou a xingá-la e proferir ameaças. O homem foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil. Em depoimento, disse que já foi preso “por vários crimes” e cumpriu 20 anos de pena. Ele relatou que o casal teve uma discussão há dois meses e a mulher fez um Boletim de Ocorrência contra ele. Além disso, na manhã deste sábado, os dois começaram a discutir porque o gás de cozinha tinha acabado. Ele ainda negou que tenha ameaçado a mulher de morte ou dito que iria atear fogo na casa. O delegado responsável pelo caso decretou a prisão em flagrante do envolvido por violência doméstica, que permaneceu à disposição da Justiça. VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.
Veja Mais

13/04 - VÍDEO: adolescente tenta assaltar motorista e é morto por PM de folga em Canoas, afirma Polícia Civil
Delegado plantonista que atendeu o caso liberou o policial por entender que ele agiu em legítima defesa de terceiro. Adolescente tenta assaltar motorista e é morto por PM de folga em Canoas Um policial militar (PM) atirou contra um adolescente de 16 anos, que morreu após uma tentativa de assalto a um motorista em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, segundo a Polícia Civil. O caso aconteceu na quinta-feira (11), por volta das 17h50, no Bairro Rio Branco. Câmeras de segurança mostram dois homens tentando assaltar um carro parado em frente a um portão. O motorista é retirado do veículo, reage e atravessa a rua (veja o vídeo acima). A imagem, então, é cortada e um dos assaltantes aparece no chão, enquanto outro foge. Um quarto homem, que seria o policial de folga, aparece e recolhe uma arma do chão. Tentativa de assalto ocorreu em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre Blog do Percolen/Divulgação A Polícia Civil afirma que o policial deu voz de prisão, ordem que não teria sido acatada, resultando no disparo e na morte do suspeito no próprio local. O delegado responsável pelo caso, Arthur Hermes Reguse, diz que o delegado interino na ocorrência liberou o PM por ter agido em legítima defesa de terceiro e pontua que a arma do agente passa por perícia. O delegado também afirma que o adolescente morto já tinha registro de ato infracional e que o segundo assaltante teria sido preso na sexta-feira (12). A situação do segundo homem ainda não foi confirmada pela Delegacia Policial de Pronto Atendimento de Canoas (DPPA). VÍDEOS: Tudo sobre o RS
Veja Mais

13/04 - Casal suspeito de tráfico é preso com mais de dois quilos de cocaína e R$ 20 mil em Tatuí
Conforme registro da Receita Federal, a carga de cigarros estava escondida atrás de diversas caixas com utensílios domésticos. Os itens apreendidos são avaliados em R$ 2,4 milhões. Durante a ação, que deu cumprimento à ordem judicial, os policiais civis encontraram na residência 2,4 kg de cocaína, 700g de crack e 140g de maconha, além de R$ 20.326,00 em dinheiro. Divulgação/Polícia Civil Um casal foi preso por suspeita de tráfico de drogas em Tatuí (SP) nesta sexta-feira (12). Segundo informações da Polícia Civil com eles foram apreendidos mais de dois quilos de maconha e R$ 20 mil. 📲 Participe do canal do g1 Itapetininga e Região no WhatsApp Uma operação conduzida pelos Policiais Civis do Setor de Investigações Gerais (SIG) da Delegacia de Tatuí resultou no desmantelamento do esquema de tráfico de drogas nas proximidades do Village Engenheiro Campos. Durante a ação, que deu cumprimento à ordem judicial, os policiais civis encontraram na residência 2,4 kg de cocaína, 700g de crack e 140g de maconha, além de R$ 20.326,00 em dinheiro. Além das drogas e do dinheiro, foram apreendidos celulares e quatro veículos, possivelmente utilizados no transporte e logística do esquema criminoso. As diligências foram desencadeadas após informações que indicavam um casal como suspeito de armazenar e comercializar entorpecentes na área. Os agentes iniciaram as investigações e, após trabalhos de campo, confirmaram que o homem e a mulher eram mesmo os responsáveis pelo comércio ilegal de drogas na região. Com base nas evidências coletadas, a autoridade policial representou junto ao Poder Judiciário e obteve um Mandado de Busca Domiciliar para o imóvel do casal. Após os procedimentos de polícia judiciária, o casal ficou à disposição da Justiça. Veja mais notícias no g1 Itapetininga e Região VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM
Veja Mais

13/04 - Idoso é atropelado por moto ao atravessar fora da faixa de pedestre em Nova Friburgo
Acidente aconteceu na tarde deste sábado (13), na Avenida Dr. Galdino do Vale Filho, no Centro. Homem é atropelado por moto ao atravessar avenida em Nova Friburgo Um idoso de 65 anos foi atropelado por uma moto na tarde deste sábado (13), na Avenida Dr. Galdino do Vale Filho, na altura do antigo Clube do Xadrez, no Centro, em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio. Câmeras de segurança de um bar registraram o momento do acidente. Na imagem é possível ver a vítima atravessando fora da faixa de pedestres quando foi atingido pelo motociclista. O idoso e o condutor da moto foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e levados para o Hospital Municipal Raul Sertã, no Centro. Não há informações sobre o estado de saúde das vítimas. Segundo dados do Corpo de Bombeiros, foram registrados 28 atropelamentos neste ano em Nova Friburgo.
Veja Mais

13/04 - Corisco, cangaceiro do bando de Lampião, é absolvido em júri épico realizado no Sertão de Alagoas
Cristino Gomes da Silva Cleto foi absolvido da acusação de matar e decapitar parte da família de Domingos Gomes. Cleiton Gomes da Silva Cleto, o Corisco, foi condenado em júri épico Cadu Moura /Comissão organizadora Um dos personagens mais famosos do Cangaço foi Cristino Gomes da Silva Cleto, o Corisco. Ele fazia parte do bando de Lampião e foi acusado de matar parte da família de Domingos Ventura. Ele acreditava que Domingos foi o responsável por entregar o esconderijo de Lampião para a polícia. Para julgar esses crimes, foi realizado em Piranhas, interior de Alagoas o ‘Juri Épico de Corisco’. A encenação, que teve recursos de um julgamento real, declarou Corisco, inocente, por 4 votos a 3. Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Telegram O júri contou com uma defesa feita por advogados e defensores públicos. A enceração do julgamento foi feita pelo juiz Cleiton Ferreira, de Sergipe. O julgamento começou às 9h no Instituto Federal de Alagoas (IFAL) de Piranhas. Os jurados foram escolhidos por sorteio. Corisco foi absolvido da acusação de matar e decapitar parte da família de Domingos, na Fazenda de Patos, em Piranhas, poucos dias depois da emboscada em que a volante da polícia matou Lampião, Maria Bonita e parte do seu bando de cangaceiros. Constava nos autos que Corisco acreditava que Domingos tinha revelado o esconderijo de Lampião e vingou a morte do amigo. Cristino Gomes da Silva Cleto, o Corisco Arquivo Pessoal Durante dos dois dias de julgamento, sexta (12) e sábado (13), aconteceram palestras sobre a história do cangaço. A tarde de sábado foi destinada para aos debates entre acusação e defesa. Foram duas horas e meia para as alegações de promotores do Ministério Público e outras duas horas e meia para advogados e defensores. Só depois disso, os jurados seguiram para a sala secreta. Até que à noite, a sentença foi lida pelos juízes, declarando Cleiton Gomes da Silva Cleto, inocente das acusações. O ator Jedson Carlos, de Delmiro Gouveia, deu a vida ao cangaceiro no júri épico que lotou o auditório do Ifal. Ele disse que foram meses de estudos, se preparando para interpretar o cangaceiro. Participe do canal do g1 AL no WhatsApp 📲 Cleiton nasceu em Água Branca, interior de Alagoas. Aos 17 anos, matou um protegido de um coronel da época e fugiu. Se juntou ao cangaço e se tornou amigo fiel de Lampião. A fama de cangaceiro valente, rendeu a Cristino o apelido de Corisco. Em março deste ano, o filho de Corisco e Dádá, Silvio Hermano Bulhões, morreu aos 88 anos. Ele era economista, professor e escritor e tinha muito orgulho dos pais e da história do cangaço. Cristino Gomes da Silva Cleto, o Corisco, fazia parte do bando de Lampião Arquivo Pessoal O Cangaço O cangaço em sua forma de “banditismo” foi um dos últimos movimentos do nosso país de luta armada e de classe pobre que dominou por um longo período de tempo o nordeste brasileiro. Virgulino Ferreira conhecido como Lampião foi um dos maiores líderes da história dos movimentos armados independentes do Brasil. Em julho de 1938, chegava ao fim a trajetória do líder cangaceiro mais polêmico e influente no cangaço. A versão oficial conta que Lampião e a maior parte de seus grupos estavam acampados em Sergipe, na fazenda Angicos, quando foram surpreendidos. Ao todo foram 11 cangaceiros mortos, entre eles Lampião e Maria Bonita, sua esposa. As cabeças deles ficaram expostas nas escadarias da Prefeitura de Piranhas, interior de Alagoas. Fotografia icônica mostra as cabeças de Lampião (última de baixo), Maria Bonita (logo acima de Lampião) e outros cangaceiros do bando. No canto esquerdo superior, uma placa lista os nomes e indica a data em que eles foram mortos Reprodução de 'Ciclo do Cangaço: Memórias da Bahia', de José Castro/Wikipedia Assista aos vídeos mais recentes do g1 AL Veja mais notícias da região no g1 AL
Veja Mais

13/04 - Troca de tiros assusta moradores do Minha Casa Minha Vida em Cabo Frio
O tiroteio ocorreu no bairro Jardim Esperança na madrugada deste sábado (13). Segundo a polícia, ninguém ficou ferido e nenhum suspeito foi localizado. Um tiroteio na madrugada deste sábado (13), no Condomínio Minha Casa Minha Vida, no bairro Jardim Esperança, em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, deixou moradores assustados. Segundo a Polícia Militar, a troca de tiros ocorreu por volta das 4h30. Nenhum suspeito foi localizado e ninguém ficou ferido. Ainda de acordo com a polícia, o confronto teria sido motivado por uma disputa de facções para o domínio de tráfico de drogas na Região. O policiamento foi reforçado nas localidades do Condomínio Minha Casa Minha Vida, Valão, Morro do Limão, Jardim Peró, Tangará, Boca do Mato, Monte Alegre e Parque Eldorado II e III. Cerca de 90 policiais Homem baleado Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que, por volta de 5h30 da manhã deste sábado (13), policiais militares do 25ºBPM (Cabo Frio), foram acionados para uma ocorrência de lesão corporal na Estrada dos Búzios, Jardim Esperança, Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio. De acordo com o comando da unidade, a equipe foi até o Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos, no bairro Jardim Esperança, e foi constatado que um homem de 21 anos havia sido socorrido e levado para a unidade após ser atingido por tiros. Após a vítima ser transferida para Hospital Regional de Araruama, a equipe foi com a irmã dela para a 126ªDP, onde o caso foi registrado. Não há informações se há ligação com os dois casos.
Veja Mais

13/04 - Acidente entre duas ambulâncias deixa seis pessoas feridas em MT
De acordo com a Polícia Civil, no momento do acidente, um dos veículos levava um paciente até o hospital municipal, enquanto o outro buscaria uma pessoa que precisava de atendimento médico. Seis pessoas ficaram feridas após duas ambulâncias baterem de frente Reprodução Seis pessoas ficaram feridas após duas ambulâncias baterem de frente, na Rua Amambai, em Pedra Preta, a 243 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Civil, no momento do acidente, um dos veículos levava um paciente até o hospital municipal, enquanto o outro buscaria uma pessoa que precisava de atendimento médico. Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde lamentou o ocorrido e disse que a prefeitura “lamenta profundamente o incidente e já está prestando todo o apoio necessário tanto ao paciente envolvido quanto aos motoristas das ambulâncias”. ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 MT no WhatsApp Conforme o boletim de ocorrência, uma das ambulâncias estava com a sirene ligada Reprodução Conforme o boletim de ocorrência, uma das ambulâncias estava com a sirene ligada e teria avançado a placa de pare, momento em que bateu contra o veículo e a calçada e, em seguida, capotou. A polícia informou que, antes de chegarem no local, três pacientes haviam sido encaminhados para o hospital local, por meio de uma terceira ambulância. O quadro de saúde das vítimas não foi divulgado.
Veja Mais

13/04 - Irã ataca Israel: conflito tem potencial de ser o maior no Oriente Médio desde a 2ª Guerra Mundial, dizem colunistas; VÍDEO
Para Guga Chacra, ataque de drones do Irã a Israel é uma tentativa de resposta 'calibrada' e 'proporcional' ao bombardeio sofrido por sua embaixada na Síria. Caso a intensidade da ofensiva cresça, um potencial conflito seria o maior em quase 100 anos. Imagem da cidade de Tel Aviv na noite do dia 13 de abril de 2024, quando o Irã enviou drones para atacar Israel Reprodução vídeo/Reuters O Irã enviou drones e mísseis para atacar o território de Israel neste sábado (13), disseram militares israelenses. Os drones vão demorar horas para alcançar o território israelense, o que não havia acontecido até a última atualização desta reportagem. ✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp Comentaristas da GloboNews atualizam as informações da resposta iraniana a Israel e analisam as possíveis consequências no Oriente Médio. Confira, a seguir, as análises dos comentaristas. Guga Chacra Guga Chacra: "Ataque é reposta proporcional, na visão iraniana" O comentarista da GloboNews Guga Chacra avalia que os líderes iranianos temem que a tensão com Israel evolua para uma guerra e decidiram por uma resposta "calibrada" e "proporcional" ao bombardeio israelense na embaixada do Irã na Síria, que matou sete membros da Guarda Revolucionária iraniana, no início do mês. Guga Chacra: "Guerra entre Irã e Israel seria a maior do Oriente Médio desde a 2ª Guerra Mundial" Guga alerta também para uma eventual escalada no grau de intensidades nos ataques do Irã a Israel nas próximas horas. Neste caso, um potencial conflito se configuraria como "o maior no Oriente Médio desde a 2ª Guerra Mundial". Sandra Coutinho Guarda Revolucionária Iraniana confirma lançamento de drones e de mísseis Sandra Coutinho informa que o ministro da Defesa de Israel e a Guarda Revolucionária Iraniana confirmam que o ataque, além de drones, lança mísseis contra o território israelense. Guarda Revolucionária Iraniana confirma lançamento de drones e de mísseis A comentarista diz que o Domo de Ferro israelense deve atuar para bloquear a ofensiva iraniana e avalia que o governo de Israel deverá produzir uma nova resposta ao Irã. Ela informa também que Joe Biden está em uma reunião na mais importante sala da Casa Branca para situações de crise. Vitelio Brustolin Vitelio Brustolin: "Ataque com drones é uma distração para ataque com mísseis" Vitelio Brustolin, professor de relações internacionais da UFF e pesquisador de Harvard, afirma que, com a ofensiva iraniana, entrou-se em "uma nova fase" do conflito entre dois países que são "potências bélicas" e que, inclusive, dispõem de poderio nuclear. Ele explica que os ataques com drones não são efetivos e que, possivelmente, as máquinas disparadas pelo Irã nem chegarão ao território de Israel. "São uma distração por um ataque conjunto de drones e mísseis", diz. O que se sabe sobre o ataque do Irã O Irã enviou drones para atacar o território de Israel neste sábado. Os drones podem demorar horas para chegar até o alvo. Pessoas no Iraque, país vizinho do Irã que fica no caminho para Israel, afirmam que viram mais de 20 drones nos ares. As forças de defesa israelenses afirmaram que estão preparadas para o ataque. O ataque é uma retaliação do Irã contra Israel: em 1º de abril, a embaixada iraniana na cidade de Damasco, na Síria, foi atingida, e sete pessoas morreram —entre elas, um comandante sênior da Guarda Revolucionária do Irã. Antes mesmo do ataque, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse que Israel estava de prontidão para um ataque direto do Irã e que responderia da mesma forma. "Nossos sistemas de defesa estão em prontidão e estamos preparados para qualquer cenário", disse ele. Segundo fontes da agência de notícias Reuters, autoridades de defesa da Jordânia decretaram estado de emergência e afirmaram que estão prontas para interceptar e derrubar drones que invadirem seu espaço aéreo (um drone que decola do Irã e tem Israel como alvo precisa passar pela Jordânia). Irã dispara drones contra Israel Arte/g1 LEIA TAMBÉM Irã e Israel: qual o tamanho dos efetivos militares dos dois países Irã tem mísseis de longa distância capazes de atingir Israel; país tem maior arsenal do Oriente Médio Ameaça de Irã atacar Israel é 'real', diz Casa Branca; países orientam cidadãos a não viajar para a região Irã diz ter apreendido 'navio ligado a Israel'
Veja Mais

13/04 - VÍDEO: Kombi tomba após ser atingida por carro em Matão
Não houve feridos no acidente que aconteceu na manhã deste sábado (13). Câmeras de segurança flagraram momento em que Kombi é antigida por carro e tomba em Matão Uma Kombi tombou após ser atingida por um carro no cruzamento da rua Sinharinha Frotta com a avenida Nhonhô Magalhães, na manhã deste sábado (13), em Matão (SP). 📲 Participe do canal do g1 São Carlos e Araraquara no WhatsApp Kombi tomba após ser atingido por carro em Matão Reprodução câmera de segurança Pelas imagens de câmera de segurança da região é possível ver quando os veículos se chocam. O carro não respeita o sinal de Pare e bate na Kombi. Com o impacto, ela tomba. De acordo com informações da polícia militar, o motorista da perua não teve ferimentos, mas foi socorrido pelo filho e levado ao hospital. Veja os vídeos da EPTV Central Veja mais notícias da região no g1 São Carlos e região
Veja Mais

13/04 - Homem perde controle da moto, quase atropela mulher em calçada e bate de frente em portão de salão de beleza em Olinda; VÍDEO
Acidente aconteceu na manhã deste sábado (13), no bairro de Rio Doce, e deixou dois feridos. Eles chegaram com vida ao Hospital da Restauração, segundo a prefeitura. Moto bate de frente com portão de salão de beleza em Olinda Dois homens ficaram feridos após a moto em que eles estavam bater de frente com o portão de um salão de beleza no bairro de Rio Doce, em Olinda, no Grande Recife, na manhã deste sábado (13). Imagens enviadas ao WhatsApp da TV Globo mostram o momento do acidente (veja vídeo acima). A batida aconteceu por volta das 8h, na altura do número 145 da Avenida Brasil, próximo ao limite com Paulista. Eles vinham do bairro de Maranguape, em Paulista, em direção a Olinda. Os vídeos mostram que o homem que conduzia a morto perdeu o controle do veículo ao fazer uma curva na via. ✅ Clique aqui para seguir o novo canal do g1 PE no WhatsApp. As imagens mostram que, em questão de segundos, a moto passa pela canaleta e, logo em seguida, tomba após subir a calçada em um trecho em que há uma rampa. O veículo passa bem próximo de uma mulher que estava em pé na calçada, mas que não se feriu no acidente. Ainda na moto, os dois homens penderam para o lado direito, enquanto bateram de frente com a porta de vidro do salão de beleza. A parte traseira do veículo levantou com o impacto da batida e, depois, caiu ao lado da dupla. Acidente de moto na Avenida Brasil, em Olinda, deixa dois homens feridos Reprodução/WhatsApp Uma testemunha disse ao g1 que, cerca de meia-hora após a colisão, uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e viaturas do Corpo de Bombeiros chegaram ao local para fazer o socorro. Quatro viaturas dos bombeiros foram até o local, incluindo uma motorresgate. De acordo com essa testemunha, os dois homens estavam vivos, embora bastante feridos por causa do impacto da batida, e um deles tinha um corte no pescoço e estava muito ensanguentado. Um dos homens, de idade não informada, foi socorrido pelo Samu. O outro, de 37 anos, foi levado pelos bombeiros. Segundo a prefeitura de Olinda, os dois feridos foram levados com vida para o Hospital da Restauração, que fica no bairro do Derby, na área central do Recife. Como os nomes dos feridos não foram divulgados, não foi possível ter acesso ao estado de saúde dos pacientes. Ainda segundo a pessoa que presenciou o acidente, o vidro do portão do salão de beleza ficou destruído e as grades da parte de dentro ficaram retorcidas. O estabelecimento fechou após a colisão e não funcionou durante todo o dia. VÍDEOS: mais vistos de Pernambuco nos últimos 7 dias
Veja Mais

13/04 - Homem de 29 anos é baleado na virilha por PM após tentar invadir residência com facão em Poços de Caldas, MG
Segundo informações da Polícia Militar, homem tentava invadir casa onde estavam um jovem e três crianças com um facão; ele partiu para cima de militar e foi atingido. Homem de 29 anos é baleado na virilha por PM após tentar invadir residência com facão Um homem de 29 anos foi baleado na virilha e no pé por um policial militar na manhã deste sábado (13) no bairro Jardim Santa Helena, em Poços de Caldas (MG). 📲 Participe do canal do g1 Sul de Minas no WhatsApp Segundo a Polícia Militar, o homem estaria agressivo e tentando entrar em uma casa onde estavam um jovem de 19 anos e três crianças com um facão. Homem de 29 anos é baleado na genitália por PM após tentar invadir residência com facão em Poços de Caldas Raquel Freitas/TV Globo A polícia esteve no local e tentou falar com o homem para que ele largasse o facão. Além de não atender, o homem ainda partiu para cima dos militares e acabou atingido pelo tiro. O homem foi levado para a Santa Casa de Poços de Caldas, onde a bala foi removida da região da virilha. Segundo o hospital, ele segue estável e sem risco. A perícia da Polícia Civil esteve no local. Veja mais notícias da região no g1 Sul de Minas
Veja Mais

13/04 - Cerca de 70 mil pés de maconha são encontrados na BA; plantação produziria 21 toneladas da droga
Droga foi localizada na zona rural de Abaré, município do norte do estado. O cultivo era feito em área de 15 mil metros quadrados e possuía um esquema de irrigação. Plantação de maconha localizada em Abaré SSP-BA Cerca de 70 mil pés de maconha foram encontrados em Abaré, no norte da Bahia, na sexta-feira (12). A plantação produziria 21 toneladas da droga, segundo peritos da Polícia Federal (PF). 📱 NOTÍCIAS: faça parte do canal do g1BA no WhatsApp Os agentes localizaram as ervas durante uma ação integrada entre a PF e a Polícia Militar do estado. Como de praxe, a plantação foi incinerada. Plantação localizada em Abaré produziria 21 mil toneladas de maconha SSP-BA “Deflagramos a ação e encontramos o plantio da erva na região do Riacho Chamegó, próximo à entrada da Icozeira, zona rural da região que divide as cidades de Abaré e Chorrochó”, indicou o capitão Érico de Carvalho, comandante da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Caatinga. LEIA MAIS Homem e mulher presos com cocaína em cruzeiro na Bahia são liberados em audiência de custódia Polícia apreende mais de 60 kg de drogas no interior da Bahia Plantação de mil pés de maconha é destruída pela polícia no norte da BA De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a droga era cultivada em uma área de 15 mil metros quadrados e possuía um esquema de irrigação. Uma amostra foi colhida e levada para a Delegacia da Polícia Federal de Juazeiro, também na região norte baiano. Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻
Veja Mais

13/04 - 'Fofão de trenzinho' é atropelado ao atravessar rua em Jarinu; vídeo
Conforme apurado pela reportagem, dançarino sofreu uma fratura na perna e foi socorrido para um hospital da cidade. Motorista do veículo fugiu. Dançarino é atropelado ao descer de 'trenzinho' e atravessar rua em Jarinu Um homem que interpreta o personagem "Fofão" em um "trenzinho" de passeios infantis foi atropelado por um carro na Avenida Independência, em Jarinu (SP), na noite de sexta-feira (12). O motorista do carro fugiu. 📱 Participe do canal do g1 Sorocaba e Jundiaí no WhatsApp Conforme apurado pela TV TEM, o homem teria atravessado a rua para pegar a cartinha de uma criança que estava do outro lado da rua, quando foi atingido pelo veículo. O acidente foi registrado por câmeras de segurança (assista acima). O dançarino foi levado para um hospital da cidade. Ele sofreu uma fratura na perna e estado de saúde dele é estável. O responsável pelo trenzinho informou à TV TEM que registrará um boletim de ocorrência. Até a tarde deste sábado (13), o motorista do veículo não havia sido identificado. Dançarino que interpreta 'Fofão' é atropelado ao descer de 'trenzinho' e atravessar rua para pegar carta de criança em Jarinu Reprodução/Redes Sociais Veja mais notícias da região no g1 Sorocaba e Jundiaí VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM
Veja Mais

13/04 - Deputado estadual e empresário trocam agressões e se envolvem em confusão em Boa Vista
Os dois foram encaminhados ao Distrito Policial para as providências cabíveis. Renato Silva (Pros) está no segundo mandato como deputado e foi reeleito em 2022 com 6.331 votos. Renato Silva (Pros) está no segundo mandato Ale-RR/Divulgação O deputado estadual Renato Silva (Pros), de 37 anos, e o empresário Walker de Oliveira Thomé, de 48 anos trocaram agressões e se envolveram em uma confusão nessa sexta-feira (12) na avenida Ville Roy, no bairro Paraviana, em Boa Vista. A ocorrência iniciou quando a Polícia Militar passava pela avenida e se deparou com uma confusão generalizada. O tumulto foi marcado por gritarias e agressões mútuas não sendo possível identificar nitidamente os envolvidos, segundo a PM. À Rede Amazônica, o deputado informou que o empresário iniciou as provocações. Disse ainda que o deputado já tem processos contra o empresário, no qual ele já foi condenado e afastado do seu cargo no Tribunal de Contas do Estado. “Antes de ser deputado, sou homem, pai, esposo e jamais aceitarei ninguém desonrar minha família", concluiu. O g1 tenta contato com o empresário. Depois da confusão, Renato Silva e os acompanhantes continuaram no local, enquanto o empresário saiu. A PM pediu apoio e repassou as características do veículo em que ele estava. O carro foi abordado por outra viatura. O carro era conduzido pela esposa do empresário, de 45 anos. O homem relatou à PM que estava em um estabelecimento na Ville Roy quando foi agredido pelo deputado, o que causou hematomas no braço direito e no nariz. A esposa dele tentou afastá-lo da confusão e também ficou com marcas de hematomas no braço direito e do lado direito do pescoço. Os policiais entraram em contato com o deputado, que permaneceu no estabelecimento. Ele informou à guarnição que foi agredido pelo empresário, por isso estava com hematomas no lado direito do pescoço. Os dois foram encaminhados ao Distrito Policial para as providências cabíveis. Renato Silva era réu e foi absolvido em uma ação criminal por porte ilegal de arma de fogo em que ele entrou numa clínica e constrangeu uma veterinária. Ele está no segundo mandato como deputado e foi reeleito em 2022 com 6.331 votos. Leia outras notícias do estado no g1 Roraima. 📲 Acesse o canal do g1 Roraima no WhatsApp
Veja Mais

13/04 - Dois anos após anúncio, Prefeitura de Piracicaba firma contrato para instalar caçambas em ecopontos
Espaços têm frequentes superlotações e a medida visa facilitar recolhimento dos resíduos. Ecoponto Jardim Oriente, em Piracicaba Divulgação/ Prefeitura de Piracicaba Dois após o anúncio, a Prefeitura de Piracicaba (SP) contratou uma empresa para instalação de um sistema de caçambas em ecopontos da cidade. A cidade enfrenta frequentes superlotações nos espaços e a medida, que integra o projeto Ecopira, visa facilitar o recolhimento desses resíduos. O projeto foi anunciado, em dezembro de 2021, como uma das principais ações de planejamento estratégico da Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) - hoje denominada Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap) -, com previsão de custo de R$ 1 milhão. LEIA MAIS: Com queda de 38,2% na coleta seletiva em quatro anos, prefeitura estuda passar a aceitar recicláveis em ecopontos A licitação inclui nove caçambas: quatro serão alocadas no Ecoponto do Jardim Oriente, outras quatro no Ecoponto do Santo Antônio e uma ficará como reposição. A Simap informa que, com o uso das caçambas, será possível carregar um volume maior de material, dos tipos massa verde e madeira. Segundo a prefeitura, os sete ecopontos da cidade geram, em média, 4 mil toneladas por mês, que são gerenciadas e encaminhadas para o Setor de Resíduos. Os materiais recebidos nesses locais são resíduos de construção civil, restos de jardinagem (podas e cortes de árvores) e madeira (exceto móveis). Como vai funcionar? 🗑️ As caçambas de 39 metros cúbicos (m³) serão alocadas ao lado de platôs nos ecopontos; Os usuários descartarão os resíduos dentro dessas caixas; Periodicamente, o caminhão, que é do tipo roll on, vai içar a caixa e, depois, fará o transporte até o local que dará destinação ambientalmente correta. "Sendo assim, o processo de retirada é facilitado e, além disso, os descartes não serão mais diretamente no solo, o que atribui um visual melhor", informou a pasta. Hoje, os resíduos sólidos são depositados nos ecopontos em pilhas, direto no solo, onde permanecem até recolhimento e transporte para área de disposição final. Atualmente, a empresa atua na fabricação das estruturas. O valor do contrato é de R$ 408,6 mil e não especifica uma data para entrega delas, mas apenas que "o contrato terá vigência até a entrega definitiva do objeto". E que, após atestada a qualidade do produto fabricado, ele deve ser entregue em até 30 dias. O g1 questionou a prefeitura, que informou que "as caçambas chegando, serão alocadas já em seguida". ARQUIVO: Ecoponto no Jardim Oriente, em Piracicaba, em abril de 2021 Divulgação/ Prefeitura de Piracicaba Lotação e incêndios 🔥 Os ecopontos de Piracicaba já foram alvo de reclamações de moradores várias vezes por lotação. A unidade que fica no Jardim Oriente chegou a ser incendiada pelo menos quatro vezes. Empresa de coleta de lixo de Piracicaba é investigada por problemas de descarte Em maio de 2021, a Prefeitura de Piracicaba divulgou que a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) tinha proibido o recebimento de resíduos sólidos na Central de Tratamento de Resíduos (CTR) Palmeiras - Ecoparque. De acordo com a administração municipal, o órgão expediu documento apontando que a CTR não possuía “áreas suficientes, em condições ambientalmente adequadas para o armazenamento desses resíduos”. Pouco depois, o g1 mostrou a lotação em ecopontos e reclamações de moradores sobre a situação. Entenda como usar os ecopontos ✅ Os ecopontos são equipamentos destinados à entrega voluntária de pequenos volumes de resíduos sólidos (até 1 metros cúbicos) por pessoa diariamente; Eles estão preparados para receber resíduos da construção civil, poda de árvores, além de papelão, papéis, metal e plástico; Em Piracicaba existem 7 Ecopontos ativos, distribuídos nos bairros Mário Dedini I e II, Monte Rey, Bosque dos Lenheiros, Jardim Oriente, Ártemis e Santo Antonio. VÍDEOS: Veja reportagens sobre a região Veja mais notícias da região no g1 Piracicaba
Veja Mais

13/04 - Em votação acirrada, promotores e procuradores definem lista tríplice para chefia do MP-SP; nome será escolhido por Tarcísio de Freitas
Concorreram os procuradores José Carlos Cosenzo, Antônio Carlos da Ponte, Paulo Sérgio de Oliveira e Costa, Tereza Exner e José Carlos Bonilha; 2 mil membros do Ministério Público estadual participaram da votação para procurador-geral de Justiça. Prédio do Ministério Público de São Paulo, no Centro de São Paulo Divulgação Membros do Ministério Público de São Paulo definiram neste sábado (13) a lista tríplice para o cargo de procurador-geral de Justiça no biênio 2024-2026. Concorreram os procuradores José Carlos Cosenzo, Antônio Carlos da Ponte, Paulo Sérgio de Oliveira e Costa, Tereza Exner e José Carlos Bonilha. 2 mil promotores e procuradores participaram da votação, que começou às 9h e foi encerrada às 17h; Cosenzo teve 1.004 votos; Seguido por Antônio Carlos da Ponte (987); Paulo Sérgio (731); Tereza Exner (508) e José Carlos Bonilha (467) ficaram de fora da lista. Cosenzo e Costa foram nomes apoiados pelo ex-procurador-geral Mário Sarrubbo, que deixou o cargo para assumir a Secretaria Nacional de Segurança Pública a convite do ministro Ricardo Lewandowski. Já Ponte fazia oposição a Sarrubbo. Agora, cabe ao governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) escolher, entre os três mais votados, quem assumirá o cargo máximo no Ministério Público estadual. Entre as funções do chefe do MP-SP, estão: garantir o andamento administrativo da instituição, zelar pela unidade e pelo cumprimento das funções constitucionais do órgão, atuar em casos específicos de demandas judiciais, sejam elas cíveis, criminais ou eleitorais. Além disso, a Procuradoria-Geral de Justiça é responsável por provocar a Justiça em casos de dispositivos inconstitucionais editados por municípios ou pelo Estado. José Carlos Cosenzo é subprocurador-geral de Justiça de Políticas Criminais do MP-SP; Antônio Carlos da Ponte é ex-secretário adjunto da Segurança Pública de SP; Paulo Sérgio Oliveira e Costa é ex-diretor da Escola Superior do MP-SP; Tereza Exner é ex-corregedora do MP-SP; José Carlos Mascari Bonilha é ex-diretor-geral do MP-SP. Antônio Carlos da Ponte foi o 1º colocado em eleição do MP paulista em 2020, quando o então governador João Doria optou por Sarrubbo – o 2º mais votado. À época, ele teve 1.020 votos, contra 657 a favor de Sarrubbo. Mario Sarrubbo. Divulgação/GESP
Veja Mais

13/04 - Irã ataca Israel: conheça o 'Domo de Ferro', sistema de defesa israelense que intercepta e destrói mísseis
Irã atacou Israel com mísseis e drones neste sábado (13). Entenda como funciona o "domo de ferro" de Israel O Irã disparou drones e mísseis contra Israel neste sábado (13). Para minimizar os estragos, os israelenses contam com um escudo, conhecido como "Domo de Ferro". Saiba mais sobre esse sistema: Domo de Ferro intercepta foguetes inimigos sob cidade israelense, em 9 de outubro de 2023 REUTERS/Amir Cohen 🔍 Desenvolvimento: As pesquisas para a instalação de um sistema de defesa aérea começaram há mais de 35 anos. À época, Israel assinou um contrato com os Estados Unidos para participar de um projeto de defesa estratégica. Segundo o Ministério da Defesa de Israel, em 1986 foi tomada a decisão para o desenvolvimento de um sistema que pudesse atender as necessidades de segurança do país. Ferramentas de defesa foram criadas nos anos seguintes, a partir das pesquisas. No entanto, o desenvolvimento do atual "Domo de Ferro" começou em 2007. ✅ Início das operações: Foi apenas em março de 2011 que o sistema se tornou operacional. Antes disso, o escudo passou por diversos testes, sendo aprovado. Em abril de 2011, o Domo de Ferro derrubou um míssil lançado contra uma cidade do sul do país. Desde então, novos testes foram feitos, com ataques interceptados. 💥 Como funciona: Basicamente, o sistema conta com diversos instrumentos de monitoramento, como radares, que conseguem identificar ataques inimigos. Quando um ataque é identificado, a tecnologia calcula a trajetória do foguete inimigo e verifica se uma área urbana será bombardeada. O sistema, então, lança um míssil interceptor que explode o artefato inimigo ainda no ar. A ferramenta é móvel, podendo funcionar e ser instalada em qualquer lugar do país. As baterias com os mísseis interceptores podem ser instaladas em veículos militares, por exemplo. Como funciona o Domo de Ferro Arte/g1 🪖 Eficiência: Segundo o Ministério da Defesa, o Domo de Ferro consegue interceptar cerca de 90% dos ataques inimigos. O sistema continua em evolução, com apoio dos Estados Unidos. Israel x Irã A apreensão do navio ocorre em meio ao aumento da tensão entre os dois países. A crise começou depois que autoridades iranianas acusaram Israel de um bombardeio ao consulado do país na Síria, que matou um comandante e outros seis oficiais da Guarda Revolucionária Iraniana. O governo israelense não assumiu a autoria. Os Estados Unidos posicionaram navios de guerra para proteger Israel. O presidente americano Joe Biden disse que uma retaliação ao bombardeio pode acontecer em breve e alertou ao Irã que não ataque. Biden ainda garantiu que Washington vai proteger Israel caso o governo iraniano decida atacar. Por precaução, vários países como França, Reino Unido, Alemanha e Rússia pediram aos cidadãos que evitem viagens para a região.
Veja Mais

13/04 - Mulher é presa suspeita de revender em brechó roupas encontradas em caminhonetes furtadas pelo marido
Marido dela foi preso no fim de março, suspeito de furtar 10 caminhonetes em Paranavaí. Com ele, foi apreendido um tablet que ajudava a codificar sistema do veículo e facilitar crime, segundo polícia. Mulher é presa suspeita de revender em brechó roupas encontradas em caminhonetes furtadas pelo marido PCPR Uma mulher foi presa suspeita de revender no próprio brechó roupas encontradas dentro de camionetes furtadas pelo marido dela. ✅ Siga o canal do g1 PR no WhatsApp ✅ Siga o canal do g1 PR no Telegram Segundo a Polícia Civil do Paraná, a prisão da mulher foi na manhã deste sábado (13), em Porto Rico, no noroeste do estado. "Ela tinha ciência de que o marido praticava esses furtos de caminhonete. Não é à toa que ela revendia esses itens que eram encontrados nessas caminhonetes em seu brechó", detalhou o delegado Gilson Matos. A mulher responde por receptação qualificada, crime com pena de três a oito anos de prisão. Ela não teve direito à fiança. Conforme o delegado, as investigações continuam, a fim de identificar outros envolvidos nos furtos. LEIA TAMBÉM: 'Vamos economizar': Casal compra casa abandonada e reforma com as próprias mãos Investigação: Polícia prende suspeito de incendiar escola por ciúmes de adolescente Sete presos: Operação mira grupo envolvido em furtos de agências bancárias no PR e SC Homem usava equipamentos para codificar veículos furtados Câmeras de segurança flagraram furtos de caminhonetes Reprodução/RPC O marido da suspeita foi preso em março, suspeito de furtar 10 caminhonetes em Paranavaí. Com ele, foi apreendido um tablet que, conforme a investigação, ajuda a codificar o sistema do veículo, facilitando o furto. "Ele disse que pagou R$ 25 mil por este aparelho, que, conforme o próprio suspeito, é de última geração", afirmou o delegado Gilson Matos. A polícia obteve imagens de câmeras de segurança que mostram os crimes. Nas imagens, é possível observar que o suspeito se aproxima da caminhonete, abre a porta e foge. VÍDEOS: Mais assistidos do g1 Paraná Leia mais notícias da região no g1 Norte e Noroeste.
Veja Mais

13/04 - Suspeito de furto é preso após ação da PM em Monte Alegre; objetos roubados foram recuperados
A prisão ocorreu na manhã deste sábado no bairro de Curintafã. PM de Monte Alegre prende suspeito de furto Divulgação A Polícia Militar prendeu, na manhã deste sábado (13), um suspeito de furto que ocorreu em uma residência no bairro Serra Ocidental, em Monte Alegre, no oeste do Pará. Os objetos roubados também foram recuperados pela equipe policial. ✅ Clique aqui e siga o canal g1 Santarém e Região no WhatsApp De acordo com as informações da PM, com ajuda de imagens do sistema de segurança, as autoridades conseguiram identificar o suspeito e, após diligências, foi localizado em uma residência situada no bairro de Curintafã. Objetos roubados são recuperado pela PM em Monte Alegre Divulgação Ainda conforme a PM, no local também foram encontrados os pertences roubados da vítima. Entre os itens recuperados, havia um notebook, uma bolsa de transporte, um tapete, dois pares de tênis e uma bola de vôlei. O suspeito foi detido e conduzido à autoridade policial competente para os procedimentos legais cabíveis. VÍDEOS: mais vistos do g1 Santarém e Região
Veja Mais

13/04 - Motorista e três passageiros ficam feridos após carro bater em árvore em Bento de Abreu
Segundo a Polícia Rodoviária, o motorista estava embriagado, dirigindo em alta velocidade, quando perdeu o controle da direção. Um acidente deixou quatro pessoas feridas durante a madrugada deste sábado (13) em Bento de Abreu (SP). Segundo a Polícia Rodoviária, um carro que seguia sentido Araçatuba (SP) capotou e bateu em uma árvore. O motorista estava embriagado, dirigindo em alta velocidade, quando perdeu o controle da direção, completou a polícia. Ele e os três passageiros foram socorridos e levados ao pronto-socorro de Valparaíso (SP). Na sequência, foram transferidos para a Santa Casa de Araçatuba, onde ficaram internados. Veja mais notícias da região no g1 Rio Preto e Araçatuba VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM
Veja Mais

13/04 - Segunda parcela do IPTU vence nesta segunda-feira em Manaus
De acordo com a prefeitura, imposto em dia, dá direito ao contribuinte concorrer a prêmios em dinheiro do IPTU Premiado. Pagamento em dia do IPTU também evita a incidência de juros e multa sobre as parcelas. João Viana/Semcom A segunda parcela do Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), vence nesta segunda-feira (15), em Manaus. Segundo o subsecretário da Receita da Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef), Armínio Pontes, lembrou que, o imposto em dia, dá direito ao contribuinte concorrer a prêmios em dinheiro do IPTU Premiado. "São prêmios mensais que variam de R$ 5 mil a R$ 40 mil para os contribuintes que estiverem pagando parcelado. No final do ano, teremos mais dois prêmios especiais, um de R$ 200 mil e outro de R$ 300 mil, para sorteio entre os contribuintes que estiverem quites com o IPTU", pontuou o subsecretário. Ainda segundo o dirigente, o pagamento em dia do IPTU também evita a incidência de juros e multa sobre as parcelas. De acordo com a prefeitura, quem não está de posse do carnê do IPTU 2024 pode emitir a segunda via das guias para pagamento diretamente na página do Manaus Atende na internet, a partir do site da administração municipal. Mais informações poderão ser obtidas por meio do Disque 156, serviço de informação tributária da prefeitura da capital. Vídeos mais assistidos do Amazonas
Veja Mais

13/04 - Evento mundial de moda oferece atividades gratuitas em Petrópolis, no RJ
Semana Fashion Revolution vai ocorrer de 15 a 26 de abril; Objetivo é estimular melhores práticas de consumo, produção e descarte na indústria da moda. Evento oferece atividades gratuitas com o objetivo de estimular melhores práticas de consumo Acervo/Moda Consciente Petrópolis Petrópolis, na Região Serrana do Rio, vai participar da Semana Fashion Revolution. O evento mundial está na sua 10ª edição e oferece atividades gratuitas com o objetivo de estimular melhores práticas de consumo. A semana ocorre simultaneamente em mais de 100 países. O objetivo é unir pessoas do país inteiro para celebrar uma década do movimento e discutir, de modo colaborativo, questões relacionadas à produção e descarte, além de iniciativas que buscam melhorar os impactos sociais, ambientais, econômicos e culturais causados pela indústria da moda. Em Petrópolis, desde 2020, a representante local, Camila Filardi Leal, liderou um núcleo de voluntários e parceiros para provocar mudanças e reflexões na maneira como consumimos e nos relacionamos com a moda, além de levantar questões sobre o meio ambiente e o impacto que a indústria têxtil tem no planeta, nas nossas vidas e nas de quem trabalha no setor. No dia 20 de abril, a Praça da Liberdade, na Centro Histórioco de Petrópolis, recebe o primeiro 'Dia das Manualidades'. "Será um dia de ação global, concebido como uma forma acessível de ativismo, para desafiar a mentalidade descartável da indústria da moda, de modo a colocar a atenção na importância do fazer manual, um trabalho desvalorizado cultural e economicamente", destaca Camila. Fashion Revolution é uma ONG mundial, sem fins lucrativos, presente em 100 países, criada após o desabamento do Edifício Rana Plaza, em Bangladesh, que abrigava fábricas têxteis e que matou mais de 1.100 pessoas e deixou mais de 2.500 feridos. Confira abaixo a programação completa: Segunda-feira (15/04): 18:00 - Palestra Fashion Revolution e o ativismo na moda 19:00 - Vozes Têxteis Negras: Uma Exposição de Arte e Expressão, ambos no Centro de Cultura Raul de Leoni Terça-feira (16/04): 19:00 - Círculo de Debate: Negritude na Moda no Centro de Cultura Raul de Leoni Quarta-feira (17/04): 18:00 - Histórias de Roupas no Museu do Artesanato/ Casa de Cultura Cocco Barçante Quinta-feira (18/04): 15:00 às 17:00 - Roda de Cultura Ballroom no CCLGBTI 18:00 - Cine Debate “O Ponto Firme” no Centro de Cultura Raul de Leoni Sexta-feira (19/04): 14:00 - Oficinão Coletivo na Casa dos Conselhos Sábado (20/04): 10:00 às 14:00 - Dia das Manualidades na Rua na Praça da Liberdade Domingo (21/04): 17:30 - Baile do Pixo no Palácio de Cristal Segunda-feira (22/04): 18:00 - Projeção Urbana no Obelisco Quarta-feira (24/04): 18:00 - Diversidade na Moda: Inclusão e Conscientização no CEFET Quinta-feira (25/04): 15:00 às 18:00 - Ponto sem Nó no CCLGBTI Sexta-feira (26/04): 15:00 - Oficina de pintura manual com tinturas botânicas no Green Offices
Veja Mais

13/04 - Como resgate de animais se tornou 2º tipo de ocorrência mais atendido pelos bombeiros em Ribeirão Preto
Foram 241 casos apenas em março deste ano. Em média, 70% dos animais resgatados são silvestres e passam por reabilitação no Bosque e Zoológico Fábio Barreto. Bosque Fábio Barreto recupera 700 bichos por ano, em média O Corpo de Bombeiros contabilizou em março deste ano 241 ocorrências envolvendo insetos ou animais em Ribeirão Preto (SP). O número indica que esse tipo de ocorrência é o segundo mais atendido pelos profissionais na cidade. Faça parte do canal do g1 Ribeirão e Franca no WhatsApp Dos animais atendidos, em média, 70% são silvestres, enquanto os outros 30%, domésticos. Com o crescimento dos centros urbanos, o número de resgates em rodovias e até mesmo na cidade aumentou. O capitão da Polícia Militar Ambiental Rodrigo Antônio dos Santos comenta sobre a situação na região. "A gente percebe que, eventualmente, em virtude da agricultura, se não necessariamente está diminuindo a área de mata, ela está ficando mais próxima das rodovias e da cidade. É onde a gente consegue encontrar animais que a gente não via nas residências". A captura é feita geralmente pelos bombeiros, e os animais são encaminhados à Polícia Ambiental, que tem o dever de levar o animal a um centro de reabilitação adequado. Bosque Fábio Barreto recebe animais silvestres resgatados em Ribeirão Preto, SP Reprodução/EPTV Uma nova chance Em Ribeirão Preto, é o Bosque e Zoológico Fábio Barreto que normalmente recebe esses animais resgatados. Por ano, o local atende em média 800 bichos. Já apenas em março deste ano, 51 novos resgatados chegaram ao zoológico. O programa "Uma Nova Chance" integra esses animais para que eles sejam tratados, cuidados e, se possível, devolvidos ao habitat natural. Normalmente, eles são vítimas de queimaduras, choques elétricos, caça predatória e até mesmo tráfico. A gata do mato Vivara foi atropelada junto com a sua mãe, que não sobreviveu ao acidente. "Ela veio desamparada pra cá. Ela chegou bem nenê, quando chega assim os primeiros cuidados são ambulatoriais, tratar a frequência cardíaca, respiratória, temperatura, todos os cuidados fisiológicos", explica a tratadora do zoológico, Letícia Meirelles. Gata do Mato é resgatada e reabilata no Bosque Fábio Barreto em Ribeirão Preto, SP Reprodução/EPTV A tratadora conta que quando os animais chegam ainda filhotes, é preciso tomar cuidado com a chamada tríade neonatal, caracterizada pela hipoglicemia, hipotermia e o stress fisiológico. A condição é que mais causa óbitos de filhotes. A Vivara precisa ainda passar por um tratamento de seis meses a um ano. Após esse período, ela deve passar por um processo de adaptação com outra gata do mato para entender se é possível recolocá-las na natureza. Ouriço cacheiro é resgatado pelo Bosque Fábio Barreto em Ribeirão Preto, SP Reprodução/EPTV Outro caso de atropelamento é do ouriço cacheiro apelidado de Rihanna. O caso dele, no entanto, é mais delicado. "Foi vítima de atropelamento na estrada, o munícipe viu e acabou trazendo pra nós. Quando ela chegou, toda a região do lado esquerdo tava necrosado, sem pelo, tava bem feio". O tratamento foi feito com antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos, principalmente, para aliviar a dor. O animal passou ainda por cirurgia para retirar a região do tecido necrosado e colocar a pele de tilápia para ajudar nos crescimento da pele e dos espinhos. A reabilitação e soltura Zootecnista do bosque, Alexandre Gouveia conta que os animais chegam na maioria das vezes muito fracos e debilitados. Após passarem pela triagem e serem devidamente identificados com chip ou anilhas, é o setor de nutrição que entra em ação. "Nós já temos que preparar uma dieta, às vezes, duas, três vezes mais a necessidade energética que ele precisa por dia, por ele estar muito hipoglicêmico, para ele recuperar toda aquele energia que ele perdeu". Gouveia compartilha ainda que cada animal recebe uma dieta específica a partir dos exames realizados inicialmente e não há um padrão alimentar a ser seguido por espécie. Por isso, é preciso analisar caso a caso. Bosque Fábio Barreto recebe animais silvestres resgatados em Ribeirão Preto, SP Reprodução/EPTV Para o zootecnista que convive diariamente com esses animais resgatados, a perda de ambiente natural e a fragmentação dos biomas de origem são os principais fatores para o aumento das ocorrências. "Até em busca de alimentação eles acabam vitimados, caçados, atropelados. Às vezes eles acabam buscando alimento em uma outra área onde eles viram vítimas". O objetivo principal do programa "Uma Nova Chance", que integra e cuida desses animais, é sempre devolvê-los ao ambiente natural, mas em alguns casos, isso não é possível. "Depende muito de exames laboratoriais, porque para você fazer essa soltura, tem que ter autorização do órgão fiscalizador, e eles só concedem essa autorização desde que o exames e o laudo estejam de acordo com a saúde desse animal", completa Gouveia. Para quem ligar nesses casos? Caso encontre um animal silvestre atropelado ou que precise de resgate, é preciso ligar para a Polícia Militar, no número 190, ou para os bombeiros, no 193. O capitão da Polícia Ambiental alerta, ainda, que é preciso cautela quando encontrar um animal nessa situação. "A gente não pode esquecer que são animais silvestres, eles não tem contato com humanos, esses animais não são vacinados, eles possuem instinto de sobrevivência e eles vão atacar eventualmente". Santos pontua que o ideal é não tocar no animal e entrar em contato imediatamente com as autoridades. Veja mais notícias da região no g1 Ribeirão Preto e Franca VÍDEOS: Tudo sobre Ribeirão Preto, Franca e região
Veja Mais

13/04 - Nanná Millano narra história de amor transatlântico entre Brasil e França no álbum autoral ‘Can’t translate saudade’
Disco sai em 26 de maio e traz o cantor Giuliano Eriston na música ‘Te amo faz tempo já’. Nanná Millano lança em 26 de maio o primeiro álbum, ‘Can’t translate saudade’, com 11 músicas autorais em 12 faixas Virgile B. / Divulgação ♪ Cantora e compositora paulistana, Nanná Millano se divide entre as cidades de São Paulo (SP) e Paris, França. Essa rota transatlântica inspirou a narrativa feminina do primeiro álbum da artista, Can’t translate saudade, no mundo a partir de 26 de maio em edição do selo da artista, Mirabolant, com distribuição feita via Believe. Através de 11 músicas autorais alinhadas ao longo de 12 faixas (a composição-título abre e fecha o disco), Millano canta e conta a história de amor intercontinental vivido entre o Brasil e a França. Produzido, mixado e masterizado por Rodrigo Trevis, o álbum Can’t translate saudade chega ao mercado fonográfico após a edição prévia de seis músicas em singles lançados desde março de 2023. Músicas inéditas como Oráculo, Presente singular, Meu coração não aguenta, O instante (Ponto de não retorno) – única composição assinada por Nanná Millano com um parceiro, no caso com Gabriel Guedes) e a canção-título Can’t translate saudade compõem a narrativa romântica de Nanná Millano com as já conhecidas faixas 8 minutos, Samba canção pra sua samba canção, Te amo faz tempo já (música gravada por Millano com Giuliano Eriston), Lua em aquário, Você quer tudo e Todo descuido é ruído. Para promover o lançamento do álbum Can’t translate saudade, a artista faz turnê com show previsto para estrear em Paris, em 6 de junho, e na sequência para ser apresentado no Brasil em julho. Capa do álbum ‘Can’t translate saudade’, de Nanná Millano Virgile B. com arte de Nanná Millano
Veja Mais

13/04 - Égua cai em buraco de 3,5 metros de profundidade e é resgatada pelo Corpo de Bombeiros em MG
Animal tem cerca de 350 kg. Resgate aconteceu em Araguari, na madrugada deste sábado (13). Bombeiros resgataram égua que caiu em buraco Corpo de Bombeiros/Divulgação Uma égua de aproximadamente 350 kg caiu em um buraco de 3,5 metros de profundidade e foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros. O caso aconteceu em Araguari, no Triângulo Mineiro, na madrugada deste sábado (13). Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Telegram De acordo com o Corpo de Bombeiros, por volta de 2h, uma equipe foi acionada para atender a ocorrência nas proximidades da Rua Marinha de Deus, no Bairro São Sebastião. No local, foi constatado que animal havia caído com as patas voltadas para cima, o que estava dificultando sua respiração. Usando um equipamento e cordas, foi realizada uma amarração nas patas dianteiras da égua para que ela fosse içada de forma segura até a superfície. 🔔 Receba no WhatsApp as notícias do Triângulo e região Assim que foi retirada do buraco, a égua, que não apresentava ferimentos aparentes, foi deixada aos cuidados do responsável. LEIA TAMBÉM: UBERLÂNDIA: Joalheria é roubada à mão armada no Centro ROUBO: Criminosos fazem motorista de caminhão refém e roubam carga avaliada em R$ 40 mil 📲 Siga as redes sociais do g1 Triângulo: Instagram, Facebook e Twitter 📲 Receba no WhatsApp as notícias do g1 Triângulo VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas
Veja Mais

13/04 - Médicos levam atendimento a comunidade indígena mais isolada de São Gabriel da Cachoeira, no AM
Comunidade, na fronteira do Brasil com a Colômbia, disse que nunca recebeu a visita de um profissional e contabiliza mortes e agravamento de doenças pela falta de ajuda humanitária. Expedição leva atendimento médico a indígenas no Amazonas Um grupo de médicos do Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo, levou atendimento à comunidade indígena Camanaus, a mais isolada de São Gabriel da Cachoeira, no interior do Amazonas. Essa é a primeira vez que o local recebeu a visita de um médico, segundo os próprios indígenas. A ação contou com o apoio de militares do Exército. O grupo enfrentou mais de oito horas de viagem de barco, partindo da aldeia São Joaquim, e chegou até a fronteira do Brasil com a Colômbia, onde moram os indígenas Kuripaco. Em determinado ponto do trajeto, foi preciso descer do barco, por conta das pedras que cortam os rios. "A comunidade é do lado de lá e a gente precisa chegar lá, logo, vamos ter que fazer o que tiver que ser feito, não tem jeito", explicou o general Nilton Rodrigues. Grupo enfrentou dificuldades pelo caminho. Reprodução Após chegar à comunidade, os médicos foram alocados em consultórios de palha e precisaram da ajuda de um tradutor, pois os indígenas falam, em quase que em sua totalidade, apenas o espanhol e a língua da própria etnia. "Tal cual como está mi propio, digamos, mi étnia, tal cual como está es coripaco. Segundo idioma es el español. En portugués, pues entiendo, pero no más. No hablo, no domino", disse o agente de saúde da comunidade Neftali Garcia. Comunidade nunca recebeu a visita de um médico. Reprodução No local, os indígenas contaram que recebem ajuda da Colômbia em praticamente tudo, mas também afirmaram nunca terem ido ao médico. Como é o caso de Imelda, que foi atendida após se queixar de dores nos seios. Segundo os médicos, a indígena Cobeu tem muito leite, mas já não tem mais o bebê para alimentar. Isso porque, a filha dela, de apenas nove meses, morreu há apenas um mês, com sintomas de diarreia e vômito. "Estoy triste. Yo pensé como ella, como niña.... No tiene médico. Nada. No tiene nada. Y me fue mal. Ella no tiene nada. Ni he este tratamiento. Ahí no hay nada. Por eso ella se muere", disse. Mulher grávida é atendida pelos profissionais. Reprodução Mas para a indígena Melyza o atendimento foi a solução. Ela chegou carregada em uma cama, com fortes dores, e logo teve o diagnóstico: infecção generalizada. Depois de receber os cuidados da equipe médica e muitas negociações, ela foi levada de helicóptero para um hospital do município. "É uma experiência incrível dentro do Brasil que a gente não conhecia, são brasileiros, são nossos irmãos. E precisam do nosso cuidado, do nosso carinho, do nosso toque. Nós fizemos aulas antes de vir pra cá pra entender a cultura indígena com vários profissionais, pra entender como trabalhar com esse povo, com toda uma política envolvida com isso. Mas ninguém supera um toque, um olhar compassivo. Então tudo isso fez uma grande diferença", disse a coordenadora da ação, Cláudia Cruz. Criança indígena é pesada pelos profissionais. Reprodução Vídeos mais assistidos do Amazonas
Veja Mais

13/04 - Carretas batem em rodovia, motorista perde a direção e invade canteiro de obras; funcionário fica ferido
Operador do rolo compressor atingido sofreu ferimentos no rosto. Acidente aconteceu na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, em Cubatão (SP). Carretas colidiram na madrugada deste sábado (13), na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, em Cubatão. Reprodução/Artesp Duas carretas bateram na madrugada deste sábado (13), na altura do km 265 da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, em Cubatão (SP). Conforme apurado pelo g1, um dos veículos envolvidos no acidente perdeu o controle da direção e colidiu com um rolo compressor que realizava obras na via. O operador do maquinário sofreu ferimentos leves no rosto. ✅Clique aqui para seguir o canal do g1 Santos no WhatsApp. De acordo com a PM Rodoviária, um dos motoristas trafegava pela faixa dois da rodovia quando, por volta de 2h40, não se atentou à sinalização de obras de pavimentação, parando de forma inesperada na via. O condutor da carreta que estava atrás tentou frear, mas acabou batendo. Com o impacto, o veículo atingiu um rolo compressor da empresa Neopav que realizava obras no local. Carreta transportava quatro toneladas de farelo de soja e a colisão fez com que a carga caísse na rodovia. Reprodução/ Artesp A carreta que parou na via e bateu no rolo compressor estava carregada com farelo de soja. Quatro toneladas do produto foram derramadas na via devido ao acidente. Duas faixas da via foram interditadas por volta das 2h48. Funcionários da obra auxiliaram na limpeza da rodovia e a carreta que transportava a carga de soja foi retirada do local às 4h. O motorista da carreta que não conseguiu evitar o acidente conseguiu seguir viagem, enquanto o rolo compressor foi levado à empresa responsável. A via foi liberada por volta das 5h45. Os motoristas realizaram e passaram no teste do bafômetro. VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos
Veja Mais

13/04 - Prédio de 16 andares interditado, obras na BR-135 e adolescente mantida em cárcere; veja o top 5 semanal do g1 Grande Minas
G1 reúne as cinco reportagens mais lidas nos últimos sete dias. O g1 Grande Minas reúne as cinco notícias mais lidas nos últimos sete dias para encerrar a semana bem informado. Interdição de prédio de 16 andares em Montes Claros e suspensão temporária de detonação de rochas na BR-135 estão entre os assuntos mais buscados pelos internautas. Confira todos os destaques Prédio interditado Edifício tem 16 andares Corpo de Bombeiros Um prédio de 16 andares foi interditado no bairro São Luís, em Montes Claros, nesta semana. De acordo com informações divulgadas pelo Corpo de Bombeiros, o local apresenta comprometimento de mais de um pilar, sendo que um deles está com a ferragem exposta e rompimento de algumas barras, além de sinais de flambagem (encurvadura) na lateral afetada. Os militares foram chamados por uma pessoa que relatou ter sentido a edificação tremer após ouvir um estrondo. No total, 30 apartamentos, com 45 pessoas, foram esvaziados. Detonação de rochas na BR-135 A detonação de rochas na BR-135, em Montes Claros, está temporariamente suspensa. A informações foi divulgada pela Eco135, concessionária responsável pela rodovia, na última quarta-feira (10). Os trabalhos, que eram realizados entre os KMs 371 e 375, começaram em 27 de setembro de 2023. Vagas para curso de Administração Pública Estão abertas as inscrições para o curso de graduação Bacharelado em Administração Pública, na modalidade a distância (EAD), oferecido pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) com 200 vagas. As oportunidades são para agentes públicos e para o público geral. Para participar como agente público, é necessário apresentar documentação que comprove o vínculo temporário e permanente com a administração pública federal, estadual, distrital e municipal. Nas duas modalidades, é exigido ensino médio completo. Seis pessoas são indiciadas por morte de homem agredido em Montes Claros Carlúcio Pereira dos Santos morreu após ser agredido Divulgação As investigações da Polícia Civil concluíram que as agressões que resultaram na morte de um homem, de 45 anos, em Montes Claros foram motivadas depois que a vítima tentou defender duas mulheres de uma situação de assédio. Carlúcio Pereira dos Santos foi atingido com pedradas, socos e chutes no bairro Santo Antônio II no dia 12 de março, conforme noticiou o g1. Os suspeitos estavam no ônibus de uma empresa retornando do serviço e a confusão começou quando o veículo parou em um semáforo. Seis pessoas foram presas e indiciadas. Prisão com cárcere privado Dois homens foram presos depois que a mãe de uma adolescente, de 17 anos, compareceu ao quartel da Polícia Militar em Jaíba informando que teve notícias de que a filha, desaparecida desde agosto do ano passado, estava sendo torturada e mantida em cárcere privado. Segundo a PM, uma equipe foi até uma comunidade rural para averiguar as informações. Na entrada de uma fazenda, em uma cancela, os policiais encontraram uma espingarda de fabricação artesanal. No local, os militares foram recebidos por um homem, que os levou até um quarto, onde a menor foi encontrada. ✅Clique aqui para seguir o canal do g1 Grande Minas no WhatsApp Vídeos do Norte, Centro e Noroeste de MG Veja mais notícias da região em g1 Grande Minas.
Veja Mais

13/04 - Suspeito de matar sogro de deputado federal foi baleado por policial que fazia compras em feira, diz SSP
Militar viu homem esfaquear o ex-vereador de São Miguel Sula Borba, de 56 anos, e atingiu as pernas dele. Crime aconteceu após discussão em jogo de baralho. Sogro do deputado foi morto a facadas Reprodução/ Redes Sociais Durante a confusão que resultou na morte do ex-vereador Antônio Francisco Borba Cardoso, mais conhecido como Sula Borba, de 56 anos, um policial militar que fazia compras tentou conter o suspeito com tiros nas pernas. Sula é sogro do deputado federal Vicentinho Júnior. O crime aconteceu na noite de sexta-feira (12), em uma feira de São Miguel do Tocantins, no Bico do Papagaio. A briga aconteceu por causa de um jogo de baralho. De acordo com a Polícia Civil, por meio da Secretaria de segurança Pública (SSP), o militar estava à paisana e teria tentado conter o suspeito, que tem 36 anos. Um dos tiros atingiu a coxa do homem, que foi levado para atendimento no Hospital Regional de Augustinópolis e já está sob custódia da Polícia Penal. A SSP explicou também que a 16ª Delegacia Polícia de São Miguel do Tocantins já começou a investigar o crime, no sentido de descobrir as circunstâncias da morte de Sula Borba. O g1 pediu informações quando a conduta do policial que atirou no suspeito à PM, e aguarda resposta. LEIA TAMBÉM: Sogro de deputado federal é assassinado a facadas após discussão em jogo de baralho Segurança se declarou com buquê de flores dois dias antes de matar ex-mulher, mãe e padrasto dela; VÍDEO Criminosos invadem barraco e matam homem a facadas, diz PM O crime De acordo com a polícia, Borba e o suspeito estavam jogando baralho quando começou a discussão. O homem de 36 anos pegou uma faca e desferiu vários golpes na vítima. Borba foi socorrido em estado grave e levado para o Hospital Municipal de Imperatriz, no Maranhão, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. No momento em que o suspeito estava sendo socorrido pela ambulância de Sítio Novo, populares tentaram agredi-lo, mas foram impedidos pelos militares. Nas redes sociais, o deputado postou nota de pesar e homenagem ao sogro. “É com imensa dor que nos despedimos de um homem íntegro, uma pessoa querida por todos, que sempre irradiava alegria com seu sorriso contagiante”, diz a publicação. Sula era marido da vereadora Irene Borba. A Prefeitura de São Miguel do Tocantins também prestou homenagem ao ex-vereador nas redes sociais. “Neste momento tão difícil para os familiares e amigos, externamos nosso pesar”. Deputado publicou nota de pesar para o sogro Reprodução/ Redes Sociais Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.
Veja Mais

13/04 - Irã ataca Israel: qual o tamanho dos efetivos militares dos dois países
Tensão entre países aumentou após ataque israelense a consulado na Síria, que matou comandantes da Guarda Revolucionária iraniana. Neste sábado, Irã disparou drones em direção a Israel. Imagens mostram domo de ferro interceptando drones iranianos no céu de Tel Aviv O Irã disparou neste sábado (13) drones em direção a Israel. O ataque se dá depois de Israel atacar um consulado iraniano na Síria, que resultou na morte de sete membros da Guarda Revolucionária Iraniana, incluindo um general. AO VIVO: acompanhe os últimos desdobramentos do ataque ✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp Shahed-136: Conheça drone "kamikaze" utilizado pelo Irã no ataque a Israel O Irã tem o segundo maior contingente de tropas do Oriente Médio. (Veja detalhes abaixo) As forças de segurança de Israel estão em "alerta máximo" após ataques do Irã. O governo iraniano fala em "resposta legítima". Mais cedo neste sábado, Israel suspendeu as aulas e restringiu aglomerações. O ataque em Damasco marca a escalada da violência no Oriente Médio, intensificada pela guerra entre Israel e o grupo Hamas. O conflito chega ao sexto mês e soma mais de 33 mil mortos — 32 mil palestinos, segundo o Hamas, e 1.200 israelenses. A morte do general da Guarda Revolucionária Iraniana é vista pelo Irã como um ataque direto ao país. O país prometeu retaliação. Um levantamento feito pelo Instituto Internacional de Estudos Estratégicos (IISS, na sigla em inglês) e atualizado pela última vez em fevereiro de 2023, mostra que o Irã tem um contingente militar de 650 mil pessoas e que a guarda, que é uma divisão importante das forças armadas iranianas, é responsável por 190 mil combatentes. Trata-se do segundo maior contingente do Oriente Médio, atrás do Egito. Bandeira do Irã perto de prédio atacado em Damasco, na Síria, em 1º de abril de 2024 Firas Makdesi/Reuters Já Israel tem 177,5 mil militares, entre Exército, Marinha, Aeronáutica e outras forças. Esse número, no entanto, não considera os reservistas, convocados quando há conflito. O grande diferencial de Israel é a posse de bombas nucleares. De acordo com a Federação dos Cientistas Americanos (FAS), Israel é o único país da região que possui armamento nuclear, embora o governo israelense não reconheça possuir bombas. O Irã tem enriquecido urânio a um nível próximo do necessário para se criar uma bomba nuclear, segundo um relatório da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) obtido em 2023 pela Agência France-Presse. No entanto, não há indícios de que o país tenha ogivas nucleares. (Leia mais sobre o Irã abaixo) LEIA TAMBÉM: Irã ataca Israel: conflito tem potencial de ser o maior no Oriente Médio desde a 2ª Guerra Mundial, dizem colunistas; VÍDEO Do ataque à embaixada ao revide: entenda a cronologia da escalada de tensões entre Irã e Israel VÍDEO: 'Domo de Ferro' de Israel intercepta ataques do Irã; conheça o sistema Qual a origem da rivalidade entre Israel e Irã e como ela está sendo intensificada pela guerra em Gaza Em bunker de hotel em Israel, ex-secretário da Saúde em SP diz que brasileiros estão protegidos após lançamento de drones pelo Irã O levantamento do IISS considera como forças da Cisjordânia aquelas sob comando da Autoridade Palestina, enquanto na Faixa de Gaza é contabilizado o efeitivo sob comando do Hamas. O g1 adotou a lista de países do Oriente Médio usada pela Agência de Inteligência dos EUA (CIA), incluindo o Egito por causa da influência na guerra entre Israel e o Hamas. Kayan Albertin/g1 Mais sobre o Irã Os dados divulgados pelo instituto mostram que a Guarda Revolucionária Iraniana tem um efetivo superior ao de 11 países da região. É maior do que todo a força militar da ativa de Israel, que conta com quase 180 mil combatentes e 400 mil reservistas. O governo iraniano tem desempenhado um papel oculto na guerra. Oficialmente, critica a violência empregada por Israel na Faixa de Gaza. Extraoficialmente, patrocina o Hamas, que tem cerca de 20 mil combatentes e que luta em seu lugar por meio de uma “guerra por procuração”. O Irã também participa de conflitos no Oriente Médio por meio dos outros grupos que patrocina. Um deles é o Hezbollah, que tem um contingente militar superior ao do Líbano, país que o grupo armado utiliza como base. Os cerca de 20 mil Houthis que lutam na guerra civil no Iêmen também recebem apoio iraniano. Foram os Houthis que atacaram com drones uma instalação da petrolífera estatal saudita Aramco em 2022. O ataque expôs a fragilidade da Arábia Saudita, um dos países mais influentes da região a conflitos armados. “O Irã é um ator que, através de uma coalizão de forças não estatais, atua de uma forma agressiva [no Oriente Médio]. Qualquer ação dos Houthis, do Hezbollah e do Hamas, é feita em coordenação com o Irã. Eles têm essa doutrina da defesa ativa”, afirma Rodrigo Amaral, professor de relações internacionais da PUC de São Paulo. A defesa ativa é termo normalmente associado a ações de grupos armados que buscam marcar uma posição. Pode ser o apoio a um grupo ou a um país aliado que esteja em conflito ou mesmo uma demonstração de força por meio de um ataque. Amaral explica que o contingente militar é apenas uma das variáveis levadas em consideração quando o assunto é a força de um Estado. O relatório do IISS mostra ainda que o Egito é o país com maior contingente militar no Oriente Médio com mais de 835 mil pessoas. Apesar disso, o país não é tão influente na região quanto Arábia Saudita e Irã, países que contam com mais tecnologia militar, têm melhor desenvolvimento armamentista e são grandes exportadores de petróleo. Fatores como a capacidade industrial de armamentos, a capacidade tecnológica militar, e a quantidade de tanques, aviões e porta-aviões, por exemplo, fazem parte do cálculo do jogo de poder regional. Irã culpa Israel e promete resposta a ataque contra consulado na Síria Nas forças terrestres e nas forças aéreas, os tipos de armamentos mais comuns são os tanques blindados de batalha e as aeronaves de combate. Em ambos os casos, as duas maiores frotas são as do Irã, que tem 1.513 tanques e 312 aeronaves, e as da Arábia Saudita, com 1.010 tanques e 455 aeronaves. Já no mar, são pouquíssimos os países do Oriente Médio que têm submarinos. A maior frota é a do Irã, com 17, seguida pela Turquia, com 12, Egito, 8, e Israel e Jordânia, ambos com 5.
Veja Mais

13/04 - VÍDEO: homem morre afogado em represa, no DF
Vítima é Gerdiel Matias de Araújo, de 26 anos. Acidente aconteceu na tarde deste sábado (13), no Sol Nascente. Homem morre afogado em represa no Sol Nascente, no DF Um homem morreu afogado, na tarde deste sábado (13), no Distrito Federal. O acidente aconteceu em uma bacia de contenção, que é usada para represar água da chuva, no Sol Nascente, por volta das 16h. ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 DF no WhatsApp. O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) foi acionado para o resgate, mas a vítima, Gerdiel Matias de Araújo, de 26 anos, teve o óbito declarado no local. O jovem estava com um primo e um amigo tomando banho no local. Segundo os bombeiros, ele não sabia nadar e teria se afogou quando chegou na parte funda da bacia. Os militares foram chamados e quando chegaram ao local encontraram a vítima submersa cerca de três metros profundidade. Homem morre afogado em represa no Sol Nascente, no DF CBMDF/Divulgação LEIA TAMBÉM: INTERCEPÇÃO DE AERONAVES IRREGULARES: Saiba como FAB identifica voos suspeitos RACISMO: Ministério do Esporte publica nota de repúdio aos ataques racistas durante partida de futsal em escola no DF Leia mais notícias sobre a região no g1 DF.
Veja Mais

13/04 - Justiça condena seis pessoas por chacina que vitimou pai, mãe grávida e filho em Caxias do Sul
Motivação para o crime, que aconteceu em 2020, seria uma disputa por áreas para o tráfico de drogas. Penas de prisão chegam a 88 anos. Família foi morta a tiros dentro de casa, em Caxias do Sul Róger Rufatto/RBS TV A Justiça do Rio Grande do Sul condenou, na sexta-feira (12), seis pessoas por envolvimento em uma chacina que resultou na morte de três pessoas da mesma família em Caxias do Sul, na Região da Serra, há quatro anos – as vítimas eram pai, mãe, que estava grávida, e o filho do casal, de 4 anos. Relembre, abaixo, o caso. 📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp De acordo com o Ministério Público (MP), as vítimas foram identificadas como Edson Toffolo, de 37 anos; Vanessa Martins dos Santos, 29; e Enzo dos Santos de Oliveira, 4. Os nomes dos condenados não foram divulgados pelo MP. Dois deles foram condenados a 88 anos e 3 meses de prisão por homicídio, além de corrupção de menores (porque o crime teve envolvimento de menor de 18 anos), organização criminosa e aborto sem consentimento (em razão de uma das vítimas estar grávida de 6 meses). Outros dois vão cumprir pena de 48 anos de prisão e um terceiro a 54 anos e 7 meses pelo crime de homicídio. Segundo o MP, as penas foram reduzidas porque, na época, eles tinham menos de 21 anos. O sexto, e último, condenado deve cumprir pena de 3 anos de prisão. Ele foi absolvido do crime de homicídio, mas condenado por organização criminosa. Conforme o promotor de Justiça Leonardo Giardin, que atuou no julgamento, "foram dois dias de intenso e extenuante trabalho". "Que puniu exemplarmente os mandantes, planejadores e executores da hedionda chacina que vitimou uma família inteira, dentre elas uma criança de apenas quatro anos de idade, uma mulher grávida e o bebê que ela gestava em seu ventre", disse. Casal e criança de 4 anos são encontrados mortos dentro de casa em Caxias do Sul O assassinato A família foi encontrada morta dentro da casa em que residia em Caxias do Sul no dia 27 de outubro de 2020. De acordo com a investigação policial, Toffolo foi morto com 12 tiros. Vanessa, três. Enzo, com um tiro na cabeça. A motivação para o assassinato seria um disputa por território para o tráfico de drogas nas regiões dos bairros Serrano e Jardim Iracema. Toffolo teria envolvimento com o crime. VÍDEOS: Tudo sobre o RS
Veja Mais

13/04 - Crianças e adolescentes de até 16 anos são vacinados contra a dengue em Rio Branco: 'Melhor se prevenir'
Dia "D" de vacinação contra a dengue acontece em sete Unidades de Referência em Atenção Primária (Uraps) e em três Unidades de Saúde da Família (USF). Vacinas vencem no dia 30 de abril. Público-alvo foi ampliado para adolescentes até 16 anos Eldérico Silva/Rede Amazônica Acre Aos 12 anos, o adolescente Thiago Rafael viu a avó sofrer recentemente com um quadro de dengue. Por isso, ele entendeu que é importante se proteger contra a doença, e compareceu a uma unidade de saúde para se vacinar. "Muita gente está morrendo com essa doença, melhor se prevenir. Acho que é muito perigoso", comenta. LEIA MAIS: Vacina contra dengue é ampliada para adolescentes de até 14 anos em seis cidades do Acre Rio Branco começa a vacinar crianças de 10 a 11 anos contra a dengue; veja pontos de imunização Governo do Acre lança campanha de imunização contra a dengue Casos prováveis de dengue sobem mais de 300% nas primeiras nove semanas de 2024 no Acre Entretanto, nem todo mundo compreende a importância da imunização. O mutirão de vacina contra a dengue que acontece em Rio Branco neste sábado (13) teve baixa procura nas primeiras horas da ação. O público-alvo foi ampliado para adolescentes até 16 anos por causa da baixa procura pela vacina contra a doença. Essa é a segunda ampliação no público-alvo da campanha desde o começo de fevereiro. "O movimento é bem lento, a procura ainda é bastante baixa. O nosso público-alvo são adolescentes de 10 a 16 anos, e a gente pede que os pais procurem vir com os seus filhos, sempre acompanhá-los. Não mandem os filhos sem serem acompanhados, que a gente não vai fazer a vacinação. O horário de funcionamento é das 8 às 17 horas. Podem vir à unidade, que serão vacinadas", explica a enfermeira Bruna Damasceno. O mutirão de vacinação ocorre em sete Unidades de Referência em Atenção Primária (Uraps) de Rio Branco e três Unidades de Saúde da Família (USF). Inicialmente, as doses foram liberadas para crianças de 10 e 11 anos. No final de fevereiro, a vacinação foi ampliada para adolescentes de até 14 anos em seis cidades do Acre. Até o começo de abril, apenas 6,18% do público havia sido vacinado. O objetivo é garantir que mais pessoas sejam imunizadas pois as vacinas vão perder a validade até o dia 30 de abril. A preocupação com a baixa procura é compartilhada pela avó de Thiago, Francisca Carvalho de Souza. Ela, que sofreu com a infecção causada pelo mosquito Aedes aegypti, ressalta que os pais e responsáveis devem pensar na saúde dos adolescentes e garantir a proteção a eles, além de evitar o desperdício das vacinas. "Eu peguei dengue, sei que é muito ruim. Eu fico aterrorizada de ver que os pais não trazem as crianças. Nós precisamos proteger os nossos filhos. E aí, fica assim, as vacinas em tempo de vencer. Deveriam abrir para quem quer tomar, porque eu, se tivesse, já iria tomar. A proteção do meu neto é tudo para mim", alerta. Colaborou o repórter Eldérico Silva, da Rede Amazônica Acre. Esquema vacinal O esquema vacinal é composto por duas doses com intervalo de três meses entre as doses. A faixa etária do público-alvo nesse primeiro momento foi escolhida pois concentra o maior número de hospitalizações por dengue, dentro do quadro de crianças e adolescentes de 6 a 16 anos. Pelo menos 17.810 doses da vacina contra a doença foram enviadas pelo Ministério da Saúde e chegaram ao estado no dia 13 de fevereiro deste ano. Veja onde a vacina estará disponível no dia "D" em Rio Branco: Rio Branco: Urap Eduardo Assmar Urap Roney Meireles Urap Augusto Hidalgo de Lima Urap Cláudia Vitorino Urap Rozângela Pimentel Urap São Francisco Urap Vila Ivonete USF Maria Áurea Vilela USF Francisco Constâncio USF Manoel Alves Bezerra Vacina dengue é liberada para adolescentes de 14 anos Divulgação / Semsa Dengue Dores de cabeça, no corpo, mal-estar. Esses sintomas estão entre os que costumam ser associados de imediato à dengue. Porém, a doença não se resume a essas manifestações, já que pode se apresentar em formas mais graves. Sintomas de dengue Arte g1 A febre é o primeiro sintoma a se manifestar, e, geralmente, permanece acima de 38ºC. Infectologistas destacam que, após a picada do mosquito, os sintomas aparecem entre 2 a 10 dias. Alguns pacientes apresentam mais ou menos sintomas. Também ocorre dor de cabeça, cansaço, dor nos músculos (mialgia), dor nas articulações (artralgia), dor atrás dos olhos (retro-orbitária) e vermelhidão na pele (exantema) com ou sem coceira (prurido). O paciente também pode apresentar náuseas, vômito e diarreia. Como evitar a dengue? Evite qualquer reservatório de água parada sem proteção em casa. O mosquito pode usar como criadouros grandes espaços, como caixas d'água e piscinas abertas, até pequenos objetos, como tampas de garrafa e vasos de planta. Coloque areia no prato das plantas ou troque a água uma vez por semana. Mas não basta esvaziar o recipiente. É preciso esfregá-lo, para retirar os ovos do mosquito depositados na superfície da parede interna, pouco acima do nível da água. O mesmo vale para qualquer recipiente com água. Como saber se você está com dengue e se é grave VÍDEOS: g1 n
Veja Mais

13/04 - Homem é esfaqueado pela própria esposa, em Presidente Epitácio
Segundo a Polícia Militar, a vítima foi socorrida e encaminhada para a Santa Casa da cidade. Homem é esfaqueado pela própria esposa, em Presidente Epitácio (SP) Sandro Bittencourt/ TV Fronteira Um homem, de idade não divulgada, foi esfaqueado, na noite desta sexta-feira (12), pela própria esposa, em Presidente Epitácio (SP). 📱 Participe do Canal do g1 Presidente Prudente e Região no WhatsApp Segundo a Polícia Militar, uma equipe foi acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica. No local, os agentes constataram que a envolvida havia esfaqueado o marido. Ele foi socorrido e encaminhado para a Santa Casa da cidade. Ainda conforme a PM, a mulher foi detida e encaminhada para a Delegacia da Polícia Civil, onde foi ouvida e liberada. O Boletim de Ocorrência foi registrado como violência doméstica e lesão corporal. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o homem foi atingido na região das costas e precisou ser socorrido para receber atendimento médico. VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.
Veja Mais

13/04 - Polícia encontra homem suspeito de matar a ex-mulher e enteado a machadadas em MG
Crime aconteceu em Antônio Carlos, na última quarta-feira (10). Segundo a Polícia Civil, o investigado foi encontrado em casa, deitado em uma cama, após ter ingerido veneno; ele foi levado ao hospital. Um homem de 56 anos, suspeito de matar a ex-mulher e o filho dela com golpes de machado em Antônio Carlos, no último dia 10, foi encontrado neste sábado (13). Em nota, a Polícia Civil informou que foi solicitado ao Poder Judiciário a expedição do mandado de prisão temporária contra o investigado, o que foi concedido. Ainda segundo a polícia, após conversa com advogado do suspeito, os policiais, juntamente com o advogado, foram até a casa do investigado e o encontraram deitado em uma cama, já convalescente, após ter ingerido veneno, no intuito de tirar a própria vida. Foi localizado e apreendido dentro do imóvel o frasco do veneno ingerido pelo homem, que foi socorrido de imediato e levado ao hospital. Após o devido tratamento médico, o suspeito será encaminhado ao sistema prisional. Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Telegram O crime O crime aconteceu na quarta-feira (10). De acordo com a Polícia Militar (PM), o homem teria ligado para o Conselho Tutelar do município, dizendo que havia matado a ex-companheira, de 32 anos, e o filho dela, de 14, no Povoado Caieiro. Quando os militares chegaram no local, três crianças, de 2, 3 e 4 anos, filhas do casal, estavam na porta da casa. Os corpos do adolescente e da mulher foram encontrados dentro do imóvel, ambos com cortes nas cabeça e afundamento no crânio. A Perícia da Civil foi acionada e um machado, que possivelmente foi a arma do crime, foi apreendido. 🔔 Receba no WhatsApp notícias da Zona da Mata e região Mulher estava visitando os filhos Ainda segundo a polícia, foi informado que o casal havia se separado, e a mulher se mudou para outra cidade, deixando as três crianças com o suspeito. Na quarta-feira (10), ela teria ido visitar os filhos. O casal tinha histórico de brigas. O adolescente assassinado era filho de outro relacionamento da vítima. As crianças foram encaminhadas para o Conselho Tutelar do município. 📲 Siga o g1 Zona da Mata: Instagram, Facebook e Twitter 📲 Receba no WhatsApp as notícias do g1 Zona da Mata VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campos das Vertentes O
Veja Mais

13/04 - Motorista embriagado que matou a mãe prensada na parede ao entrar com carro na garagem tem prisão preventiva decretada
Caso aconteceu após o suspeito ter sido advertido pela genitora enquanto manobrava o veículo bêbado. Segundo o BO, com raiva, homem deu marcha à ré no automóvel e prensou a vítima, de 80 anos, contra a parede, em Jaú (SP). Homem foi preso após atropelar a mãe enquanto colocava carro na garagem em Jaú (SP) Plantão de Notícia/Reprodução O homem suspeito de matar a mãe ao prensá-la contra a parede enquanto manobrava o carro na garagem de casa, no Jardim Cila Bauab, em Jaú (SP), teve a prisão em flagrante convertida para preventiva em uma audiência de custódia. A decisão foi dada nesta sexta-feira (12). Já a ocorrência foi na quinta-feira (11). 📲 Participe do canal do g1 Bauru e Marília no WhatsApp De acordo com o Boletim de Ocorrência, o suspeito do crime, de 46 anos, chegou à residência por volta das 8h30 e, embriagado, tentou entrar na garagem com o carro. Durante a manobra, ele teria raspado a lateral do veículo contra a parede. Neste momento, a mãe dele, identificada como Nair da Silva Bueno, de 80 anos, ao observar o estado do filho, o advertiu dizendo que não era para ele dirigir no estado em que se encontrava e também não entrar com o carro na garagem quando tivesse feito o uso de bebida alcoólica. Ainda conforme o BO, o homem, com raiva da advertência, fez uma manobra em marcha à ré, prensando a mãe contra a parede da casa. Vizinhos que assistiram a cena acionaram o socorro. Paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) confirmaram o óbito da idosa ainda no local, enquanto a Polícia Militar prendeu o motorista. O homem foi levado para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Jaú. Ele irá responder por embriaguez ao volante e homicídio qualificado (feminicídio e por motivo fútil). Veja mais notícias da região no g1 Bauru e Marília. Confira mais notícias do centro-oeste paulista:
Veja Mais

13/04 - PF abre inquérito para descobrir nacionalidade de vítimas encontradas em barco à deriva no Pará
Ministério Público Federal também investiga o caso. Vítimas foram encontradas por pescadores em uma embarcação na Baía do Maiaú, próximo a ilha de Canelas, em Bragança, cidade do nordeste do estado. Pescadores registraram corpos dentro de barco. Reprodução / Redes sociais A Polícia Federal (PF) abriu investigação para descobrir quem eram as pessoas encontradas mortas em barco à deriva por pescadores no nordeste paraense neste sábado (13). Uma equipe de peritos e papiloscopistas de Brasília foi acionada e deve analisar o caso. "Um dos principais objetivos é descobrir quem eram as pessoas no barco, usando protocolos de Identificação de Vítimas de Desastres (DVI)", informou a Polícia Federal em nota. 🔔 Participe do canal do g1 Pará no WhatsApp Segundo a PF, ainda não se sabe a quantidade, nacionalidade e causa da morte das vítimas. O Corpo de Bombeiros do Pará informou que estão aguardando a maré encher, por volta de 19h deste sábado (13) para conseguirem buscar a embarcação que ainda está em alto mar. Veja abaixo imagem do porto onde está previsto chegar os corpos encontrados:: Porto onde está previsto chegar os corpos encontrados em barco à deriva em alto mar no PA Edenilton Marques O Ministério Público Federal (MPF) também anunciou que abriu duas investigação sobre o caso, uma na área criminal e outra cível. "A investigação criminal foca em eventuais crimes cometidos e na responsabilização penal de autores. E a investigação cível concentra-se em questões de interesse público e na proteção de direitos que não necessariamente envolvem crimes", detalhou o MPF Como os corpos foram encontrados? Pescadores estavam em alto mar quando enxergaram a embarcação com vários corpos em avançado estado de decomposição. O Instituto Médico Legal (IML) também foi acionado para atender a ocorrência. Veja as cenas abaixo de quando as vítimas foram encontradas: Pescadores encontram corpos em barco à deriva no Pará Ainda segundo a Defesa Civil, estão sendo mobilizados os órgãos no município e uma equipe saiu para localidade de Tamatateua, onde fica o porto mais próximo do local da embarcação.  Em nota, a Marinha do Brasil (MB) informou que uma equipe de Inspetores Navais da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental (CPAOR) foi acionada está apurando os elementos essenciais para abertura de investigação do Inquérito sobre Acidentes e Fatos da Navegação (IAFN). VÍDEOS com as principais notícias do Pará Confira outras notícias do estado no g1 Pará.
Veja Mais

13/04 - Caminhão avança sobre moto, derruba piloto e foge após passar por cima do veículo em avenida de Sorocaba; vídeo
Acidente ocorreu na tarde de sexta-feira (12). Vítima deslocou a clavícula e foi atendida na Santa Casa da cidade. Caminhoneiro não havia sido identificado até a tarde deste sábado (13). Caminhão avança sobre moto, derruba piloto e foge após passar por cima do veículo Um motociclista de 41 anos ficou ferido após ser atingido por um caminhão na Avenida Paraná, no bairro Cajuru, em Sorocaba (SP), na tarde desta sexta-feira (12). Câmeras de segurança de comércios do local registraram a colisão. 📲 Participe do canal do g1 Sorocaba e Jundiaí no WhatsApp Nas imagens, é possível ver que o caminhão fica parado, enquanto o trânsito na faixa da esquerda segue normalmente (assista acima). Pouco tempo depois, o veículo avança para a outra pista e atinge o motociclista, que bate em outro carro e é derrubado. Depois de derrubar o motociclista, o caminhão passa por cima da moto e por poucos metros, não atropela o homem. Ao g1, o motociclista Rodrigo Lopes informou que deslocou a clavícula e sofreu escoriações pelo corpo. Ele chegou a perseguir o caminhoneiro com um amigo, pedindo para que ele parasse e conversasse, mas o motorista não parou e fugiu. Rodrigo foi levado para a Santa Casa, onde foi atendido e liberado. Ele prestou depoimento para a polícia e registrou um boletim de ocorrência. A vítima precisará retornar ao hospital nos próximos dias para verificar a necessidade de uma cirurgia no ombro. Motociclista quase é atropelado após ser derrubado por caminhão em Sorocaba Câmera de segurança/Reprodução Veja mais notícias da região no g1 Sorocaba e Jundiaí VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM
Veja Mais

13/04 - Carro com dupla sertaneja é arrastado por enxurrada e fica submerso durante temporal em Goiás; vídeo
Dentro do veículo estavam a dupla sertaneja Brunno e Marlow e uma mulher, namorada de Marlow. Todos eles passam bem. Carro com dupla sertaneja fica submerso após ser arrastado por água durante temporal Um carro que tentava atravessar sobre a ponte do Córrego Barrinha, em Itapuranga, foi arrastado por uma forte correnteza que se formou após uma tempestade atingir a região. De acordo com a Polícia Militar, dentro do veículo estavam a dupla sertaneja Brunno e Marlow e uma mulher, namorada de Marlow. Todos eles passam bem. Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Telegram O caso aconteceu na noite desta sexta-feira (12), na região noroeste de Goiás. Segundo a PM, a dupla sertaneja e a mulher gritavam desesperados por socorro dentro do carro que estava quase submerso. LEIA TAMBÉM: VÍDEO: Mulher é arrastada por enxurrada em rua de cidade goiana Criança desaparece ao ser arrastada por enxurrada durante temporal em Aparecida de Goiânia Alto volume de chuva causou enxurrada em que mãe, filho e netos morreram após carro ser arrastado, diz Semad Carro com dupla sertaneja quase fica submerso após ser arrastado por água durante temporal Reprodução/TV Anhanguera Com o apoio de uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e de um bombeiro militar que estava de folga, os policiais conseguiram resgatar as vítimas. Em um vídeo, os cantores agradeceram a ação. “A gente ficou agarrado lá em uma moita de capim, mas graças aos anjos da guarda aqui e Deus, né? Nós estamos aqui. Obrigado de coração”, afirma Marlow. 📱 Veja outras notícias da região no g1 Goiás. 📱 Participe dos canais do g1 Goiás no WhatsApp e no Telegram. VÍDEOS: últimas notícias de Goiás
Veja Mais

13/04 - Do ataque à embaixada ao revide: entenda a cronologia da escalada de tensões entre Irã e Israel
Desde o bombardeio israelense à embaixada iraniana na Síria, no início do mês, o Irã promete revidar. Neste sábado (13), o Irã disparou drones em direção a Israel, segundo o exército israelense. Fumaça perto de edifícios diplomáticos do Irã em Damasco, na Síria, em 1º de abril de 2024 Firas Makdesi/Reuters No início do mês, um bombardeio israelense na embaixada do Irã na Síria matou sete membros da Guarda Revolucionária iraniana, incluindo um comandante sênior da guarda. ✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp AO VIVO: Acompanhe atualizações sobre o ataque do Irã a Israel O Irã atacou o território de Israel com mais drones neste sábado (13), disseram militares do país, segundo a agência Reuters. Os drones vão demorar algumas horas para alcançar o território israelense. O país vinha prometendo retaliar. Com medo de um ataque, as Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) deram ordem para suspender aulas em todo o país e restringir aglomerações. As restrições entram em vigor às 17h deste sábado (23h no horário israelense) e vão até a noite de segunda-feira (15). Veja abaixo uma linha do tempo das tensões entre Irã e Israel, desde o ataque israelense na embaixada do Irã até esta sexta-feira, com a iminência de um revide iraniano: 1º de abril: Israel bombardeou a embaixada do Irã na Síria, matando três comandantes da Guarda Revolucionária iraniana, incluindo Mohammad Reza Zahedi, comandante sênior da guarda -- veja quem foi Zahedi. 1º de abril: Irã diz à ONU que tem o direito de revidar o ataque de Israel, que chamou de terrorista, e pediu que a entidade bilateral responsabilizasse o país pela agressão. 2 de abril: O presidente do Irã, Ebrahim Raisi, disse que o ataque ao consulado "não ficará sem resposta". 5 de abril: O chefe do Hezbollah, Sayyed Hassan Nasrallah, disse que a resposta do Irã está a caminho. O Hezbollah é um grupo terrorista do Líbano que recebe apoio iraniano -- saiba o que é o Hezbollah. 10 de abril: Líderes de Irã e Israel voltaram a trocar ameaças. O aiatolá Ali Khamenei, líder supremo do Irã, voltou a prometer um revide. O ministro das Relações Exteriores israelense, Israel Katz, disse que Israel responderá um possível ataque iraniano. 11 de abril: O governo iraniano sinalizou à Casa Branca que a resposta ao ataque de Israel será “contida”. 12 de abril: A ameaça do Irã de retaliar o ataque de Israel é "real" e "viável", segundo a Casa Branca. Os Estados Unidos são o maior aliado de Israel e devem dar algum tipo de apoio ao país em um eventual ataque iraniano. 13 de março: Netanyahu afirma que Israel está preparado para um "ataque direto" do Irã. O Irã envia drones para atacar Israel, disse os militares israelenses. SANDRA COHEN: Como funciona o 'eixo da resistência' comandado pelo Irã no Oriente Médio Guerra fria Irã e Israel estão em uma espécie de "guerra fria" há anos. O Irã tenta mostrar poder no Oriente Médio e a sua rede de influência regional contra os EUA e Israel sem precisar entrar em conflito direto por meio de ataques do chamado “eixo da resistência” em múltiplas regiões do Oriente Médio. O “eixo” coordenado pelo Irã é predominantemente formado por milícias xiitas e tem entre os pilares principais Hezbollah, Houthis, Hamas (o único sunita) e facções de apoio no Iraque e na Síria. LEIA TAMBÉM: Irã e Israel: qual o tamanho dos efetivos militares dos dois países Como Irã pode tentar 'se vingar' de Israel após morte de general Qual a origem da rivalidade entre Israel e Irã e como ela está sendo intensificada pela guerra em Gaza
Veja Mais

13/04 - Pesquisa mostra que Rondônia lidera ranking de mulheres com habilitação de moto
Por paixão ou por necessidade, moto virou opção para mais de 14 mil mulheres, que segundo o Detran, possuem a categoria 'A' em Rondônia. Mulheres no comando das motocicletas Cerca de 292 mil mulheres possuem habilitação em Rondônia e dessas, mais de 14 mil possuem a categoria 'A', ou seja, permissão apenas para pilotar motocicletas, revelou o Departamento de Trânsito de Rondônia (Detran-RO). 🛵 Um levantamento feito em 2023 pela Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), mostra que Rondônia lidera o ranking de mulheres habilitadas somente com a categoria A. Leia mais: 1 em cada 3 cidades tem mais motos que carros; INFOGRÁFICO mostra a situação na sua A empresária Carol Matos, que mora em Porto Velho, faz parte dessa porcentagem. À Rede Amazônica, ela revelou que a motocicleta é uma paixão de infância. "Quando eu tinha por volta de 7 anos de idade, meu pai me colocou em uma 'motinha', de 50 cilindradas e foi a primeira vez que eu pilotei uma moto sozinha, com 7 anos. Aí fiquei louca, apaixonada e falei 'é isso que eu quero'", disse a empresária. 'Motoaventureiras': Da Amazônia aos Andes e deserto de sal: expedição de motos percorre 4,7 mil km em quatro países Motoaventureiras em expedição por países da América Latina Arquivo pessoal A vendedora de motos Natane Lima trabalha no ramo há cinco anos e diz que tem percebido um aumento na procura por parte das mulheres. "A gente tem, cada vez mais, visto a participação feminina na aquisição de motocicletas. Tanto para os homens, quanto para mulheres, [a moto] é o primeiro veículo a ser adquirido, devido ao acesso mais fácil e ao custo", explicou Natane. Na maioria das vezes, a escolha pela moto não é motivada pela paixão, mas sim, pela necessidade. Jandele Cruz é uma dessas mulheres que optou em comprar uma moto pela praticidade no dia a dia e mesmo pelo medo do trânsito intenso da capital rondoniense, ela revelou que a necessidade a fez vencer o medo. "É perigoso, mas é o jeito. é o único meio de transporte que eu tenho e o jeito é utilizar ele. Pela disponibilidade de eu trabalhar muito e caso eu saio muito cansada, ir pra casa se torna mais rápido", disse a funcionária pública.
Veja Mais

13/04 - Avião agrícola cai após piloto perder controle enquanto realizava manobra no ar em MT
O piloto ficou ferido e precisou ser encaminhado a uma unidade de saúde. Ao Corpo de Bombeiros, a vítima disse que se preparava para iniciar a pulverização quando o acidente ocorreu. Piloto teve ferimentos e foi encaminhado até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Reprodução Um avião agrícola caiu após perder o controle enquanto o piloto, de 53 anos, realizava uma manobra no ar, em Juína, a 737 km de Cuiabá, nessa sexta-feira (12). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o homem ficou ferido e precisou ser encaminhado a uma unidade de saúde. Segundo os militares, ao chegarem no local, eles realizaram os primeiros socorros na vítima, que reclamava de dores no pescoço, na região dorsal e na coluna. Aos bombeiros, o piloto contou que, quando o avião caiu, ele se preparava para iniciar a pulverização, mas, quando perdeu o controle, a aeronave virou no ar e capotou ao cair no chão. Segundo a vítima, ele teve que quebrar a janela para conseguir sair de dentro do avião. ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 MT no WhatsApp Após o acidente, o piloto ainda disse que conseguiu andar por cerca de 500 metros, mas caiu devido as dores no pescoço. Ele foi encontrado por um funcionário que dava apoio à aeronave. De acordo com os bombeiros, o piloto foi encaminhado até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O quadro de saúde dele não foi divulgado.
Veja Mais

13/04 - Homem é preso suspeito de abusar sexualmente e esfaquear adolescente, em Santa Rita
Caso aconteceu na noite desta sexta-feira (12), em Santa Rita. 6ª Delegacia Distrital de Santa Rita, na Paraíba Felícia Arbex/TV Cabo Branco Um homem suspeito de tentar abusar de uma adolescente, de 16 anos, e esfaquear ela e o companheiro dela foi preso em flagrante na noite desta sexta-feira (12), em Santa Rita. O suspeito teria convidado a vítima para sua casa e no local, ele teria tentado beijá-la e tocar em seus seios. A adolescente conseguiu sair da residência e, tempos depois, contou ao companheiro o que tinha acontecido. O companheiro junto com a vítima foram na casa do suspeito confrontá-lo, quando ele agrediu a vítima com uma faca na região dos seios e o companheiro, no rosto. A polícia militar foi chamada e o suspeito foi preso em flagrante. O homem passará por audiência de custódia na tarde deste sábado (13). Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba
Veja Mais

13/04 - Morador escuta barulho de tiros e encontra jovem morto em rua, em Timóteo
Crime foi na madrugada deste sábado (13), no bairro Macuco. Motivação e autoria serão investigadas pela Polícia Civil. Um jovem, de 22 anos, foi assassinado a tiros no bairro Macuco, em Timóteo, neste sábado (13). Segundo a Polícia Militar, uma testemunha contou que escutou barulho de tiros durante a madrugada e ao sair na rua para verificar o que estava acontecendo, achou a vítima caída. Ela também viu um veículo não identificado deixando o local. O pai do jovem disse aos policiais que ele tinha problema com várias pessoas por conta do envolvimento com drogas, mas não soube indicar quem poderia ter cometido o crime. Ainda de acordo com a PM, familiares relataram que horas antes de ser morto, o jovem teria saído de casa para consertar uma motocicleta. O dono desse veículo foi localizado e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil. No momento da abordagem, ele estava com uma pochete contendo 18 papelotes de cocaína e uma bucha de maconha. A motivação e autoria do crime serão investigadas pela Polícia Civil. 📲 Clique aqui para seguir o canal do g1 Vales no WhatsApp Vídeos do Leste e Nordeste de Minas Gerais Veja mais notícias da região em g1 Vales.
Veja Mais

13/04 - Irã envia 200 drones e mísseis para atacar Israel; explosões são ouvidas em Jerusalém
Autoridades israelenses consideravam que ataque iraniano era iminente depois que o governo do Irã prometeu responder ao bombardeio israelense na embaixada do Irã na Síria, que matou comandantes da Guarda Revolucionária. TV estatal do Irã divulga vídeo de drones usados em ataque contra Israel O Irã enviou drones e mísseis para atacar Israel neste sábado (13), disseram militares israelenses. Os drones demoraram horas para alcançar o território israelense. Pouco antes das 20h (2h da madrugada de domingo no horário de Israel) foram ouvidas diversas explosões na cidade de Jerusalém. Além disso, as sirenes de aviso soaram em quase todo o país. O porta-voz das Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês), Daniel Hagari, e a Guarda Revolucionária iraniana confirmaram que o ataque partiu do Irã. ✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp Segundo a IDF, o Irã lançou 200 drones. Alguns foram derrubados pelas Forças israelenses, pelos Estados Unidos, pelo Reino Unido e pela Jordânia antes de chegarem ao espaço aéreo israelenses. A IDF afirmou que mais de dez mísseis e dezenas de drones foram interceptados antes de chegarem ao país. Ainda há aviões no ar interceptando os artefatos iranianos. Trata-se de uma retaliação depois de um bombardeio no dia 1º de abril contra o consulado iraniano em Damasco, na Síria, em que um comandante sênior das Guardas Revolucionárias do Irã foi morto. O ministro das Relações Exteriores do Irã, Hossein Amirabdollahian, disse que "os avisos necessários foram dados aos EUA" sobre o ataque de retaliação. Após o Irã colocar os drones no ar, a Casa Branca afirmou que o ataque vai se desenrolar durante horas. O que se sabe sobre o ataque do Irã O Irã enviou dezenas drones para atacar o território de Israel neste sábado. Os drones demoraram horas até chegar ao alvo. No caminho, uma parte dos drones foi derrubada por aeronaves de Israel, dos Estados Unidos, do Reino Unido e da Jordânia. As primeiras explosões e as sirenes de aviso foram ouvidas por volta de 20h (2h de domingo em Israel). As forças de defesa israelenses afirmaram que estão preparadas para o ataque. O ataque é uma retaliação do Irã contra Israel: em 1º de abril, a embaixada iraniana na cidade de Damasco, na Síria, foi atingida, e sete pessoas morreram —entre elas, um comandante sênior da Guarda Revolucionária do Irã. Representantes do Irã na ONU afirmaram que a retaliação terminou, "a não ser que Israel cometa outro erro". Segundo o Flightradar, um site que monitora a aviação, os espaços aéreos de Israel, Jordânia, Iraque e Líbano estão fechados. A IDF afirmou que está em alerta máximo e monitora constantemente a situação. "O conjunto de defesa aérea está em alerta máximo, juntamente com os caças e os navios da Marinha israelense que estão em missão de defesa no espaço aéreo israelense. A IDF está monitorando todos os alvos", diz a nota. No fim, pede para que as pessoas em Israel sigam instruções do comando e os anúncios oficiais. Antes mesmo do ataque, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse que Israel estava de prontidão para um ataque direto do Irã e que responderia da mesma forma. "Nossos sistemas de defesa estão em prontidão e estamos preparados para qualquer cenário", disse ele. Daniel Hagari, o porta--voz da IDF, afirmou que o país está se defendendo com toda sua força e que essa é uma missão que eles estão determinados a cumprir. Um garoto de 10 anos foi atingido por estilhaços de um projétil interceptador na região do deserto de Negev (uma área onde há muitas bases militares de Israel). Um centro militar foi levemente atingido. O que vai acontecer depois dos ataques? Representantes do Irã na ONU afirmaram que atacaram em retaliação ao bombardeio do consulado em Damasco e que, agora, a questão está concluída —a não ser que Israel "cometa outro erro". Eles também afirmaram que esse é um conflito entre eles e Israel, e que os EUA devem manter distância da disputa. A Guarda Revolucionária publicou dois comunicados. No primeiro, diz que qualquer ameaça dos EUA e de Israel "será respondida de forma recíproca". No segundo, afirma que, se o "governo terrorista dos EUA" apoiar ou participar de um ataque contra o Irã, "vai ter uma resposta contundente das Forças Armadas do Irã". O ministro de Defesa do Irã, Mohammad Reza Ashtiani, afirmou que eles vão atacar qualquer país que abrir seu espaço aéreo para Israel poder retribuir contra o território iraniano. O Ministério de Relações Exteriores publicou um comunicado na mesma linha: "O Irã não vai hesitar ao tomar mais medidas defensivas para garantir seus interesses legítimos contra qualquer agressão militar". O Canal 12, de Israel, afirmou que conversou com um oficial das forças israelenses que pediu para não ser identificado e disse que o país tem planos para dar uma "resposta significativa" para o ataque "sem precedentes". Outras frentes Depois do anúncio do ataque, o Hezbollah, um grupo libanês aliado do Irã, afirmou que disparou foguetes contra bases israelenses. Os rebeldes houthis do Iêmen que, assim com o Hezbollah, são aliados do Irã, também dispararam projéteis contra os israelenses, segundo o jornal "Times of Israel". Netanyahu convocou gabinete de guerra O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu convocou seu gabinete de guerra após o Irã anunciar o ataque. Benjamin Netanyahu faz reunião em Tel Aviv durante ataque do Irã contra Israel, em 13 de abril de 2024 Reprodução Israel já vinha se preparando há dias O país já estava se preparando e "monitorando de perto um ataque planejado" de Irã ou um de seus grupos aliados há dias, disse o ministro da Defesa israelense Yoav Gallant. Segundo autoridades israelenses, após o Irã prometer responder ao bombardeio israelense à embaixada iraniana na Síria, que matou comandantes da Guarda Revolucionária, um ataque era considerado iminente. Gallant disse ainda que as tropas israelenses devem acatar quaisquer ordens que possam ser emitidas pelo Comando da Frente Interna militar, que mapeia mísseis recebidos e outras ameaças aéreas para que o público saiba se deve se abrigar. O comando da IDF de Israel proibiu reuniões de mais de 1.000 pessoas em todo o país. Irã dispara drones contra Israel Arte/g1 LEIA TAMBÉM Irã e Israel: qual o tamanho dos efetivos militares dos dois países Irã tem mísseis de longa distância capazes de atingir Israel; país tem maior arsenal do Oriente Médio Ameaça de Irã atacar Israel é 'real', diz Casa Branca; países orientam cidadãos a não viajar para a região Imagem da cidade de Tel Aviv na noite do dia 13 de abril de 2024, quando o Irã enviou drones para atacar Israel Reprodução vídeo/Reuters Apreensão de navio A Guarda Revolucionária iraniana apreendeu um navio de carga português neste sábado (13) no Estreito de Ormuz, afirmou a agência de notícias estatal iraniana IRNA. Um helicóptero das forças especiais da Marinha da Guarda abordou o navio de carga português, chamado MSC Aries, e o levou para águas territoriais do Irã. Segundo a Guarda Revolucionária, a embarcação está "ligada a Israel". A MSC, que opera o Aries, confirmou a apreensão e disse que trabalha com as autoridades competentes para o regresso seguro do navio e o bem-estar dos seus 25 tripulantes. Em rede social, o ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, disse que Teerã pratica pirataria e que deveria ser sancionado por isso. Irã diz ter apreendido 'navio ligado a Israel' “O regime do aiatolá de Khamenei é um regime criminoso que apoia os crimes do Hamas e que está conduzindo uma operação pirata que viola o direito internacional”, disse Katz no X. “Apelo à União Europeia e ao mundo livre para que declarem imediatamente o corpo da Guarda Revolucionária Iraniana como uma organização terrorista e para que sancionem agora o Irão.” Já o porta-voz militar de Israel, o contra-almirante Daniel Hagari, disse que “o Irã sofrerá as consequências por escolher agravar ainda mais esta situação”. A MSC aluga o navio Aries da Gortal Shipping, uma afiliada da Zodiac Maritime, disse a Zodiac em comunicado. De acordo com a empresa, a MSC é responsável por todas as atividades do navio. A Zodiac é parcialmente propriedade do empresário israelense Eyal Ofer. Helicóptero passa sobre o navio MSC Aries AFP/Divulgação Escalada de tensão A crise começou depois que autoridades iranianas acusaram Israel de um bombardeio ao consulado do país na Síria, que matou um comandante e outros seis oficiais da Guarda Revolucionária Iraniana. O governo israelense não assumiu a autoria. Os EUA posicionaram navios de guerra para proteger Israel. O presidente americano Joe Biden avisou que a retaliação ao bombardeio aconteceria e alertou ao Irã que não ataque. Biden ainda garantiu que Washington vai proteger Israel. Por precaução, vários países como França, Reino Unido, Alemanha e Rússia pediram aos cidadãos que evitem viagens para a região.
Veja Mais

13/04 - Policial de SP é flagrado em MS com R$ 32 mil em perfumes contrabandeados do Paraguai
Suspeito tentou despistar os policiais, fazendo o trajeto por uma via vicinal, próxima à Ponta Porã (MS). O policial de São Paulo foi encaminhado para a Polícia Federal (PF) de Dourados e liberado. Carga com 400 perfumes apreendidos. PMR-MS/Reprodução Um policial do interior de São Paulo foi flagrado com uma carga de 400 perfumes contrabandeados, em Nova Andradina (MS), na noite dessa sexta-feira (12). A apreensão foi realizada por Policias Militares Rodoviários do estado. Conforme o boletim da ocorrência, o policial paulista, de 48 anos, foi abordado em um carro alugado, no meio de uma via vicinal, usada por contrabandistas para tentar fugir de fiscalizações após compras no Paraguai. Ao ser abordado, o suspeito confirmou que estava vindo do país vizinho e tinha pagado R$ 32 mil na carga de perfumes importados. Durante o depoimento, o policial de São Paulo disse ter acessado a estrada vicinal para tentar fugir da fiscalização. O suspeito disse que ia levar a carga para o interior paulista, em Franca. A Polícia Federal (PF) foi acionada e o suspeito foi encaminhado para a sede da PF, em Dourados. Os perfumes contrabandeados foram apreendidos e levados para a Receita Federal. Já que o caso foi enquadrado como descaminho, considerado uma contravenção penal e não um crime, o policial paulista foi ouvido e liberado. O suspeito seguiu viagem, conforme apurado pelo g1. A investigação de possíveis crimes será realizada pela PF. Veja vídeos de Mato Grosso do Sul:
Veja Mais

13/04 - Acidente mata duas pessoas e deixa carro destruído em rodovia de Goiás
Carro saiu da pista, bateu em uma árvore e ainda capotou. Bombeiros afirmam que dois homens ficaram presos às ferragens e não resistiram. Acidente na GO-156 deixa dois mortos Divulgação/Corpo de Bombeiros Um carro saiu da pista, bateu em uma árvore e capotou na GO-156, causando a morte de dois homens, de 48 e 62 anos, entre as cidades de Itapuranga e Heitoraí, no noroeste goiano. As informações foram confirmadas pelo Corpo de Bombeiros. Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Telegram O acidente aconteceu no início da tarde de domingo (13). Segundo os bombeiros, o motorista do carro, por motivos ainda desconhecidos, perdeu o controle da direção. O veículo saiu da pista, bateu em uma árvore e ainda capotou. Ainda não se tem informações de quantas pessoas, no total, estavam no carro mas os dois homens morreram na hora. Os bombeiros foram chamados para realizar o resgate, pois os corpos ficaram presos às ferragens. O nome dos dois homens não foi revelado. LEIA TAMBÉM: VÍDEO: Motorista é arrastado por carro após acidente em Goiânia Mergulhador desaparece enquanto trabalhava em represa de usina em Rio Verde Sobe para oito o número de mortos em acidente na GO-415 Carro fica completamente destruído após acidente na GO-156 Divulgação/Corpo de Bombeiros O Instituto Médico Legal (IML) já foi chamado para recolher os corpos para perícia. Em imagens divulgadas pelos bombeiros, é possível ver que o carro ficou completamente destruído. 📱 Veja outras notícias da região no g1 Goiás. 📱 Participe dos canais do g1 Goiás no WhatsApp e no Telegram. VÍDEOS: últimas notícias de Goiás
Veja Mais